sexta-feira, dezembro 3, 2021

Saab Naval

Destróier Type 055 da China tem capacidades anti-stealth e anti-satélite

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O destróier de mísseis guiados Type 055 desenvolvido pela China, de 10.000 toneladas, pode conter aeronaves furtivas e satélites em órbita terrestre baixa, revelou recentemente pela primeira vez uma mídia estatal, levando especialistas chineses a afirmar que as capacidades darão às forças chinesas uma vantagem fundamental sobre seus oponentes na guerra moderna.

O Type 055 está equipado com um sistema de radar de banda dupla com capacidades anti-stealth e anti-satélite em órbita baixa da Terra, informou a China Central Television (CCTV) no fim de semana.

A capacidade anti-satélite, em particular, gerou discussões entre os observadores militares.

Alguns dos sistemas de radar avançados produzidos por tecnologias modernas podem detectar aeronaves em órbita baixa da Terra, que muitas vezes circulam a Terra a uma altitude de 300 a 500 quilômetros, disse Wang Ya’nan, um especialista chinês em aviação e espaço e editor-chefe da revista Aerospace Knowledge de Beijing, ao Global Times no domingo.

Se o sistema de radar tem um desempenho alto o suficiente, ele pode não apenas detectar, mas também rastrear os satélites, disse Wang, observando que isso significa que o radar pode guiar as armas para atacar os satélites.

Com um deslocamento de mais de 10.000 toneladas, o Type 055 é um destróier de mísseis guiados de 180 metros de comprimento e 20 metros de largura com 112 células de lançamento vertical de mísseis capazes de lançar uma combinação de mísseis superfície-ar, mísseis antinavio, mísseis de ataque terrestre e mísseis antissubmarino, de acordo com relatos da mídia anteriores.

Dado o grande tamanho do Type 055, ele seria naturalmente capaz de transportar um tipo de míssil de defesa aérea capaz de atingir alvos em órbita baixa da Terra, previu Wang, observando que o sistema de radar usado no Type 055 também pode transmitir dados via cadeia de dados para forças de defesa aérea baseadas em terra que podem lançar mísseis anti-satélite.

Em um teste em 2007, a China destruiu com sucesso um satélite, informou a BBC na época. Liu Jianchao, então porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, confirmou o teste e enfatizou que a China está comprometida com o desenvolvimento pacífico do espaço sideral.

Os navios Aegis dos Estados Unidos também têm recursos anti-satélite. Em 2008, um míssil Standard Missile-3 disparado do cruzador de mísseis guiados USS Lake Erie atingiu um satélite espião dos EUA avariado, informou a Reuters na época.

Type 055 visto por cima

Os satélites de órbita terrestre baixa podem monitorar vastas regiões de campos de batalha e fornecer inteligência rica para seus operadores. Em tempo de guerra, se um lado pode suprimir satélites hostis, pode neutralizar uma parte importante de uma fonte de inteligência hostil e obter uma vantagem para si mesmo, disse Wang.

Embora seja também a primeira vez que a mídia estatal da China confirma a capacidade anti-stealth do Type 055, não é uma grande surpresa quando comparada com sua capacidade anti-satélite, já que a China já revelou vários tipos de sistemas de radar anti-stealth em muitas ocasiões, disseram observadores militares.

Os Estados Unidos equiparam a Força Aérea, a Marinha e o Corpo de Fuzileiros Navais com caças stealth F-35, além dos caças F-22 e bombardeiros stealth B-2 previamente comissionados. Também está vendendo uma grande quantidade de F-35s para seus aliados na região da Ásia-Pacífico.

Isso torna a capacidade anti-stealth essencial para conter as ameaças potenciais dos aviões de guerra stealth dos EUA, disseram os analistas.

FONTE: Global Times

- Advertisement -

41 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
41 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcio F Santos

Com certeza uma máquina de guerra poderosíssima, capaz de impor respeito, e de garantir projeção de poder. Uma façanha tecnológica de fazer inveja a qualquer país periférico.

PACRF

Concordo. Esse navio sozinho tem poder de fogo maior que muitas “marinhas” por aí.

Flanker56

Uma das coisas que tenho que concordar com os chineses é com a lei anti-corrupção, roubou dinheiro público é paredão, com direito à família indenizar a munição; se esta moda pegasse por aqui poderíamos não somente ter uma marinha decente mas também força aérea e exército.

Bardini

Esses Type-055 são até que ajeitados. Talvez seja o projeto de navio menos feio que eles conseguiram fazer… talvez pq seja um quadradão, rs.
.
Agora, de resto, os caras se superam a cada corte de chapa:
https://pbs.twimg.com/media/EkQAuv_U8AAPSV8?format=jpg&name=large
.
Isso aí deixa qualquer PPA parecendo uma obra de arte.

Alison

Capacidade interessante.

Pedro Bó

Em número de células de VLS, só os Ticonderoga (122 células) e os Sejong the Great (128) podem fazer frente aos Type 55.

Heli

Ia comentar justamente sobre isso. Outros navios que deslocam entre 6 e 7 mil tons como as De Zeven Provincien, FREMM, Horizon e F100 e levam “apenas” 32 silos VLS, algumas FREMM e as alemãs MKS180 levam apenas 16 silos (no caso das MKS fazem uso do RAM com 14 em cada lançador), ou seja, a China tem um navio muito potente.

Pedro Bó

As FREMM italianas com 16 células é muito pouco. E salvo engano, são do SYLVER A-30, que só permitem o Aster 15. Nem sei se os silos tem comunalidade com o CAMM e o ESSM. Até mesmo as Type 45 e as Horizon, em minha opinião de leigo, podiam ter mais células de VLS.

rui mendes

Não, as F100, as type 45 e as Horizonte classe levam quase 50 células, mais precisamente 48, mas tendo ainda espaço reservado para mais células. As Fremm Francesas levam 32 células, sendo que 16 delas levam mísseis de cruzeiro de ataque a terra, com mais de mil km de alcance.

eduardo40

Estão em velocidade alucinante em construção naval!

Fernando

Cada Marinha chama seus navios do que quiser, mas esse bicho aí tá mais pra Crusador do que pra Destróier.

Defensor da liberdade

Isso sim que é determinação e vontade de fazer diferente, diferente de Banania que ainda tem a mentalidade preguiçosa de funça público do século passado.

rui mendes

A China é uma super-potēncia mundial, não se pode comparar com o Brasil.

Marcelo R

A PLA NAVY e uma coletânea de tecnologias aspiradas e montadas correndo em cima de navios ( ou por outros modelos de coletas que não entraremos em detalhes).. com informações de origem , vindo de outros países , helicópteros, caças, mísseis, sistemas de armas, sensores eletrônicos, motores, turbinas, tudo enfim não foi desenvolvido através de anos de erros e acertos, como na USNAVY, Royal NAVY, marinha da França, Itália, Alemanha, Japão , isso torna todo esse empreendimento muito duvidoso, parece mesmo alguma montagem ou um blefe, para dominar a sua região ou até outro país mais preparado para uma guerra.… Read more »

Italo Souza

Linda máquina, um belo meio de dissuadir e avisar que no está brincando.

Deve cobrir uma vasta área de território.

Cleber

Ferrou de vez …

Alex Barreto Cypriano

E lá vamos nós: o eterno pedra, papel, tesoura das capacidades anti capacidade…

Gabriel BR

Uma máquina de guerra formidável e esse é apenas um de muitos que virão.

Ricardo Bigliazzi

As turbinas já são a definitivas ou ainda são gambiarras??

Carlos Campos

da última vez que vi, eles ainda estavam aprendendo a fazer turbinas top com os russos.

R_cordeiro

Stealth igual o caça que era matador de f-22, depois nao era tanto assim e agora é muito mais do que antes. O navio é sem dúvida um dos mais bonitos ta atualidade, mas os chinas são “facãozeros” que só eles.

Andre

A China cada vez mais se posicionando como única super potência capaz de desafiar os EUA, já muito a frente de seus antigos senhores do norte.

rui mendes

Não na capacidade nuclear, aí os Russos são mais potentes, e atenção que as novas fragatas Russas, muito mais pequenas e leves, têm um armamento, que nada fica a dever a esses navios Chinos, por conta das capacidades dos excelentes mísseis Russos.

bjj

O radar principal opera nas bandas S e C, que não são as bandas mais conhecidas pela capacidade anti-stealth (VHF, UHF e L). A contraurtividade, se for real, deve ser baseada em uma potência de saída muito alta.

Last edited 1 ano atrás by bjj
Carlos Campos

deve ser muito forte, o futuro SPY 6 é acreditado ver uma F35 a 130Km, mas o bicho é um monstro em energia.

Caio Cipriano

Por falar em anti stealth, como anda o desenvolvimento do radar quântico chinês que prometeram p daqui 5 anos? Já deve ter uns 5 anos q li isso…

ADRIANO MADUREIRA

Foi noticiado isso em 2017-18,então ainda está no prazo…

Caio Cipriano

Será? talvez confundi com o laser anti aereo embarcado rsrs

André Amorim Mondelo

Esse navio pelo comprimento e pela tonelagem deslocada, não deveria ser considerado como um Cruzador ao invés de Destroyer?

Dalton

Poderia e não, deveria. Cada marinha classifica seus navios como quiser e além disso o termo cruzador pode soar mais ofensivo ou provocativo e em alguns casos pode suscitar muito debate entre aqueles que irão autorizar as verbas para construção e cruzador pode parecer demais para as necessidades ou caro demais.

Alison

Bem colocado

André Amorim Mondelo

Faz sentido Dalton!

Sds

Heinz Guderian

Sem dúvidas um monstro!

Marcelo

a US Navy já está preparando os estudos para um navio equivalente (deslocamento entre as Burke e as DDG1000). Não deixa de ser interessante que é a primeira vez desde que a União Sovética lançou os Kirovs, que vejo a US Navy “ter que correr atrás do prejuízo”.

André Amorim Mondelo

Marcelo, se eu não me engano, nos anos 80 a US Navy reativou alguns encouraçados da classe Iowa e instalaram alguns lançadores de misseis, justamente para se contrapor aos monstros da classe Kirov, mas com a queda da URSS eles foram desativados nos anos 90 devido a cara manutenção.

CRSOV

Inegavelmente um grande e poderoso navio !! Ele sozinho destruiria toda a esquadra de Putênfia !!

Carlos Campos

Sendo que os SPY 1 já conseguem ver satelites, sua capacidade de ver aeronaves Stealth é boa, mas vai melhorar quando SPY 6 entrar em ação, o mesmo vai ser AESA e de Nitreto de Gálio, não sei se o radar dos sinos são de GaN, mas são AESA pelo que sei, o que é um ponto de vantagem para eles.

Gerson

Ahhhhh uns quatro desse aqui….

J. Ricardo

Existe a necessidade de equipar a marinha do Brasil com uma classe de navios semelhantes à essa ?? Ou uma quantidade maior de navios de menor tonelagem resolvem a parada ??

Luiz Floriano Alves

O nosso Atlântico pode ser bravio, muitas vezes. Requer barcos de tonelagem maior do que as fragatas Tamandaré. Que a meu ver é o que podemos comprar, no momento. Agora, quem quer se impor precisa dos elementos de poder naval: velocidade, raio de ação, poder de fogo e resiliência, que é a resistência a danos de combate. Esses requisitos as 055 atendem, perfeitamente.

Carlos Campos

segundo o caso é o melhor, esse navio é pra quem tem treta com outros países ou querem se indispor com outras potências.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Rússia envia lançadores de mísseis antinavio para perto das Ilhas Curilas reivindicadas pelo Japão

MOSCOU (AP) - Os militares russos desdobraram sistemas de mísseis de defesa costeira para as Ilhas Curilas, uma cadeia...
- Advertisement -