Home Estratégia O funcionamento da Guerra Naval no canal ‘Arte da Guerra’

O funcionamento da Guerra Naval no canal ‘Arte da Guerra’

4333
24

canal Arte da Guerra do comandante Robinson Farinazzo traz desta vez um vídeo sobre o funcionamento da Guerra Naval, mostrando que a guerra no mar não se resume a navios, aviões e submarinos. O canal tem lançado toda semana vídeos no Youtube que abordam análises de conflitos, tecnologia de armamentos e liderança militar, dentre outros temas ligados à Defesa.

Concebido no espírito de promover um debate saudável sobre assuntos militares, o canal Arte da Guerra trabalha com uma pauta bem realista, em estilo afinado com a linha editorial da trilogia de sites Poder Naval/Poder Aéreo/Forças Terrestres.

O objetivo do canal é estimular a reflexão, a busca do conhecimento e a compreensão das novas tendências na área de Defesa. Os comentários, sugestões de pauta e discussões dos leitores são muito importantes e levadas em consideração para a preparação de futuros vídeos.

Então, se você buscava um canal de Defesa profissional, abalizado e que prima por credibilidade, saiba que a qualidade do Poder Naval, agora também pode ser assistida no canal Arte da Guerra.

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Artur Castro
Artur Castro
2 anos atrás

Eu seguia muito o Hoje no Mundo Militar, que por sinal, é um ótimo canal, quando me recomendaram o Arte da Guerra. Dizendo meu colega, era um canal com um conteúdo mais adulto, experiente, feito literalmente por um comandante.

E não me decepcionei. Acompanho praticamente todos os vídeos, e este em especial é uma verdadeira AULA de guerra naval. Achei fantástico a explicação dele sobre as táticas por exemplo, do Nelson em Trafalgar.

Um ótimo canal, que sempre aborda temas muito pertinentes, que vão desde a análise do generalato do Maduro até táticas básicas de guerra.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Artur Castro
2 anos atrás

o problema do “hoje no mundo militar” é que existe a versão dele dos fatos e a versão errada. Sem falar que é sempre pró um país e tudo que pode contra o outro, sempre nas entrelinhas, o que é mais sórdido. imparcialidade lá não existe nem em dicionário.

Artur Castro
Artur Castro
Reply to  Gustavo
2 anos atrás

Eu diria que o problema do hoje no mundo militar é que ele acaba caindo, muitas vezes, na idiotice dos seguidores.

Tipo gente que nunca viu nada do mundo militar chegar lá e ficar perguntando: “e o BRICS pode ser usado como aliança militar?” e ele gastar uns 40 vídeos respondendo a esses seguidores.

Gosto muito dos vídeos de equipamentos que ele faz. Mas infelizmente, nem nos que eu peço nos comentários (e por sinal tem muitas curtidas) ele atende.

ROBINSON CASAL
Reply to  Artur Castro
2 anos atrás

Pois é Artur, o ARTE DA GUERRA foi criado com o espírito de passar uma visão realista dos fatos. Entendemos que não existem santos nem demônios, que todas as grandes potencias , independente de sua ideologia, buscam apenas seus próprios interesses e que , principalmente, inexistem armamentos decisivos ou milagrosos.

Nosso compromisso é com a fidelidade dos fatos , buscando ser relevante sem descambar para sensacionalismos e isento de matizes ideológicas. Forte abraço !

PC de Bordo
PC de Bordo
2 anos atrás

O canal é excelente! Os assuntos são tratados de maneira didática, porém não superficialmente. Se percebe a vontade que o Robinson tem de educar leigos como eu em assuntos militares; e isso é muito bacana! Indico o canal a todos da trilogia!

Nilson
Nilson
2 anos atrás

Parabéns pelo vídeo, tenta mostrar que a guerra de verdade não é só um jogo de supertrunfo.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 anos atrás

Muito bom , mas muito melhor é o final quando o comandante Robinson fala de nossa auto-estima! diferentemente do mundo, a maioria dos brasileiros não honram, amam e respeitam a pátria amada, a tratam com desdém, escárnio e asco. Talvez um dos maiores motivos do estado das coisas que estamos hoje vivendo nesta terra abençoada,mas subjugada para mim por traidores e em grande parte da população que vive como formigas naquele mundinho de vidro de ciência do antigo colégio primário, onde se houver futebol, carnaval e principalmente cerveja barata, está ótimo. Não respeitam nossos símbolos e até acho que a… Read more »

Johnnie
Johnnie
Reply to  Saldanha da Gama
2 anos atrás

Muito bom Saldanha. É bem isso. basta a gente falar mal dos EUA que um monte de gente vem defender, mas para falar do nosso país não fazem cerimônia, como se estivesse falando de uma coisa sem importência. O Brasil é o país mais importante do mundo (para mim). Muitos dos que expressam suas opniões provavelmente não completaram nem seus trinta anos, e lhes falta patriotismo.

Johnnie
Johnnie
Reply to  Johnnie
2 anos atrás

importância

Roberto Silva
2 anos atrás

Saldanha: “Os que aqui foram crianças no fim da década de 1960, hão de se lembrar que todo dia de manhã, antes das aulas, era hasteada a bandeira Brasileira e cantado o hino com amor e respeito”.

Sou dos anos 70 e tenho saudades dessa época, da bandeira e do hino. O Brasil precisa trazer de volta essa tradição em 2019. Vamos ver, o tempo dirá.

A qualidade do canal Arte da Guerra é excepcional.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Roberto Silva
2 anos atrás

Caro Roberto, Muitos que não viveram esta época, a criticam por ser de ditadura e privação de liberdade, mas somente quem a viveu tem a verdade guardada em sua mente. Houve erros? sim e muitos, mas por exemplo, a imensa maioria das escolas públicas eram referência. Estudei uma boa parte no Pedro II em São Cristovão, enquanto as escolas particulares, eram para os jubilados ou os que nao tinham bom comportamento. Tínhamos liberdade de ir e vir, de noite e madrugada, e somente nestas é que passavam filmes proibidos, as casas dormiam de janelas abertas, os carros na calçada e… Read more »

Leonardo
Leonardo
Reply to  Roberto Silva
2 anos atrás

Eu sou de 1976 e peguei essas tradições também, até o final da década de 80. Não havia bandeira e hino todos os dias, mas todas as sextas-feiras, havia. A coisa começou a degringolar após a “constituição cidadã” e depois que chegaram no poder os vitoriosos de 64 (chamo de vitoriosos porque foram viver exilados no primeiro mundo, impuseram um controle ideológico dos colégios e universidades, da igreja, dos sindicatos e voltaram anistiados para nos roubar).

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
2 anos atrás

Muito bom, mesmo. Compartilhei.
Quem leu Fleet Tactics vai gostar.

Tallguiese
Tallguiese
2 anos atrás

Eu gosto dos dois canais, aprendo muito com eles.

romp
romp
2 anos atrás

Eu só conheci este blog pelo canal do comandante Robinson Farinazzo que recomendou ai eu vim parar aqui, realmente o comandante é muito bom nas analises que ele faz.

Já o hoje no mundo militar eu gostava no inicio, mas depois de um tempo eu percebi que ele não sabe ser imparcial, e fica repetindo 20x a mesma coisa além de ser fan boy dos americanos, não que eu tenha algo contra, porém se ele está passando uma mensagem ele tinha que ser mais imparcial nas analises dele.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 anos atrás

Acompanho pelo youtube o “Canal Arte da Guerra”.

Gosto da objetividade e da maneira simples com que os temas são abordados. Interessante perceber que o Comandante não se apega muito com a “cor da camisa” dos protagonistas dos fatos em discussão.

É muito chato quando se percebe que alguns temas são levados em discussão com uma “certa paixão clubista”, uns torcendo para os de camisa vermelha (e seus HYPER esquemas) enquanto a outra banda torce para os de camisa Azul (e sua mania de grandeza).

ROBINSON CASAL
Reply to  Ricardo Bigliazzi
2 anos atrás

É seu Ricardo, o Senhor definiu bem o Fla Flu que tem por aí !

José Carlos David
José Carlos David
2 anos atrás

Muito boa a exposição do canal. Compartilhei e vou virar fã.
Parabéns!

Bardini
Bardini
2 anos atrás

“Hoje no mundo militar”, falando suas baboseiras, chega a mais de 500mil seguidores…
“Youtuber de opinião” é uma M…
.
O “Arte da Guerra”, que seria uma arma para combater a desinformação, Super Trunfo, trolls e ainda assim, entreter muito entusiasta, ainda engatinha… Que esse canal prospere, muito.
Mas pra isso, tem que melhorar o roteiro e a edição.
.
Agora… Se juntar a edição do carinha do “Águias de Aço”, com o potencial de agregar conteúdo do “Arte da Guerra”, daria um canal de primeira linha.

Zeabelardo
Zeabelardo
2 anos atrás

Tive a oportunidade de ver o uniforme do Almirante Nelson com o furo do tiro que o matou. Um herói nacional e talvez o maior comandante da história. Engraçado o comentário do comandante, pois compartilho da mesma opinião, sempre parece que o outro lado não vai revidar. Quando entra nessa linha, eu dropo o vídeo ou artigo. Há um grande desnível educacional em nosso país. As pessoas não gostam de ler. O máximo que podem é ler uma ficha ou um artigo de três parágrafos. O verdadeiro hobbysta compra livros, revistas, estuda e se dedica a entender aquilo. Não vale… Read more »

ROBINSON CASAL
Reply to  Zeabelardo
2 anos atrás

Pois é Zeabelardo, a gente procura muito combater o famoso ” E SE ” que o pessoal propaga por aí, mas não está fácil não. Mas enfim, fico feliz que existam pessoas como Você, que compreenderam bem o espírito do ARTE DA GUERRA. Forte abraço !

Soldat
Soldat
2 anos atrás

“Sem falar que é sempre pró um país e tudo que pode contra o outro”

Ué mas é o que mas acontece no Blog falou contra a geopolítica Anglo-Americana-sionista o Bicho pega(literalmente Crucificado) se for conta o mundo( ocidental-Protestante-Judaico).

Mk48
Mk48
2 anos atrás

Se alguém que não conhece nada de guerra naval for se basear neste vídeo , tá lascado.

A ideia do canal é muito boa, mas o conteúdo dos vídeos é raso , edição fraca e uma péssima locução.

Angelo Chaves
Angelo Chaves
2 anos atrás

Aprendi muito dentro do colégio militar onde passei boa parte de minha adolescência, hoje, muitos anos depois, mesmo navegando em outros mares, não esqueço dos valores que a mim foram ensinados. Ademais sou totalmente contra qualquer forma de regime autoritário, seja ele militar, de direita ou de esquerda (os piores), pelo contrário, acredito que só teremos um país melhor quando o povo passar a exercer sua cidadania com plenitude. Porém, não posso negar, sob pena de ser leviano, que os anos dos governos militares foram anos onde havia segurança e paz para a maior parte da população, mesmo aquela que… Read more »