domingo, setembro 19, 2021

Saab Naval

Marinha das Filipinas desativa navio de guerra mais antigo

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

MANILA, Filipinas – A Marinha das Filipinas anunciou que seu navio de guerra mais antigo foi retirado do serviço naval.

A Marinha das Filipinas realizou uma cerimônia de descomissionamento na terça-feira, 1 de outubro para o BRP Cebu (PS28) no Captain Salvo Pier, Base Naval de Cavite em Sangley Point, Cavite City.

O comandante da frota das Filipinas, contra-almirante Giovanni Carlo Bacordo, liderou a cerimônia em que expressou tristeza pelo descomissionamento do navio.

“Mas ao mesmo tempo estamos felizes por causa de seu descomissionamento, pois poderemos acomodar plataformas mais novas na Marinha das Filipinas.”

Ele também destacou a importância de desativar navios mais antigos no inventário para dar lugar a novas plataformas, à medida que a força naval continua buscando a modernização.

A Marinha das Filipinas disse que o BRP Cebu prestou 71 anos de serviço ao país.

Sua realização notável foi a condução de operações de busca e salvamento do MV Princess of the Stars da Sulpicio Lines, que emborcou na costa de San Fernando, Romblon, no auge do tufão Frank em junho de 2008.

O BRP Cebu era um navio-patrulha originalmente construído como USS PCE-881, um navio de patrulha para os Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi renomeado como RPS Cebu, em homenagem a uma província nas Filipinas quando foi transferido para a Marinha Filipina em julho de 1948.

FONTE: Yahoo News

- Advertisement -

16 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Señor batata

Alguém sabe se depois de descomissionado o navio será preservado? Ou se vai acabar sendo reciclado?

Joao Moita Jr

Vai ser incorporado a MB.

Willber Rodrigues

Nosso Monitor Parnaíba vai bater ( ou já bateu? ) o recorde de navio de guerra mais antigo ainda em atividade.
E ele continua firme e forte.

Ádson

Tem um navio russo ainda na ativa que é bem mais antigo que o Parnaíba.

Rodrigo Hemerly

O Monitor Parnaíba é mais antigo.

LucianoSR71

Tem o Volkhov nascido na época do Czar (1915 ), depois da revolução russa virou Kommuna e que continua em serviço:
https://en.wikipedia.org/wiki/Russian_salvage_ship_Kommuna
Talvez não estejam considerando esse por ser um navio de apoio.
Quanto ao Monitor Parnaíba, citado pelo colega, por estar em operação fluvial, tenha sido desconsiderado, pois pelo seu comissionamento ( 1938 ) ele é mais antigo que esse da matéria. Lembrando que ao contrário do russo, ele é armado c/ canhões de vários calibres.

Gus

Não estão considerando o russo nem o Parnaíba porque eles não fazem parte da marinha das Filipinas. Leia a primeira frase do texto. Há um pronome possessivo: “a marinha filipina anunciou que SEU navio mais antigo…”

LucianoSR71

O problema é que o título diz: ‘Marinha das Filipinas desativa navio de guerra mais antigo’ ou seja generalizou.

adler medrado

Esse é o problema de ler só o título

Isamu

Alguém sabe dizer se é possível preservar o Monitor Parnaíba depois de desativado? Desmantelar esse navio seria um crime e até mesmo um pecado. Imagina quanta história ele deve ter. Um guerreiro.

Dalton

Possível é, o Paraguai por exemplo conservou embarcações da Guerra do Paraguai que encontram-se expostas em terra firme o problema é que marinhas não tem dinheiro para isso e é preciso encontrar particulares que desejem investir na conversão de um navio em museu, pagar pela manutenção e encontrar um local adequado para exibição. . O “Bauru” tornou-se museu por conta de particulares e do governo do Rio de Janeiro e com exceção do “Nautilus” todos os demais navios e submarinos museus nos EUA necessitaram de particulares, contam com trabalho voluntário e mesmo assim alguns estão em condições ruins e alguns… Read more »

Isamu

Obrigado por responder. Uma pena se desmantelarem o navio. Talvez possam reaproveitar algumas peças para expor em um museu a céu aberto, talvez uma praça, sei lá.

João Adaime

Doa para o Timor Leste.

Otto Lima

O BRP Cebu foi valente e fiel, mas a Marinha das Filipinas precisa de meios mais modernos, até porque a China vem avançando sobre as águas jurisdicionais desse e de outros países banhados pelo Mar da China Meridional.

Sincero Brasileiro da Silva

Ótima oportunidade de compra para o Brasil!

Paulotd

Kkkk. Ouvi de boatos que a Filipinas é uma das interessadas em dois IKL 209 que possivelmente a MB vai botar a Venda (Tupi e Tamoio)

- Publicidade -

Últimas Notícias

Como foi feito o acordo entre a Austrália, Reino Unido e EUA para o compartilhamento da tecnologia de submarinos nucleares

The Times: ‘Como uma cena de Le Carré’: como o pacto do submarino nuclear foi o maior segredo do...
- Advertisement -