Home Marinha do Brasil Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro doca navio porta contêiner

Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro doca navio porta contêiner

5465
21

porta-conteineres-mercosul-suape

O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro realizou, em 12 de setembro, a docagem emergencial do Porta Contêineres ‘Mercosul Suape’, pertencente à Empresa Mercosul Line Navegação e Logística Ltda, Santos/SP, subsidiaria da dinamarquesa Maersk, no Dique Almirante Régis, para troca de selo do eixo propulsor.

mercosul-suape-ml-2010-11-01-02-copyA manobra de docagem visa cumprir as diretrizes do Comandante da Marinha e do Diretor-Geral do Material da Marinha no que se refere à busca de recursos extra-Marinha.

mercosul-suape-9356141-ppuw-ml-30-05-09-10-copyA docagem do navio, Construído na Alemanha em novembro de 2008, que possui 210,54 metros de comprimento, 29,80 metros de boca e 11,40 metros de calado máximo carregado, ocorreu como planejado, sendo concluída às 23h do mesmo dia.

mercosul-suape-9356141-ppuw-ml-30-05-09-27-copy

FONTE: MB

FOTOS: Marcelo ‘MO’ Lopes

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MO
MO
4 anos atrás

Tenos 3 desta classe VW 2500.3 = Mercosul Santos, Mercosul Suape e Mercosul Manaus, sao dos mais modernos em nossa frota

Delmo Almeida
Delmo Almeida
4 anos atrás

MO, você trabalha onde??
.
Em tempos de vacas anoréxicas, é uma boa forma de conseguir manter a proficiência do pessoal e ainda descolar uma graninha…

Jodreski
Jodreski
4 anos atrás

“Vacas anoréxicas” ???????? kkkkkkkkkk chorei de rir aqui.. rs

Já aproveitando a docagem uma pintura iria bem ao casco do Mercosul Suape!

MO
MO
4 anos atrás

Aposentado, ex Chefe de Operações, Agência Marítima

MO
MO
4 anos atrás

Especulando e sem maldade, não sei se fui utilizado apenas o espaço fisico do Arsenal, com o pessoal de fora, de estaleiro ….

Mauricio R.
4 anos atrás

Renascido do inferno???? Ainda não???? Quem sabe????

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

Toda grana extra é bem vinda, que venham mais ….
MO, boas fotos …. sempre
A da Patroa são melhores …..
A criatura supera o criador, bom professor, boa aluna !

MO
MO
Reply to  Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

Risos, muito obrigado, devia ter deixado a patroa fotografando escuna dizendo que era Navio … mifu !!!! … kkkkkkkkkkkkkk

Léo Barreiro
Léo Barreiro
4 anos atrás

Senhores

Desculpa a minha ignorância no assunto… Por favor, o que seria essa docagem? Desculpa MO a analogia que vou fazer, mas seria algo do tipo… Estacionar o navio? A Marinha vai fazer alguma reforma no navio?

XO
XO
4 anos atrás

O Navio vai para o dique quando precisa fazer uma inspeção ou reparo na parte que fica submersa, ou seja, abaixo da linga d’ água (são as chamadas obras vivas)… são colocadas estruturas de madeira no fundo do dique (chamadas de picadeiro), daí o dique é fechado e a água bombeada para fora… o processo é lento, pois o Navio precisa assentar corretamente no picadeiro… em resumo, é isso… abraço…

XO
XO
4 anos atrás

Cortei tua proa, prezado MO !!! Sorry, me empolguei… abraço…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
4 anos atrás

Kkkk XO fez igual a equipe de vela contra a Nova Zelândia nas Olimpíadas!!! Cortou a proa bonito!!!

MO
MO
4 anos atrás

obrigado XO, estava vendo o jogo do Santos, não tinha visto, muito obrigado pelo corte 🙂 Oi Leo, o termo “docagem, Docado”, confunde muito o pessoal que não é da área ou tem maior proximidadecom a área, pois normalmente quando se divulga coisas afins pela midia comum ou pela midia “especializada, mas nunca teve contato ou interesse”, sai coisas assim como Docado,no Porto, Ancorado no porto e afins, por isso o termo confunde o público O “estacionado” seria atracado e o popular “Ancorado” seria fundeado (este ultimo nunca no cais e sempre ao largo Complementeando o XO me foi brilhante… Read more »

Ádson Caetano Araújo
4 anos atrás

Mo, outro termo que se vê erroneamente
muito em publicações é “a hélice”.

MO
MO
Reply to  Ádson Caetano Araújo
4 anos atrás

Sim Adson, o problema é a massificação destes pequenos erros e no final da conta ninguem sabve nadas, os Discoverys Channel da vida dublam por dubladores que sabem nada, consultores consultam dicionarios feitos por gente que nunca viu mar e copiou de outro e por ai vai .. tem um monte, tem o tal Transatlantico tbm … kkkkk

Léo Barreiro
Léo Barreiro
4 anos atrás

Mo e Xo

Muito obrigado pela aula!!

Seria legal vcs criarem um livro com esses conceitos ou se for muito complicado a criação de um livro vcs poderiam ver com o galante se ela não permite vcs fazerem umas postagens do tipo “ship for dummies”…. Senhores seria muito legal!!!

Sei que o Google está aí para quem quiser, mas informação de qualidade ainda nesse meio só através desse blog msm.

MO
MO
Reply to  Léo Barreiro
4 anos atrás

Oi Leo, infelizmente não ha publico, todo que tentamos fazer, Livros (Monitor Parnaiba, Revista Forças de Defesa, Poster e afins, tudo foi pro espaço por Falta de interesse, muito trabalho para se fazer e pífio retorno, demandando investimento sem retorno …

Infelizmente, sob minha otica é uma tremenda furada, apesar de te entender a falta de material de qualidade disponível

Léo Barreiro
Léo Barreiro
3 anos atrás

Mo

Infelizmente é muito triste a falta de cultura do nosso país, e o desinteresse das pessoas em procurar informação útil e o pior é a mídia desinformar como é o caso das nomenclaturas, mas mesmo assim é legal ver o seu entusiasmo e dos demais aqui do blog como o Galante e o do Xo por exemplo em ajudar a mudar esse quadro!!

Parabéns a todos!

Oica
Oica
3 anos atrás

Eu entendo que o blog seja um ótimo local a disseminar a cultura, a terminologia naval etc, mas supor que a mídia “não especializada” tenha a obrigação ou a ‘presunção’ de empregá-los sempre…

LUCIANO Ferreira
LUCIANO Ferreira
3 anos atrás

Ostra, o Mercosul Itajai eh mais novo do que esses 3.

MO
MO
Reply to  LUCIANO Ferreira
3 anos atrás

Sim, é mais novo, de projeto mais recente tbm (feito na Xina)

http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2016/03/nm-mercosul-itajai-d5ke9-o-mais-novo.html