Home Indústria Naval Poder Naval na Cerimônia de Início da Integração dos Submarinos Classe Riachuelo

Poder Naval na Cerimônia de Início da Integração dos Submarinos Classe Riachuelo

11069
107

Nosso colaborador Fernando “Nunão” De Martini está no Rio de Janeiro, no Complexo Naval da Itaguaí, acompanhando a Cerimônia de Início da Integração dos Submarinos Classe Riachuelo no EBN (Estaleiro e Base Naval). As fotos do post foram enviadas por celular.

A Marinha do Brasil iniciou hoje, no dia 20 de fevereiro, com a presença do presidente Michel Temer e ministros da Defesa do Brasil e da França além de outras autoridades, a fase de integração dos quatro submarinos convencionais da Classe Riachuelo previstos pelo Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), um dos maiores projetos tecnológicos em andamento atualmente no país.

O marco desta nova fase do PROSUB acontece no Complexo Naval da Itaguaí, com o início da montagem final do “Riachuelo”, o primeiro dos submarinos convencionais do programa a ter unidas todas as seções que formam o casco e os múltiplos sistemas já instalados em cada uma delas. Esta fase, de elevada sofisticação tecnológica, é a última, antes do lançamento do submarino ao mar, previsto para o segundo semestre deste ano.

O PROSUB prevê, além da construção concomitante dos quatro submarinos convencionais, o projeto e a construção do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear e a infraestrutura necessária à construção, operação e manutenção do ambos os modelos.

O programa conta com forte participação de universidades e centros de pesquisa, o que gera, entre outros benefícios, transferência de tecnologia,desenvolvimento próprio de tecnologias, processos e materiais avançados, fomento ao desenvolvimento da base industrial brasileira de defesa, capacitação de profissionais em atividades altamente especializadas e milhares de empregos diretos e indiretos.

Na cerimônia, o presidente Temer apertou um botão para fazer a última seção da popa se aproximar mais do restante do submarino

107
Deixe um comentário

avatar
105 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
72 Comment authors
Rafa_positronAnselmo NogueiraF-5Jonas RafaelJeff Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ozawa
Visitante
Ozawa

” (…) um dos maiores projetos tecnológicos em andamento atualmente no país.”

Gripen, Prosub, KC390, Tamandaré, necessariamente nessa ordem, os mais vitais projetos de Estado no país.

AJ Caldas
Visitante
AJ Caldas

Emocionante. Que esse caminho não tenha volta.

Marcos
Visitante
Marcos

O que são essas chapas nas laterais? (Fotos 1 e 2)

Gabriel
Visitante

Ozawa

Eu acrescentaria o Astros 2020 e o Guarani na tua lista (talvez em um nível abaixo, é verdade, mas de grande importância para a força terrestre e consequentemente para o Brasil).

Andrew Martins
Visitante

Quantos países Latino-americanos tem capacidade de bancar todos esses projetos? Gripen, Prosub, KC390, Tamandaré, Guarani, etc

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Marcos, se está falando da parte mais à vante da vela, no bordo do casco, é onde instala o sonar de flanco.

Bardini
Visitante
Bardini

“O que são essas chapas nas laterias? (Fotos 1 e 2)”
.
Se for essas esperas, na lateral do submarino, é onde vai ser instalado o sonar Planar.
.
http://www.thales7seas.com/html_2014/products/509/thales_Planar_Flank_AS.pdf

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Mais informações apuradas no evento eu passarei em outra matéria mais tarde, nesta aqui eu fico à disposição para responder a qualquer dúvida sobre as imagens.

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Que motorzão. E que venham os outros três e a cereja do bolo, o SubNuc BR .

Lucas
Visitante
Lucas

Na terceira foto de baixo para cima, aquela parte mais abaixo do casco (em amarelo) seria ali onde se enche de água fazendo com que o submarino submerja? Não consigo ver algum outro local onde faria tal função.

JagderBand44
Visitante
JagderBand44

Interessante notar que estes aços HY80/HY100 para cascos de submarinos tem um aspecto “oxidado” quando não é aplicada nenhuma camada sobre. O teor de Cobre em torno de 0,25% em peso é o responsável por este aspecto.

Rennany Gomes
Visitante
Rennany Gomes

Parabéns ao Nunão pela cobertura, e a todos os que fazem essa trilogia!

alex.cg
Visitante
alex.cg

Uma duvida esse sonar Planar ele fica exposto mesmo ou depois da instalação se coloca alguma proteção ?

TeoB
Visitante
TeoB

Olá, nossa o bicho é grande… que venha mais 4 depois desses! Parabéns a equipe do Poder Naval!!! belas fotos. Show mesmo.

Sandro Demaria
Visitante
Sandro Demaria

Avante Brasil!!!!

camargoer
Visitante

Olá Colegas. Parabéns à MB. Eu colocaria a fonte de luz síncrotron “Sirius” junto com o Prosub, KC390 e Gripen como os principais programas em andamento hoje. O Guarani e o Astros2020 são importantes mas não têm a dimensão dos outros quatro programas. O quinto programa deveria ser o VLS.

camargoer
Visitante

Um esclarecimento. Quando menciono o Prosub, estou falando dos Scorpenes e também do Alvaro Alberto (SN10) e do Labgene.

XO
Visitante
XO

Não sei se o pessoal do site já tinha divulgado anteriormente, mas não custa relembrar a página do PROSUB – https://www.marinha.mil.br/prosub/

Viva a Marinha !!!

Jr
Visitante
Jr

Essa penúltima foto e para fazer os olhos de qualquer um brilharem

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Devagar mas sempre em frente!!!
O interessante é a Qualidade Industrial que se passa para a industria civil e a mão de obra especializada.

Nos países mais sérios, a Industria de Defesa é fomentadora de desenvolvimento.

Nosso problema é a falta de continuidade, gerando gaps de conhecimento e ´cerebros que vão embora.

Parabéns à MB por lutar em manter este Projeto, apesar de muita gente contra!!

Bardini
Visitante
Bardini

“Interessante notar que estes aços HY80/HY100 para cascos de submarinos tem um aspecto “oxidado” quando não é aplicada nenhuma camada sobre. O teor de Cobre em torno de 0,25% em peso é o responsável por este aspecto.”
.
80 HLES
Não tem Cu nessa liga…
.
C, S, P, Ti, Mn, Ni, Cr e Mo
.
O Submarino está pintado, por isso essa cor “marrom”.
http://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/07/Refor%C3%A7os-Externos-1-580×435.jpg

Zorann
Visitante
Zorann

Parabens Nunão!
.
Belas imagens!

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Belas imagens e bela cobertura, como sempre. Parabéns a toda a equipe do Poder Naval e da trilogia. Os únicos grandes projetos tecnológicos e industriais em andamento no Brasil são os projetos militares.

camargoer
Visitante

Olá Colegas; encontrei 3 dissertações de mestrado sobre o tipo de aço para submarino
1) (2016) Avaliação das propriedades mecânicas, análise da microestrutura e medidas de tensões residuais, por difração de raio x, em juntas soldadas em chapas do aço HY 80, utilizados nos cascos dos submarinos; 2) (2015) Avaliação da influência da tensão residual na instabilidade de cascos resistentes de submarinos’; 3) (2007) COMPARAÇÃO ENTRE SEQUÊNCIAS DE SOLDAGEM PROGRESSIVA E PASSO REVERSO ATRAVÉS DE ANÁLISE NUMÉRICA E EXPERIMENTAL

Jr
Visitante
Jr

Gonçalo Jr., o Sirius e o RMB também estão em andamento, em etapas diferentes, é verdade, mas estão andando. Voltando ao assunto da matéria, confesso que fiquei muito bem impressionado com as instalações do estaleiro, aparentemente não deve em nada as melhores instalações que fabricam submarinos no mundo

mf
Visitante
mf

grande o bicho, parabéns a MB

Alexandre
Visitante
Alexandre

Muito orgulho de ser Brasileiro, único País da América Latina capaz de fabricar um submarino desse porte. Temos agora não só o melhor submarino da região, temos o maior(70 m), o que tem mais autonomia(60 dias), o melhor torpedo(F 21), e o melhor sistema de combate (CONTRALT-S). Agora, é realmente empolgante quando olhamos todos os projetos que começamos há mais ou menos 10 anos se concretizando, falo do ASTROS 2020 que é o melhor lançador de foguetes da região e o único a usar míssil de cruzeiro, do guarani, melhor blindado de transporte 6×6 da região, do KC 390, melhor… Read more »

camargoer
Visitante
Alex II
Visitante
Alex II

Andrew Martins 20 de Fevereiro de 2018 at 12:51
“Quantos países Latino-americanos tem capacidade de bancar todos esses projetos? Gripen, Prosub, KC390, Tamandaré, Guarani, etc”

Pois é. Um tapa na cara daqueles q só aparecem em assuntos de Defesa pra dizer que as FFAA brasileiras são sucateadas. Os eternos vira-latas de autoestima zero.

Marcelo Moraes
Visitante
Marcelo Moraes

Ola amigos, o processo de soldagem deve ser bem complexo, alguém pode nos falar a respeito ou algum link ou matéria?

Heverton Ribeiro
Visitante
Heverton Ribeiro

A cada nova foto, meu orgulho vai crescendo, mas quando chega na última foto, volto para meu desespero.

camargoer
Visitante

Ola Gonçalo. Eu havia mencionado e o Jr também. O Sirius é o maior projeto científico do hemisfério sul (cerca de 1,5 bilhão de reais). Está bem adiantado e logo estará operacional.
http://www.lnls.cnpem.br/sirius/

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

De encher os olhos. Parabéns aos construtores.

Alexandre
Visitante
Alexandre

Quando observamos também que outras compras de oportunidade foram feitas, SIROCO, OCEAN, 96 M 109, 34 Guepards, 03 OPV Amazonas, e mais as modernizações que foram feitas em caças , submarinos U 209 que hoje disparam o melhor torpedo da OTAN( mk 48)e usam sistemas de combate e sonares da Lockheed Martin, percebemos o quanto estamos fortes e anos luz de outras forças regionais. Na verdade, estamos realizando uma grande mudança com material novo, e complementado com material usado de boa qualidade, diferente dos vizinhos que compram material usado para sua espinha dorsal e complementam com alguma pouca coisa nova.… Read more »

mf
Visitante
mf

“O comandante da Marinha, almirante de esquadra Leal Ferreira, ressaltou que o país recupera com o projeto a capacidade de construção de submarinos. O primeiro será incorporado à frota em 2019 e, até 2023, um por ano. Ele admitiu um atraso de dois anos no projeto, devido principalmente a dificuldades relativas a cortes orçamentários.
“Os atrasos tivemos dois aspectos, o orçamentário, que todos da esfera federal tiveram, e o técnico, envolvidos com o modelo, que é mais comprido que o francês. O submarino que vamos receber em 2019 estava previsto para 2017”, disse o almirante.”

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

O lado bom do Brasil que dá certo e não é mencionado na grande mídia com a ênfase que merece.
Nunca é demais repetir. O que a nossa sociedade produz de pior é nossa classe politica, esses ladrões inqualificáveis que se não atrapalhassem a nossa sociedade faria tudo melhor. Hurras ao Brasil. Hurras à Marinha do brasil.

mf
Visitante
mf

Alexandre, relativo a caças, enquanto não vier o Gripen, os F-16 chilenos e os SU-30 são superiores aos nossos caças, em matéria de escoltas as fragatas do Chile e do Peru são superiores as nossas Niteroi, em matéria de artilharia antiaérea, Chile, Venezuela e Peru possuem misseis antiaéreos de médio alcance altitude, nos apenas de curto alcance e baixa altitude. De toda forma, somos os únicos país com programas de grande vulto para produzir armamentos nacionais e com alguma indústria relevante nesse sentido, enquanto os outros só fazem compras de prateleiras, devido ao nosso tamanho e PIB somos o único… Read more »

Alexandre
Visitante
Alexandre

Alex II 20 de Fevereiro de 2018 at 13:55 Andrew Martins 20 de Fevereiro de 2018 at 12:51 “Quantos países Latino-americanos tem capacidade de bancar todos esses projetos? Gripen, Prosub, KC390, Tamandaré, Guarani, etc” Pois é. Um tapa na cara daqueles q só aparecem em assuntos de Defesa pra dizer que as FFAA brasileiras são sucateadas. Os eternos vira-latas de autoestima zero. Falou tudo Alex II e Andrew Martins, é isso que eu penso, ainda bem que tem gente inteligente e Brasileiro de verdade aqui, não os vira latas de plantão, esses supostos “ispicialistas” que só fazem denegrir nossas FAAs… Read more »

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Jr 20 de Fevereiro de 2018 at 13:44
camargoer 20 de Fevereiro de 2018 at 14:01

Sim. É verdade.

AL
Visitante
AL

Temos o Ivan, o mapento; e Camargoer, o acadêmico!!!! Parabéns a ambos por enriquecerem as discussões, cada qual a seu modo!!!

André Gomide
Visitante
André Gomide

Desculpem…mas tenho que desabafar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O que diabos o Governador do RJ. Pezão, está fazendo ali na foto?????

Ele acabou de assinar o seu atestado de ser o maior incompetente no Brasil, e de prêmio ganha mídia???????

Negrão
Visitante
Negrão

bom dia!

Vcs não vão atualizar o “forte” quanto a intervenção no Rio?

Jr
Visitante
Jr

André Gomide, faça que nem eu, fui até a penúltima foto da matéria, quando chegou na última eu pulei, nem vale a pena discutir porque essa figura nefasta esta ai, hoje é um bom dia para a MB, um dia para comemorar, não vai ser a presença de algumas pessoas indesejáveis que vai estragar a festa

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

AL 20 de Fevereiro de 2018 at 14:21

E também temos o Bosco(pédia)rs,senhor das armas!!!

Djalma
Visitante
Djalma

” Alexandre Galante 20 de Fevereiro de 2018 at 14:48
Senhores, deixem os comentários políticos de lado, os políticos passam e a Marinha fica. Hoje é dia de comemoração! ”

[2] Vamos dar ênfase a quem merece.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

“alex.cg 20 de Fevereiro de 2018 at 13:20 Uma duvida esse sonar Planar ele fica exposto mesmo ou depois da instalação se coloca alguma proteção ?” Proteção só a da fina carenagem do próprio sonar de flanco, que não deve ficar demasiadamente ressaltado nos bordos para não prejudicar a hidrodinâmica. Sonares ficam em contato com a água para funcionarem, mesmo o sonar da proa fica fora do casco de pressão, numa área sempre alagada abaixo dos tubos de torpedo (estes também focam projetados para fora do casco de pressão e escondidos sob a cobertura hidrodinâmica da proa, que tem partes… Read more »

Hernâni
Visitante
Hernâni

A marinha brasileira começa a tomar forma, os submarinos, as corvetas e as futuras fragatas irão dar ao Brasil capacidade para se impor no Atlântico Sul. Com um navio-aeródromo então o Brasil seria uma potência regional sem ninguém à altura. Do equador para sul até ao Cabo da Boa Esperança podiam entregar ao Brasil e mandar o norte americanos para o Pacífico. É demais? Não me parece! O Brasil é um dos maiores países do mundo, duzentos milhões de habitantes… Ainda hoje, na visita que o presidente da República de Portugal está a fazer a S. Tomé, mostraram o navio… Read more »

Guizmo
Visitante
Guizmo

Parabéns pela cobertura, belas fotos e muito emocionante ver tudo isso sendo desenvolvido e concluído.

Parabéns à Marinha Brasileira!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Pelas fotos, falta terminar a vela, unir as conexões elétricas, mecânicas e hidráulicas das seções e o próprio casco. É isso mesmo, Nunão?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Rafael, a vela é “oca” e alagável, seus painéis de cobertura são removíveis para facilitar a instalação de equipamentos como os periscópios, snorkel, antenas de comunicação, de radar etc. se não me engano, ela veio da UFEM até mais “coberta” do que se vê mas fotos. Quanto à maior parte do trabalho que falta é isso mesmo, fazer todas as centenas de conexões, assim como instalar vários equipamentos eletrônicos de menor porte, para tudo ser integrado e testado em funcionamento. A aproximação da seção de popa foi mais um evento simbólico nesse momento, as seções ainda não unidas podem ser… Read more »