Home Marinha do Brasil Marinha dos EUA está pronta para agir na Venezuela, diz comandante

Marinha dos EUA está pronta para agir na Venezuela, diz comandante

10265
120
O chefe do Comando Sul dos EUA, almirante Craig Faller, durante coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, na segunda-feira (19) — Foto Reuters - Ricardo Moraes
O chefe do Comando Sul dos EUA, almirante Craig Faller, durante coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, na segunda-feira (19) — Foto Reuters – Ricardo Moraes

Durante participação em manobras no Rio de Janeiro, chefe do Comando Sul dos EUA disse que Marinha norte-americana está pronta para ‘fazer o que for preciso’. Almirante Craig Faller acredita que exercícios conjuntos de 13 países ‘enviarão uma mensagem a Maduro e a seus aliados’.

A Marinha dos Estados Unidos está pronta para “fazer o que for preciso” na Venezuela, revelou nesta segunda-feira (19) o chefe do Comando Sul dos EUA, almirante Craig Faller, semanas após o presidente Donald Trump declarar que analisa um bloqueio naval ao país.

No Rio de Janeiro para o início das manobras UNITAS – que envolvem nove países da América Latina, Estados Unidos, Reino Unido, Portugal e Japão – Faller disse que não vai “detalhar o que estamos planejando ou fazendo, mas permanecemos prontos para implementar decisões políticas e agir”.

“A Marinha dos Estados Unidos é a mais poderosa do mundo. Se for adotada a decisão política para a mobilização, estou convencido de que estamos prontos para fazer o necessário”.

No início do mês, Trump disse que analisava um “bloqueio ou quarentena” contra a Venezuela, em meio a uma série de sanções contra o regime do presidente Nicolás Maduro.

Faller avaliou que as sanções contra o governo Maduro estão surtindo efeito e que o líder venezuelano foi isolado.

“O foco do governo dos Estados Unidos permanece em fazer pressão sobre um regime ilegítimo para garantir que haja uma transição para um governo democrático e legítimo”.

“Parte deste foco é assegurar que a ajuda humanitária possa chegar aos necessitados”.

Os Estados Unidos são um dos mais de 50 países a reconhecer o líder da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela.

Durante duas semanas, Unitas envolverá mais de 3.300 militares, e “enviará uma mensagem a Maduro e a seus aliados…”, disse Faller.

“Os exercícios marítimos enviam uma mensagem ao mundo de como as democracias que trabalham juntas podem enfrentar uma série de ameaças complexas”.

Consultado sobre como Maduro pode reagir aos exercícios, Faller disse: “Não sei como Maduro reage a nada”.

FONTE: G1/France Presse

120
Deixe um comentário

avatar
30 Comment threads
90 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
64 Comment authors
rafaMayuanAlex StelioMaxwwel GomesCristiano de Aquino Campos Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Estamos aguardando a mobilização da Marinha americana para um bloqueio do Governo ilegítimo da Arábia Saudita.
Fala sério.
Os americanos estão desassossegados com a Nova Ordem Mundial.
Estão perdendo poder e influência e não serão esses pequenos espamos que farão sua situação melhorar.

Dalton
Visitante
Dalton

Não gosto do governo da Arábia Saudita, mas, se os EUA não o apoiassem,
outro país o faria e provavelmente contra os interesses americanos, então,
não há muito o que fazer, mas, é como “diz” a matéria, 50 países não reconhecem o governo de Maduro e isso não é pouca coisa.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

exatamente… Aí, os outros 150 reconhecem Maduro… Nesse jogo não tem meio termo. quem não reconhece um, reconhece o outro.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

São 50 vassalos que mudariam de opinião imediatamente após a perda de influencia de Washington. Esses paisecos são como putas obedecem sempre ao cafetão.
Se os USA pensam que o Brasil e os paises da America do Sul eles iriam entrar em guerra contra a Russia, China e Irã, está muito enganado.

João Moro
Visitante
João Moro

O Brasil é paiseco?? Não!! é um país grande e que defende as liberdades individuais. Faz muito bem o Brasil não reconhecer Maduro, aquele ditador monstro que faz o seu povo passar fome só pra não sair do poder e ter que dizer que o socialismo não deu certo. Em alguns momentos os interesses Brasileiros e Estadounidenses serão iguais, mas isso não significa que somos “vassalos” dos EUA popr pensar igual.

Dalton
Visitante
Dalton

Quando o Haiti foi devastado pelo terremoto em 2010 os EUA não perderam tempo, enviando inicialmente equipes por via aérea e subsequentemente uma enorme armada que contou até com um NAe que estava a caminho do Pacífico e teve sua rota alterada para ser o primeiro a chegar e prestar assistência. . E o que os líderes socialistas como Hugo Chavez disseram? Que os EUA estavam invadindo o Haiti e teve muita gente que acreditou que os EUA queriam transformar o Haiti em um “porta aviões”, isso que Porto Rico fica ao lado, fora os que acreditam ainda hoje que… Read more »

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Talvez ilegítimo só na tua cabeça.
O primeiro estado saudita começou por volta de 1740, como assim ilegítimo?
Ilegítimo por que não tem eleições “justas”, tipo as ocidentais? Você sente saudade do comunismo, como pode falar isso?
Cada cultura tem seu jeito de fazer política.
Você acha o governo da China ou da Coréia do Norte legítimos?
Fala sério.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Então: A Venezuela que tem eleições diretas é uma ditadura, mas a Arabia Maldita que é governada por um príncipe sanguinário é democracia.
Muito bem. Então qual é o conceito de democracia mesmo? segundo o viadão Lincol seria o Governo do Povo, pelo Povo e para o Povo.

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Quantos anos voce tem, 14? Se não sabe argumentar, não apele.

pangloss
Visitante
pangloss

Estamos aguardando a mobilização da Marinha americana para um bloqueio do Governo ilegítimo da Arábia Saudita.
————————————————
Kings, poderia listar para nós os governos que você considera legítimos, com um breve arrazoado para cada um deles?
Só para fins de checagem de coerência, em seus comentários.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Impossível Pangloss.

Doug385
Visitante

Com base nessa sua diaréia mental, o governo chinês também seria ilegítimo.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Vá lá e diga isso para Jinping e 1,4 bilhão de chineses.

Pampapoker
Visitante
Pampapoker

Tentaram uma vez na praça celestial, pergunta, onde está o cara que parou o blindado?

Flanker
Visitante
Flanker

Mas, para doentes com esse aí, o que é feito pelos regimes de esquerda é tudo legítimo…..portanto, Pampapoker, nào perde teu tempo com uma pessoa virulenta como essa!

Rene Dos Reis
Visitante

vi uma reportagem falando que veio pra cá. kkkk

Flanker
Visitante
Flanker

Então vá você lá na Arábia Sudita e diga para o monarca saudita que ele é ilegítimo…..

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Os últimos que fizeram isso foram crucificados.
Literalmente.
E com as bençãos dos EUA.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Blz, agora pode voltar a montar seus kits de Su-27

Flanker
Visitante
Flanker

Igual ao chinês que tentou parar aquela coluna de tanques na praça da paz celestial….
É serio que você vai ter peito em falar de mortes causadas por regimes? Só as mortes ordenadas por Stálin e Mao fazem qualquer outro regime de exceção parecer brincadeira de criança!

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Tentar parar um tanque? cometeu um suicídio. Devia ter problemas mentais.
E os japoneses 300 mil civis de Hiroxhima e Nagazaqui? genocídio é crime imprescritível. Os USA ainda irão ser condenados por isso.

Flanker
Visitante
Flanker

“Hiroxima”?
“Nagazaqui”?
“Ainda irão”?

Primeiro aprende a escrever, depois debatemos…..

O citado japonês tinha problemas mentais por estar protestando contra um governo totalitário? Bem, por sua colocação acerca desse tema e, por sua raiva classica contra os EUA, já percebo a sua cor ideológica…..portanto, é bem típico…..

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Protestos existem em todos os lugares do Mundo e em todas as épocas.
Podemos citar vários como Maio de 68, protestos estudantis nos EUA, o Massacre de Tlatelolco e agora os Coletes Amarelos.
É normal e sintoma de sociedades vivas.

Flanker
Visitante
Flanker

Heheheh….não tente dourar a pílula. Protestos acontecem, sim….mas, em países democráticos…mesmo que, às vezes, ocorram excessos e até mortes. Já no caso da China, o protesto foi amassado, massacrado, ….. mesmo hoje, apesar dos protestos em Hong Kong (que é um território diferenciado), não se vê protestos no restante da China.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Ninguém está interessado em protestos.
Principalmente em sociedades ‘democráticas’ onde se protesta e nada muda.
Ou muda para pior, como o caso tupiniquim.
Portanto, deixe a China em paz e seguindo seu caminho de se tornar a potência hegemônica no Mundo.

Flanker
Visitante
Flanker

Bem típico de uma criatura abjeta e repulsiva como você…..

Flanker
Visitante
Flanker

Onde eu escrevi japonês, leia-se chinês

Mahan
Visitante
Mahan

Totalmente ilegal o regime de pequim. O governo da China está exilado em Taiwan.

Cleber Freitas
Visitante
Cleber Freitas

Vc chama uma ditadura narcotraficante e genocida de nova ordem, espere pra ver o que vc chama de espasmos, vc e todos os Sputnikboys que estão infestando a internet!

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

A mãe-Rússia jamais terá uma base aqui na América, ponha isso na cabeça.

Oekddkdok
Visitante
Oekddkdok

Pega o doido kkkkkkkllkkkkkkkkk USA atacar arabia saudita kkkkkkkkkkkk essa foi boa

Mattos
Visitante
Mattos

Fumou uma erva do diabo????? ou senta no vaso de ponta cabeça?

Mattos
Visitante
Mattos

Só falta dizer que o governo Bolsonaro é ilegítimo e que Fidel foi o maior ser humano que já existiu. kkkkk

Chevalier
Visitante
Chevalier

Esse fdp não tem vergonha de defender o ditador socialista preferido dele não… povo passando fome e sendo assassinado pelo regime. Safado.

Alex Stelio
Visitante

Você faz parte de algum governo para está esperando?

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Tá um assunto que eu não tenho algo concreto formado: ao mesmo tempo que eu quero ver chover de misseis nos quarteis venezuelanos, eu não quero ver ali sendo invadido apenas por conta do Brasil estar ao seu lado. Se fosse em um outro continente, eu assistiria comendo pipoca, mas quando eu vejo que isso pode afetar nosso país militarmente, economicamente, fico com um pé atrás.

Aldo Ghisolfi
Visitante

Digo o mesmo. Os EEUU iniciam conflitos que, depois, não sabem como terminar. ESPERO que não nos arrastem numa empreitada destas e que, desde logo e mais uma vez fique bem claro que não daremos nenhum apoio militar.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Vai porra nenhuma. isso e so conversa fiada. A marinha Aericana já avisou essa semana memso que não dispoe dos recursos necessários para impor um bloqueio naval na Venezuela.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

kkkkkkkkkkkkk Não dispõe de recursos necessários?

você só pode estar de brincadeira.

Maxwwel Gomes
Visitante
Maxwwel Gomes

As vezes o indivíduo está louco na droga . kkk

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Concordo.
Adoraria ver o Maduro e a alta cúpula militar venezuelana tomando Tomawak e GBU na cabeça.
Por outro lado, não quero ver uma Siria 2.0 na fronteira com o Brasil, e, principalmente, não quero que soldados brasileiros voltem pra casa em sacos pretos, porque essa confusão toda respingou no Brasil ( e isso aconteceria, com certeza ).
O problema é que o Maduro é igual a todo ditador: só sai na base da força.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Massa de manobra é osso…

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Porque esse ódio contra o Madduro? qual o mal que ele faz pra nós? é quase insano esse comportamento de alguns brasileiros.

Aldo Ghisolfi
Visitante

Desculpa, mas não penso assim. A fuga dos venezuelanos tem resultados negativos para nós. P.ex., sarampo, pólio, difteria e rubéola voltam a ameaçar a nossa saúde.

João Moro
Visitante
João Moro

O que ele já fez ao seu próprio povo já merecia uma punição a altura da crueldade com que trata o povo dele. Ademais, Maduro fez o povo dele imigrar e saturar as economias e serviços públicos, inclusive o Brasil. Vide a situação caótica que ficou Roraima: Hospitais Hiperlotados que não prestam uma assistência médica minimamente decente (nem para brasileiros, nem para venezuelanos); mobilização de forças de segurança para coibir assaltos e roubos porque os Venezuelanos que FOGEM do Maduro com as mãos abanado e precisam comer; e empregos.
Favor, antes de escrever algum comentário, pense.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Concordo contigo. Seria terrível ver o Brasil sendo arrastado para um conflito que não é seu. E o que é pior ver soldados brasileiros sendo mortos que nem peões descartáveis para abrir caminho de tropas norte-americanas. Deus nos livre desse cenário que fica cada vez mais perto.

nonato
Visitante
nonato

Não tem paz sem guerra.
A guerra já começou.
Falta tirar o ditador do poder.
Quem acha que ficar quieto garante sossêgo, não compreende que o inimigo está agindo enquanto você dorme.
Depois invadira sua casa, e você vai dizer que não entende…

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Duvido que tu aguente ao menos um dia na selva combatendo e sendo comido por mosquitos da dengue, carrapatos, carapanãs e muriçocas.
A guerra real é diferente do video game. Acorda.

marcus
Visitante
marcus

Para abrir caminho para as Petroliferas Americanas. Se a Venezuela não tivesse consideráveis reservas de Petroleo, os Americanos não se preocupariam com qual governo está atuando no momento.
Será que vão procurar armas químicas e bacteriológicas na Venezuela?
Iraque Revival????

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

EUA entra com armas e crédito.
Brasil entra com dívidas e corpos…

É… acho que não sou muito favorável a uma intervenção em Venezuela não…

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Ou seja: o Brasil seria apenas a “bucha de canhão”. Duvido que o Brasil entre nessa barca furada.

Brunow Basillio
Visitante

Militarmente um país como os EUA sempre tem que estar pronto, mas uma guerra envolve questões econômicas e geopolíticas, que muitas das vezes a complexidade destes fazem países desanimar de guerrear com alguém…

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Sinceramente, contra a marinha venezuelana não precisam de muita coisa

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Talvez um LCS dê conta =D

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Eles podem mandar um AB só pra brincar mesmo… capacidade de resposta da Venezuela é muito limitada.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Igual a sua de pensar…

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Um AB seria um atropelo, pode segui a dica do amigo acima, um ou dois LCS!

leonidas
Visitante
leonidas

A Venezuela é governada por uma ditadura e todo o alto escalão e o médio devem ser composto por gente envolvida até o pescoço em corrupção da pior espécie.
Mas dito isso é importante ressalvar que a Venezuela não é o Panamá, e a América Latina não é a América Central,seria uma vergonha para nossa imagem os EUA se sentirem a vontade para intervir militarmente na Venezuela isso é INCONCEBÍVEL E INADMISSÍVEL trata-se de uma questão de CONCEITO seja feito na Venezuela o que poderia impedir de fazer conosco?
Que ousadia…

João Souza
Visitante
João Souza

Concordo. Quem manda nessa área é o Brasil e ponto final.

marcus
Visitante
marcus

Começa assim. Amanhâ sentem vontade de intervir na Argentina, Peru, Equador etc.
No Brasil não precisa, já mandam no pedaço.

Millenium
Visitante
Millenium

É só aguardar. A Amazônia diz alô.

Daniel Ricardo Alves
Visitante
Daniel Ricardo Alves

Tanto faz. O Brasil nunca vai apoiar mesmo. Que cada povo resolva os seus próprios problemas.

nonato
Visitante
nonato

Deixe o povo venezuelano ser dominado pelo comunismo, não é?
Quanto mais países comunistas, melhor…

Aldo Ghisolfi
Visitante

Eles estão colhendo o que semearam…

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Se eles querem ou não tem coragem para mudar o regime, o problema é deles. Nós não temos que ir ou mandar nossos filhos pra morrer ou voltar aleijados de uma guerra que nenhum benefício traria para nós.
Os brasileiros j´reclamam de pagar muito imposto. Imaginem em uma guerra, mais impostos viriam para custear a campanha.

Sincero Brasileiro da Silva
Visitante
Sincero Brasileiro da Silva

Eu estou pronto para ir para Marte!

Burgos
Visitante
Burgos

A Venezuela tá mais pra ONU do que pra uma Intervenção Militar Internacional (tudo cachorro vira lata , se bater o pé sai correndo o Governo Maduro e Cia LTda).
Tem gente doente e passando fome lá !!!😔
Esse que é o problema da Venezuela !!!

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

China e Russia tem poder de veto. A ONU não vai ter como interferir sem a vontade dos dois.

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Com China e Rússia ali, dificilmente vai acontecer qualquer ação militar contra Maduro, e ponto final. Treino é treino, jogo é jogo; e ninguém liga pra quem definha ou morre sob o tacão bolivariano instalado no governo venezuelano, que têm, idealmente, autonomia pra fazer e desfazer qualquer inferninho dentro de suas fronteiras enquanto exaure as riquezas nacionais junto aos sócios… No Brasil é diferente?

Caio
Visitante
Caio

Dificilmente vai acontecer qualquer ação militar contra Maduro, mas não tem nada a ver com China e Rússia, que não farão nada caso algo ocorra.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

O Trump amarelou contra o gordinho da Coreia do Norte, imaginem contra os mandões da Russia e China.
Em uma guerra dessas a Coreia do Norte aproveita e toma a Coreia do Sul, o Irã e seus aliados atacam Israel, que sem a ajuda dos USA sofreria bastante. E o mundo todo entra em guerra e a industria bélica norte-americana teria enormes lucros.

Marcelo Baptista
Visitante
Marcelo Baptista

Se, e um enorme se, os EUA garantirem o pagamento das dividas contraídas pelo Maduro junto a Russia e China, ai ele dança. Enquanto o dinheiro não estiver acertado, nada acontece, apenas show.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Não se resume a dinheiro. Os USA teriam que recuar do Leste Europeu e da Asia, só então a Russia e China abandonariam a Venezuela.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Putin já afirmou que vai defender a Venezuela até as últimas consequências. Repito: Putin afirmou que vai defender a Venezuela até as últimas consequências. Aí sim, veremos se os EUA são invencíveis, como Hitler e Napoleão também eram.

Flanker
Visitante
Flanker

Ué, vão transportar a batalha, da Venezuela, para as estepes russas? E no inverno? E com luta de infantaria, somente? Te orienta, doente! A cegueira ideológica é bestificante!

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Não, para a selva… teatro onde as forças americanas tomaram coro das vietnamitas…ou onde as forças americanas tomaram coro das forças chinesas na guerra da Coreia.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Sério mesmo, só um maluco sonhador consegue achar que a Rússia consegue manter um TO à milhares de KM de distância, em outro continente e ainda mais na selva. Poderiam até tentar alguma coisa em guerra naval com uso de submarinos, mas de resto… NADA. Alô logística! A Rússia só consegue alguma coisa se recorrer à armamento nuclear, e já que você citou (erroneamente, por sinal) Vietnã e Coréia, posso citar a Crise dos mísseis, e naquela época a URSS era bem mais forte do que a Rússia é hoje e ainda assim entubaram em uma negociação e largaram Cuba… Read more »

Pampapoker
Visitante
Pampapoker

Se no Afeganistão que era perto… tomaram surra. Imagina na América latina.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Pampa, no Afeganistão toda a gente toma surra uma vez por outra.

francisco Farias
Visitante
francisco Farias

Quem está na surra agora é o titio Trump.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

A URSS largou Cuba? vamos analisar os fatos: antes da crise dos mísseis, Cuba era uma ilha colônia dos Estados Unidos, utilizada pela elite norte-americana para suas depravações e jogatinas. Depois da crise dos mísseis, Cuba passou a ser território soviético e Fidel Castro a governou por décadas, morrendo de velhice. Dizem que os EUA ganharam a crise dos mísseis. Eu pergunto: ganharam o quê? perderam Cuba, para sempre. E quanto a negociar, foi sim uma decisão esperta por parte da URSS, assim como foi por parte dos EUA, porque nenhum dos dois lados ganharia com uma guerra termonuclear. Boa… Read more »

Flanker
Visitante
Flanker

Cuba colônia dos EUA? Depois da crise dos mísseis passou a ser território soviético? Os EUA perderam Cuba para sempre? Como se perde algo que não é seu? Que amontoado de bobagens é esse que você escreveu??

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Ok, agora pode voltar pro Toddynho e os Kits de SU-27 filho.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Não tomaram coro pois venceram a maioria dos combates.

Na Coreia não havia selva. Montanha e clima frio, no máximo florestas.

Venezuela é cercada por três países não-alinhados e o abastecimento pelo ar e pelo mar seria negado. Nunca viraria um Vietnã.

Flanker
Visitante
Flanker

Ooooohhhhhh….e na selva os russos são mestres, né? Tem imensas florestas tropicais na Rússia, não é mesmo? Kkkkkkkkkk…..

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Só sei de uma coisa: até agora Maduro está no poder, contrário à vontade dos EUA. Eu vou pelo resultado, ponto final. Assim como o Assad não caiu. O Trump vai sair e o Assad permanecer no poder.

Alessandro
Visitante
Alessandro

coitado, esse é outro que sonha tbm, isso minha criança sonha que ainda não é proibido rsrs…

o Putin não vai mover um dedo pela Venezuela, assim com os EUA não vai pela Ucrânia, o Putin vai PEGAR todo o ouro venezuelano que puder como ele vem fazendo!

ANGELO CHAVES
Visitante
ANGELO CHAVES

Quero um motivo para Putin defender a Venezuela até as últimas consequências? Para que Rússia ou China faria isso? Da mesma forma quero um motivo para o Brasil se meter nesse problema.

Mayuan
Visitante
Mayuan

Antônio. Você é dodói da cabeça. Só pode.

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Mesmo que o Brasil volte a melhorar a economia, nossas indústrias ainda continuarão ociosas, pois nosso parque fabril é para abastecer a América do Sul e Central…, e a Argentina e a Venezuela eram grandes importadores do Brasil…, más do jeito que está e pode piorar, caso o Macri perca a eleição na Argentina…, a tendência é o continente e o Brasil principalmente ficar com a economia patinando, pois dependemos uns dos outros…

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Se Argentina e Venezuela, começarem a aumentar a parceria com países “digamos…, vermelhos…, de esquerda…, maus…, kkkkk”, e Rússia e China começarem a contruir bases nesses países, vai aumentar a parceria dos EUA com o Brasil no campo militar, e assim melhorar a capacidade de nossas forças armadas…, numa mini guerra fria no continente sul americano…

João Souza
Visitante
João Souza

Tu é de Taubaté? Também sou. Saudações 👍

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Saudações João Souza…, legal saber que tem mais um amante de assuntos militares aqui em Taubaté…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Mas um governo orientado por uma… “esquerda” tem obrigatoriamente de ser vermelho e mau? Repito, o sistema político dos países não é todo igual assim como as suas alas políticas, o mundo não é Brasil, nem só Venezuela, Estados Unidos ou Rússia.

Pedro Bó
Visitante
Pedro Bó

Com sanções econômicas quem sofre é o povo venezuelano. O alto escalão continua no seu luxo com apoio sino-russo. Na verdade o timing de um ataque militar a Venezuela já passou há tempos.

Olbap Odnanref
Visitante
Olbap Odnanref

Acho que os norteamericanos não são tão idiotas a este ponto. São idiotas sim, mas duvido que sejam burros.

João Adaime
Visitante
João Adaime

No caso de um bloqueio naval, como ficariam as exportações de petróleo para Índia, China e EUA, seus principais compradores? Ou este bloqueio seria para impedir que o Pedro o Grande atraque na Venezuela?

João Adaime
Visitante
João Adaime

Caro Bruno
Apesar das sanções, em maio os EUA ainda compravam petróleo venezuelano. O único problema é que os importadores não podem pagar em bancos onde o governo da Venezuela possa sacar o dinheiro.
O petróleo pesado deles é melhor para produzir lubrificantes e óleo diesel. Logo, parece que os norte americanos fecham os olhos para esta peculiaridade.
Muito estranho vender sabendo que não poderá receber. Acredito que esteja havendo alguma triangulação nesta operação financeira.
Abraço

Relax
Visitante
Relax

Vcs não entendem de guerra !!!
Se a marinha dos E.U.A atacar a Venezuela os soldados venezuelanos vão desertar para a Colômbia e Brasil…
Única resistência vai ser das melicias,cubana,etc…
Com pouca força militar é questão de 10 dias para tomar esse país…
Maduro está com os dias contados igual o Sadan…

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Beleza, então. No stress.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Resposta ao acordo naval da Venezuela/Rússia? Antes um pouco tarde do que nunca. Agora eles (EUA) tem de ver que existem outras ameaças ao seus interesses no mundo. Os mares do pacífico é um com a China e o estreito de Ormuz com o Irã. Vai conseguir manter esse desdobramento?

Cinturão de Orion
Visitante

“Marinha dos EUA está pronta para agir na Venezuela, …”.

Não vai rolar.

Caio
Visitante
Caio

Dos mesmos criadores de: “todas as opções estão na mesa”

Jorge
Visitante
Jorge

A Venezuela é problema dos Venezuelanos assim como a Arábia é problema dos Sauditas.
Acho que cada um que resolva seus problemas.

Não somos nós nem os Americanos que devemos querer resolver os problemas dos outros. Até porque está claro que esse interesse ninguém tem.

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Esta da frota americana estar pronta para intervir na Venezuela
e’ o mesmo modus operandi com que a marinha americana estava
pronta para intervir no Brasil em 64. Mas tem um detalhezinho
curioso e engracado, na maior cara de pau depois mandou a conta
querendo que o Brasil pagasse. Sera’ que o Brasil deu calote?

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/03/golpe-militar-de-1964-completa-50-anos-relembre.html

> Mas o governo americano apresentou a conta da operação Brother Sam: US$ 2,3 milhões, que nunca foram pagos pelo Brasil.

Luiz Floriano Alves
Visitante

Os ditadores via de regra são populistas irremediáveis. Gastam o que não tem em “benefícios” para a patuleia ignorante. Tipo as bolsa família, bolsa gás, bolsa maconha….. e por ai vai. Quem não sabe produzir e vivem do dinheiro dos outros acha uma maravilha. Tipo o nosso governo popular recente. Montaram uma banca vendendo títulos da divida publica para dar o dinheiro aos grandes grupos de empreiteiras e simular progresso. Obras suntuárias e imuteis, tipo ferrovia da transposição do São Chico. Acreditem a obra vaia ewscoar agrande produção gerada pela água. Só que não gerou nada. Só dinheiro para os… Read more »

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

1 dollar de 1964 e’ mais ou menos equivalente a 8 dolares hoje.
De forma que o Brasil esta' devendo
a marinha americana cerca de
18 milhoes de dolares.

So’ falta o capitão baba-ovo querer “limpar o nome do Brasil no SPC”
e ir pagar o calote com juros e correção monetaria.

🙂

Renan Lima Rodrigues
Visitante
Renan Lima Rodrigues

Voltamos a época da década de 30, várias tensões e trocas de farpas.

Aladaf
Visitante
Aladaf

De novo, esquecam a base Russa. Nao ha PIB para isso. Ha tecnologia mas nao ha grana. Mais facil os Chineses comprarem o pais inteiro. No caso da Russia eh so bravata e demonstracao de um poderio belico que nao sera utilizado para absolutamente nada. Nao ha dinheiro para isso. A guerra que eles tem dinheiro para fazer eh so via Internet.

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Ora vejam, segundo o almirante Craig Faller do tema em pauta:

https://oglobo.globo.com/mundo/ser-aliado-extra-otan-selo-de-aprovacao-ao-brasil-diz-chefe-do-comando-sul-dos-eua-23887921

> Maduro consegue comprar equipamentos [formidáveis] de China e Rússia — disse.
> É um país que está [bem] armado.

Mas ora vejam so’ tambem:

https://oglobo.globo.com/mundo/trump-maduro-confirmam-contatos-diretos-entre-governos-de-eua-venezuela-23891247

As eleicoes se aproximam e Trump quer ir aonde ninguem foi.
Tentou acordo com a Korea do Norte mas nao deu em nada.
Sua ultima entrevista sobre o Iran foi “Entendo que sao
uma pais orgulhoso mas so’ quero que eles liguem pra mim”

E agora Maduro.

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Eu me pergunto que [equipamentos] formidáveis são estes.
Nos exercicios da OTAN perto das fronteiras russas, os russos
fizeram interferencia eletronica numa area enorme:

https://yle.fi/uutiset/osasto/news/russia_suspected_of_gps_jamming_during_nato_exercises/10500210

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Para vocês que dizem que os EUA não vão permitir, que vai ocorrer outra crise dos mísseis, que Maduro está com os dias contados, etc, só tenho uma pergunta: O Maduro já caiu? vocês mesmo não diziam que ele não duraria dias? vocês e a mídia não falaram a mesma coisa do Assad? a Rússia FEZ um contrato com a Venezuela de que seus navios podem entrar e sair quando quiserem da Venezuela, basta comunicar ao Maduro. Isso não é a mesma coisa que ter uma base permanente, na prática?

Chorem, chorem muito. Na cama que é quentinho.

Flanker
Visitante
Flanker

Eu, particularmente, acredito que os EUA não irão intervir na Venezuela…pelo menos por hora. Mas, não porque não tenham meios para tal….apenas não é o momento , visto atritos econômicos com os chinas e intervir na Venezuela dá muiro mais trabalho na área diplomática do que na área militar.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Se os EUA fizerem uma intervencao na Venezuela vai ser um banho de sangue dos dois lados e vamos ter milhares de refugiados na nossa fronteira. Muito provavelmente grande parte das Forças Armadas da Venezuela irao desertar ou baixar armas, o problema ali vao ser a Guarda Bolivariana, as milicias pro-Maduro e os guerrilheiros narcotraficantes escondidos na selva amazonica. Isso tudo sem falar na interferencia russo-chinesa que com certeza ocorrera, seja no fornecimento de dados de inteligencia ou em armas para a resistencia pro-Maduro. A coisa ali nao vai ser tao simples igual alguns aqui pensam e essa merda toda… Read more »

Enes
Visitante
Enes

Não existe vitória nas guerras.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Muito engraçado isso: os EUA perderam Cuba para sempre na crise dos mísseis e ainda saem dizendo que ganharam. E vocês engolem essa. Vai entender.

Flanker
Visitante
Flanker

É o segundo post que você escreve isso….mas, só me explica uma coisa: como os EUA perderam Cuba na crise dos mísseis, em 1962, se desde 1959 Fidel já estava no poder??

Helio Eduardo
Visitante
Helio Eduardo

Para muito além do pueril debate ideológico, que ignora o fato histórico de que as potências não estão nem aí para cor de bandeira ou cosias do gênero, valendo mesmo é seu interesse estratégico e econômico imediato e futuro, concordo com os lúcidos comentários de do DOUGLAS TARGINO e do Willber Rodrigues: não quero uma Síria aqui ao lado, porque o problema venezuelano, uma hora dessas, acaba por respingar no Brasil. Quando os EUA resolverem o problema deles, ou arrumarem outro problema em algum lugar do globo, vão se retirar e se a Venezuela não estiver “estabilizada”, teremos problemas. Na… Read more »

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Atacar e invadir a Venezuela qualquer país consegue, o problema e ocupar, como já vimos no Afeganistão, Iraque, Siria e Somalia.

rafa
Visitante
rafa

Ah sim.. a Republica Democrática Popular da Venezuela…
Que não é nada popular, muito menos democrática e passa longe de ser república.