Home Indústria de Defesa Rússia revela novos detalhes do drone nuclear subaquático ‘Poseidon’

Rússia revela novos detalhes do drone nuclear subaquático ‘Poseidon’

5512
35

A agência de notícias russa TASS revelou alguns detalhes sobre o drone nuclear subaquático “Poseidon”.

O “Poseidon”, também conhecido pelo Ocean Multipurpose System Status-6 ou “Kanyon” pela comunidade de inteligência dos EUA, é um novo drone estratégico russo impulsionado por um reator nuclear miniaturizado.

Segundo a reportagem, a velocidade máxima do drone “Poseidon” será de mais de 107 nós (200 km/h), com profundidade máxima operacional de mais do que um quilômetro. Para comparação, a velocidade máxima dos modernos submarinos nucleares é de 32 nós, e torpedos 48 nós.

A alta velocidade do “Poseidon” será possível devido à supercavitação, através da qual uma bolha de gás envolve o torpedo na velocidade máxima. Isso minimiza o contato da água com o torpedo, reduzindo significativamente o arrasto.

Além disso, a TASS alegou que o mais novo veículo subaquático autônomo (AUV – autonomous underwater vehicle) russo será impossível de atacar devido às peculiaridades de suas manobras.

O ‘Poseidon’ foi projetado para criar uma onda de tsunamis de até 500 metros de altura, que contaminaria uma ampla área na costa inimiga com isótopos radioativos, além de ser imune a sistemas de defesa antimíssil, como mísseis antimísseis, armas laser e railguns que podem neutralizar um ICBM ou um SLBM.

O drone nuclear russo moderno foi oficialmente anunciado em março de 2018, juntamente com outros sistemas de armas futuros, destinados a combater o desenvolvimento de tecnologias de mísseis anti-balísticos pelos EUA.

O drone está incluído no programa de armamentos da Rússia para 2018-2027 e o Poseidon deve entrar em serviço antes do fim do programa, acrescentou a fonte.

Submarino Sarov e o AUV Kanyon

Subscribe
Notify of
guest
35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
100nick-Elã
100nick-Elã
1 ano atrás

100 Megatons…..100 Megatons…alguém imagina o que é isso?

Vou mudar meu nick de 100nick para 100Megatons…rs

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Isso só mostra a total estupidez do projeto. a URSS testa a Tsar bomb com metade da potencia e todo mundo concorda (inclusive a própria URSS) que é um exagero e não teria uso pratico para nada com uma potencia dessa. ai vem os Russos décadas depois criando sua “super arma” com o dobro da potencia achando que uma explosão subaquática dessa proporção não iria afetar o eco sistema mundial/correntes marítimas e acabar ferrando com eles mesmos.

os Russos são uns “Genios”

ainda não sei porque desenvolver isso se o tal “SATAN 2” é tão invencível.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Dizem que a tsar inclusive poderia ter rendido os 100Megatons, mas preferiram “capar” a bomba. Em relação ao torpedo, são conceitos totalmente diferentes, em explosões atmosféricas a maior parte da energia da bomba vai para o espaço e isso cria um limite prático para o tamanho efetivo da explosão, porém uma explosão submarina é diferente, a maior parte da energia vai se absorvida pela água, quanto mais energia, mais deslocamento e maior o tsunami a potência joga a favor e não contra. No final o objetivo é garantir que ninguém vai ganhar, do meu ponto de vista o mundo fica… Read more »

balbino
balbino
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

O importante é dar o recado a um certo pais por ai, que acha que pode ditar as regras do jogo e ficar por isso mesmo.

Art
Art
Reply to  carcara_br
20 dias atrás

Até ter um louco no comando e apertar o botão vermelho, né. Um exagero. Aliás guerra submarina é diferente não há garantia que o submarino terá a consciência de que acabou a guerra etc. Bem difícil. Um torpedo desse é um exagero.

Last edited 20 dias atrás by Art
Rogerio B M
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

É Armas de persuasão em caso de guerra nuclear… além de tudo é imune aos sistemas ainte mísseis… atuais e futuros.

Eduardo Gomes
Eduardo Gomes
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Lembrando que é a arma do Apocalipse depois da guerra não vai sobrar ninguém para se preocupar com o meio ambiente.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Quando você não consegue superar seu inimigo de maneira convencional é preciso criar “super armas” pelo menos mantem o moral relativamente elevado.

Parece que os alemães ensinaram os Russos muito bem

Carlos Gallani
Carlos Gallani
1 ano atrás

107 nós? Aham, senta lá Cláudia!

Henrique de Freitas
Henrique de Freitas
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

É impressionante como essas coisas viram lenda. 107 KT sob a água é bemmmmm dificil.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Henrique de Freitas
1 ano atrás

O sputnik (hahahahaha) diz que a maior velocidade de um submarino russo é 44,7 nós… eles estão propondo mais que o dobro, não precisa ser engenheiro naval pra entender a dificuldade técnica para realizar isso!
Pensa no seu Fiat UNO com 70 cavalos que da 140 quilômetros por hora, um Bugatti Precisa de mais de 1000cv para dar 400 km/h, agora substitua a resistência do ar pela resistência da água e veja que essa bolha de gás é pura conversa afiada! Só acredita quem é fã mesmo, mais fácil o Messi e o CR7 virem pro meu palmeiras! HAHAHAHAHAHAHAHAHA

carcara_br
carcara_br
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

Carlos, o você até pode ser cético em relação a velocidade do torpedo em questão, mas o fenômeno da cavitação já é explorado por torpedos russos, VA-111_Shkval, faz uma pesquisa rápida…

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Eu sou marinheiro de profissão, eu realmente sei o que é cavitação, seja em veleiros ou pranchas… não existe milagre, nem um jetski que anda (quase) fora da água chega próximo desta velocidade! É impossível? Claro que não mas grandes afirmações exigem grandes evidência e DUZENTOS quilômetros por hora enviam equipamento deste e em baixo da água é uma baita afirmação!

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Carlos Gallani
1 ano atrás

Em um*

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Suponhamos que tudo isso na reportagem ( 200 km/h submerso, atingir 1km de profundidade, fazer tusunamis ) seja realmente possível.
Meu maior medo é que esse tipo de super-arma vire uma nova corrida armamentista, com cada potência querendo criar novas armas desse tipo.

Diogo de Araujo
1 ano atrás

Rússia: O novo Irão?

Alfredo RCS
Alfredo RCS
1 ano atrás

Hehehe, depois de CHERNOBIL advinhem qual será o novo acidente nuclear…

Anders Hansen
Anders Hansen
1 ano atrás

Eles precisam investir em armas nucleares porque por meios convencionais eles não são capazes.

Tallguiese
Tallguiese
1 ano atrás

Arma suja, os russo sendo russo. O resto do mundo que se dane, mais eco sistema mais natureza, mais é assim mesmo o importante é ganhar né e ficar com uma terra devastada!

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Tallguiese
1 ano atrás

O Ocidente quer destruir a Rússia e acha que vai ficar por isso mesmo. Palavras do Putin: por que precisamos do mundo sem a Rússia?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

A Rússia é um ótimo fornecedor de insumos para a Europa, toda essa postura combativa é vestígio da guerra fria e no fundo as preocupações com Islamismo e China são muito maiores para o modo de vida ocidental, até o mongol do Trump entendeu!

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Tallguiese
1 ano atrás

Outra coisa, quando a OTAN atacou a Sérvia lançou urânio contaminado que até hoje afeta os sérvios. Isso não é jogar sujo?

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Se rússia faz um ataque desses não importa quem seja o aingido, ela ia gerar uma onda de revolta mundial, capaz de o país atingido nem precisar usar seus submarinos como vingadores o resto do mundo ia retaliar de alguma forma, poluir o oceano, criar um tsumi, destruir as corrente marinhas, isso tudo ia causar um caos mundial.

André E.
André E.
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Eu acho que ninguém gostaria de usar essa arma, exceto num apocalipse nuclear… O oriente não é feito de pessoas burras, só a cultura que é diferente…

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
1 ano atrás

Sei não tava achando isso um exagero também mas já estou começando a botar fe , acuaram demais o urso.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

talvez foi pensado para servir de moeda de troca.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 ano atrás

Pow… Deveria mostrar como seria explodir esse drone embaixo dos navios mostrados. Vídeo sem graça…

Ricardo
Ricardo
1 ano atrás

Esse tipo de arma tem como objetivo avisar a América que não ganharão domínio nuclear sobre a Rússia. Não é segredo para ninguém que os EUA acham um completo absurdo um país bem mais fracteconomicamente e na área militar convencional ter o poder de colocar abaixo em poucos minutos a única superpotência. Os grandes investimentos em defesas não busca se defender do Irã que mal se aguenta nas pernas. Objetivo é ganhar vantagem sobre a Rússia e China. A engenharia russa trouxe a resposta para esse problema que os russos enfrentariam cedo ou tarde.

balbino
balbino
Reply to  Ricardo
1 ano atrás

exato

ScudB
ScudB
1 ano atrás

Faltou muita coisa a dizer na reportagem da informação revelada pelo MD da Rússia : – estão sendo cogitados total de 32 unidades com 16 em estado de prontidão (por 8 em cada SN); – 4 portadores previstos (dois “Khabarovsk” e dois 949A modificados); – potencia variável ate 2 Mt por ogiva; – complexo “reutilizável” cogitando uma espécie de descarregamento da ogiva num ponto estratégico e retorno de Poseidon para ser recarregado; – velocidade e profundidade de cruzeiro não especificado permitindo entender que existem vários modos operacionais inclusive silencioso ou repouso ate; – não esta mencionando presença de cobalto; –… Read more »

carcara_br
carcara_br
Reply to  ScudB
1 ano atrás

quantos metros teria a onda neste caso da ogiva de 2 Mt?

ScudB
ScudB
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Depende da profundidade. Mas (conforme cálculos) mesmo com boa profundidade de algumas centenas de metros – 15-20 metros.
Ou seja : mesmo sem catástrofe generalizada as estruturas portuária seriam varridas ou impedidas de funcionar por semanas (isso se os guindastes ficar de pé).Por ai..

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Isso é um XEQUE MATE no mundo inteiro. Não há defesa para armas radioativas, e esse POSSEIDON é IMUNE À INTERFERÊNCIA ELETRÔNICA, RAIL GUNS, LASERS, o escambau … A situação é muito similar àquela em que os USA eram os detentores das primeiras bombas atômicas na 2ª guerra mundial. O resto do mundo se curvou ao TIO SAM. Porque os USA não cumprem as ameaças à COREIA DO NORTE?: Porque a COREIA DO NORTE tem ARMAS ATÔMICAS! Essa conversa de não proliferação de armas atômicas é só até o país ser auto-suficiente em tecnologias sensíveis e guardar uma certa independência… Read more »

Paulo Stéffano Barbosa Flexa
Paulo Stéffano Barbosa Flexa
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Bicho, eu tive que logar agora pra discordar veementemente de você. Você errou nessas afirmações. “Isso é um XEQUE MATE no mundo inteiro”, “A situação é muito similar àquela em que os USA eram os detentores das primeiras bombas atômicas na 2ª guerra mundial” Não há na prática mudança nenhuma de jogo, apenas foi criada uma nova forma de destruir nuclearmente, tanto EUA e Rússia tem a capacidade de destruição mútua assegurada, ou seja, não existe meio pelo qual um país possa arrasar o outro sem gerar posteriormente sua destruição absoluta. Se a Rússia destruir TODO o território americano, ainda… Read more »

Poseidon
Poseidon
1 ano atrás

Onda de 500 metros de altura?…