Home Guerra de Minas Guerra de minas: Saab recebe pedido da Polônia para o Double Eagle...

Guerra de minas: Saab recebe pedido da Polônia para o Double Eagle SAROV

1887
9

Encomenda foi feita por consórcio polonês construtor de navios da classe Kormoran II para a Marinha Polonesa

A Saab informou, em nota divulgada nesta quinta-feira 13 de fevereiro, que recebeu um pedido da Polônia para os sistemas Double Eagle SAROV, usados em operações de contramedidas de minagem (MCM, do inglês mine countermeasure). O sistema será entregue para navios caça-minas (MCM) da classe Kormoran II da Marinha Polonesa, construído por um consórcio polonês. A entrega dos sistemas está prevista para 2021-2022.

A encomenda foi feita por um membro do Consórcio, o Ośrodek Badawczo-Rozwojowy Centrum Techniki Morskiej S.A. (OBR CTM S.A.). Os sistemas Double Eagle SAROV da Saab serão integrados ao Sistema de Gerenciamento de Combate “SCOT”, desenvolvido pela CTM e equipado de acordo com as exigências da Marinha Polonesa.

“Por meio de uma forte relação que temos com a CTM, nós entregaremos os nossos Sistemas MCM, que são líderes mundiais, para serem utilizados pela Marinha Polonesa. Este pedido demonstra a confiança que o cliente polonês tem em nossos produtos e, com isso, temos o prazer em fortalecer a capacidade do usuário final em relação à contramedida de minagem”, disse Görgen Johansson, head da área de negócios Dynamics da Saab.

O Double Eagle SAROV da Saab é um sistema versátil de contramedidas de minagem que proporciona eficiência em operações de MCM, desde o reconhecimento até a varredura de minas. O sistema Double Eagle SAROV pode ser equipado para ser operado tanto remotamente (ROV), usando um cabo, ou autonomamente (AUV), utilizando suas baterias de bordo para propulsão.

Segundo a página dedicada a este sistema no site da Saab, estas são algumas das características do Double Eagle SAROV:

  • Comprimento: 3m
  • Boca: 1,3m
  • Peso (içado): cerca de 730 kg
  • Velocidade: 0 a 6 nós
  • Profundidade operacional: 300m
  • Carga: 250 kg
  • Alcance: 15 km (baterias)
  • Autonomia: 10 horas (baterias)

DIVULGAÇÃO / IMAGENS: Saab

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
4 meses atrás

Ver a Polônia comprando material de ponta em MCM mostra sua seriedade na defesa de seu país e meios navais.

Enquanto aqui ainda estamos navegando a remo.

Top Gun Sea
Top Gun Sea
4 meses atrás

Pensei que era para MB. Para um ROV achei muito inferior a sua capacidade de profundidade e exploração. Basicamente ele vai onde um submarino vai apenas é uma operação muito mais econômica comparado ao um Sub convencional.

Fernando "Nunão" De Martini
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Top Gun Sea
4 meses atrás

Top Gun Sea, não entendi essa comparação com submarino convencional quanto à operação ser mais econômica. O assunto aqui é contramedidas de minagem, não é submarino.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Top Gun Sea
4 meses atrás

Resultado do pisa refletido aqui. Uma parcela muito grande de brasileiros não consegue entender o que acabou de ler, inclusive textos muito simples.

KMjH
KMjH
4 meses atrás

Se alguém puder esclarecer, agradeço.
Por que é comum vermos os fornecedores e não os compradores de material bélico a anunciarem contratos?
Compreendo que junto ao mercado é vantajaso aos primeiros publicizar vendas, ao segundo, porém o sigilo pode ser estratégico mesmo que inicialmente.

Contudo, por que são os vendedores que muitas vezes fazem o anúncio?

Pedro Rocha
Pedro Rocha
4 meses atrás

Olá senhores! Somente para participar do tema, eu acho que que essa classe de MCM Kormoran II é muito interessante para reequipar a debilitada força de Contra minas / varredor da MB! O Presidente marcou uma viagem para a Polônia neste primeiro semestre, poderíamos adquirir de prateleira (mais rápido) e firmar ótimos offset! Eu acho que o C-390 seria muito útil a Polônia!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Pedro Rocha
4 meses atrás

Uma boa troca onde todos saem ganhando

Nelson Daher Junior
Nelson Daher Junior
4 meses atrás

Mais um equipamento que poderia ter a parceria da Embraer Defesa e Saab e ser desenvolvida uma versão em conjunto para a Marinha do Brasil, sendo fabricado pela nossa indústria envolvendo fornecedores nacionais. Já temos parcerias para construção no Brasil de submarinos, corvetas com outras nações.

rommelqe
rommelqe
4 meses atrás

Esse SAROV da SAAB é espetacular. A MB tinha mesmo é que comprar as duas embarcações já ofertadas pelos suecos, que seriam totalmente reformadas e postas em totais condições operacionais em curto espaço de tempo, que contariam, entre outros sistemas, com este ROV. Seriam indispensaveis na defesa de Itaguai…