Home Indústria de Defesa Marinha Russa revela sistema defensivo que provoca alucinações e náuseas no inimigo

Marinha Russa revela sistema defensivo que provoca alucinações e náuseas no inimigo

16096
73
Almirante Gorshkov
Fragata Almirante Gorshkov

Duas embarcações navais russas foram equipadas com uma arma defensiva que, durante os testes, causou alucinações e vômitos em alguns indivíduos devido ao seu efeito desorientador.

A RIA Novosti, agência estatal de notícias da Rússia, informou que um fabricante militar russo havia começado a fornecer a arma à Marinha, um dispositivo de “interferência visual óptica”, chamado Filin 5P-42. O nome da arma “Filin” se traduz em “Águia Coruja”.

A tecnologia, desenvolvida para ofuscar e incapacitar atacantes, foi implementada nas fragatas russas Almirante Gorshkov e Almirante Kasatonov, de acordo com um comunicado da Ruselectornics, que criou o sistema Filin.

O site 9News informou que a arma dispara um feixe, semelhante a uma luz estroboscópica, o que dificulta a capacidade do inimigo de visualizar os navios. A arma também pode suprimir a tecnologia de visão noturna, sistemas de mira a laser e mísseis antitanque até uma distância de mais de três milhas.

Testes da arma revelaram que os voluntários que tentaram acertar os alvos protegidos pelo Filin com armas de precisão, armas de assalto e metralhadoras, todos tiveram dificuldade em apontar. Eles não conseguiram ver o alvo.

Quase metade dos participantes, 45 por cento, afirmaram sentir tontura, náusea e  desorientação, de acordo com a RIA Novosti. Outros 20% disseram que sofreram alucinações e descreveram uma “bola de luz se movendo na frente dos olhos”. O fabricante também afirmou que o dispositivo pode temporariamente cegar os atacantes.

Espera-se que dois outros navios de guerra, atualmente em construção, sejam equipados com o dispositivo, assim como o Gorshkov e o Kasatonov, que atualmente estão patrulhando o Oceano Ártico.

Filin 5P-42
Uma das configurações do Filin para instalação em navios

FONTE: Newsweek

Subscribe
Notify of
guest
73 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
1 ano atrás

A arma se chama … “Vodca”.

Sincero
Sincero
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

😅😅😅

Sagaz
Sagaz
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Ou talvez aquele site de notícias “Sputnik”

Murder Nova
Murder Nova
Reply to  Cinturão de Orion
1 ano atrás

Stolichnaya

Wagner
Wagner
1 ano atrás

A Kasatonov ainda está em testes. É a Gorshkov que já está em atividade.

Ele deve ser instalado na Golovko e na ISAKOV também.

Não confundir a fragata Admiral Golovko com o Famoso Kynda do Mar Negro Admiral Golovko, este foi desmontado em 2003.

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Wagner
1 ano atrás

Podem instalar onde quiserem, navios ou blindados, mas Para que uma Arma dessas ser efetiva seria necessário estar próximo então serve ,mais contra alvos assimétricos que ameacem o navio no porto por exemplo ou na forma de uso policial para controle de multidões em manifestações.

Felipe
Felipe
Reply to  Paulo Costa
1 ano atrás

Qual a distancia máxima que esta arma opera?

Hélio
Hélio
1 ano atrás

O sistema parece ser muito interessante para os carros de combate.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

E já afetou os americanos. Estão meio desorientados.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não ligue para as negativações e sem as provocações. O que vc fala é coerente e com embasamento.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Sim, tudo que vocês dois falam tem um forte embasamento…em livros de psiquiatria, capítulos que versam sobre os distúrbios psiquiátricos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Vamos treinando para ganhar likes:
Miami é um paraíso, Disney é o melhor lugar do Mundo, carros só da ford, só bebo Coca-Cola e o Trump é o maior.
Melhorou?

PauloSollo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Tudo isto é o que você verdadeiramente acha mas a birra lhe impede de admitir. Férias pagas na belíssima e ensolarada Miami ou na densamente poluida e repressiva Beijing degustando espetinho de “balata”? Não precisa responder…

Thiago Afonso
Thiago Afonso
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Bom mesmo é ter um arro a Lada, deve ser por isso que o carro mais vendido na Rússia foi um Kia, sul coreano.

Thiago Afonso
Thiago Afonso
Reply to  Thiago Afonso
1 ano atrás

Bom mesmo é ter um carro da Lada, deve ser por isso que o carro mais vendido na Rússia (2018) foi um Kia, sul coreano.*

PauloSollo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Parece que você é que foi afetado e está tendo alucinações.

Leandro Costa
Leandro Costa
1 ano atrás

Ótimo, a PMRJ deveria comprar isso e montar em cima do Caveirão.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Ou isso ou uma .50!

Carlos Eduardo Oliveira
Carlos Eduardo Oliveira
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Duvido que instalariam numa unidade móvel tática da PMERJ….rs.
PSOL e Direito dos Manos, iriam se manifestar contra.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Isto conta como arma química???

BILL27
BILL27
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Não

julio
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Acho q não, isso ta mais pra física, como outras armas não letais como canhão sonico e de água.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  julio
1 ano atrás

E os chineses têm um ‘fuzil’ laser que consegue queimar uma pessoa a aluns metros. Se não me engano, saiu publicado aqui.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Nao. Os EUA tem diversas armas deste tipo, incapacitantes. Ha um livro traduzido pela BIBLIEX sobre o assunto. Eu nao tinha visto em meios navais. O livro fala so pro USArmy.
E ja vem desde os tempos da guerra fria.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Agnelo
1 ano atrás
teropode
1 ano atrás

Dias destes lendo uma matéria sobre a MB e seus cadetes dançarinos, foi publicada a foto de várias armas Holandesas instaladas em um navio , armas que causam visão de túnel kkkkkkk

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  teropode
1 ano atrás

aquela arma é letal, nunca dispararia um míssil contra um navio da Holanda que portasse aquilo, preferiria dar um tiro na minha cabeça kkkkkkkk

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  teropode
1 ano atrás

Aquela arma made in holland foi proibida, ela não dá nenhuma oportunidade de defesa para os marinheiros, é puro golpe baixo (literalmente). rsrsrs

E pra deixar a coisa mais apimentada, as meninas, ainda colocaram um enfeite especial no canhão do navio, bem atrás delas.
Bem safadinhas! rsrsrs

Torama
Torama
Reply to  teropode
1 ano atrás

Teria como disponibilizar o link dessa matéria? Eu gostaria de… estudar essa tecnologia, kkkk!

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Se for verdade, então é uma ótima arma… Afinal certas coisas muitas vezes podem ser realidade.
Alguns podem achar fantasioso, ridículo, ou como é moda, chamar de sputinice.
Quem não lembra daquele negócio que estava acontecendo na embaixada americana em cuba🤔🇺🇲⁉️

Pessoas passando mal, dores de cabeça, parece que houve até caso de cegueira, e não conseguiram descobrir oque era o causador…

Eduardo dos Anjos
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

Exatamente, com certeza estavam testando nesta embaixada, porém em um grau menor de potência, faz todo sentido.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Eduardo dos Anjos
1 ano atrás

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/07/cientistas-dizem-que-grilos-podem-ter-causado-ataques-sonicos-a-diplomatas-americanos-em-cuba.ghtml

Está aí a notícia amigo, agora acreditar ou não fica a cargo de qualquer um, quem sou eu para duvidar de especialistas ingleses🤔⁉️

Se eles entendem de grilos e de ondas sonoras e os efeitos que uma frequência sônica podem causar em um ser humano, eu não questionará.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Adriano Madureira
1 ano atrás

kkkkkk, para quem esta atendo já fez logo a ligação com esta reportagem , parabéns.

Caio
Caio
1 ano atrás

Interessante mas parece se restringir a curtas distâncias… , para os barcos patrulhas ta ai um novo bom equipamento não letal.

José Luiz
José Luiz
1 ano atrás

Não é uma novidade se falam de lasers capazes de cegar por exemplo pilotos de aeronaves, desde a guerra das Falklands de 1982.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Bom para lidar com piratas e etc… (não é demérito, é uma boa tecnologia contra eles e parece ser barata, economia de custo ai) mas contra grandes embarcações que vão se enfrentar a dezenas de km é inútil

Mauro
Mauro
1 ano atrás

O LSD para quem não sabe é considerado um gás de guerra. É estudado como gás de guerra nos mais de Guerra QBN. Sua ação é segundo esses manuais, provocar alucinações no inimigo, ou seja, ficam doidões mesmo. As vezes uma pessoa drogada se atira do alto de um prédio, não é que ela esteja pensando em suicídio, é que naquele momento sob efeito de drogas, essa pessoa pode se imaginar por exemplo ser o Super Homem e saltar do prédio imaginando que pode voar. O LSD entre outras drogas causam esse tipo de coisa. O gás lacrimogênio também é… Read more »

TeoB
TeoB
1 ano atrás

Com certeza deve ter suas qualidades, principalmente nas ameaças próximas e assimétricas, se não tivesse serventia ia ser descontinuada…
Mas o fato é que me lembrou propaganda de uma ´´super lanterna tática e de defesa pessoal´´ de um site de vendas famoso oferecia por mais ou menos 200 pilas, que na verdade não passava de uma lanterna led igual as que vende na conveniência do posto Ipiranga por 10, mas é assim propaganda é a alma do negocio!

gordo
gordo
1 ano atrás

Basta lembrar (pra quem não é tão novo) de um evento inusitado que ocorreu no Japão lá no final dos anos 90, o desenho pokémon. Algumas crianças tiveram um belo mau estar (algumas tiveram convulsões) ao assistirem o desenho, não é raro ver pessoas se incomodando com lâmpada fluorescente e alguns sons produzidos por diversos equipamentos. Nosso sistema áudio visual funciona estimulado por ondas eletromagnéticas ou mecânicas, agora se funciona a contento é outra historia, e deve (SE) funcionar bem em pequenas distancias.

Kemen
Kemen
1 ano atrás

Me pergunto de que serve uma proteção estroboscópica numa fragata ? Num tanque num num pequeno navio de patrulha, num helicóptero, ainda vejo que sirva, mas numa fragata que posivelmente teria de se protejer de misseis, canhões, torpedos e até de bombas inteligentes para que serve? Os disparos hoje em dia são dirigidos eletrônicamente.

Rafael
Rafael
Reply to  Kemen
1 ano atrás

Ameaças assimétricas, depois se tiver curiosidade se informe a respeito… tendência não tão novidade, mas em voga e atual..

Renato B.
Renato B.
Reply to  Rafael
1 ano atrás

De fato, 3 milhas é uma boa distância para enfrentar guerra assimétrica. Se os sistema zonear a mira eletrônica como faz com o olho humano pode ser bom contra armas orientadas por laser.

Lembrando que até os porta-aviões americanos tem .50 para se proteger de terroristas em botes.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

É um laser meia boca, não conseguiram desenvolver um decente e vieram com essa história 😂. Enquanto isso os EUA já tem um laser no USS Ponce que afunda pequenas embarcações e derruba drones.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Vamos explicar aos Russos que provavelmente eles nunca verão um barco de superficie da OTAN ao alcance visual.

Obs.: Estou levando em consideração que choveram alguns Exocets e outros misseis de cruzeiro na frota russa antes que cheguem na linha do horizonte.

Estou com dó dos piratas Somalis…

Felipe
Felipe
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Se já estavam no alcance dos Exocet, os barcos russos já descarregaram os Granit bem antes…

Guacamole
Guacamole
1 ano atrás

Esse tipo de sistema não é proibido pela convenção de genebra?
Me lembro que os únicos que tinha esse tipo de coisa eram os Norte Coreanos porque eles não respeitam o acordo.

Fernando XO
Fernando XO
Reply to  Guacamole
1 ano atrás

Guacamole, a Convença proibe apenas “o emprego de armas a laser especificamente concebidas, como única ou uma de suas funções de combate, para causar cegueira permanente à vista não ampliada, isto é, a olho nu ou a olhos providos de dispositivos corretores da vista”… o que não parece ser o caso… por outro lado trata da “proibição de utilização de métodos que provoquem danos supérfluos ou sofrimentos desnecessários”… fica para debate se “alucinações e vômitos” são supérfluos ou desnecessários… abraço…

Renato B.
Renato B.
Reply to  Fernando XO
1 ano atrás

Entre as opções morrer e vomitar ficam poucas dúvidas. Imagino que no futuro isso vai acabar sendo usado para controle de multidões.

cfsharm
cfsharm
Reply to  Fernando XO
1 ano atrás

Acho que o termo alucinação foi colocado/traduzido erroneamente – do ponto de vista médico seria visualizar uma pessoa ou objeto imaginário porém considerando-o real. Pela descrição parece mais provocar distúrbio visual o que junto com os vômitos não poderia se considerar meio insidioso e/ou cruel.

lucas
lucas
1 ano atrás

Nada contra esses tipos de armas que afetam de forma ”ineficiente” o ser vivo por trás das maquinas, não entendo quase nada de bombas,aviões,tanques etc , mas como biofísico garanto uma coisa, esses equipamentos que afetam o ser vivo só valem a pena se o custo for muito baixo(P&D,produção/implantação etc) simplesmente porque nos dias atuais (me refiro ao saber humano) não existem meios (técnica ou tecnologia) para por exemplo acabar com uma cidade matando só as pessoas de determinada área deixando as estruturas intactas. (obs: não é disso que trata o artigo acima, mas eu me adiantei a algumas pessoas… Read more »

Hermes
Hermes
Reply to  lucas
1 ano atrás

“nos dias atuais (me refiro ao saber humano) não existem meios (técnica ou tecnologia) para por exemplo acabar com uma cidade matando só as pessoas de determinada área deixando as estruturas intactas.”
Pesquise sobre bomba de nêutrons.

lucas
lucas
Reply to  Hermes
1 ano atrás

sim exato Hermes, mas eu me referi a radiação eletromagnética (que é a provável fonte da qual os russos estão se utilizando na arma falada no artigo) outros meios como venenos(químico/biológicos),radiação gama etc…e claro a ionização de corpos com armas de nêutrons, meios técnicos ”eficientes” já existem desde a primeira e segunda guerra mundial pra algumas dessas armas.(o uso da R.Eletromagnética-laser por exemplo-contra o ser vivo de forma barata e eficiente é coisa nova-depois da segunda guerra para os dias de hoje, e ainda assim seu uso não é difundido em larga escala como algo usual/banal no dia-a-dia dos militares)

Baschera
Baschera
1 ano atrás

A MB também esta testando algo semelhante.
Umas strobos, globo espelhado e batitão funk carioca….
Mesmo sem ver o navio…milhares passam mal…vomitam…e há relatos de tentativa de suicídio.

Sds.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Para quem não acredita que ondas sônica não são letais…

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Arma_sônica

Peter nine nine
Peter nine nine
1 ano atrás

Bruno, isso chama se espionagem…

Munhoz
Munhoz
1 ano atrás

semelhante a uma luz estroboscópica, em homenagem ao Bosco kkkkk

Bosco
Bosco
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

rsrsss

Leth
Leth
1 ano atrás

Pra que uma coisa dessas? Bastava arrumar umas lanternas X900 que o problema acabava.

SPQR
SPQR
1 ano atrás

Dos russos sempre se espera tecnologia militar de ponta, o que mais me impressiona neles é a quantidade de agências estatais de notícias… rs

Bosco
Bosco
1 ano atrás

Pessoal, isso é pra guerra assimétrica na mesma linha do canhão sônico americano LRAD e dos “dazzler”.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Acho que Você entendeu quando afirmei que estava com dó dos piratas Somalis

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 ano atrás

Existe um sistema de ultrassom usado pelas polícias nos EUA, para dispersar multidões. É na mesma linha, com aperfeiçoamentos.

Botelho
1 ano atrás

O nível dos frequentadores e comentários do site estão cada vez mais mediocres, beirando o patético!

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

bom ja tinha visto um de som, mas de luz nunca tinha visto, vendo por um ado tecnico é possível sim, mas disse que pode desorientar misseis inimigos aí não acredito

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

essa fragata Russa é bem bonita, me lembra as mulheres da rússia

Neves João
Neves João
1 ano atrás

Eu entendi algo diverso de todos vocês, me parece que a “arma” foi desenhada para desviar a atenção e confundir visualmente o inimigo, impedindo que ele mire corretamente o alvo, através de jogos de luzes (piscando ou cegando), o que me pareceu foi que os enjôos e vômitos seriam efeitos colaterais inesperados, até por que não iam submeter os soldados que experimentavam a arma a danos na saúde de propósito (se bem que…), que podem ser irreparáveis. Neste caso o título da matéria está completamente errado dando a falsa impressão que a arma é para causar alucinações e vômitos no… Read more »

CRSOV
CRSOV
1 ano atrás

Pô mas essa arma afeta ou afetou pilotos no raio de 3 milhas náuticas distante do navio com esse sistema !! Muito antes disso um avião atacante já teria disparado seus mísseis anti navio, sem contar que esse sistema não atinge os navios e os submarinos que também possam estar muito mais afastados que essas 3 milhas náuticas !!

Jeff
Jeff
1 ano atrás

Biohackers no porão das casas mexendo com vírus letais, isso sim é um grande perigo. Algum dia destes vão vazar um ebola e se vai embora meio mundo. Tem louco pra tudo.

Fernando Vieira
1 ano atrás

Isso aí pode ser bastante útil contra piratas somalis. Por ser não letal de repente os cargueiros possam levar essa arma e deixar os piratas desnorteados.
Aqueles baleeiros japoneses também iam gostar de ter um desses para quando o pessoal do Sea Shepperd for tacar ácido nos convezes deles para estragar o lucro dos japas.

Wagner
Wagner
1 ano atrás

KKKKKKK e provoca gargalhadas também! kkkkkkk

NAVY JACK
NAVY JACK
1 ano atrás

Aposto que eles também fizeram uns testes em Havana, perto das embaixadas americanas e do Canadá !!! Isso explicaria muita coisa!

Favaratti
Favaratti
1 ano atrás

Se fosse efetivo seria um segredo naciional…. Mais uma propaganda russa….lamentável