Home Divulgação Marinha vai homenagear mortos da Segunda Guerra Mundial

Marinha vai homenagear mortos da Segunda Guerra Mundial

3923
17
Monumento aos Pracinhas
Monumento aos Pracinhas no Aterro do Flamengo

A Marinha do Brasil realizará, às 16h desta sexta-feira (20 de julho), a cerimônia em memória aos mortos da Marinha em guerra. O evento, que acontecerá no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, tem como objetivo homenagear os feitos dos integrantes da Marinha Mercante e os combatentes da Marinha do Brasil que pereceram no mar em estrito cumprimento do dever.

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira presidirá a solenidade, que contará com a presença do presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante, Capitão de Longo Curso Álvaro José de Almeida Júnior.

No decorrer da cerimônia, o Destacamento de Honras Fúnebres realizará três descargas de fuzilaria e haverá, ainda, uma homenagem a bordo do Aviso de Patrulha “Albacora”, com a presença de ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial e com o lançamento de flores ao mar.

Serviço:

  • Local: Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial: Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro;
  • Data: 20 de julho;
  • Horário: às 16h.
  • Credenciamento: O credenciamento será realizado pela Assessoria de Imprensa do Comando do 1° Distrito Naval
  • Telefone: (21) 2104-5763 e 99367-7032
  • E-mail: [email protected]

17
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
11 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
EstevesCaptain CraneDaltonSaldanha da GamaRui Chapéu Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Johnnie
Visitante
Johnnie

off: um dúvida sobre direito marítimo: a quem pertence um navio afundado. qualquer um pode ir la e pegar um pedaço??? ou continua pertencendo aos seus donos que tem que teriam que vigiá-lo se não quiserem que alguem o faça?? e quem for lá e pegar uma lembrança, caso não possa, como será punido??
.

Gustavo
Visitante
Gustavo

depende de onde afundou, em Marrocos existe turismo para mergulhadores que querem ver os navios afundados da 2 GM, inclusive vários deles estão em bom estado e alguns com caixas de armas abertas, fuzis e etc.
Só não pode encostar a mão, fica lá e o Governo do Marrocos fica de olho. Não sei como é em outros lugares do mundo, mas lá é assim.

Humberto
Visitante
Humberto

Bom, eu aprendi no curso de mergulho (já faz mais de 20 anos, então a coisa pode ter mudado) é que caso você encontre um tesouro (pode até ser parte de um navio), é necessário que a descoberta seja comunicada a MB e caso você tenho pego algo (coisa que nem deveria ter feito), tem que entregar também para a MB. Lembro disto pois rimos desta regra, existe muita estória de vendas de moedas, porcelanas, peças que foram vendidas a colecionadores de forma clandestina. Uma coisa é fato, para encontrar algo, tem que pesquisar e muito, pois achar mergulhando é… Read more »

Theo Gatos
Visitante
Theo Gatos

A questão nunca é tão simples e é alvo de disputas de direito internacional, vejam esse caso mais recente aqui da Colômbia em disputa clm Espanha e EUA de um espólio de US$ 12 bi de um naufrágio…
.
https://noticias.r7.com/internacional/tesouro-de-r-62-bilhoes-gera-disputa-entre-colombia-e-espanha-26052018?amp
.
Sds

marcus
Visitante
marcus

EUA e Espanha disputando o ouro roubado dos Incas?

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

marcus 19 de julho de 2018 at 23:28
EUA e Espanha disputando o ouro roubado dos Incas?
———————————-

e é isso que os professores comunas de história ensinam…. tsc tsc…

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Nesse caso, os EUA não estão disputando nada.
Uma empresa americana, que supostamente achou o navio é que está cobrando uma comissão.
Quem está disputando são os governos da Colômbia (local onde foi encontrado e, dependendo do ponto de vista, “dona” da carga) e Espanha (“dona” do navio e, teoricamente, da carga).

Humberto
Visitante
Humberto

Tudo bem que a pobreza do país, tem muito a ver com o povo que lá mora (ou aqui), mas a colonização teve sim um fator determinante, seja por enviar ao pais, pessoas que somente queria explorar e voltar para casa, assim como, estas pilhagem. A Espanha deveria ter vergonha em querer a partilha de uma riqueza que não é dela, para quem já foi para Portugal, Espanha sabe que eles dizem que as Colônias eram delas, por isto, toda a riqueza idem.

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

A riqueza era da Espanha e as colônias eram espanholas.

Prova: Tratado de Tordesilhas.

Humberto
Visitante
Humberto

E dai? As ex colônias conseguiram a independência da Espanha e agora são nações soberanas, os tesouros foram pilhados destes países pela Espanha. Levaram toneladas de ouro e agora querem mais este? Deveriam devolver pelo menos uma parte, financiando o desenvolvimento das ex colonias (como hoje pagamos pela dívida social dos afro descendentes, que por sinal, foram os Portugueses trouxeram para gerar mais riquesas para eles). Mas nisto tem o mesmo argumento que o seu, eram colônias então podiam tudo e não devem nada. Mas isto é para conversar em um bar, tomando umas cervejas, não dá para explicar nos… Read more »

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Em primeiro lugar, que restem em paz os corajosos combatentes brasileiros caídos em solo alheio.

Mas no tema de mergulhos, tesouros e descobertas arqueológicas no mar, alguém já ouviu falar sobre os navios romanos encontrados na Bahia De Guanabara por Robert Marx???

http://m.eltiempo.com/archivo/documento/MAM-862443

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Moita, interessante isso.

Achei esse outro link à respeito:

http://www.abovetopsecret.com/forum/thread1042040/pg1

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Homenagem legítima à todos que se quedaram, mas também para todos que participaram! Parabéns Marinha Brasileira e que Deus os acalente . st4

Dalton
Visitante
Dalton

Segundo o que li a cerimônia é sempre realizada no mês de julho em memória do naufrágio da da corveta Camaquã em 1944.

Theo Gatos
Visitante
Theo Gatos

Poxa essa foi uma das questões que fiquei ao ler a matéria, senti falta da motivação histórica e memória… Obrigado pela informação Dalton!
.
Abs

Esteves
Visitante
Esteves

Obrigado a todos que lutaram.