Home Data Comemorativa 13 de dezembro – Dia do Marinheiro

13 de dezembro – Dia do Marinheiro

1668
16

Dia do Marinheiro, no Brasil, é celebrado no dia do nascimento de Joaquim Marques Lisboa, Marquês de Tamandaré, 13 de dezembro.

Nascido em 1807, na cidade de Rio Grande, estado do Rio Grande do Sul, começou a sua longeva carreira aos 15 anos, como voluntário da Armada, indo servir na Fragata “Niterói” e tomando parte na campanha pela consolidação da Independência. Em seguida, foi matriculado na Academia Imperial; porém, antes de concluir o curso, seguiu para combater na revolta conhecida como “Confederação do Equador”. Seu desempenho foi tão destacado que o Imperador promoveu-o ao posto de Segundo-Tenente, o que lhe facultou alcançar o oficialato. Posteriormente, participou da Guerra Cisplatina, onde se distinguiu, recebendo seu primeiro comando de navio aos 18 anos de idade.

Participou de vários movimentos internos. Seu heroísmo foi provado não só em batalhas, mas também em época de paz, como quando salvou a nau portuguesa “Vasco da Gama”, que afundava, e também a tripulação e os passageiros de um navio inglês que se incendiava. Foi Ministro do Supremo Tribunal Militar, do qual aposentou-se pouco antes de morrer.

A escolha de seu nome para Patrono da Marinha não podia ser melhor. Quando foi proclamada a República, Tamandaré continuou na ativa, pois considerava-se um servidor do Brasil e não de um regime (era monarquista). A data de seu nascimento é comemorada como o Dia do Marinheiro.

Faleceu, no Rio de Janeiro, em 20 de março de 1897, deixando, em seu testamento, um último pedido, o qual resume bem o seu caráter e a sua postura de vida: “Como homenagem à Marinha, minha dileta carreira, em que tive a fortuna de servir à minha Pátria e prestar alguns serviços à humanidade, peço que sobre a pedra que cobrir minha sepultura se escreva: Aqui jaz o velho marinheiro!”.

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
VovozaoR Bozo
VovozaoR Bozo
6 meses atrás

13/12/19 – sexta-feira, bnoite, um dia de muitas comemorações aos nossos bravos. Esperamos que no próximo ano, nesta mesma data possamos já contar com 1 ou 2 escoltas compradas de oportunidades, para que possamos cumprir honrosamente nossa missão.

Camargoer
Camargoer
6 meses atrás

Olá Colegas. Parabéns aos marujos. Achei curioso que Tamandaré serviu na “Fragata Niterói”. Fico pensando se por distração alguém conclua que a “Classe Niterói” realmente precisa ser substituída com urgência.

mendonça
mendonça
Reply to  Camargoer
6 meses atrás

não senhor,esse nome niteroi ,ja foi de outras embarcações,bem,mais bem anterior a esta fragata de concepção inglesa ,que por sinal ,já passou da hora de ser substituida.

Fernando XO
Fernando XO
6 meses atrás

Quem vê um marinheiro, por vezes, somente percebe o uniforme, as medalhas e distintivos (OK, tudo isso chama mesmo atenção e tem efeito “bunitol”)… mas, para enxergar o marinheiro, deve-se ir além disso. É uma rotina de anos de capacitação, treinamento e aprimoramento. É dedicar-se a algo maior do que nós mesmos, mesmo quando isso afasta-nos das pessoas queridas. É abraçar, não um emprego, trabalho ou profissão, mas um modo de vida todo particular, intenso e cativante. É aprender a lidar com riscos, colocando pessoal e missão em primeiro lugar. É “gerenciar o caos” e ainda sentir-se feliz e realizado… Read more »

Esteves
Esteves
Reply to  Fernando XO
6 meses atrás

O compromisso de vocês é com o futuro.

O passado é um porto deixado, um farol iluminado, um rastro apagado. Apontem seus navios para o novo, para o não feito, para o descobrimento.

Somente navegar já não basta. Sejam exemplos.

Parabéns.

https://youtu.be/baYLc9FVRbQ

VovozaoR Bozo
VovozaoR Bozo
Reply to  Fernando XO
6 meses atrás

13/12/2019 – sexta-feira, bnoite, parabéns por tão verdadeiras palavras.

GUPPY
GUPPY
Reply to  Fernando XO
6 meses atrás

Bravo Zulu.

mendonça
mendonça
Reply to  Fernando XO
6 meses atrás

voce está certo,mas,não devemos esquecer que que o marinheiro ja foi muito humilhado pela propria instituição que servia,a revolta da chibata,que foi Foi o resultado direto do uso de chibatadas por oficiais navais brancos ao punir marinheiros afro-brasileiros e mulatos.
eu acho ,talvez eu esteja errado ou certo,mas,só haverá dia do marinheiro,quando ter na marinha,algum almirante negro ou mulato,ah,mas na marinha tem negros,mas sempre foi nas mais baixas patentes,porque será hein,ou o marinheiro negro está la no seu posto e não quer galgar posto alto?
existe sim,algum tipo de preconceito .

Blind Mans Bluff
Blind Mans Bluff
6 meses atrás

Na morte se julga a vida.

Luiz Floriano Alves
Reply to  Blind Mans Bluff
6 meses atrás

Tamanadaré é o exemplo a seguir. Servir a pátria, antes de servir-se dela. Numa era de corrupção desenfreada é bom lembrar os nossos heróis, que viveram na modéstia, sem peder o brilho de suas virtudes.

James chaves da silva
6 meses atrás

Fiquei curioso com a história do tumulo e fui pesquisar: https://www.marinha.mil.br/noticias/com5degdn-guardiao-dos-restos-mortais-de-tamandare

Burgos
Burgos
6 meses atrás

Tá faltando o Mage na ponta do mastro principal da F44 ou é impressão minha ?!
Provavelmente deve estar em reparo.👍

jaime
jaime
Reply to  Burgos
6 meses atrás

f 40

Flanker
Flanker
Reply to  Burgos
6 meses atrás

Na foto não aparece a ponta do mastro principal. A imagem está cortada…..a ponta do mastro ficou de fora da foto.

Burgos
Burgos
Reply to  Flanker
6 meses atrás

É Verdade
Analisando agora a foto deu pra ver que tá cortado mesmo !!!👍

Ivan Serpa
Ivan Serpa
6 meses atrás

-Quero ser marinheiro, posso ser marinheiro?
-Quer dar pau?
-Não.
-Quer dar rancho?
-Não.