Home Indústria Naval China lança ao mar dois destróieres Type 055 simultaneamente

China lança ao mar dois destróieres Type 055 simultaneamente

9718
85
Dois destróieres Type 55 lançados simultâneamente na China
Dois destróieres Type 55 lançados simultaneamente na China

Dois destróieres Type 055 de 10.000 toneladas foram lançados simultaneamente pela Companhia de Indústria de Construção Naval de Dalian (DSIC) em 3 de julho, em um movimento que reflete o ritmo acelerado com que a China está construindo essa nova classe de navios de guerra.

Os navios mais recentes são o terceiro e o quarto a serem lançados, com todos os quatro entrando na água em pouco mais de um ano.

O primeiro Type 055 foi lançado no estaleiro Jiangnan Changxingdao, perto de Xangai, em junho de 2017, e o segundo, em abril de 2018.

Os destróieres Type 055 são os maiores combatentes de superfície construídos para a Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy) e são um desenvolvimento aprimorado dos destróieres da classe Type 052D (Luyang III).

O sistema das armas do Type 055 inclui: um canhão principal H/PJ-38 de 130 mm, capaz de disparar vários tipos de munições, incluindo as guiadas, o CIWS H/PJ-11 de 30 mm com taxa de tiro de 10 mil projéteis/min, o sistema HQ-10 de mísseis de curto alcance, lançadores de chamarizes e torpedos. Todos os outros mísseis ofensivos e defensivos são encontrados nos 112 silos VLS.

Esses silos são distribuídos em dois lugares – 64 na proa e 48 na popa, Logo atrás do hangar duplo do navio. Eles são do mesmo modelo que os usados ​​no Type 052D, compatíveis com o lançamento a quente e a frio graças ao conceito Concentric Canister Launcher (CCL).

Teoricamente, todos os mísseis chineses cujo tamanho não exceda 9 metros de comprimento e 0,85 metros de diâmetro podem ser lançados a partir dessas células VLS, desde que o sistema de combate seja compatível.

Até à data, a PLA Navy planeja equipar seus primeiros Type 055 com mísseis antiaéreos HQ-9B com alcance de 200 km, mísseis antinavio YJ-18A, um novo tipo de míssil antiaéreo de médio alcance e um míssil de cruzeiro e ataque terrestre baseado na família YJ-18, ou seja, praticamente os mesmos já encontrados nos destróieres Tipo 052D.

Também é provável que o novo míssil antissubmarino Yu-8A esteja entre o arsenal do navio.

Type 055 design

85
Deixe um comentário

avatar
43 Comment threads
42 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
45 Comment authors
RommelqeFabiano MartinsAllanjota káRenato Carvalho Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Seria melhor comparar o type 055 com um Burke ou um Ticonderoga do que com o Zumwalt. De toda forma, é a China fazendo bonito.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

A china não está para brincadeira. Do jeito que ela anda, ultrapassara os EUA daqui uns dez anos e se tornará dona da metade do planeta!

Juarez
Visitante
Juarez

Já combinou com o Tio Sam?

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Não precisa combinar.

Daqui míseros 5 anos o PIB da China será equivalente a 1 Estados Unidos e MEIO.

E ainda possuem custo de produção menor (mão de obra, impostos, empresas de defesa Estatais, etc).

Como competir com isso???
Se hoje já estão produzindo navios a um ritmo maior que os EUA, como será daqui 5 anos com 1,5 VEZES o PIB americano?

rogerio rufini
Visitante
rogerio rufini

Falam isso a anos atrás e toda vez não ocorre, PIB chines é manipulado, e isso já foi debatido em muitos lugares, uma cooisa sim e garantida, a china tem a maior marinha do mundo em número de navios, mas esta muito atrás da americana ainda

MGNVS
Visitante
MGNVS

Sou apenas um leitor, nao tenho tanta informacao tecnica igual outos comentaristas aqui tem sobre diversos tipos de sistemas de armas.

Por esse motivo eu dxo aqui perguntas para que o pessoal mais preparado do site me responda, mas sem se dxar levar por ideologias.

1- Esses navio é tudo isso mesmo?
2- Ele cumpre a missao?
3- Essa tecnologia é comparavel a do Ocidente?
Pq o ritmo de producao chines é impressionante.

Bosco
Visitante
Bosco

MGNVS, Eu não faço ideia, mas pelo jeito que tem uns eufóricos, deve ser tudo coisa de primeiríssima qualidade e o pessoal tem acesso à informação classificada que não tá disponível pro povão, tal é a certeza e a felicidade. De minha parte eu só tenho a dizer que tecnologia sensível no Ocidente leva uns 15 a 20 anos pra ficar pronta e disponibilizada para o usuário final (as forças armadas) colocar em campo, depois de muito teste, contratempos, etc. E ainda fica meia boca! Já os chinas fazem tudo rapidinho, não vendem pra ninguém e liberam as informações oficiais… Read more »

Fox-2
Visitante
Fox-2

Bosco,
Pra mim tudo isso não passa de um barco pesqueiro com pele de destroier.

Pedro
Visitante
Pedro

Nossa voces parece que gostam de cometer o erro militar mais básico que existe, que é subestimar o oponente. Como se bom mesmo fosse o Brasil, que não consegue construir uma corvetinha. Os produtos japoneses de décadas atrás também “soltavam pecinha”, e aos poucos foram melhorando até se tornarem padrão. A China evoluiu muito, e ainda por cima eles roubam tecnologia adoidado, tanto por espionagem quanto por engenharia reversa nas milhares de fábricas que o Ocidente inocentemente mandou para lá, dando-lhes de mão beijada acesso aos processos de fabricação. Esses comunistas chineses são uma ameaça séria à paz mundial, talvez… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

E vale salientar que esse destróier chinês é equivalente ao Arleigh Burke … Flight III (depois da 13ª unidade). Esse Type 055 é dotado de radar AESA banda S e banda X, coisa que o Arleigh Burke só agora sonha em ter e pra um futuro ainda distante. A diferença é que futuramente os Arleighs Burkes terão AESAs com TRMs de nitreto de gálio enquanto esse radar Type 346 chinês é um AESA “tradicional”com componentes de estado sólido a base de GaAs, menos avançado. Ufa! Pelo menos isso! rsrs Note que esse destróier não tem antena mecânica de iluminação de… Read more »

nonato
Visitante
nonato

No ocidente é tudo uma complicação e dificuldade. Qualquer navio, qualquer adaptação os fabricantes querem bilhões. Enquanto outros países ficam pensando, a China vai e projeta diversos tipos de navios, de todos os tamanhos, com mísseis de todos os tipos. Enquanto isso, países como Austrália, Inglaterra, Alemanha e França têm a maior dificuldade para comprar uns 4 a 8 fragatas meia boca com apenas 4 a 8 mísseis antinavio. Se os navios chineses têm qualidade não sabemos, mas navios eles têm. E com toda tecnologia disponível. Sem ficar anos e anos pensando se vão colocar radar aesa. Se colocarão canhão… Read more »

MGNVS
Visitante
MGNVS

Bosco
Obrigado, seus comentarios tecnicos sempre agregam muito ao site.

Eu tbm tenho minhas duvidas sobre toda essa expertise chinesa.

Ngm nunca viu, ngm sabe e do nada aparece uma “supermaquina”.

E igual vc bem falou, tecnologia de ponta leva tempo para ser criada, testada, aprovada, para so depois ser usada. E como vc citou, tbm leva tempo para preparar e treinar um cidadao para se tornar um marinheiro e operar um sistemas de armas desses.

Veremos qual será o proximo passo da China em sua evoluçao militar e tecnologica.

Mk48
Visitante
Mk48

Esse Type 055 é um belo navio e acho que não pelo seu deslocamento, mas pelo seu poder de fogo, deveria ser classificado como cruzador. Uma bela máquina, sem dúvida. Já prevendo a inevitável comparação com a US Navy, gostaria de dizer o seguinte : Comparações quantitativas entre quaisquer forças não significam nada. Portanto dizer que daqui a x anos a PLA Navy ultrapassará a US Navy em quantitativo é chover no molhado. Não diz nada e é uma afirmação extremamente vaga. Não basta possuir uma marinha gigante e até mesmo composta de navios e submarinos poderosos se não houver… Read more »

ghutoz
Visitante
ghutoz

“décadas de conflitos”, sério mesmo? vai comparar décadas com milênios?

luiz
Visitante
luiz

A Us Navy mal consegue navegar sem bater seus destroyers contra navios mercantes, doutrina se aprende e se perde com o tempo.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Qual a pertinência dessa informação nesse momento?

jota ká
Visitante
jota ká

Correto luiz.
Esta turminha ___________________ e que dizem que são superdotados infalíveis, que estão mil anos na frente dos chineses e outros, precisam de notícias com esta para caírem na realidade.
🙂

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO ROTULE OS OUTROS PARA NÃO SER ROTULADO.

Luiz Floriano Alves
Visitante
Luiz Floriano Alves

O povo que escreveu a Arte da Guerra não vai mostrar ineficienccia no combate naval moderno. Já referi aqui a minha admiração pela formação da Royal Navy, que coloca seus groumetes a bordo com tenrra idade. Serão marujos de alta qualidade profissioanal. Porém, na guerra moderna a tecnologia pesa mais que a formação do pessoal. E a massa dos meios de combate, fruto da filosofia chinesa do poder das massas, tem um peso muito grande na guerra. A mesma filosofia que derrotou os exercitos de Hitler, melhores técnicamente que os russos.

Mk48
Visitante
Mk48

Luiz Floriano,

Você pode colocar uma Força Tarefa chinesa completa contra apenas um submarino da classe Virgína que este os mandaria para o fundo do Pacífico antes que o almirante chinês perceba o que aconteceu.

Tecnologia e treinamento sempre irão se sobrepor sobre a quantidade.

Matheus Parreiras
Visitante
Matheus Parreiras

Bem exagerado o seu comentário, de fato a experiência americana é muito maior do que a chinesa. Mas do jeito que você coloca em seus comentários os militares chineses são uns mongolóides sem treinamento nenhum, enquanto os americanos são deuses da guerra.

Acho que isso está só um pouquinho fora da realidade, mas acho que o tempo dirá.

Juvenal Santos
Visitante
Juvenal Santos

O navio é bonito e bem armado sim, mas e daí? Qual o alcance e eficiência dos radares? Qual o percentual de acertos dos mísseis e dos CIWS? E os motores, helices, qualidades marinheiras, e todo o resto, funcionam como seus equivalentes ocidentais? Sinceramente não acredito que nada supere algum congênere ocidental, a China ganha sempre com a mesma tática milenar: Quantidade númerica. Vencem pela quantidade e não pela qualidade. Não acredito que esses armamentos feitos na China, cópias mal-feitas com material inferior, possam suplantar qualquer armamento americano ou da OTAN. Pelo menos tudo que eu tenho aqui em casa… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

Eles possuem fabricas exclusivas que produzem para a Apple, Samsung , Sony, etc. portanto sabem fazer com qualidade. Na parte eletronica, por culpa do Ocidente, que mandou todas as fabricas para la, nao acho que estao atras nao…na verdade a unica e grande area em que estao atras sao as turbinas aeronauticas. Para turbinas navais, talvez a taxa de falhas e durabilidade nao sejam tao criticas quanto para as que voam.

Mk48
Visitante
Mk48

“Eles possuem fabricas exclusivas que produzem para a Apple, Samsung , Sony, etc. portanto sabem fazer com qualidade.”

Estamos aqui discutindo tecnologia naval.

O que estas empresas citadas por você tem a ver com o assunto ?

ghtuoz
Visitante
ghtuoz

tanto a ver quanto as coisas chinesas que vc disse ter em casa e não prestam…..

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

que lá na China tem gente competente capaz de produzir itens refinados, duráveis, e eficientes

Marcelo
Visitante
Marcelo

pessoal ja respondeu para mim…obrigado

mas complementando: tecnologia eletronica eh dual use, my friend.

fabio jeffer
Visitante
fabio jeffer

Bosco
Ta ai algo que me pergunto tbm
Apesar de seu bilhãozinho de habitantes, treinar tanta gente não deve ser facil
Lembra tbm aquele ritmo aluscinante de navios de guerra de todos os tipos, incluindo dezenas e dezenas de porta-aviões, que os EUA lançavam ao mar no pico das construções navais durante a segunda guerra

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Toda vez que leio aqui notícias sobre o ritmo de construção da marinha chinesa, me lembro de documebtários sobre o ritmo de construção naval americano durante a WWII, que contruía porta-aviões e encouraçados em semanas, e blindados Sherman e Jipes em minutos.

Dalton
Visitante
Dalton

Não há a menor comparação com o que os EUA fizeram na época da II Guerra, isso jamais voltará à acontecer e duvido que a China um dia venha a ter uma marinha do tamanho que a US Navy foi em 1990 no fim da guerra fria…a US Navy de hoje é uma sombra daquela e provavelmente os chineses nem desejam/precisam daquilo tudo. . E encouraçados e NAes não foram construídos em semanas…sei que foi um exagero consciente…mas…só como curiosidade…até mesmo os EUA tiveram à contragosto de muitos, converter cruzadores que estavam em construção em NAes leves porque era impossível… Read more »

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

“Quem desdenha gostaria de tê lo ou quer comprart” Na China você compra os produtos por categoria ou conforme o que você pode pagar e quanto mais baixo o preço das réplicas maior a sua margem de lucro e consequentemente a qualidade varia com o preço. No que tange equipamentos de defesa esses argumentos americanófilos já deixou de ser tabu ou lenda urbana. Eu acredito na engenharia naval da China. Eles não vão construir navios fracos com tecnologias duvidosas para projetar poder em águas conflitantes. Além de serem pragmáticos, disciplinados, estrategistas e muito inteligentes não há mistério na tecnologia de… Read more »

Mk48
Visitante
Mk48

_________
_________

COMENTÁRIO APAGADO. MANTENHA O RESPEITO AOS DEMAIS COMENTARISTAS, DEBATA OS ARGUMENTOS SEM DESQUALIFICAR QUEM ARGUMENTA.

PRIMEIRO AVISO.

Mk48
Visitante
Mk48

Não desqualifiquei ninguém.

Onde no meu comentário eu desqualifiquei o forista ?

Apenas disse que cada um acredita no que quer e citei 2 exemplos.

Exagero de vocês.

AVISO DOS EDITORES: NÃO HOVE EXAGERO ALGUM, REFLITA SOBRE SUAS ATITUDES ANTES DE RECLAMAR, VOCÊ JÁ FOI ADVERTIDO ANTES.

QUANDO ALGUÉM PARTE PARA A DESQUALIFICAÇÃO PESSOAL COMO VOCÊ FEZ, A PESSOA ATACADA GERALMENTE SE SENTE OFENDIDA E REVIDA, CRIANDO UMA BOLA DE NEVE QUE SÓ ATRAPALHA A DISCUSSÃO. LEIA E OBEDEÇA AS REGRAS DO BLOG.

https://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Mk48
Visitante
Mk48

Me desculpem, mas continuo achando exagero sim da parte de vocês.

_________
_________
_________

Pergunto eu : Isso é motivo para apagar o meu comentário e me enviar uma aviso de advertência ?

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO INSISTA. O JULGAMENTO E A AÇÃO DOS EDITORES DO SITE PARA MANTER UM BOM AMBIENTE DE DISCUSSÃO CONFORME AS REGRAS DO BLOG NÃO ESTÃO ABERTOS A DISCUSSÃO. LEIA AS REGRAS. ASSUNTO ENCERRADO.

Mk48
Visitante
Mk48

Ok.

Então saio do Blog por não concordar com arbitrariedades.

nonato
Visitante
nonato

Uns 4 desses para o Brasil quebravam um bom galho.
Sem transferência de tecnologia e feitos lá fora mesmo.

ALEXANDRE
Visitante
ALEXANDRE

E o Brasilzao…

wwolf22
Membro
Member
wwolf22

o que seria um míssil anti-submarino??
torpedo de cavitação??

Bosco
Visitante
Bosco

Wolf,
É um míssil que deposita um torpedo leve numa dada distância. Por exemplo, o ASROC coloca um torpedo a cerca de 15 milhas do navio.
* Em tese também pode levar uma carga nuclear de profundidade.

Bosco
Visitante
Bosco

Wolf,
Só de curiosidade, somente a versão nuclear do Shkval é que tinha capacidade antisubmarino. A versão convencional só tinha serventia contra navios, sendo lançado em salvas já que se trata de um torpedo de corrida reta.

USS Montana
Visitante
USS Montana

Sun Tzu deve estar orgulhoso dessa marinha atual da China.

filipe
Visitante
filipe

Esse Destroyer é para comparar com o ATAGO e o KONGO do japão, e com Burke do EUA, e Type 45 do Reino Unido.

willhorv
Visitante
willhorv

Os custos existem….claro, mas como a postura do país é adquirir os meios, e convenhamos, devido ao fato do país não ser capitalista, o preço final para o governo da China é menor. Convergindo então, alta produção com custos menores e vontade política em fazer acontecer, vemos isto…..um verdadeiro esforço de guerra! Do jeito que vai….sabemos no que vai dar! Arrisco a dizer que em 10 anos 4 frotas completas estarão operacionais….com cvns, sub nucs e pelo menos 6 escoltas destas para cada um… Enquanto isto, em um país que se engole tudo e se recebe nada, como por exemplo… Read more »

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Na ultima imagem dizem que um único Zumwalt vale o mesmo que 13 Type 055… uma pesquisinha rápida e você descobre que o custo de cada Zumwalt vale cerca de 4,42 Bilhões. isso faz com que segundo a imagem cada Type 055 custe 340 Milhões de dólares, me desculpem, mas isso é no minimo impossível. (a não ser que estejam considerando o custo do programa que gerou o Zumwalt para isso)

(Isso não é uma critica ao site, só uma observação sobre a propaganda chinesa)

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Imaginem essa capacidade fabril em benefício das CCT,s!
Lógico com o destinação correta e bem aplicado de recursos e em tempos condizentes com a demanda do fabricante.
Cabendo as empresas (via Engepron) a integração de sensores e sistemas de armas aqui no Brasil.
Pena que não houve propostas Chinesas na CCT,s, mas mesmo se houvesse não acredito muito que ganhariam, principalmente conhecendo o histórico nacional das FAAs e governo relativos a países e equipamentos orientais (socialistas).

Mk48
Visitante
Mk48

Graças a Deus que a China desistiu da concorrência para as nossas corvetas. O que adiantaria construir rapidamente os navios e o principal, o pós venda, não ser adequado. A China não possui nenhuma experiência em exportar navios, e não e venha com alguma eventual venda de algum navio patrulha ou corveta vendido para algum país Africano, não significa nada. Ademais, como já foi dito aqui inúmeras vezes, nada do que fazem, sejam navios ou aviões, foram provados em batalha. O mais correto e certamente o mais acertado é ficar com uma proposta de um grupo ocidental, com tradição e… Read more »

Renato Carvalho
Visitante

Eu não gostaria de ser alvejado por um fuzil chinês…ou estar em um alvo de uma bomba de hidrogênio chinesa, e olha que testaram a sua nos anos 60, ficar desqualificando armamento chinês em contraponto ao ocidental é de uma ingenuidade sem tamanho, estamos no século 21, eles já tem programa espacial avançado, supercomputadores, empresas de alta tecnologia como a Lenovo, Huawei e Xiaomi que competem com as maiores do mundo, sinto muito amigo eles estão aí e são realidade queira você ou não.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Type 052 — 157 m de comprimento —
D = 7.500 t
Arleigh Burke — 155 m de comprimento —
Flight I = 8.300 t
Flight II = 8.400 t
Flight IIA = 9.200 t
Flight III = 9.800 t

Type 055 — 180 m de comprimento —
13.000 t

Zunwalt — 190 m de comprimento —
15.900 t

O type 055 em tamanho e deslocamento está mais para Zunwalt do que para Arleigh Burke.
E em termos de mísseis, número de células VLS, está mais para Cruzador, como os Ticonderoga americano, do que para Destroyer.

Dalton
Visitante
Dalton

O T-52D tem a boca mais estreita que um Arleigh Burke…17 m contra 20m…isso explica porque apesar de serem 2 metros maiores em comprimento deslocam menos. . Os próprios “Ticonderogas” no início seriam classificados como “destroyers”…mas…por conta da URSS classificar navios similares e até menores como “cruzadores”, também acabaram sendo classificados como cruzadores, mas, poderiam muito bem ter sido classificados como “destroyers” como assim o são os classe “Zumwalt”. . O que diferencia cruzador de “destroyer” na US Navy não é o tamanho e sim a capacidade de exercer a função de navio encarregado na função de coordenar a defesa… Read more »

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Um Ticonderoga desloca o mesmo, grosseiramente, que um Burke. E não é que o type 055 ficou 30% mais leve (ou são referências a dois tipos distintos de tonelagem, a leve e a plena)?…
😀

Dalton
Visitante
Dalton

O deslocamento de 13.000 toneladas é a plena carga, algo que será alcançado quando o navio estiver certificado para missão, com todo o combustível, armamento,
víveres, até o peso da tripulação é levada em conta.

Bruno w
Visitante

Muitas pessoas criticam,quando dizem que os chinas irá ultrapassar os EUA , dizem que dificilmente isso vai acontecer …. Mas devemos levar em consideração que Orientais ,tais como Japoneses,Coreanos,Chineses etc …não são como nós ocidentais ,quando eles querem algo ,eles buscam e alcançam o que buscam ,mediante a rígida disciplina que eles tem … Se eles vão passar a USNarvy em qualidade eu não sei …mas em tonelagem daqui a alguns anos ,com certeza vão superar ,e qualidade e experiência vc aprende fazendo e operando… Pude ver uma notícia também que mudaram o planejamento para ter seus NAes ,querem muito… Read more »

Guizmo
Visitante
Guizmo

Esse navio é lindo. Agora, a última vez que vi isso foi com a Kriegsmarine em 1935……..

Dalton
Visitante
Dalton

Guizmo…
.
como alguém que iniciou o “hobbie” navios de guerra justamente com a “Kriegsmarine”
fiquei curioso…por que 1935 ?

Guizmo
Visitante
Guizmo

Nada nao Dalton, foi apenas um “chute cabalístico”, pra nao dizer 1939 e ficar óbvio com o início da 2GM. Imagino que, anos antes, a Marinha alemã estivesse em plena produção
😉

Alexandre Cardoso
Visitante
Alexandre Cardoso

A menos que algum comentarista tenha acesso a informação classificada, conheça detalhadamente o projeto e equipamentos de cada navio de guerra chines, americano, Russo. Qualquer comparação entre ocidente e oriente não passa de achismo. Realmente, quantidade é muito diferente de qualidade. Para os EUA, fazem a propaganda que tudo que fazem é o melhor no planeta e ainda tem gente que vai atrás, Deus no céu e os EUA na Terra ou a China (ou Russia ) na Terra e Deus no céu.

Bosco
Visitante
Bosco

Alexandre, Não é isso não! É que no Ocidente é pelo menos em parte liberado o acesso a informação e sabemos sobre os testes e sobre a evolução dos armamentos. Se você quiser saber quantos THAAD foram testados na fase de desenvolvimento e avaliação você achará. Se quiser saber quantos torpedos Mk-48 foram lançados em simulações e testes operacionais, você achará. Se quiser saber quantos mísseis RAM foram lançados , você achará. Não posso dizer o mesmo da China. Por exemplo, os EUA há 15 anos testam mísseis hipersônicos (propulsados ou “deslizantes”) e anunciam os testes e até transmitem em… Read more »

Mk48
Visitante
Mk48

Não é uma questão de achismo ou de informação classificada.

Os EUA desenvolvem tecnologia. A China copia.

Me diga uma só nova tecnologia que seja originariamente desenvolvida na China e aí continuamos a conversa.

Bosco
Visitante
Bosco

Ex: os EUA está há 10 anos desenvolvendo seu canhão railgun e há inúmeros vídeos mostrando os testes, aí, de repente, os chineses mostram o canhão railgun deles e já anunciam que está prestes a entrar em operação.
E quem não acredita é taxado de fã boy americano.
Segue o féretro!!!

Mk48
Visitante
Mk48

Exatamente Bosco.

Ótimo exemplo.

Bosco
Visitante
Bosco

Pois é Mk! Eu não tinha a mínima ideia que os chineses tinham um programa de desenvolvimento de um railgun e eles nunca havia divulgado tal programa/projeto, enquanto que o dos americanos eu já acompanho há uns 10 anos e de repente, salvo engano no mês de maio passado, os chineses anunciam que já têm um railgun e deram a entender que o deles tá mais adianto que o dos americanos.

rogerio rufini
Visitante
rogerio rufini

Vai uma dúvida clara que muitos tem. A quantidade de navios lançado incomoda os EUA, isso é claro, quem falar que não é ingenuo ao alegar isso Porém questões tem que serem estudadas A china lança muitos navios por ano, isso é claro, mas como é o controle de qualidade desses navios, o tratamento do aço, as soldas, a qualidade da fiação desses navios e principalmente, a durabilidade desses meios depois de anos no mar?. Não é uma crítica, e sim uma realidade, os Arleitg Bourke amerinos, as primeiras unidades tiveram depois de alguns anos de mar, muitos problemas de… Read more »

José Carlos David
Visitante
José Carlos David

Independente da qualidade dos navios chineses, vamos combinar que o ritmo de lançamentos deles impressiona, isso é verdade!

Mk48
Visitante
Mk48

De que adianta toda essa velocidade sem uma mínima prova de que funcionam conforme o divulgado?

Me desculpe, mas não vou combinar nada.

TJLopes
Visitante
TJLopes

O que eu não entendo é as pessoas que comemoram/torcem para a China se tornar a maior potência militar do planeta. Ou são completos desinformados ou então são simpatizantes do autoritarismo.

Se o mundo já é um péssimo lugar com a liderança de uma democracia ocidental, esperem só para ver o que se tornará com a liderança Chinesa.

willhorv
Visitante
willhorv

Mesmo que, de qualidade inferior o que até posso duvidar, tem aquele ditado.
Água mole e pedra dura, tanto bate até que fura.
A quantidade de meios e recursos passa a superar em números e fatos….isto parece ser uma realidade.
Dúvidas?
Assistam uma reportagem exibida na Discovery Science….entitulada “A China por dentro – Urbanização” e “Inovação” ….é de antes de 2015……
Números e fatos…

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Sempre quis que o Brasil comprasse Navio chinês, mas armasse com sensores e mísseis ocidentais, esse navio com uns Harpoon, SM6, SM3, SPY 6 ou KRONOS, entre outras coisas seria muito bom.

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Alguém aqui duvida que o A-darter será um míssil Top de linha? E foi desenvolvido pela África do Sul em parceria com o Brasil. Ou seja um país de 3º mundo (AF) com apoio de um país de 5º mundo (Brasil). Agora, porque tanto descrédito com os sensores e armamentos chineses??? Eles possuem bombas nucleares desde 1969. Possuem submarinos nucleares. Possuem caças de 5º geração. Será que são piores que a África do Sul e não conseguem produzir mísseis antiaéreos, mísseis anti-navio de qualidade? São equipamentos de alta tecnologia, mas nem tanto assim. É mais uma questão de Vontade e… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

Tem pessoal aqui que fala que esses navios são pesqueiros em pele de destroier, que não sabem de onde a China consegue tanto marinheiro pra colocar em todos esses navios…..no fundo mesmo estamos morrendo de inveja dos chineses, porque eles estão fazendo aquilo que decidiram fazer: transformar a China num player militar e comercial global de muito peso!! Coisa que o Brasil nem sequer tem a capacidade de sonhar, tendo uma marinha como a nossa, cheia de banheiras velhas! E no governo Lula ainda tínhamos a pretensão de ter uma cadeira permanente no Conselho de Segurança na ONU……kkkkk, que piada!!

Rogério rufini
Visitante
Rogério rufini

Conseguir marinheiros e uma coisa, treinar e outra, vide os EUA com seu militares fazendo __________por falta de treinamento

COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O BLOG LIMPO.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Lindo navio, sem dúvidas a China caminha para se tornar uma super potência ao lado dos EUA, se depender da elite empresarial americana a China será superior ao EUA, há um apoio absurdo aos chineses. O navio é bom? Não sei! Os armamentos são tão bons como dizem? Não sei! Mas sei que eles estão fazendo muitos navios e armas, mais do que 98% dos países, além disso, há grande investimento em várias área das FA da China. Antes uma China poderosa com inúmeros navios dito “inferiores” do que um Brasil, India, Rússia estagnadas e perdendo forças armadas, no caso… Read more »

Matheus Parreiras
Visitante
Matheus Parreiras

Assino embaixo, independente da qualidade os caras pelo menos fazem, e fazem cada vez melhor, uma hora o melhor deles pode ser considerado bom pelos nossos especialistas da internet.

Cidadão Bem Informado
Visitante
Cidadão Bem Informado

____________________ _____________________vocês acham que os _________________ ________________ iam começar a construir navios de guerra em massa, para muito provavelmente entrar em um conflito no mar do sul da China em breve, sem confiar na qualidade do que produzem? Seria o mesmo que mesmo que o Brasil começar a construir o Subnuc em massa. E outra, não é porque vocês não podem ir no google e ver quantas vezes o armamento X chinês foi testado ou em que condições, que os Chineses não prototiparam, testaram, corrigiram as falhas e aperfeiçoaram e finalizaram o seu armamento inúmeras vezes, isso é o básico… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

Amigos editores,
.
Aqui no NAVAL há várias matérias sobre o Cruzador chinês Type 055.
Com a compreensão dos amigos, vou tomar a liberdade de postar os links:
.
https://www.naval.com.br/blog/2016/03/01/type-055-o-proximo-destroier-chines/
.
https://www.naval.com.br/blog/2017/06/28/china-lanca-ao-mar-o-destroier-type-055/
.
https://www.naval.com.br/blog/2017/10/11/novo-destroier-chines-type-055-tera-mais-de-100-vls/
.
https://www.naval.com.br/blog/2018/03/15/china-constroi-sexto-destroier-type-055/
.
https://www.naval.com.br/blog/2018/05/09/china-lanca-segundo-destroier-type-055/
.
Procurei apresentar as matérias na ordem cronológica que foram publicadas.
São ótimas, com infográficos sensacionais – em que pese repetidos – para satisfazer a curiosidade de qualquer entusiasta, bem como fotos e descrições incríveis. Os comentários – na sua maioria – são bastante construtivos, ou ao menos instigantes.
.
Vale a pena conferir.
Uma linha do tempo sobre uma classe de cruzadores que, juntamento com os porta aviões da PLA Navy, estão mudando as águas dos chineses.
.
Forte abraço,
Ivan, do Recife.

Ivan
Visitante
Ivan

Foram lançados 4 (quatro) Type 055. 2 (dois) no Jiangnan Shipyard em sequencia, nos dias 28 de junho de 2017 e 28 de abril de 2018; 2 (dois) no Dalian Shipbuilding Industry Company, esses da matéria, em 03 de julho de 2018. . O que realmente impressiona é o lançamento de 4 (quatro) grandes e complexos navios em apenas 1 (um) ano e 5 (cinco) dias, com mais 2 (dois) em construção, um em cada estaleiro. . Esta classe de cruzadores já tem 6 (seis) unidades garantidas. Talvez o próximo grupo (block ou batch) venha com alterações e, quem sabe,… Read more »

Allan
Visitante
Allan

Para uma melhor compreensão da história e de como se move a diplomacia chinesa (que possui uma visão muito diferente das dos países ocidentais) sugiro a leitura do excelente livro “Sobre a China”, de Henry Kissinger, ex Secretário de Estado dos EUA, ex assessor de segurança nacional e responsável pela retomada de relações entre os EUA e a China, além de ser um acadêmico muito respeitado nos EUA. Texto muito bom e que se aprofunda bastante nos bastidores pouco conhecidos da diplomacia chinesa desde Mao Tse Tung e Chu En Lai até período de Jiang Zemin. Kissinger desde a visita… Read more »

Fabiano Martins
Visitante
Fabiano Martins

Uma pergunta.
Se a America Latina fosse por exemplo no dia de hoje um bloco de defesa naval com 60 submarinos convencionais todos operacionais distribuídos pelo continente , seguraria a Marinha Chinesa de hoje,em um hipotético ataque ? Ha sem ajuda dos EUA não vale no começo rsrsrs.

Fabiano Martins
Visitante
Fabiano Martins

Tava esquecendo só países da America do Sul , America central tá fora do jogo rsrsrsrs.

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Agradecendo ao Ivan – grande Ivan! – pela resenha com a qual nos brindou, gostaria de voltar rapidamente ao tema relacionado à rapidez de construçao que caracteriza o programa da Type 055. Faço mençao à materia publicada aqui no Naval cujo link abaixo colo: https://www.naval.com.br/blog/2016/03/01/type-055-o-proximo-destroier-chines/ Naquela ocasião conversamos a respeito do por que trabalhar com Mockups em escala real. Taí o porque: QUATRO cruzadores sendo lançados em um espaço de tempo da ordem de UM ano. E vejam que o mockup estava sendo estudado em 2015~2016, o que significa que o projeto executivo ja devia, àquela data, ter, imagino, consumido… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

Rommelqe,
.
Bem lembrado!
.
Você, Nunão, Dalton e outros nos brindaram com o esclarecimento de alguns conceitos importantes. Vale uma revisitada, bem como aos outros links correlatos já postados.
.
Forte abraço,
Ivan, o Antigo.

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Voltando à tradiçao marítima chinesa, ê sempre bom lembrar que a maior esquadra militar ate hoje ja lançada ao mar foi justamente fabricada e operada por eles. Embora de excelente qualidade e em quantidade extratosferica, acabou sendo derrotada pelos japoneses; nao vai ai um juizo de valor, ate porque nao estou aqui contando a historia toda… Outro ponto diz respeito à tecnologia: as sedas e as porcelanas chinesas seculos atras ja nao conseguiam ser copiadas (engenheiradas reversamente ou raqueadas como hoje prefiram) pelos ocidentais…quem tiver oportunidade va ate Amsterdan e veja em seus museus . Alias, na minha opinião, os… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

É bem verdadeira afirmação, mas, sempre tem um mas, será que a capacidade de absorvicao de doutrina operacional de combate deles está acompanhando o seu incremento de hardware???
Lembrando também que aquelas pessoas a margem do rio Potomac não comem sucrilhos a toa.

Ivan
Visitante
Ivan

Juarez, . “Capacidade de ‘absorvicao’ de doutrina operacional de combate” pode não ser um problema tão sério, pois eles tem os principais elementos para desenvolver – mais que absorver – sua doutrina: – Tempo; – Recursos econômico e financeiros; – Recursos humanos (peopleware); – Vontade política; – Vontade de aprender (associado ao peopleware). . Talvez, apenas um grande talvez, o desenvolvimento de sua doutrina seja prejudicado pela cultura centralizadora oriunda do poder central – Partido Comunista – e autoritarismo histórico chinês. Superar a necessidade de decisões descentralizadas em operações militares sempre foi um problema para países com sistemas políticos centralizadores,… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Ivan, seus textos são uma oferenda para nós todos, clareza, um pitada de humor e muito conhecimento.
Um abraço.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Lendo o comentário de alguns amigos aqui do fórum, percebe-se o preconceito ocidental contra os chineses. Tem muito fabricante ocidental que não tem seus navios, aviões provado em combate, e nem por isso seus equipamentos são o supra sumo da tecnologia. Os chineses tem a capacidade fabril, tem a tecnologia de construção, tem inúmeras empresas de tecnologia e nos no Brasil ainda estamos engatinhando em comparação a eles. É só porque será construído na China o casco e super estrutura, não significa que os sistemas de armas e guerra eletrônica precisa ser de lá. Como eu disse, podemos construir os… Read more »

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

O problema aqui é bque tem muito especialista de teclado que sabe mais que todo mundo. Pessoas que não sabem operar um paquímetro, ler um desenho técnico, seja ele mecânica, elétrico, ao menos consegue identificar um parafuso sextavado de um fenda, mas sabe qual o melhor caça de todos, qual o melhor navio etc. Baseia sua opinião em preferências pessoais, e ou preconceitos. Também nunca vi os testes do MT-300 ,será que por isso ele será o pior míssil em sua categoria? Nunca vi os testes e nestiveram em ação os seguintes equipamentos Guaraní, Vosker -MK10 (Niterois), IA2, KC-390, A-DARTER,… Read more »