Home Concursos Concurso de Admissão ao Corpo de Fuzileiros Navais – CFN

Concurso de Admissão ao Corpo de Fuzileiros Navais – CFN

3265
88

Marinha divulga edital de concurso para Soldado Fuzileiro Naval com 960 vagas. O candidato deve ter nível médio completo e idade entre 18 e 21 anos em 1º de janeiro de 2021

A Marinha do Brasil, por meio do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais, publicou no dia 22 de janeiro o edital de convocação para o Concurso de Admissão às turmas I e II de 2021 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. As inscrições para as 960 vagas estarão abertas entre os dias 19 de fevereiro e 20 de março e poderão ser realizadas pelo site www.marinha.mil.br/cgcfn, no menu “Concursos para o CFN” ou presencialmente, nos endereços listados no edital.

Entre os principais requisitos para inscrição estão: ser brasileiro do sexo masculino, com idade de no mínimo 18 e no máximo 21 anos em 1º de janeiro de 2021, e ter o ensino médio completo.

No momento da inscrição, o candidato poderá optar para concorrer às vagas dos seguintes locais para servir inicialmente: Unidades da Marinha no Rio de Janeiro – RJ, Unidades da Marinha em Brasília – DF, Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS, 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Manaus – AM, 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Belém – PA, 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Ladário – MS, Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN, Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA e Batalhão de Defesa NBQR de Aramar – SP (a distribuição das vagas ocorrerá de acordo com as necessidades da Administração Naval).

A primeira etapa do processo seletivo consiste em exame de escolaridade, com provas de Português e Matemática, em data a ser divulgada posteriormente no site. Os aprovados na etapa inicial passarão ainda por verificação de dados biográficos e de documentos, avaliação psicológica, inspeção de saúde e teste de aptidão física de ingresso.

O curso de formação terá a duração de 17 semanas e será realizado em órgãos de formação do Corpo de Fuzileiros Navais no Rio de Janeiro e em Brasília, em regime de internato e dedicação exclusiva até o dia da formatura. Durante o período, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o Aprendiz-Fuzileiro Naval perceberá remuneração atinente à sua graduação, conforme previsto em Legislação.

 Contato:

Assessoria de Comunicação Social do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais

88
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
72 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
39 Comment authors
jonasAdriano Da Silva CastilhosDiegoWelltonRafael Oliveira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ozawa
Visitante
Ozawa

“A primeira etapa do processo seletivo consiste em exame de escolaridade, com provas de Português e Matemática (…)” Onde estão a Geografia e a História? Ao menos “brasileira”, pois se poderá alegar que é pedir muito a “geral” para um soldado Fuzileiro Naval … Talvez, também, seja para não se incorrer no risco do candidato selecionado “pensar” muito sobre o país e o mundo, e isso, para algumas sociedades, é perigoso demais em um soldado … Mas, a mim, são esses tipos de profissionais das armas com tão precária seleção intelectual que trazem maior risco no uso da letalidade sem… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
Visitante
ADRIANO MADUREIRA

Exatamente Ozawa !

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante

E hoje em dia se ensinam história e geografia ?

Eu que sai em 92 do Segundo Grau, naquele tempo já eram só doutrinação.

Imagine hoje…

que não cobre mesmo.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Nesses dias em que vivemos se vulgarizam não só a atenuante da “violenta emoção” como também a palavra “doutrinação”. Enfim …

sergio ribamar ferreira
Visitante

Concordo com o sr. Ozawa. O concurso deveria ter em sua prova objetiva as principais disciplinas e posteriormente redação e por conseguinte conhecimentos gerais. Há de se notar que a ideia de manter soldados como mínimo de conhecimento é uma característica das nossas instituições. Quanto menos apto ao raciocínio mais será um “fiel subordinado adestrado” . A diferença nas punições entre praças e oficiais já mostra essa discrepância . Usando a informalidade: “quanto mais ignorante o soldado, cabo… melhor” subserviência ao extremo. Em alguns Estados, a atuação das PMs e guardas municipais são exemplos. Aqueles que se destacam são relegados… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

Pera aí.

“…Aqueles que se destacam são relegados aos serviços mais escrachados.“

Quanto mais ignorante melhor? Os PMs e GMs e também os soldados que se destacam são relegados? São escrachados?

E teve 11 batendo palmas?

Junior
Visitante
Junior

Não sei em que tipo de escola que você estudou, na minha os professores se atinham ao conteúdo, tive uma excelente professora de geografia, que nunca politizou nada, talvez por isso aprendi bastante, portanto não generalize as coisas.

bjj
Visitante
bjj

Eu me formei no segundo grau duas décadas depois do Rodrigo, e nunca, absolutamente nunca vi nada que pudesse ser considerado “doutrinação”, até por conta de dois problemas estruturais: faltavam professores, e os professores que existiam dificilmente tinham a atenção dos alunos a ponto de poder formar qualquer tipo de ideologia na cabeça deles.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. Junior: Geografia , História, Matemática, Química, Física, Língua Portuguesa, Filosofia mais Educação física e Educação Artística. Conteúdo deve ser aplicado, estudado, pesquisado. Tendo um bom conteúdo e uma boa explicação o estudante que quer estudar e crescer em conhecimento vence. Há o professor e um professor. Você teve a professora de geografia, bem como tive na minha época os professores. Terminei o segundo grau em 1982. Comecei a trabalhar(lecionar em 87). Só tive alegrias e poucas histórias tristes com os alunos para os quais lecionei. Alguns se tornaram colegas de trabalho. Outros advogam, alguns enfermeiros, médicos. Outros preferiram continuar… Read more »

Junior
Visitante
Junior

Bacana Sergio, você é um sortudo, pois como disse o bjj, hoje em dia aluno tá cagan*o para o professor quando ele entra na sala de aula, por isso acho graça quando esses tiozinhos dizem que professor doutrina aluno, esse pessoal se entrasse em uma sala de aula hoje ficaria chocado com a atitudes dos alunos de hoje em dia. Hoje em dia o professor entra na sala de aula, da bom dia e um ou outro responde a maioria tá no smartphone, ouvindo musica, no watts, jogando alguma coisa, outras estão conversando, fazendo gracinha. A aula começa e eles… Read more »

João Souza
Visitante
João Souza

Defina “doutrinação” por favor, seria aquilo que “atenta” contra sua ideologia?

Isso é falta do que fazer na moral…virou “modinha” se dizer “ofendido” e “perseguido”, isso é um insulto a todos que realmente sofrem…

Menos…bem menos por favor…

tulio762
Visitante
tulio762

Você foi fuzileiro naval? Ou, é fuzileiro naval?

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. tulio 762. Servi o EB entre infantaria e artilharia. o Corpo de fuzileiros navais é uma tropa de primeira. Qualidade de instrução e treinamento inquestionáveis. O problema não é ser fuzileiro e sim o que estão tentando fazer nos concursos, pois um militar instruído com boa educação e Educação dificilmente fará “bizonhices” ou cometerá equívocos no cumprimento de uma ordem que poderia ser questionada mais tarde. Temos exemplos de certas ordens absurdas. Grande abraço.

tulio762
Visitante
tulio762

Eu entendo o que o senhor quer dizer mas se o Ozawa não conhece a vida de um soldado fuzileiro naval, como ele sabe que a “seleção intelectual” é precária? Com base em quê critério ele julga que um fuzileiro pode fazer uso de força letal de forma irresponsável, recorrendo a justificativas pífias como “violenta emoção”? Não será apenas efeito Dunning-Krueger?

sergio ribamar ferreira
Visitante

Caro tulio762. Eu não julgo para não ser jugado. Há critérios. No meu ponto de vista a seleção deve ser mais rigorosa. O ensino de geografia é de suma importância. Hoje, dificilmente, vejo um colega de geografia utilizar mapas, trabalho de campo. Meu pai foi sargento no batalhão de engenharia. Antes, trabalhou na antiga fábrica de torpedos como estagiário.. Seu pai de criação, Sargento do corpo de fuzileiros Navais. Aprendi geografia com professores e meu pai também lecionava na área. Este e aqueles usavam mapas, bússolas e sei lá mais o que? Outra época. Talvez era isso que o colega… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

“O que sustenta a teoria das baionetas inteligentes? De forma sintética, a teoria das baionetas inteligentes é aplicável aos militares e sustenta que os subordinados sempre devem examinar a legalidade da ordem recebida, assumindo a responsabilidade caso
decidam executá-la, ainda que manifestamente ilegal.”

É o que há.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Ozawa.
A História esta sendo mudada e contada de acordo com as ideologias.

bjj
Visitante
bjj

Exatamente. Agora a terra é plana, o aquecimento global é uma invenção globalista, cassar direitos políticos, matar opositores e censurar a mídia não é mais ditadura, etc…

A doutrinação que denunciam está realmente acontecendo, não nas escolas, mas sim na internet, onde qualquer cidadão que não entende absolutamente de nada pode emitir suas opiniões sobre tudo e influenciar centenas de milhares de pessoas em pouquíssimo tempo.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Off-tópico: O aquecimento global é quase tão antigo quanto a existência e vida na terra e sem ele não estaríamos aqui hoje… O que ta ocorrendo é um sobreaquecimento… o interessante é que a globalização é a causa de certo modo da revolução industrial, por causa da criação de demandas e a troca de conhecimento, que dá inicio a meios mais pesados de poluição o que leva ao atual estado (aumentando a “violência” das mudança pois queira o homem ou não, o planeta está em constante mudança) OBS.:Por isso não confio na palavra de quem fala em acabar com o… Read more »

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Não se sabe bem nem o que causa o El Nino e La Nina, mas juram de pés juntos que basta aceitar a guiagem sábia dos ambientalistas pra salvar o mundo.
Má notícia: o mundo vai acabar de qualquer jeito, amanhã ou daqui a quatro bilhões de anos, mas o homem da quarta revolução industrial pode desaparecer em poucas décadas portando um sorriso idiota nos lábios e muito preconceito esclarecido na cabeça.

Bosco
Visitante
Bosco

Bjj, Isso que você faz já é uma doutrinação. Você diz que a “Terra é plana” tentado fazer uma alusão subliminar a uma pretensa ideia defendida pelo Olavo de Carvalho, tática esta usado pelos que não conseguem refutar suas colocações políticas. Muitos que não têm o hábito de conferir vão replicar sua afirmação. Aliás, tática diversionista semelhante a de corrigir a gramática do interlocutor (mau/mal) em vez de contrapor suas ideias. Você mesmo nunca viu ninguém do atual governo defender que a Terra é plana e nem mesmo o Olavo de Carvalho o fez, mas como para a esquerda contra… Read more »

bjj
Visitante
bjj

Bosco Eu nem havia pensado no Olavo de Carvalho quando falei da terra plana, até porque ele é meio “isentão” nesse tema. Estava falando mesmo de canais e sites que defendem a ideia de forma aberta, tentando convencer o máximo de pessoas sobre essa “teoria”. Mas você deu um bom exemplo da vulgarização da palavra “doutrinação” como citado pelo Ozawa. Eu falei de “A”, você achou que eu falei de “B”, e de repente eu, que fiz apenas um comentário em um espaço frequentado por adultos, me transformei em um “doutrinador”. Imagine então o que passaria o professor de ensino… Read more »

Wilson
Visitante
Wilson

Só uma correção no final, ele não defende o ensino do Criacionismo mas da Teoria do Design Inteligente como contraponto ao Evolucionismo. (A própria Sociedade Criacionista Brasileira reconhece que o Criacionismo por ter base filosófica na Bíblia, pode ferir a laicidade do Estado e também a maioria dos professores não tem conhecimento adequado sobre o Criacionismo o que pode levar a um aumento da discriminação ao Criacionismo).

bjj
Visitante
bjj

Wilson

Teoria do Design Inteligente é basicamente o criacionismo gourmetizado.

Wilson
Visitante
Wilson

Isso posso afirmar que não é.

A Teoria do Design Inteligente se baseia na premissa de que algum ser inteligente projeto a vida na Terra, mas não se busca determinar quem seria esse Ser Inteligente, isso varia da visão de cada cientista, mas eles sempre vão dizer que a ciência não é capaz de provar quem é esse ser, só que é possível provar que a vida foi planejada.(os ateus que fazem parte desse grupo acreditam em uma raça alienígena e os cristãos em Deus).

Bosco
Visitante
Bosco

Para se entender o design inteligente há de se entender dois conceitos, o do teísmo e o do deísmo.
O deísta aceita a possibilidade de um Criador mas diferente do teísta ele não acredita que houve uma “revelação” divina sobrenatural e nem em profetas ou livros sagrados ou no conceito do pecado e claro , na salvação. O deísta acredita em Deus mas não é religioso.
Acreditar num design inteligente para o Universo faz parte do conceito deísta e não tem nada a ver com religião ou com Bíblia e muito mais com ciência.
*Gostaria que meus comentários fossem liberados.

Bosco
Visitante
Bosco

Dois comentários meus foram bloqueados. Espero que sejam liberados

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Qual a conotação política de Astrolavo, picaretagem? Olavão vivia descendo o pau na Rússia, dizendo que lá era o berço de todo o mal, quando Trump foi se encontrar com Putin, a Rússia do nada virou a megapotência defensora da moral ocidental, nas palavras dele. Olavo não tem razão meu caro Bosco, tem ração!

Procure melhores teóricos de direita do que essa coisa aí.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

E sim Olavo acredita na terra plana, ele vive indicando canal terraplanista onde só tem bobagem.

Bosco
Visitante
Bosco

Eu não consigo defender meu ponto de vista porque sou censurado pelo Galante, então Defensor , morra abraçado com suas verdades, sem contestação.
Passar bem!

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Hen hein tadinho! Quem conhece a verdade como eu não morre, vive intensamente 😜

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Bosco,
Olavo publicou no seu twitter:
“Não estudei o assunto da terra plana. Só assisti a uns vídeos de experimentos que mostram a planicidade das superfícies aquáticas, e não consegui encontrar, até agora, nada que os refute.”
Ademais, o presidente da Funarte, nomeado pelo atual governo, Dante Mantovani, publicou:
“Prove que a Terra é uma bola de água giratória. Aposto que vai adiar essa prova ad eternum e citar como fonte inquestionável o estúdio fotográfico da Nasa, que tem sim ótimos desenhistas, alguns inclusive que já revelaram as fraudes praticadas por lá”.
Para mim isso é defender que a Terra é plana.

Bosco
Visitante
Bosco

Rafa,
Fica difícil eu participar das discussões tendo meus comentário sistematicamente censurados.
Mas se esse não for fica a observação: desde que não roubem o país nossos governantes podem continuar achando que a Terra é plana, ondulada , facetada , com domo ou sem domo e até que seja suportada por uma tartaruga. Só não mexam no “meu” dinheiro e nem no meu direito à liberdade e trabalhem com afinco e competência para gerir o país.

Enes
Visitante
Enes

Ozawa, ha controvérsias. muita gente que conhece geografia e história faz um monte de besteiras, principalmente aqui no Brasil e no mundo todo.

Andre
Visitante
Andre

Ozawa, a PRIMEIRA etapa consiste em um exame de escolaridade, e avaliar as duas matérias mais básicas é suficiente para isso. Não é um exame para avaliar se o candidato tem todos os pré-requisitos para iniciar o curso.

E gostaria apenas de discordar de você em um ponto: o risco não é do candidato “pensar” muito, já que com o baixíssimo nível de ensino que temos, construído ao longo de toda nossa história, atingindo o ápice de ruindade nos últimos 20 anos, os que realmente pensam são tão poucos que esse risco deve ser desprezível.

jonas
Visitante
jonas

nao concordo, fiz a prova em 1998 e sempre foi portugues e matemática, passei em tudo, mas reprovei no psicotécnico, hoje dou graças a Deus de ter reprovado hehehehe

Kommander
Visitante
Kommander

Se eu fosse um bom nadador, até me alistaria.

Vovozao
Visitante
Vovozao

29/01/2020 – quarta-feira, btarde, voltamos as velhas postagens…….FN, Escola de Marinheiros e outras tudo com inscrições abertas……quando iremos “” pensar “” em diminuir os quadros da MB, ou tudo isso não passa de “” lorota “”. Brasileiro tão bonzinho…..esquece tudo.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Prezado Vovozão, mesmo compreendendo seu raciocínio à vista das notícias recorrentes de carência de meios e excesso de pessoal na Marinha do Brasil, no caso específico dessa matéria não podemos presumir, de plano, “excedentes” sem a avaliação crítica do saldo após as dispensas no mesmo período e segmento. Optei, por essa razão, em destacar a ausência de qualidade mais que o excesso de quantidade.

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

Vovozão entenda o caso! a MB tem que ampliar o plantel sucessivamente de mês a mês em caráter de urgência, afinal ela precisa de um contingente maior, pois corre se o risco de não haver elementos humano preparados ou adestrados para se agrupar aos esquadrões a se formarem em caráter de emergência de 30 navios patrulhas + os dois classe Amazonas e tudo para amaciar os motores, 5 Fragatas Tamandarés ainda com o plástico e drones duas de segunda mão italianas, Makassar peruano, 05 Scorpenes cheirando a novo e mais o Álvaro Alberto quarta geração, os Hovs Drones, o navio… Read more »

Émerson Gabriel
Visitante
Émerson Gabriel

Top Gun, a MB tem 68 mil militares, é um efetivo mais do que o necessário para esses navios que você citou. Lembrando que 80% do orçamento militar é pra pagar salários e pensões.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

81%

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

Te peguei!

Esteves
Visitante
Esteves

Aprestados.

Diego
Visitante
Diego

Vovozão, o número de ingressos vem reduzindo com o passar do tempo, é o que observei, não é o necessário, porém é notável isso, basta comparar com editais anteriores, além do mais, o ingresso no cfn ou escolas de marinheiros não é garantia de carreira,no mais, concordo que o número de militares é muito alto.

Gilson Elano
Visitante
Gilson Elano

O que vocês acham de uma quarto ramo, nas forças armadas?
Me refiro a força de FNs, com independência administrativo – financeira, permanecendo responsável pelas operações anfíbias e de seus meios. Deixando a MB, reservada a sua atividade fim, a polícia naval em tempo de paz e força de combate naval, em tempos de crise.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Concordo com o Sr. Gilson. Há possibilidade?

Ozawa
Visitante
Ozawa

Na minha singela opinião não seria uma boa idéia. Fundamento: Se defendo a comunalidade e a otimização de meios cada vez mais crescente nas armas brasileiras, especialmente pela limitação de recursos financeiros e materiais, não me agradaria uma infantaria naval com caráter “independente”. Mesmo nos Estados Unidos, haja vista a notória e singularíssima dimensão geopolítica, histórica e militar dos “Marines”, esse status de autonomia apesar de ser operacional não é administrativo-financeiro, pois a USMC pertence à estrutura do Departamento da Marinha dos Estados Unidos. Por outro giro, é ilustrativo no caso brasileiro que até mesmo o vistoso uniforme cáqui de… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Caro Sr. Ozawa se não há possibilidade pelos fundamentos apresentados, concordarei pois a “otimização dos meios…pela limitação de recursos financeiros e materiais é o fator preponderante em não ter o Corpo de Fuzileiros certa “independência”. Caso contrário( atualmente difícil mas não impossível) por que não? Uma outra situação que eu desconhecia foi à abolição do uniforme caqui. Finalizando, o último parágrafo descrito pelo senhor tem lógica. Na minha opinião se a MB tivesse suas contas e obrigações em dia poderia haver a sugestão dessa independência. São apenas hipóteses. Grande abraço.

Enes
Visitante
Enes

Caro Ozawa, o uniforme supracitado na verdade não foi abolido, apenas passou a tropa de fuzileiros navais a usar uniforme de passeio na cor branca, porem o caqui continua em uso em determinadas ocasiões. A rasão para o uso de uniforme branco foi para padronizar as formaturas quando formam juntos marinheiros e fuzileiros, essa mudança aconteceu na ocasião em que o Almirante de Esquadra Ivan da Silveira Serpa foi Ministro da Marinha.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

O que acha da extinção desse ramo da MB? Uma cópia do USMC em um país que não pode projetar poder sobre lugar algum. Que jamais terá aplicação prática na defesa da pátria fazendo tomada de cabeça de ponte.

Wilson
Visitante
Wilson

Diz isso para os japonese que estão ativando os seus para reforçar suas defesas contra a China.
Tem matéria aqui no PN sobre isso.

(guerra se vence atacando, o que tiver o punho mais forte e mais hábil vence)

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Pra defender a terra os infantes fazem. Mas no Caso do Japão é outro TO, no pacífico, que é repleto de ilhas e estas são pontos estratégicos em que a guerra no passado passou por lá. Aqui é outra situaçao, não sei pq essa tara pelos FN, só pode ser subjetiva, pois a razão não se aplica. Eu desafio quem me apresentar um cenário realístico de tomada de cabeça de ponte aqui no Brasil.

Bardini
Visitante
Bardini

A Força de Fuzileiros da Esquadra não serve só para tomar cabeça de ponte. É muito mais amplo e complexo que isso.

Wilson
Visitante
Wilson

Operação Formosa.

Os Fuzileiros Navais tem muitas outras atribuições que só a tomada de uma cabeça de ponte, como exemplo, proteção em embaixadas no exterior, atual em missões de paz, GLO, guerra assimétrica, etc…

Eu mencionei o Japão porque eles tem também forças armadas só para defesa e que agora eles estão voltando a ter fuzileiros navais que é uma força de ataque para a sua defesa contra a China. Até o Paraguai tem fuzileiros navais.

Bosco
Visitante
Bosco

Eu não sou favorável à independência do CFN mas sou favorável à criação da Guarda Costeira.

paulop
Visitante
paulop

Caro Gilson: pensando na atual estrutura organizacional da MB, talvez fosse melhor integrar ainda mais o CFN dentro do Comando de Operações Navais. https://www.marinha.mil.br/estrutura-organizacional Vemos que o CFN tem duas vinculações com a MB: uma como orgão de direção setorial – o CGCFN-Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais e outra operacional, vinculada ao ComOpNav – o ComFFE – Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra. Observando a estrutura do CGCFN vemos que ele possui algumas unidades que realizam o mesmo trabalho de outros orgãos setoriail, especialmente as diretorias de pessoal e material. Talvez com a dissolução desse ramo setorial, o… Read more »

Foxtroto
Visitante
Foxtroto

Para uma tropa quase 100% profissional os fuzileiros brasileiros estão muito carentes de material de combate e uso pessoal modernos e adequados ao combate moderno.
Enquanto o almirantado sonhar com F-18 e porta aviões.
Seria cômico se não fosse tão sério!

Kommander
Visitante
Kommander

Eu sempre toco nesse assunto, mas parece que sou o único. Os cara ainda usam m16A2, não tem um uniforme descente, não tem meios de desembarque descente, blindados 4×4 descentes, falta tudo! E a Marinha continua sonhando com F-18 e PA.

Esteves
Visitante
Esteves

Matemática em concursos públicos. Se não ajuda a pensar, não sei o que ajuda. Sistema métrico decimal Razão Proporção Divisão proporcional Regra de três simples e composta Porcentagem Equações de 1 º e 2 º grau Produtos notáveis Fatoração algébrica Área de figuras planas Progressão aritmética e geométrica Noção de função Juros simples e compostos Probabilidade Análise combinatória Matrizes e determinantes Operações básicas: soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação, expressões numéricas Interpretação de problemas matemáticos que envolvam as operações básicas Divisibilidade Números primos Fatoração completa MDC (Máximo Divisor Comum) e MMC (Mínimo Múltiplo Comum); Frações (frações equivalentes, operações básicas com… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

O pessoal quer um fuzileiro naval jesuíta meio indiano meio cristiano, que desembarcou para pregar a nova ordem mundial, falar do aquecimento e da aurora boreal.

Tá certo. Quando precisar de fuzileiro vão lá perguntar pra ele o que ele pensa sobre os Brics, sobre as queimadas, sobre as chuvas…sobre os mosquitos.

Tá certo.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Caro Sr. Esteves. A instrução militar é uma situação diferente da seleção em concurso público. Esta é realizada para se ter os mais aptos na Força, aquela é continua no caso dos fuzileiros, ao longo dos três anos iniciais. Se o soldado quiser dar continuidade na carreira terá que fazer prova para cabo, sargento. Se quiser o praça almejar o oficialato, deverá o mesmo fazer prova de seleção. Opinião. O soldado tem de ser completo e não apenas uma “máquina de matar” para isso existe a instrução ao longo do tempo. Na antiguidade, os legionários romanos, no auge do Império,… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

Não.

É um concurso público de admissão. A primeira etapa do processo seletivo. O curso de formação leva 17 semanas.

“…para isso existe a instrução ao longo do tempo…”

A primeira etapa ou a admissão é feita conforme a legislação. Provas de Matemática e Português.

Segue o enterro.

sergio ribamar ferreira
Visitante

Não! Segue o enterro.

zézão
Visitante
zézão

Não entendo: a formação é no RJ, as unidades operativas do CFN e a Esquadra no RJ, porque essas “unidadezinhas ” consumidoras de pessoal e verba espalhadas pelo Brasil. O CFN não é Força Expedicionária? Como fica o adestramento desses Fuzileiros? E o Espírito de Corpo? Maquina de matar não de tirar guarda…

Luiz Floriano Alves
Visitante

Temos que guardar as mesmas unidades da USNavy ou os almirantes se sentem diminuídos. Após a queda do Japão e fim da WWII os fuzileiros americanos fazem o papel de guardas nas embaixadas dos EU. Ou atuam como simples fuzileiros. Até podem dar matéria prima para os SEALS. Mas desembarques como antes não veremos mais. Os satélites acabaram com o elemanto surpresa. Uma cabeça de praia congestionada a la Normandia e/ou Anzio é alvo certo para uma Nuke tática.

Dalton
Visitante
Dalton

O USMC é uma força de cerca de 180.000 integrantes na ativa, fora os reservistas e conta com uma impressionante aviação naval própria, basicamente para transporte de tropas e equipamento, mas, contando também com esquadrões de aeronaves de caça e ataque, que estão gradualmente recebendo os novos F-35 das versões “B” e “C”, esta última permitirá que os fuzileiros navais continuem operando a bordo de NAes. . Sempre há um Grupo Anfíbio formado por 3 navios em áreas de interesse dos EUA com uma Unidade de Fuzileiros Expedicionária com mais de 2.000 integrantes e cerca de 30 aeronaves que podem… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

“unidadezinhas”
.
GptFNRJ
GptFNSa
GptFNNa
2°BtlOpRib
GptFNRG
GptFNLa
GptFNB
GptFNSP
1 BtlOpRib
.
Tudo isso está diretamente ligado aos Distritos Navais, que estão espalhados pelo país e tem seus respectivos ambientes de atuação, necessidades de proteger suas estruturas e operações.
.
“O CFN não é Força Expedicionária?”
.
É muito mais que isso.
.
O ComFFE é quem abriga a parte com vocação expedicionária, contando com uma divisão anfíbia e tropa de reforço.
.
“Como fica o adestramento desses Fuzileiros?”
.
Passa a ser mantido em cada unidade, levando em consideração suas necessidades e ambiente op.
.
“E o Espírito de Corpo?”
.
ADSUMUS!
.
“Maquina de matar não de tirar guarda…”
.
face palm.

zézão
Visitante
zézão

Desculpe, mas ainda não entendi pra que servem unidasezinhas em Salvador, Natal, ‘, Manaus, Rio Grande ou Brasilia. Mato Grosso do Sul? É pra repelir novas abordagens dos paraguaiios? Fuzileiro Naval ora tirar guarda em Ipero’ e no Itamaraty? A Força mais operacional do Brasil sendo subemoregada.

Bardini
Visitante
Bardini

Te vira então buscar informação então.

Diego
Visitante
Diego

Já se perguntou o pq de “unidadesinhas” de infantaria nas bases aéreas? Os batalhões de Ladário, Belém e Manaus são meio óbvios não?

Esteves
Visitante
Esteves

O adestramento não sei.

O aprestamento é feito conforme a legislação na MB.

Au, au.

Bardini
Visitante
Bardini

Coloca história e geografia na prova. Aí faz média aritmética correndo o risco de selecionar “zé mané” que sabe menos ainda do básico, mas que garantiu nota com coisa que vai ser inútil na função. comment image

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Eu não acho inútil saber um Fuzileiro saber Geografia.
Saber análise sintática ou a fórmula de Bhaskara me parecem mais inúteis.

Bardini
Visitante
Bardini

Ahh… pelo amor de Jacó. Geografia é uma várzea!
.
Quem sabe o que é análise sintática sem procurar no google e fingir que entendeu, deve saber ler e interpretar razoavelmente bem.
.
Falar mal de Bhaskara é paixão nacional. No fundo, poucos são os que sabem que a função quadrática é bastante útil, sendo que quem entende de sua aplicação, consequentemente sabe uma matemática razoável.
.
Na hora de jogar um manual de campanha com elementos técnicos no peito de um desses selecionados, quem tem domínio dessas duas matérias, não vai sentir problema algum em Geografia.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Do sexo masculino… Uma mulher não pode ser fuzileiro no Brasil?

Bezerra (FN)
Visitante
Bezerra (FN)

Pode sim: Cabo, Sargento e Oficial. Ainda não admitimos Soldados (FN)

Oséias
Visitante
Oséias

Pessoal, o balanço financeiro do tesouro do ano passado mostra que em dezembro, o tesouro transferiu mais de 8 bilhões para a Emgeprom. No processo de capitalização para a corveta Tamandaré.
Então a construção já começa com o valor todo disponível no banco.

Vovozao
Visitante
Vovozao

30/01/2020 – quinta-feira, bdia , OSEIAS, em princípio capitalização Emgeprom é para capitalização da aquisição das FCT, entretanto, pelo meu entendimento pode ser usada para aquisição outros meios ou construção (navio de apoio antartico), compra navio de socorro substituto do Felinto, muitas coisas podem ser feitas, não sabemos nem o total que existe nesta capitalização.

ersn
Visitante
ersn

a MB sempre tentando não diminuir pessoal ,sempre que tem pessoal se aposentando ou dando baixa apos o determinado tempo de serviço eles dão um jeito de manter o efetivo acima de 70mil militares ate o INSS
reduziu mais de 10mil servidores em cerca de 3 anos mais a MB parece que não quer e inventa que não pode.

Kommander
Visitante
Kommander

Fuzileiros navais são essências para a defesa da patria, o que a MB precisa é diminuir o quadro de oficiais e aposentados.

Ersn
Visitante
Ersn

O CFN e muito importante sim, mas qual é melhor? Ter uma brigada reforçada com bons veículos blindados,artilharia moderna e bem guiada por sistemas avançados de direção de tiro ,soldados com boas armas, sistemas de proteção balística atuais e melhores equipamentos de comunicação tanto em quantidade quanto em qualidade e capacidede condizente com o treinamento e dedicação dos soldados ou uma divisão pouco móvel onde falta tudo:quando se tem e em pouca quantidade,quando se tem em quantidade está obsoleto ou inoperante, quando não esta obsoleto,inoperante ou em pouca quantidade não existe recurso para operações de adestramento,porque a pior coisa no… Read more »

Diego
Visitante
Diego

O resultado da redução de quadros no INSS foi fantástico não é? O número de militares é fixado pelos políticos, se não me engano o congresso nacional, logo, tem que cobrar deles essa redução, embora ultimamente tenho percebido a redução de vagas nos concursos de admissão nas forças armadas e o aumento de processos seletivos, claro não é o suficiente.

Claudio Moreno
Visitante
Claudio Moreno

Boa noite senhores!

Muito boa as fotos da reportagem. Apenas uma dúvida:
_ Na 1ª foto é minha visão que está ruim e não foi possível eu ver fita de munição da matraca.

CM

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

É concurso de admissão pra formação de soldado fuzileiro, não de diplomata do instituto Rio Branco. Tem que saber ler, escrever, interpretar e executar instruções simples, fazer alguma aritmética/álgebra, possuir saúde integra e alguma aptidão física pros rigores da função, que, de toda forma, vai requerer instrução em conhecimentos e desenvolvimento de habilidades que são exclusivos dos fuzileiros. Ninguém espera que um martelo questione ao carpinteiro se o prego deve ou não ser cravado…

Esteves
Visitante
Esteves

É um concurso. É a admissão de um concurso público.

É só aparecer alguém “batendo corda” que faz fila.

Wellton
Visitante
Wellton

Essa idade limite que quebra.

Adriano Da Silva Castilhos
Visitante
Adriano Da Silva Castilhos

Mais mil vagas para uma marinha que quase não tem efetivos, tá no rumo certo.