world-of-warships

publieditorial-azulPara muitos, o ano de 1944 é considerado como um dos maiores marcos da Segunda Guerra Mundial na questão de confrontos navais. Realizado em águas Filipinas, o confronto, mais tarde batizado de Batalha do Golfo de Leyte, reuniu as forças combinadas das frotas americanas e australianas contra a isolada frota japonesa.

Ao todo mais de 400 embarcações participaram de quatro dias ininterruptos de pura destruição, que culminaram ainda com o primeiro uso de ataques kamikazes por parte dos japoneses. Entretanto, mesmo com todo seu esforço, a frota do sol nascente estava claramente em menor número que as forças Aliadas. Com essa derrota as capacidades navais da frota foram duramente afetadas pelo restante da Segunda Guerra Mundial.

E em memória a esses bravos tripulantes, durante os dias 23 e 27/10, será possível tomar o leme de vários navios em World of Warships no intuito de recriar a Batalha do Golfo de Leyte. Mas dessa vez o resultado pode ser bem diferente do que contam os livros de história. Assim, embarque nesse simulador de confrontos navais, escolha sua embarcação favorita e mostre todo seu conhecimento em táticas de guerra.

O melhor é que durante esse período, todos os primeiros confrontos em cada navio serão recompensados com um bônus de 2x de Experiência extra. Dessa forma a evolução mais rápida em direção a mais vantagens dentro do jogo se torna mais fácil.

Para mudar o rumo da história e ainda receber uma merecedora premiação, basta acessar o site oficial de World of Warships e montar sua equipe.

O World of Warships é um MMO tático de guerra dedicado inteiramente a batalhas navais. Nele os jogadores podem comandar uma massiva frota naval com os mais icônicos navios de guerra da história que integraram as frotas da China, EUA, União Soviética e Alemanha. Cada batalha é uma experiência única, pois o World of Warships apresenta dezenas de mapas inspirados em localizações reais dos oceanos Atlântico, Pacífico e Ártico, diversos modos de jogo, centenas de combinações de navios e equipamento, e dezenas de habilidades de tripulação diferentes. Com quatro classes de navios, diversas melhorias e ambientes meticulosamente desenhados, a ação nunca acaba e cada batalha é uma experiência única. É necessária muita estratégia e jogabilidade tática para assumir o leme!

Aqui tem mais informações sobre o jogo, e aqui alguns guias e vídeos, no final do link tem os treinamentos avançados. Neste link podemos ver um exemplo dos vídeos históricos de navios disponíveis do jogo que também vale a pena conferir, mas existem muitas outras séries legais de vídeos também.

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jagderband#44

Esse jogo é melhor que o Navy Field??

Delfim Sobreira

1944 teve a batalha de Leyte, a das Marianas, a do Atlântico (caçada aos U-boat), o afundamento do Tirpitz… um ano bastante agitado nos mares. Mais algum evento ?

CLAUDIO LUIZ LOBER DE SOUZA

Bem melhor que o Navy Field.

erichwolff

Ué galante, fiz um comentário off topic aqui e sumiu, era segredo?????

Luciano Baqueiro

Caro Delfim Sobreira, teve o dia D – a maior reunião de meios navais da História ( mais de 5.000 navios ).

ErichWolff

Como assim? O assunto não era relevante?

ErichWolff

Ahh tá…pensei q era um assunto proibido… então aguardamos… Ansiosos!

Gabriel

Está previsto a entrada de submarinos! No game!!!

Dalton

Delfim…

A invasão da Normandia ocorreu também em 1944 ! Winston Churchill disse que a invasão
da África do Norte por britânicos e americanos em 1942 não era o início do fim, mas, ao menos
era o fim do início ! A invasão da Normandia certamente foi o início do fim !

Delfim Sobreira

Esqueci do mais longo dos dias… senti que estava esquecendo algo.

Jagderband#44

Leyte foi um marco, talvez o último confronto entre grandes grupos de batalha. Porém, na minha humilde opinião, a batalha mais expressiva deste tipo foi Jutlândia, na WWI.

Ricardo F. Pinto

Pelo jeito tem muita gente que jogava Navyfields aqui, não vão se arrepender do WoW, é tão divertido quanto… So que uma “mecânica” diferente… Mas as referencias são parecidas… da para se adaptar rapidamente.

Beto Santos

Boa tarde a todos, gostaria de saber dos entendidos dos assuntos militares se hoje ocorresse uma guerra mundial o Brasil com suas aquisições feitas até agora e supondo que já tivesse os novos submarinos scorpene e também o nuclear na ativa e o A12 também na ativa, como seria a guerra pra nós, supondo que a guerra seria contra os mesmos inimigos da segunda guerra mas poderíamos fazer uma hipótese mais atual por exemplo contra china, rússia, venezuela, e quem sabe mais uns 3 países pequenos como coreia do norte, etc será que poderíamos ter um bom resultado como tivemos… Read more »

augusto

”a invasão
da África do Norte por britânicos e americanos em 1942 não era o início do fim, mas, ao menos” Delfim me desculpe te corrigir mas o Churchill disse essa frase quando os britânicos ganharam a segunda batalha de El alamein

Marcos

300 navios americanos x 70 navios japoneses
1500 aeronaves americanas x 300 aeronaves japonesas
O resultado só poderia ser um.

Israel E S Martins

Me adicionem e me chamem para jogar! Tenho muitos navios e um porta aviôes americano nivel VIII precisando de cruzadores niveis VII,VII e VII para dar retaguarda!
Meu nick: Maclaude

Israel E S Martins

Para aqueles que vão começar agora, recomendo os Battleships alemães e os contratorpedeiros Japoneses! Os alemães, mais na frente, lhe renderão o famoso “Bismark”; já os japoneses, sõa os torpedos de maior distância! Quinta, eu chego de viagem e me juntos à vocês!

Dalton

Augusto…

não foi o Delfim que escreveu e você está correto, apenas não quis ser muito específico,
quando escrevi, mas, foi a partir da Invasão da África do Norte e que envolveu navios é que chegou-se até Rommel…a invasão em si de fato não diz muita coisa, tentarei ser mais
preciso o que é difícil as vezes escrevendo com certa pressa.
.
abraços