Home Marinhas de Guerra ARA San Juan: revelada a última mensagem do submarino antes de desaparecer

ARA San Juan: revelada a última mensagem do submarino antes de desaparecer

7247
82

O canal A24 da Argentina revelou a mensagem na qual o ARA San Juan informou no dia 15 de novembro que teve um problema com as baterias devido à ‘entrada de água do mar através do sistema de ventilação’

Enquanto as tarefas de busca continuam na área de Golfo San Jorge e a situação está se tornando mais crítica, na segunda-feira tornou-se conhecida a última comunicação do submarino ARA San Juan antes de perder contato.

A mensagem, que foi divulgada pelo jornalista Eduardo Feinmann em seu programa “De 18 a 21” no canal América 24, é datada de 15 de novembro às 8h52 da manhã de quarta-feira, o mesmo dia em que o navio desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

A mensagem do submarino ARA San Juan relatou:

Ingreso de agua de mar por sistema de ventilación al tanque de baterías n° 3 ocasionó cortocircuito y principio de incendio en el balcón de barra de baterías. Baterías de proa fuera de servicio al momento en inmersión propulsando con circuito dividido. Sin novedades de personal. Mantendré informado.

Além disso, o submarino informou que as baterias da proa estavam “fora de serviço” e que não havia problemas com a tripulação.

De acordo com o primeiro relatório feito pela CTBTO –  Organização do Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares recebido pelo Governo Argentino, foi registrada uma explosão na rota do submarino no dia 15, às 10h51, cerca de três horas após a última mensagem.

Corte seccional simplificado do submarino ARA San Juan, tipo TR-1700

82
Deixe um comentário

avatar
78 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
51 Comment authors
BoscoEdcarlosJotaAudaxDr. Mundico Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
César A. Ferreira
Visitante
César A. Ferreira

Não entendo o motivo dele ter prosseguido para Mar del Plata submerso…
Mas, a última mensagem ajuda muito a contextualizar o naufrágio do ARA San Juan.

Enquanto isso o K-11 Felinto Perry se arrasta… E não exibe a flâmula nacional no esforço internacional em prol da busca, localização e salvamento do submarino desaparecido.
Francamente.

Burgos
Visitante
Burgos

A caixa de Pandora agora foi aberta.
Essa história do San Juan vai dar muito pano pra manga ainda.

marcos
Visitante
marcos

Ondas de 8 metros. Por isso submerso.

marcos
Visitante
marcos

Pelo relatando, apesar da pane nas baterias, corria tudo normal.

Fabrizio
Visitante
Fabrizio

Porque o Felinto Perry chegou a Mar Del Plata e esta retornando ao RJ sem ter participado das buscas?
https://www.marinetraffic.com/en/ais/home/centerx:-56.7/centery:-38.3/zoom:10

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Noble Member

Fabrizio, se estiver falando no texto “destination Rio” que aparece junto à imagem do navio, isso está lá desde a partida. Pelo que acompanhei do trajeto hoje, minha impressão é que ele não esteja voltando ao Rio, e sim que, após passar por Mar del Plata, tenha por algum motivo mudado o curso para lá.

marcos
Visitante
marcos

É, provável fechamento de circuito. Se estavam armados, e é possível que estivessem, foram duas explosões, uma primeira das baterias e uma segunda dos torpedos.

Alex
Visitante
Alex

César A. Ferreira 27 de novembro de 2017 at 21:33
O Filinto Perry, baseado no Rio, só salva gente se um sub afundar em Angra dos Reis, fora disso não dá mais tempo.

Leandro M.
Visitante
Leandro M.

Marcos 27 de novembro de 2017 at 21:43

Há informação oficial de que o submarino não estava carregando qualquer torpedo.
———
Algum químico de plantão podia nos informar acerca da possibilidade de liberação de hidrogênio pelas baterias em curto-circuito ou em contato com água salgada. Acho que aí está a charada. ACHO.

marcos
Visitante
marcos

Porque o Felinto Perry chegou a Mar Del Plata e esta retornando ao RJ… ?
R.: Demonstração de poder. É uma mensagem ao Mundo: agora não navegamos somente na Baía de Guanabara.

marcos
Visitante
marcos

Até uma Caravela navega mais rápido. Uns de verdade, não aquele fiasco encomendado.

JT8D
Visitante
JT8D

Eu sei que as pessoas ‘do bem” torcem para que os “malvados” e corruptos” sejam punidos, mas neste caso específico parece que uma coisa não tem nada a ver com a outra

JT8D
Visitante
JT8D

O Felinto Perry chegou atrasado para alguma coisa? O submarino já foi localizado? Ah não, mas é tão bom ridicularizar o Brasil, né, dá a impressão que a pessoa que faz a critica é muito inteligente, quem sabe é algum alemão ou sueco que nasceu no Brasil por engano

Humberto
Visitante
Humberto

Marcos, normalmente nem responderia um post tão imbecil quanto ao seu, vc é um fanfarrão, critique a MB mas não o trabalho e dedicação das pessoas, o seu qi de ostra retardada nem deve ser capaz de entender que as pessoas estão dando o máximo de si, mesmo com as deficiencias da MB. Vc só pode deve ser um perdedor para tentar denegrir os outros.

Nonato
Visitante
Nonato

JT8D, concordo em grande parte com você.
Também faço críticas ao Felinto.
Mas entendo quando você fala que tem gente que tem prazer em criticar.
Sente-se bem.
Tipo Felipe Massa.
Se não é um Emerson Fittipaldi, pelo menos passou uns 15 anos na fórmula 1, o que não é para qualquer um…

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Fabrizio 27 de novembro de 2017 at 21:40
Tenho a impressão desde o começo, vendo tudo o que está acontecendo, que querem esconder alguma coisa, a dispensa do Felinto Perry e a demorar em aceitar a ajuda do Chile, só corroboram com essa minha teoria.
Desde o começo, parece que querem esconder algo.

JT8D
Visitante
JT8D

Nonato 27 de novembro de 2017 at 22:08
Peço desculpas aos colegas e aos editores, mas é difícil ficar indiferente a esse “massacre moral” a profissionais que não exitariam em dar suas vidas numa missão de salvamento

MO
Membro

Apenas peço um cuidado com o que vcs veem no Marine trafic gratuito, nem sempre, nesta versão, mostra exatamente o que esta acontecendo, incluindo a eventual possibilidade de se ter inserido no destino final o Rio, mas não necessariamente estar se dirigindo no momento ao Rio ou a veloc de 5 nós pode significar que também o mesmo pode estar realizando alguma faina que desconheçamos, afinal, nao se navega em alguma faina a 40 nós, portando sem uma ideia melhor do que esta acontecendo la, sugiro ponderar os palpites (reparem que não ha o ETA RIO) … No mais, com… Read more »

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

JT8D 27 de novembro de 2017 at 22:01
Sem querer, seu comentário também é viralatesco ao extremo e até preconceituoso, mas você parece não fazer por mal, trata-se no seu caso, de pura ignorância mesmo.
Parte do princípio medonho de que alguém nascido na Suécia ou Alemanha, é mais “inteligente” de quem alguém que nasceu no Brasil.. nessa você se superou, rapaz… e olha que você é quase que imbatível aqui.

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

JT8D 27 de novembro de 2017 at 21:57
– Por isso não opino sobre o acontecido. Prefiro aguardar os acontecimentos, a localização do submarino, investigação e seus resultados caso o encontrem. Se um acidente aéreo em terra ou até mesmo próximo à costa já é de longa e difícil investigação imagine este com o ARA San Juan mesmo que o localizem?

Humberto
Visitante
Humberto

JT8D, nem é caso de voce pedir desculpas, não fomos nós que bostamos (com B mesmo). Agora peteca para frente.

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Humberto 27 de novembro de 2017 at 22:05
Esse aí deve padecer de alguma síndrome afetiva ou SFA, Síndrome de Falta de Atenção.. detalhe, o navio da Noruega que faz trabalho semelhante, não navega muito mais rápido que o Felinto Perry… a velocidade dele também é baixíssima.
Não adianta, essa gente é manjada por aqui… sempre que podem agem dessa forma.. sabe a melhor forma de combatê-los?? concorde com eles.. e exagere na bizarrice… eles se tocam que foram plotados e que não enganam ninguém.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

Então… sendo muito leigo no assunto, isso não deveria ter sido veiculado para todo mundo desde o início? Se tivessem falado desde o inicio sobre entrada de água e problemas com bateria e princípio de incêndio, talvez as buscas tivessem sido direcionadas desde o início para o fundo do oceano.

Enquanto isso todo mundo tava pensando que o submarino estava a deriva, emergido ou até parado sem potência.

Não era uma informação importante demais para ser veiculada só agora pela marinha argentina?

Ozawa
Visitante
Ozawa

Como os acidentes aéreos não há uma única causa para sinistros como esse, mas concausas, como uma “tempestade perfeita”…

Mas houvesse a bordo o comandante “se”, o que poderia ter sido feito de diferente entre as 3 horas que separaram o último vestígio de vida e a suposição da morte pela explosão? E com aquele mar revolto como fator agravante…

É uma pergunta cuja resposta está entre os desaparecidos…

JT8D
Visitante
JT8D

Antonio de Sampaio 27 de novembro de 2017 at 22:14
Colega, eu disse que eles eventualmente se consideram “europeus”, não afirmei que considero europeus superiores. Por favor, procure ter mais cuidado na interpretação do que você lê, e na dúvida, não seja deselegante

Humberto
Visitante
Humberto

Antonio de Sampaio 27 de novembro de 2017 at 22:18
Humberto 27 de novembro de 2017 at 22:05

Carissimo, vc tem razão, normalmente nem responderia, simplesmente ignoraria, mas esta não deu.
Um grande abraço

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Humberto 27 de novembro de 2017 at 22:23
Eu também gosto de porreteá-los as vezes, você fez bem em aplicar um safanão no infeliz.

Ozzy
Visitante
Ozzy

O Felinto é para salvamento. E naturalmente já não existe mais nada a ser salvo do ARA San Juan.

Alisson
Visitante
Alisson

Jorge Augusto. Com certeza a ARA não passou nenhuma informação dessas para as forças de resgate, só disse “vão lá e procurem, ele deve estar em qualquer lugar da costa entre Rio Grande e Buenos Aires”… Essa mensagem só foi divulgada para o público agora, se bem que desde os primeiros dias já se tinha a informação. Não é porque todos os meios disponíveis estão no ar 24h por dia (o que é impossível) que as buscas não estão coordenadas, até a divulgação dos dados da explosão detectada pelo CTBTO as forças não possuiam uma localização “menos imprecisa” da provável… Read more »

MadMax
Visitante
MadMax

O problema não é o K-11 é a quantidade que a marinha tem para ajudar.

César A. Ferreira
Visitante
César A. Ferreira

O Felinto Perry, que eu saiba conta com um ROV, que pode ser muito útil para localizar o submarino. Conta com uma equipe de mergulhadores e câmeras hiperbáricas, descompressão e guindaste com capacidade de até 30 tons. Caso se localize o submarino, integro, em uma profundidade acessível, as facilidades existentes no Felinto Perry seriam muito bem vindas, principalmente se houver a decisão de se recuperar os corpos dos tripulantes. Ademais existe algo que é preciso ser levado em conta: a necessidade de mostrar o seu valor em termos geopolíticos. Neste momento em que o mundo está observando os esforços em… Read more »

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

César A. Ferreira 27 de novembro de 2017 at 22:39
Você tem razão quanto ao ROV, seria útil na busca e localização do submarino perdido, mas me parece que não querem que saibam o que realmente aconteceu, parece que escondem algo, na minha opinião, o melhor que o Brasil tem a fazer e tirar o time de campo e trazer tudo de volta, o K-11, a F-49 e o Maximiano, voltem pra casa ou prossigam em sua missão, melhor ficar é longe desse chafúrdio que se transformou esse caso.

JT8D
Visitante
JT8D

Não há qualquer informação oficial sobre um hipotético retorno do Felinto Perry. Então não vejo qualquer motivo para indignação

Salomon
Visitante
Salomon

O K -11 não é caminhão de bombeiros para chegar em minutos, e foi usado politicamente, ainda por cima. Foi até lá de maneira digna e constante, cumprindo sua missão. Podia ser melhor? Claaaro, ainda mais quando o Brasil quer ter SubNuc, mas não tremeu e nem hesitou. Parabéns, eu antes diria BV, à sua tripulação.
E também acho que os hermanos estão meio esquisitos nessa história toda.
TFA

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

O que poderia dar errado se em vez de submergir o ARA SJ continuasse à tona enfrentando a borrasca ?

Carlos alberto soares
Visitante
Carlos alberto soares

César A. Ferreira 27 de novembro de 2017 at 21:33

Em quê o K 11 poderia ajudar ?

Carlos alberto soares
Visitante
Carlos alberto soares

Fabrizio 27 de novembro de 2017 at 21:40

K 11 em buscas ?

Carlos alberto soares
Visitante
Carlos alberto soares

MO 27 de novembro de 2017 at 22:37

Mofou ? Tá teclando normal, mofou né ? (rs)

MO
Membro

kkkkk

Leonardo
Visitante
Leonardo

Das mensagens acima percebo com clareza que já tivemos dias mais inspirados nas discussões. As FAA merecem nosso respeito, é o que temos e o que somos. Atrás de equipamentos que podem ser obsoletos há brasileiros honrando a farda que vestem. Meu cunhado serviu no Felinto Perry, fala com orgulho de tal feito. Conta estória inspiradas de muita pressão e disciplina. Nossas cores são o verde e amarelo NUNCA será vermelha. Quando leio comentários que nos denigrem (ou tentam) sempre associo ao desgoverno que deixou este país terra arrasada. Mal intencionados ou simplesmente mal informados alguns ainda persistem. Aqui não… Read more »

XO
Visitante
XO

Sem saber quais foram as demandas da ARA e as ordens recebidas, é leviano criticar a navegação do K-11… simples assim…

Antonio Ferreira
Visitante
Antonio Ferreira

Isso já foi dito mil vezes, mas, acho que sempre é bom repetir, “Que tudo seja esclarecido, e que os responsáveis, se houver, sejam punidos dentro da lei. Mas, principalmente para os profissionais que permanecem em atividade, que lições sejam aprendidas e providências sejam tomadas, para que não haja mais mortes, e para que tenhamos certeza de que, em caso de um novo acidente, teremos condições de atender as vítimas a tempo de salva-las!”.

Tadeu 54
Visitante
Tadeu 54

Vai ser muito difícil achar este submarino, que houve desastre não há dúvidas, possibilidade de sobreviventes, nenhuma, resgate de corpos ? Tremendamente difícil também.
Basta lembrarmos os casos sombrios do Tresher, Scorpion, Komsomolets….

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

O k-11 “aparentemente” estava retornando e neste momento navega a 6,7 kt, 267 º (proa Mar del Plata). o K-11 esta sob demanda da Coordenação da Argentina (responsável pelas buscas conforme Convenção Internacional). O k-11 chegou nas áreas de buscas quanto tinha que chegar , portanto, dizer que é lento e outros deméritos, chega a ser no mínimo irrelevante. A MB esta presente e à disposição dos coordenadores das buscas. O resto é pura bobagem. Na minha opinião.

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

Leonardo 28 de novembro de 2017 at 5:37
Disse a verdade. Onde eu devo assinar?

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Água salgada é condutora, acaba por fechar o circuito elétrico no banco de baterias. A corrente elétrica passando através da água separa o hidrogênio do oxigênio. Então temos uma mistura de H mais O concentrada, absurdamente perigoso na presença de fagulhas ou faíscas.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Lembro de como foi difícil encontrar o avião francês no meio do atlântico, não é difícil que este submarino nunca seja encontrado.

wwolf22
Membro
Noble Member
wwolf22

uma duvida, todos os “sistemas de socorro/emergencia” do sub são eletrônicos ??? não ha nada manual para emergencia num caso de pane elétrica/hidraulica… ??
Supondo que a tripulação esteja confinada na proa do sub, ele conseguem acionar algum sistema de emergencia pela proa?? ou todos os sistemas estão na ponte??

Helio
Visitante
Helio

Bom dia, Faço o rápido registro, porque outros colegas ja falaram muito bem, sobre os toupeiras de sempre, cuja existência parece existr apenas para tentar fazer dos outros um.espelho de suas infelizes existências. A eles, pena. Pelo que li, o K-11 ja está à disposição da Armada Argentina. Pelo que sei, e peço que me corrijam, ele é mais apropriado para quando o ARA SJ for encontrado, quando seus equipamentos terão melhor uso. Quanto ao tema desta postagem, quero crer que a informação sobre a entrada d’água, curto e incendio tenha sido disponibilizada desde o inicio aos empenhados nas buscas,… Read more »

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Andrepoa2002
Achar acha. Questão de tempo e vontade política.
.
Com relação a presença dos “buzos tacticos” e da proximidade do ARA SJ de águas inglesas, não acredito que os ingleses tenham atacado o ARA SJ, e sim que foi um movimento audacioso com desfecho infeliz.
.
Lembrando que foi a Marinha Argentina, na figura do Alte. Ayala, que concebeu o conflito de 1982.

Leandro Alves
Visitante
Leandro Alves

Não consigo compreender alguns leitores, realmente não tem noção nenhuma de náutica. O K-11 não foi projetado para ser veloz, seu propósito e resgate e salvamento ( como mencionado acima, já não é mais possível infelizmente). As condições de navegação nos mares do sul são complicadíssimas, vide que apenas os navio próximos foram acionados. Quanto a operar para exibir condições em nível internacional, o navio a cada dois anos faz exercícios de busca e salvamento em conjunto com outros submarinos e no calendário também faz manobras com outras marinhas. Mover meios navais são caros e, no momento, desnecessário. Há um… Read more »

kfir
Visitante
kfir

ESPECULANDO apenas
.
pelo que entendi o banco curto circuitado estava logo abaixo da sala de torpedos, será que este incidente não fez explodir algum torpedo?

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Opino que a marinha argentina já soubesse da magnitude trágica do evento desde os primeiros dias (talvez tivesse sido informada extra oficialmente por algum contato na CTBTO) e ficou na moita vendo o circo pegar fogo (desperdiçando recurso alheio, desprezando a angústia dos interessados). Mas é só uma opinião.