Home Indústria Naval Defesa garante reajuste de soldos e recursos para corvetas em 2019

Defesa garante reajuste de soldos e recursos para corvetas em 2019

14120
45

Orçamento será R$ 6 bilhões maior do que o deste ano

Única pasta que garantiu reajuste salarial no ano que vem, o Ministério da Defesa contará em 2019 com um Orçamento R$ 6 bilhões maior do que o deste ano. É o segundo maior aumento da Esplanada, atrás somente do MEC (Ministério da Educação).

A alta dos soldos de militares custará R$ 4,2 bilhões aos cofres públicos em 2019, o que coloca a pasta à frente até de ministérios como Saúde quando o assunto é aumento de gastos sobre 2018.

O projeto de lei da LOA (Lei Orçamentária Anual), que ainda será discutido pelo Congresso, também inclui provisões para os reajustes do MEC (R$ 2 bilhões) e da Justiça (R$ 700 milhões).

Nesses casos, entretanto, uma medida provisória assinada pelo presidente Michel Temer, que pode cair se não for confirmada pelo Congresso em janeiro próximo, adia os aumentos para 2020.

Os integrantes das Forças Armadas foram poupados pelo argumento de que não seria adequado reter aumentos em um momento em que está em curso a intervenção no Rio. O Ministério da Defesa tem muito pessoal, o que faz o reajuste ter um impacto bastante forte.

A pasta também está entre as campeãs de investimentos, afirma Ricardo Volpe, diretor da consultoria de Orçamento e Fiscalização da Câmara.

No ano que vem, terá R$ 8,8 bilhões para investimentos e despesas com aquisições de imóveis ou manutenção de bens em uso -o terceiro valor entre as pastas, perdendo somente para os Ministérios do Trabalho e dos Transportes.

Com R$ 2,5 bilhões previstos, o maior gasto da pasta em 2019 (excluídos gastos obrigatórios, como com pessoal) é a capitalização da Emgepron, estatal que gerencia projetos navais e é responsável pela construção de corvetas (navios de guerra) para renovar a frota da Marinha.

O montante não entra no teto de gastos, a regra que limita as despesas do governo à inflação do ano anterior, pois elevar o capital social de estatal fica fora do teto.

Em segundo e terceiro lugares entre os investimentos da Defesa, aparecem aquisições de cargueiros (R$ 715 milhões) e compra de caças (R$ 645 milhões).

O Orçamento de 2019 preocupa pois será o mais apertado em uma década, com despesas não obrigatórias, ou seja, aquelas sobre as quais o governo tem controle, de apenas R$ 102,5 bilhões.

Para se ter uma ideia do tamanho do problema, é um valor R$ 11,5 bilhões menor do que o registrado em 2017, quando as restrições orçamentárias já provocaram demissões de funcionários terceirizados do serviço público e até paralisação de serviços, como emissão de passaportes.

Foi nesse cenário de contenção que o MEC negociou R$ 10 bilhões a mais em seu Orçamento de 2019: houve ameaça de corte de milhares de bolsas do Capes, principal agência de fomento à pós-graduação.

No caso da Saúde, a previsão com base somente no projeto da LOA é de queda de R$ 1,6 bilhão para gastos. Considerando-se na conta as emendas parlamentares, que ainda serão incluídas, a pasta passa a ter uma alta de R$ 4,4 bilhões.

Entre os ministérios que mais irão perder recursos, segundo o projeto, estão Minas e Energia e Cidades, com reduções de R$ 2,7 bilhões e R$ 5,6 bilhões.

DEFESA SAI GANHANDO NO PRÓXIMO

  • R$ 8,8 bi – é o montante a investimentos, atrás apenas dos Ministérios do Trabalho e dos Transportes;
  • R$ 4,2 bi – é o valor adicional dado ao Ministério da Defesa pelo aumento dos soldos;
  • R$ 2,5 bi – dos investimentos são para capitalizar estatal de navios e não entram no teto de gastos.

FONTE: www.noticiasaominuto.com.br

45
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
23 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
36 Comment authors
GelsonALEXANDREFilipe PrestesRodrigoBardini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vovozao
Visitante
Vovozao

Será que veremos realmente o começo da construção das corvetas, a compra da Wave, e, urgentemente das escoltas, acho precipitado comemorar antes, muita água vai rolar, Temmer não é confiável.

Fábio Mayer
Visitante
Fábio Mayer

Não será Michel Temer que vai gerenciar este orçamento. Será ou Haddad(Lula) ou Bolsonaro.

ALEXANDRE
Visitante

Se for pt pode esquecer vai pegar 2 corvetas e o resto sacomé

Artur Castro
Visitante
Artur Castro

As Tamandaré precisam sair pra ontem, igual ao Riachuelo. Mas essas notícias são de fato, animadoras. Agora, na minha humilde opinião, diferente do caso das corvetas, uma eventual compra de fragatas novas pela MB, não se deveria priorizar a construção em casa, como foi feito nas Niterói, dada a urgência do caso, e sim a que melhor tivesse custo/benefício aplicado em questão. Isso porque o risco de, no outro ano, os recursos “pararem” ou surgirem imprevistos em construções locais de embarcações de grande porte são consideravelmente maiores que com a contratação de um estaleiro estrangeiro renomado, como a Ficantieri, a… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Apenas 2 das 6 “Niteróis” foram construídas no Brasil…todas as 4 “Inhaúmas “e a “Barroso”, aí sim, foram todas construídas aqui, a última das quais por falta de verbas teve sua construção arrastada por cerca de 14 anos. . Não sei de nenhuma “FREMM francesa”construída em tempo recorde…todas foram comissionadas entre 4/5 anos após o batimento da quilha que é quando a construção começa para valer, normalmente depois de um ano após assinatura de um contrato. . O que ocorreu é que uma das “FREMM” recém comissionadas na marinha francesa foi transferida para à marinha do Egito, que assim, passou… Read more »

Gilbert
Visitante
Gilbert

As Fragatas dinamarquesas em 2 anos firam prontas.
custo em 2008 US $325 milhões
https://en.wikipedia.org/wiki/Iver_Huitfeldt-class_frigate

custo estimado e agosto de 2018 de US$ 700 a US $ 900 milhões
https://breakingdefense.com/2017/07/danes-tout-340m-stanflex-frigate-for-us-navy-but-whats-real-cost/

Burgos
Visitante
Burgos

Eu só acredito quando tudo tiver aprovado no orçamento de 2019.
Duvido !!!

ednardo curisco
Visitante
ednardo curisco

Orçamento cabe tudo.

quero ver é se vai ser executado e não contingenciado.

logan
Visitante
logan

O dinheiro é necessário para a rápida construção do Tamandaré, o que é encorajador.

MK48
Visitante
MK48

“R$ 4,2 bi – é o valor adicional dado ao Ministério da Defesa pelo aumento dos soldos”

Cifra impressionante para uma marinha que está com seus navios aos frangalhos.

Como contribuinte PF e PJ me sinto achacado com isso.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Só acredito após a metade do ano que vem,papel aceita tudo.

Claudio Moreno
Visitante
Claudio Moreno

Bom dia Senhores!

Uma boa notícia…sempre uma boa notícia. Porém para aqueles mais velhos, sabemos que isto não é nada de novo no “front”. Pois nosso problema continua sendo o contingenciamento do orçamento e claro a folha de pagamento de ativos e inativos (nem vou comentar este último).

CM

Luiz
Visitante
Luiz

Aumento previsto para 2019: 6,7 Bi
1 Soldos: 4,2 bi
2- Engepron: 2,5 bi
È não vai dar pra esperar muita coisa para o ano que vem…

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

O deles já estão garantidos. Os soldos das forças já estão reservados 4,2 bi, agora a razão pela qual as forças existem que são seus meios de defesa e ataque que se dane. A MB por exemplo que tem 103 navios dos quais uma boa parte são inoperantes ora por obsolescência ora por falta de manutenção. Tiraria meu chapéu se entrasse um comandante que enxugasse a máquina e cortasse pelo menos a metade de seu contingente de quase 90.000 pessoas com seus altos salários e ainda tem pensionistas, sendo uma das categorias que se aposenta de forma precoce com beneficiários… Read more »

Antônio Just
Visitante
Antônio Just

Conheço professores universitários, que com pouco mais de 20 anos de idade, recebem de 8 a 10 mil reais a mais do que os cargos mais altos das forças armadas. O aumento do investimento só parece grande pois o investimento em geral é extremamente pequeno. R$ 4,2 Bi. para soldos, equivalente a 1 bi de dólares não é nada. Neste ano o exército americano assinou contrato no valor em torno de 1,8 Bi de dólares para a compra de munições apenas de calibres médios (20, 25, 30mm e etc). Nossos militares merecem dignidade, tendo em vista os sacrifícios que devem… Read more »

Zorann
Visitante
Zorann

Nossa,… orçamento crescer “em expoentes absurdos”. E vc sugere arrumar dinheiro onde? Ahhh, acorda pra reealidade!!! . Está ruím ser militar? Pede pra sair…Não aguenta brincar, não desce pro playground. Quer ser professor e ganhar tão bem como diz? Vai estudar. . “Quanto à aposentadoria precoce, o fuzil do militar deve ser seu meio de defender a pátria, não sua bengala”…. . Facinho de resolver…coloquemos todos os militares como temporários….somente poucos que se destacam seguem carreira e são promovidos a patentes maiores.. Que tal? Ai acabamos com o problema da previdência e nao teremos decréptos de bengala sem utilidade nas… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

“I find your lack of faith disturbing” – Darth Vader

Será contigenciado, não há outra saída para o rombo nas contas.

E isso ocorrerá geral.

E tem gente que ainda acredita no P……………

Zorann
Visitante
Zorann

Exatamente….e tem de contingenciar mesmo. O rombo nas contas é enorme, e será maior ainda ano que vem, sem a reforma da previdencia. . A galera viaja na maionese. É uma irresponsabilidade comprar/construir corvetas. Ainda mais quando temos o risco de não conseguirmos completar o Prosub, onde ja foram enterrados mais de R$30 bilhões de reais. Exatamente quando estamos próximos de clonclui-lo, a galera decide desistir, e fazer corveta. . Eu fico impressionado como tem gente sem noção que defende a construção de corvetas, sabendo da situação da própria Marinha, que não consegue operar a contento, não consegue sequer fazer… Read more »

Lemes
Visitante

O pior é gastar os tubos com essa megalomania de submarino nuclear. Mal consegue manter a contento seus IKL-209 (Os fuscas dos submarinos!), e quer ter sub nuc. É a famosa conversa de comer sardinha e arrotar caviar.

Zorann
Visitante
Zorann

Um pouco tarde demais pra desisitir né?
.
Deveria ter feito isto lá em 2008/2009, antes de assinar o contrato do Prosub. Comprado 4 IKLs de prateleira, por 1/4 do preço do contrato da Naval Group.
.
Agora que gastamos R$ 30/40 bilhões em programa de submarinos, vc sugere desistir? Pra construir corvetinha? Ahhh por favor né. Não deveria ter começado.
.
Agora que começou – que estamos avançados neste processo – tem de terminar.

Nilson
Visitante
Nilson

Vitória para a Marinha, que conseguiu emplacar uma “grana preta” no apertado orçamento do ano que vem. Uma coisa me parece certa, a partir da leitura da notícia: não haverá contratação de Tamandaré nesse ano de 2018, pois os 2,5 bi previstos nesse ano foram “transferidos” para o ano que vem. Mais tempo para a Marinha “desenrolar” esse programa, agora terá até o ano que vem, desde que o governante que assumirá o plantão mantenha o plano deixado pelo atual. Lógico que o melhor seria contratar alguma coisa em 2018 (pelo menos um navio), pois tudo já está acertado com… Read more »

Cosmos
Visitante
Cosmos

Há um lombado bocejando no fundo à esquerda.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

PQP é mesmo kkkkkk

Esteves
Visitante
Esteves

Se os 2,5 bi que virou 2.0 ficaram para 2019 não sai mais nada esse ano. Somente a shortlist. E olha lá. Com o dólar em torno de 4 dá pra assinar 1. E vai levar anos sendo construída. Arrastando…arrastando…arrastando. Várias categorias estão com salários congelados. Em SP existe redutor salarial impedindo que o funcionalismo receba acima do governador. É ilegal. Mas aceitaram. Agora querem derrubar. Quem recebe 22 vê 12 sumirem do holerite. Não vale para o judiciário que não aceitou o redutor. Esses recebem 70. Com adicionais, dobra. A MB vai precisar dessa grana para pagar o reajuste… Read more »

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Vou te contar!!! Se tem notícia ruim , a galera reclama. Se tem notícia boa a galera arranja um jeito de reclamar!!! Fica difícil comentar desse jeito!!!

Vamos aguardar gente. Pode haver contingenciamento, pode. Mas pelo menos conseguiram enfiar na LOA os projetos estratégicos das FFAA, pois 2019, em matéria fiscal será brabo!

Renan Braga
Visitante

Uma base Russa na Venezuela e o que precisamos !?
Entendedores entenderão !
Acorda políticos amem o Brasil !
Como nós

Vovozao
Visitante
Vovozao

Tenho certeza, Russos na Venezuela, Chineses na Argentina, em dois tempos teremos uma FFAA, de respeito, o Trump está ajudando, todo dia diz que vai invadir Venezuela.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Abstraindo quaisquer elucubrações sobre as contingências de ordem orçamentária-financeira, é, por si, uma boa notícia, seja por trazer um pouco de alento, ou por não trazer mais desalento, quanto ao futuro por definição incerto. No tocante ao argumento para a majoração dos soldos, é cínico, ou político, o que nesse contexto dá na mesma, pois os integrantes das Forças Armadas que participam da intervenção são uma parcela ínfima do efetivo total. Basta o argumento constitucional para justificativa da revisão salarial, simples assim, nem mais, nem menos. A recorrente discussão quanto ao gasto com pessoal, ativo e inativo, parece-me mesquinho, ou… Read more »

Dr.Telêmaco
Visitante
Dr.Telêmaco

Muito interessante o seu comentário. Leva o leitor a refletir.

Aerokicker
Visitante
Aerokicker

Muito bonito esse comentário altamente floreado como usual. Mas um tanto equivocado. Soldo, antes mesmo de ser soldo, é dinheiro público. O fato de ele se tornar salário só faz esse dinheiro, em parte, voltar a girar na economia brasileira depois de ser retirado forçosamente dela por meio dos impostos. Portanto, soldo não reativa economia alguma e dizer isso é inverter a lógica. Se o objetivo é esse, deveria se cortar gastos e impostos, não aumentar impostos e a injeção de dinheiro público na economia. E é impossível defender o status atual de gastos com pessoal quando se olha a… Read more »

Paulotd
Visitante
Paulotd

Não sei porque esse Almirantado se deslumbra tanto com armamento britânico da Bae Systems e outras careiras.. Tá na hora de buscar um parceiro tecnológico de menor custo para o benefício almejado. Os Coreanos oferecem fragatas modernas da classe Incheon por algo na faixa de 300 US$ milhões cada, com dois sistemas de mísseis, Phalanx e canhão 127mm, isso é metade de uma Type31e.

Escola britânica estã tão boa que nem eles próprios conseguem pagar e manter o que tem.

Rodrigo
Visitante

Concordo, não a duvida quando a qualidade britânica , mais fazendo um paralelo tosco onde um Land Rover Evoque vai um Tucson da Coreana Hyundai vai também e com qualidade comprovada também

Paulo Guerreiro
Visitante
Paulo Guerreiro

De boas intenções ….

Esse orçamento (PLO) Ainda vai passar no congresso e mesmo que for totalmente aprovadas essas cifras, normalmente um governante que esta saindo do governo sempre é mais generoso no orçamento do próximo ano, mas ainda teremos que esperar a posse de um novo presidente que geralmente quando assumem tende a cortar verbas e dizer tudo que foi feito anteriormente esta errado …

James Marshall
Visitante
James Marshall

Dinheiro para o toma lá, dá cá sempre tem, acharam que ia ter dinheiro sobrando com tanta propina, desvios e negociatas? Agora somos a piada mundial, a eterna galinha dos ovos de ouro de tolo que tenta voar e nada.

Wellington
Visitante
Wellington

No Brasil tudo a duvidoso e prometem obras, prometem tudo e quando cumpre é superfaturado. Se o Brasil não tem inimigos declarados,.comprar uma fragata dinamarquesa talvez sairia melhor.
Até hoje quero entender como um orçamento de 29 bi, não dá conta . Visto que o Egito com mais soldados da ativa e melhoras armamentos bélicos com orçamento de 4.4 b conseguem ser mais moderno que a nossas Forças Armadas.
🤔

Bardini
Visitante
Bardini

Eu queria ver é mais de R$ 4,2 bilhões de corte em folha de pagamento!
Eu queria ver essa montanha de dinheiro sendo redirecionada, para aplicações em pesquisa, desenvolvimento e aquisição de material de defesa de produção nacional. Isso sim, geraria retorno financeiro ao Brasil, ao contrário dessa baboseira de aumentar salário de funcionário público, pra fazer “a roda de economia girar”.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Onde assino, meu caro?

Wellington
Visitante
Wellington

A Suécia e a Turquia além do Egito.
A Suécia faz tudo isso que vc disse : investe em pesquisa , produção nacional daquele país.
Faz fragatas modernas, caça gripen , tanques modernos etc… e com um orçamento muito inferior ao Brasileiro.
Eles conseguem com pouco fazer muito!
A quantos anos o submarino nuclear brasileiro está em construção?
E a quantos anos para ir ao mar?

Gelson
Visitante
Gelson

Desculpem, mas eu não consigo pensar em nenhuma coisa boa a respeito de uma (des)organização que possui na ativa mais almirantes do que navios…
Não tem como funcionar assim. Impossível!
Dessa maneira nunca haverá dinheiro suficiente!