Home Acidentes Navais Incêndio em submarino nuclear russo deixa 14 mortos

Incêndio em submarino nuclear russo deixa 14 mortos

17127
58
Desenho do submarino de pesquisa Losharik, mostrando suas esferas de pressão internas

Quatorze submarinistas a bordo de um submarino de pesquisa do Ministério da Defesa da Rússia foram mortos em um incêndio enquanto realizavam uma pesquisa no fundo do mar na costa ártica da Rússia, informou o ministério, segundo as agências de notícias russas.

O incidente ocorreu no submarino nuclear de profundidade AS-12, apelidado de Losharik, uma fonte não identificada das forças de segurança disse ao site de notícias RBC. Lançado em 2003, o Losharik foi projetado para pesquisa, resgate e operações militares especiais.

O incêndio começou às 20h30 na segunda-feira, informou a RBC citando sua fonte, quase um dia antes do ministério divulgar a notícia.

A embarcação de pesquisa em águas profundas estava realizando uma pesquisa militar em águas territoriais russas, disse o Ministério da Defesa.

“Em 1º de julho, em águas territoriais russas, um incêndio surgiu a bordo de uma embarcação de pesquisa científica em águas profundas que estava estudando o ambiente marinho do oceano mundial em nome da Marinha Russa”, disse a Interfax em comunicado do ministério.

“Quatorze submarinistas morreram como resultado da inalação de fumaça … está havendo trabalho para estabelecer a causa do incidente. A investigação está sendo conduzida pelo comandante-chefe da Marinha.”

O incêndio foi extinto e o submersível está agora na base russa da Frota do Norte, em Severomorsk, no Mar de Barents, segundo a agência Interfax e as agências estatais de notícias RIA e TASS. A declaração citada pelas agências não identificou o tipo ou modelo do navio submarino.

Este é o maior acidente ocorrido em um submersível do Ministério da Defesa desde 2008, quando um vazamento de gás Freon no submarino nuclear Nerpa matou 20 e feriu 21.

Em agosto de 2000, o submarino russo Kursk afundou no chão do Mar de Barents depois de duas explosões em sua proa, matando todos os 118 homens a bordo. A explosão foi vista como um desastre de relações públicas para o presidente Vladimir Putin nos primeiros dias de sua presidência.

FONTE: The Moscow Times

NOTA DO PODER NAVAL: Losharik (russo: Лошарик) é o apelido do submarino russo “Projeto 210”. O nome real é AS-12 (russo: АС-12, onde “АС” significa “Атомная Станция” do termo naval oficial russo “атомная глубоководная станция”, “estação nuclear de águas profundas”) do Projeto 10831.

É propulsado por um reator nuclear e acredita-se ser capaz de operar a uma profundidade de muitos milhares de metros, devido ao seu casco de pressão multi-esférico. A profundidade operacional exata é desconhecida, mas sabe-se que este submarino operou a cerca de 2.000–2.500 m de profundidade no Ártico em 2012.

A designação da OTAN para este submarino é NORSUB-5.

Iniciado em 1988, foi incorporado somente em agosto de 2003 devido a problemas financeiros que os militares russos experimentaram nos anos 90. O Losharik é designado para pesquisa, resgate e operações militares especiais, que podem incluir o plantio de dispositivos de escuta subaquática, removendo os de um oponente, escuta submarina e corte de cabos de comunicações.

O apelido foi sugerido pela construção do casco multi-esférico e foi tirado de um personagem de desenho animado russo Losharik, um cavalo de brinquedo composto de pequenas esferas – o nome losharik é uma junção do russo: “лошадь” (“loshad” ) – cavalo e russo: “шарик” (“sharik”) – pequena esfera.

Projeto 10831
AS-12 “Losharik”:

  • Comprimento: ~ 70 metros
  • Diâmetro: 7 <metros
  • Deslocamento: ~ 1.000 toneladas
  • Imersão max. : 1.000 metros
  • Reator: ~ 5 MW
  • Tripulação: 25
  • Iniciado em 1988, lançado em 1995 e entrou em serviço em 2003

58
Deixe um comentário

avatar
24 Comment threads
34 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
43 Comment authors
Marcos10CESAR ANTONIO FERREIRAFelipeChevalierEB75 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Acabei de ver essa notícia na BBC. Lamentável. Meus pêsames aos familiares deles.
Graças a deus bunca teve um desastre parecido com nossa flotilha de submarinos em nossa história.

Eleomar
Visitante
Eleomar

Graças a Deus não foi pior.
Mas quero esclarecer que o Brasil tem uma força e não uma flotilha de submarinos, que com mto orgulho eu ja fiz parte.

MBP77
Visitante
MBP77

Meus sinceros sentimentos às famílias destes 14 submarinistas.
RIP
Sds.

Fabio Mayer
Visitante
Fabio Mayer

O mar é perigoso por si mesmo. Para um submarinista, é um desafio ainda maior. Qualquer que fosse a missão, estes 14 homens devem ser lembrados por sua bravura em enfrentar o oceano.

José Gomes de Oliveira
Visitante

Parabéns ,Fábio. São heróis anônimos, que Deus apiede-se de duas almas, a seus familiares me solidarizo apresentando minhas condolências.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Independente da missão ser de cunho cientifico ou militar é lamentável a perda da vida dos militares em decorrência de um acidente.

Alfredo Duarte
Visitante
Alfredo Duarte

Definitivamente, ser submarista na Rússia é algo muito, muito, muito perigoso.

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Na Rússia? Para ser submarinista tem que ter bolas de aço, em qualquer marinha do mundo. Até aqui já perdemos subs nas profundezas do oceano.
Enfim, que os pobres descansem em paz, e muita força para as famílias, para os pequeninos que ainda esperam papai chegar do deployment.

Dalton
Visitante
Dalton

Em um mundo “politicamente correto” por mais chato que as vezes pareça, não esqueçamos que mulheres estão cada vez mais constituindo parte da tripulação de submarinos, os ainda em construção estão sendo modificados e alguns já incorporados, no caso da classe “Virgínia” , adaptados para receber mulheres e uma delas pereceu a bordo do submarino argentino “San Juan”.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Dalton. Talvez da explicação seja outra. Talvez os homens que buscam essa carreira são insuficientes para preencher todas as tripulações. Considerando que as diferenças de gênero afetam pouco as qualidades e vocações profissionais. Talvez existam algumas mulheres mais capacitadas para algumas tarefas que outras pessoas… Então o negócio e ter a melhor tripulação com os melhores profissionais

Airacobra
Visitante
Airacobra

Nem tanto, pq já me inscrevi algumas vezes enquanto ainda podia, porém nunca fui chamado, na época era um dos mais pontuados da minha turma, saúde 100%, pontuação máxima no TAF e etc, mas fazer o que né, haviam alguns mais antigos ou cochados que sempre pegavam a vaga, isso vai de encontro ao exposto de que homens que buscam essa carreira são insuficientes para preencher as vagas, tá quase mais pra cota mesmo, pois sempre houve mais inscritos do que vagas.

Farroupilha
Visitante
Farroupilha

Caros Dalton e Camargoer, a tecnologia digital, e a IA automatizando tudo, estão facilitando a participação das mulheres em áreas antes mais difíceis para elas, não podemos negar isso. Pilotar um avião sem cabos virou coisa até de criança treinada hoje. Contudo, a meu ver, em tempo de guerra o lugar das mulheres, mesmo as fisicamente masculinizadas, é atrás das linhas. Creio que soldadas feridas, ou mortas, em batalha não será algo legal para a moral e eficiência de todos – No recente G-20 no Japão, teve uma reunião de líderes com a filha do Trump sobre “Empoderamento” feminino. No… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Aparentemente é isso mesmo Camargo, meu comentário aproveitou o gancho do comentário do João no sentido de que ter “bolas de aço” não é mais apropriado justamente pela presença de mulheres a bordo 🙂

ADRIANO LUCHIARI
Visitante
ADRIANO LUCHIARI

Eu não sabia disso, qual sub e tripulação a MB perdeu? Fora o Tonelero, que em 2000 afundou atracado ao cais por descuido dos tripulantes de plantão…

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Me estava referindo aos Estados Unidos. Dois subs nucleares, 228 mortos em total.

Dalton
Visitante
Dalton

Como curiosidade para quem desconhece, dois oficiais brasileiros,
Alberto G R de Almeida e Julio Lima de Moura pereceram a bordo do submarino da US Navy R- 12, em 1943, quando presentes para observar um exercício de disparo de torpedos.
.
O R-12 encontrava-se na superfície e provavelmente a perda se deu pela rápida inundação da sala de torpedos por conta de um tubo de torpedo
não devidamente fechado e apenas cinco tripulantes que encontravam-se na superestrutura sobreviveram.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Acho que o comentario do Duarte não foi bem interpretado. Pelo que “captei” do comentario me parece que num governo ditatorial monárquico, o que é, de fato, o regime russo, a falta de transparencia dentro das estruturas politicas, industriais e militares é a principal responsavel pela maioria dos problemas os quais a Russia atravessa. Em resumo, como um cidadao comum poderá exigir do Estado o respeito desejado quando esse Estado é um grupo que se apoderou das instituições e empresas? Vimos o que a Lava-Jato desmascarou durante suas operações: um Estado vinculado a monopolios visando eternizar no poder um grupo… Read more »

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Só por reverência aos finados marinheiros, acho que seria aconceitável deixar política e ataques ideológicos por fora. Tragédias não discriminam, seja lá o uniforme ou nacionalidade.

Rene Dos Reis
Visitante

sábias palavras , concordo plenamente.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Moita, se voce abstrair um pouco, saberá que a morte dos submarinistas está diretamente ligada à questão politica, ondeo Estado monarquico russo não permite que a sociedade se manifeste contra aquilo que esta errado no aparato Estatal causador dos males que assistimos. Se voce se lembrar do acidente do Kursk, virá a sua mente uma cena classica onde uma esposa de um submarinista morto é DROGADA AO VIVO (atraves de seringas) na conferencia de imprensa e retirada do local por questionar a indiferença do Estado o qual provocou a morte de seu esposo. Assim, o que voce quer dizer é… Read more »

Evgeniy (RF).
Visitante
Evgeniy (RF).

“Abertura” e inteligência, conceitos incompatíveis.

Alfredo Duarte
Visitante
Alfredo Duarte

Prezado xará RCS; EXATAMENTE !
Meu comentário foi decorrente do fato de que nenhuma Marinha perdeu tantos submarinos, teve tantos acidentes envolvendo submersíveis e vítimas fatais desde o final da II GUERRA como a soviética/russa. E isso é apenas uma constatação dos fatos totalmente desprovida de viés ou preferência política ou ideológica, como aliás acredito ser o objetivo das discussões de temas navais neste site.
Achei que a auxese utilizada no meu comentário poderia ser autoexplicativa.
É meio complicado comentar aqui, mas o SITE é muito bom e de leitura diária obrigatória para os apaixonados por assuntos navais.
Um abraço à todos !

Eldandrade80
Visitante
Eldandrade80

Por quê tens que desqualificar tudo que não seja Norte-americano, faz de conta quê o nosso país é tecnologicamente grande ? Eu sou brasileiro, e mesmo por tudo que passamos e o que está porvir, sinto-me ofendido. Explico : Você acha quê nossa indústria de defesa do Brasil têm alguma chance ? Respondo : Não tem ! Os antecedentes dos vizinhos do extremo Norte, nunca foram justos; veja que até hoje o Brasil não fabrica automóveis 100% brasileiro. Porquê, “pode” pegar o mercado dos países ricos…Então, meu caro eu não vejo os EUA como inimigos; assim como nenhum país como… Read more »

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Interessante é vazar para a imprensa que houve um acidente deste tipo.
RIP sailors.

Brunow Basillio
Visitante

“Pesquisa”
A imprensa comum ou até mesmo os familiares das vítimas nunca vão saber o real trabalho deste submarino….
Mas provavelmente ele vinha executando o projeto de colocar uma rede de “sensores” no fundo do Ártico para detecção de submarinos inimigos, daqui mais uns anos será impossível um submarino navegar no Ártico sem ser detectado…

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Especula-se que ele tbm tinha a capacidade de grampear cabos submarinos!

Brunow Basillio
Visitante

Isso deixaram por conta do “Telegram”…

smichtt
Visitante
smichtt

Existe o amigo, aliás, sumido, que tem o codinome “Blind Man’s Bluff”, título de um livro que trata exatamente deste assunto. Apenas a Marinha, ao invés de Russa (ou Soviética, na época) é Americana.

Jacinto
Visitante
Jacinto

Pode ser apenas uma coincidência, mas tanto o Putin quanto o Mike Pence (Vice do Trump) cancelaram seus compromissos de hoje – e no caso do Pence, ele está retornando para a capital dos EUA.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Primeiramente, condolências às familias. Poucos saberão o que realmente aconteceu. em segundo, peço aos profissionais do blog que nos expliquem esse conceito de casco. Como o desenho esférico interno protege as superficies externas do colapso?

Dalton
Visitante
Dalton

Sei apenas o básico até por conta do batiscafo “Trieste” que encontra-se no museu da US Navy em Washington DC, cujos dois tripulantes submergiram a mais de 10.000 metros de profundidade abrigados em uma esfera na parte debaixo do veículo, ou seja, a esfera é a forma mais adequada de resistir a grandes pressões e ao mesmo tempo pode ser feita relativamente leve.

Brunow Basillio
Visitante

Já li em alguns sites estrangeiros que em vez de água se coloca óleo….
Segundo fontes Russas o incêndio não foi no Veículo de profundidade AS-12, mas sim no seu portador o submarino BS-64 Orenburg…

ScudB
Visitante
ScudB

Foi na AS-31 ou AS-35 (provavelmente).
Outra : BS-64 é “Podmoskov’e” do projeto 09787 . Ja o “Orenburg” é BS-136 do projeto 09786.
Uma informação complementar sobre acidente: dentro dos 14 oficiais falecidos foram 5 cap. m. g. . Também os 5 oficiais ficaram feridos (dois – na UTI). Se trata de elite. Um perda enorme!
Um grande abraço!

Brunow Basillio
Visitante

Está fonte relacionou BS-64 com “Orenburg”https://openmedia.io/exclusive/pozhar-v-kotorom-pogibli-moryaki-proizoshyol-ne-na-losharike/

Aqui algumas informaçoes de quem foi a vítima..
https://ngs24.ru/news/more/66147022/

Jacinto
Visitante
Jacinto

Incêndio em Submarino, até onde eu sei, é complicadíssimo. Consome o oxigênio, e como é tudo vedado, a tripulação acaba asfixiada. Terrível.

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

A pressão hidráulica vem em todas as direções igualmente, por isso o formato esférico é o mais adequado, mas a superfície externa é protegida pela água que fica entre as esferas e o casco, pois a pressão dela está em equilíbrio com a externa.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Muito obrigado por todas as explicações. Não sabia que o espaço era preenchido por liquido. Faz todo sentido agora. Genial, diga-se de passagem.

Fernando Vieira
Visitante

O primeiro jato comercial foi o Bae Comet. Ele, assim como as aeronaves anteriores tinha janelas em formato retangular. Só que aí misteriosamente essas aeronaves começaram a cair. Descobriu-se que na quina das janelas começava a se propagar uma trinca que acabava por provocar uma falha catastrófica na fuselagem (pressurizada) da aeronave. Qualquer canto, recorte ou algo parecido gera uma concentração de tensão que obriga a reforçar essa área e tomar cuidado com a fadiga que pode não fazer o material falhar na hora, mas provoca o mesmo problema que ocorreu no Comet. Não sei como é em submarinos, mas… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Meus sentimentos de pesar aos Familiares.

Moriah
Visitante
Moriah

E olha que os franceses tem subnucs bem pequenos. Pelo porte e deslocamento, me lembrou o Amur 950.

Celso
Visitante
Celso

Os submarinos russo já mataram muito mais marinheiros russos do que de outras nações !

Felipe
Visitante
Felipe

Tem razão. Não haviam marinheiros russos nos acidentes submarinos de outras nações. No ARA San Juan, só haviam marinheiros argentinos.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Semana da Rússia:
Seus mísseis caíram em Chipre matando quase duas dezenas de locais, Submarino pegando 🔥 fogo e ainda é Terça-feira…..

Brunow Basillio
Visitante

Não morreu ninguém no local aonde o míssil do S-200 caiu, pois era uma área desabitada…. A própria autoridade local confirmou que não houve nenhuma vítima….
Acho muito sem noção tentar propagar desinformação…

Mahan
Visitante
Mahan

Outro?? Que constrangimento…

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Que Deus os tenha! Ser submarinista é uma profissão de enorme risco…

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira
paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Bem que o Jacinto alertou…

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Hummm
Tem caroço nesse angu…

Entusiasta Militar
Visitante
Entusiasta Militar

Essa matéria nao divulga o que exatamente os matou-os causando o incêndio e a asfixia

E nem relata o que estavam testando … seria uma arma nova ? ou encontraram algo diferente no fundo do oceano ? … tudo muito suspeito

Fernand Albuquerque
Visitante

Usque ad sub aquam nauta sum!
Que estejam com o Criador!🙏

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Meus sentimentos a família dos militares e a marinha russa!!!!

Marcelo R
Visitante
Marcelo R

Vão soltando as informações em picadinho…. Como foi com o Kursk…. Parece que não aprendem nada com os acidentes anteriores ….

EB75
Visitante
EB75

Foi cortar algum cabo no fundo e tomou um choquinho…

Chevalier
Visitante
Chevalier

Incêndio nada! O Vice-Presidente Mike Pence foi chamado às pressas a Washington. Putin tb cancelou compromissos. Parece que teve uma pequena refrega naval entre russos e americanos.
https://www.debka.com/mivzak/urgent-consultations-in-washington-moscow-on-reported-us-russian-submarines-in-firefight/

CESAR ANTONIO FERREIRA
Visitante

Fake News espalhado por um tabloide sensacionalista israelense.
De fato houve apenas um incêndio no sub russo e nada mais.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Depois de muita discussão ideológica…
O interessante desse submarino é seu deslocamento de apenas mil toneladas. Minúsculo para um submarino nuclear.