Home Noticiário Internacional China desdobra míssil hipersônico DF-17 ao longo da costa

China desdobra míssil hipersônico DF-17 ao longo da costa

4525
92

A China desdobrou mísseis hipersônicos DF-17 no sudeste da China, ao longo da costa. As províncias de Fujian e Guangdong receberam esses sistemas avançados de mísseis, como parte do fortalecimento das forças costeiras.

Analistas acreditam que isso pode ser uma preparação para uma invasão futura ou para impedir que as forças americanas ou japonesas se envolvam durante a invasão de Taiwan.

Os mísseis hipersônicos DF-17 estão gradualmente substituindo os antigos DF-11s e DF-15s que foram implantados na região Sudeste por décadas. O DF-17 tem um alcance maior e é capaz de atingir alvos com mais precisão. Ele tem um alcance de 2.500 km, e Taiwan teme que os mísseis hipersônicos DF-17 não sejam detidos pelo sistema de mísseis superfície-ar Patriot Advanced Capability-3 de Taiwan (PAC-3). Isso se deve à capacidade do DF-17 de mudar de direção no meio do voo a velocidades entre Mach 5 e Mach 10.

A China também implantou sistemas de defesa antimísseis S-400 em várias bases no sudeste. Andrei Chang, editor-chefe da Kanwa Defense Review, disse que os sistemas S-400 no Sudeste podem cobrir “totalmente Taiwan”. Uma reportagem também mostrou que 20 brigadas da Força Aérea Chinesa estão presentes ao longo da costa com Taiwan.

Complementando-os, estão também 10-13 brigadas do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Exército de Libertação Popular. Chang acredita que o movimento de equipamentos pesados ​​e tropas para o Sudeste é um sinal de uma possível invasão:

O tamanho de algumas das bases de mísseis nos comandos do teatro Leste e Sul até mesmo dobrou nos últimos anos, mostrando que o PLA está intensificando os preparativos para uma guerra visando Taiwan. – Andrei Chang

Recentemente, o presidente chinês Xi Jinping visitou Guangdong, onde disse às suas tropas que se preparassem para a guerra.

Subscribe
Notify of
guest
92 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silva
Silva
1 mês atrás

Esse vídeo sim é uma dissuasão militar, não o exercício realizado na AMAZÔNIA que as mídias tentam transparecer ser algum sinal ao Maduro.

Caso a China mantenha este ritmo, vai ser difícil, muito difícil de alguém pará-la futuramente.

Agora apenas para curiosidade, pergunto aos nobres colegas:

Com tudo que a China dispõe de material bélico hoje, Taiwan suportaria uma invasão?

Por outro lado, ocorrendo esta invasão, os EUA teriam margem para dar alguma resposta ou caso optasse suportaria várias baixas?

Guilherme Nascimento
Guilherme Nascimento
Reply to  Silva
1 mês atrás

Taiwan não aguenta dois dias. E os EUA só faria algo no governo Trump. O possível governo Biden não faria nada.
Na minha opinião a China está aguardando o resultado das eleições nos EUA.
Até o final do ano a China deve realizar essa invasão.
Dica: comprem ouro

João Vitor
João Vitor
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

EUA não fariam nada em NENHUMA hipótese, simples, se eles não implantam forças permanentes na ilha é porque não estão muito afim de dar o sangue pra proteger aquele território. Eles só fazem vender armas, ainda assim com “delay” tecnológico.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

O Talibã não tem nem 1 por cento do que Taiwan tem, mandaram embora a URSS e estão despachando a OTAN.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Quer comparar com um povo que acha que se matar lhes garante passagem para o paraiso com 100 virgens?

Eduardo
Eduardo
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

Porque comprar ouro?

sub urbano
sub urbano
Reply to  Eduardo
1 mês atrás

Pq o dólar vira pó se a guerra começar. Mas não vai acontecer.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

O dólar já está se desvalorizando.
E de maneria acelerada ao longo desse 2020.
Muitos analistas econômicos consideram que a moeda deve deixar de ser referência para reservas.
Está tudo muito interessante.

Kemen
Kemen
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Colega o que desvalorizou foi o nosso Real em relação as outras moedas.__ Sugestão, comprar Euro, a Libra poderia ser outra opção, mas com os “toris” maioria do parlamento, ainda achando que a Grã Bretanha é uma potência militar, não aconselho…

Last edited 1 mês atrás by Kemen
rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  Kemen
1 mês atrás

É muito mais potência, que muitos que por aí andam a comprar a suas sobras, e acham que são muito potentes, letra têm e muita, mas depois dizem que os Britânicos é que se acham.
Cházinho de realidade, pf.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Nesse caso a China teria um prejuízo enorme com as reservas de dólares… não faz sentido meu Amigo, entesouraram tanto nos últimos 20 anos para rasgar agora???

Nunca se esqueça que o Chines antes de tirano sempre foi um mercador.

leonardo
leonardo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Ta desvalorizando tanto que ta 5,50 kkkkk tudo que vem de la ta caro pra crl graças ao preço do dolar unica coisa que desvalorizou foi o real

Eduardo
Eduardo
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Ou não, visto que os dólares seriam direcionados ao esforço de guerra, logo, haveria escassez desta moeda, ao menos no Brasil. E, lembrando, numa guerra muitos setores da economia são aquecidos.

filipe
filipe
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

O Dia que a China invadir Taiwan, a China vai desaparecer do mapa, a China vai ver o inferno na Terra, uma chuva de 192 SLBM Tridents II D5 , vão arrasar qualquer espécie de vida numa terra que outrora se chamou China.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  filipe
1 mês atrás

Isso no seu joguinho de video game, pois, na vida real, os EUA sentarão no meio-fio para chorar.
E soltar uma nota protocolar lamentando o ocorrido.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  filipe
1 mês atrás

“O Dia que a China invadir Taiwan, a China vai desaparecer do mapa, a China vai ver o inferno na Terra, uma chuva de 192 SLBM Tridents II D5 , vão arrasar qualquer espécie de vida numa terra que outrora se chamou China”. E então você acorda e descobre que a vida real é diferente da ficção dos belos filmes de Hollywood, e que nem John Rambo e nem Jack Ryan poderão salvar o mundo,nem que eles estivessem embarcados no USS John Paul Jones ou do USS Nathan James… Será que a sociedade americana iria querer que a vida de… Read more »

MCruel
MCruel
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Você está certo Adriano! John Rambo e Jack Ryan não salvariam os EUA, somente BRADOK é capaz de fazê-lo !!!

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  MCruel
1 mês atrás

Eita ! nesse caso eu concordaria com você… e somente com o braço esquerdo pois o outro estaria com artrite…

USP
USP
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

A China vence a guerra militar mas perde a guerra política. Todo o mundo se vira contra a China.

Veiga 104
Veiga 104
Reply to  filipe
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkkkkkk

leonardo
leonardo
Reply to  filipe
1 mês atrás

Se acha mesmo que isso ia acontecer caso china invade taiwan ? Kkkkkkkkk

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

Eu já acho que não ocorrerá invasão alguma.

Haverá um gigantesco exercício praticamente como invasão.

Daí sentam a mesa e assinam uma anexação.

O mundo não compra mais uma bala disparada por um estado contra outro.
Tiro de lá é trocado com tiro de cá.

Daí pode dar muita M#$@.

Ninguém está disposto a isso.

O mundo acordará no dia seguinte com uma China maior em território e riquezas, poder de persuasão e influencia ideológica.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

Acho que não. E mais facil o Baden agir que o Thrump. A maifria das guerras dos EUA, foram os democratas que fizeram.
Lembrar que quem iniciou a movimentação militar do oriente e europa para a Asia, foi o Obama.

leonardo
leonardo
Reply to  Guilherme Nascimento
1 mês atrás

Tambem acho que a china só ta esperando o bidenping ganhar para eles invadir , se o trump não fosse tão burro na questão coronavírus ele ia continuar presidentes ctz porem com essas merda que ele fez é dificil saber

Alison
Reply to  Silva
1 mês atrás

1) Taiwan não suporta uma invasão…
2) EUA não precisa de margem para nada… quando quer se envolver, se envolve e pronto…
3) OS EUA, numa hipotética entrada no conflito, teria duas opções:

A) usar somente sua força militar desdobrada na área, hipótese que levaria uma peia…
B) Usar força total e causar a destruição mútua de ambos e possivelmente do planeta…

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Alison
1 mês atrás

Não se esqueça tb que uma guerra a Taiwan arrastaria provavelmente India, Japão, Austrália e Coreia do Sul…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Eu não contaria com o Japão, só tem molenga e nego que transa com boneca inflável lá. Coréia do Sul e Índia tem inimigos declarados e nucleares bem do lado, e aliados da China ainda por cima, então Taiwan só pode contar com os EUA mesmo.

XFF
XFF
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Esses países que você citou, não se sacrificariam para salvar uma pequena Ilha como Taiwan.

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  XFF
1 mês atrás

Nem esses, nem nenhum, só podem contar com eles próprios, e essa de só com Trump, seriam ajudados, é de rebolar a rir, um homem tão cobarde que só faz show para as câmeras, mas quando essas mesmas câmeras o peitam, ele faz beicinho, e sai de fininho, e vai ser outra vez forte, mal educado, sem classe e mentiroso no seu twiter, e nos seguidores ignorantes que acreditam em tal figura.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Silva
1 mês atrás

Primeiramente os EUA não se meteriam diretamente, no máximo sanções nunca antes vistas contra a China que tem o mercado dos EUA como mais de 20 por cento de suas exportações…….. Taiwan não suportaria uma invasão, mas a China pagaria caro pela invasão, o Tibete talvez usasse o pós guerra para se separar de novo, Hong Kong também, a India talves tentasse dar o troco, uma guerra híbrida talvez na Província Uigur, a China perderia muito desses equipamentos top que tem, junto das sanções…. os EUA não dariam resposta nenhuma, a não ser que existe uma guerra de comadres, onde… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Carlos Campos
dantas
dantas
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

vocês acham que a china tem este poder ela va em frente

sub urbano
sub urbano
Reply to  Silva
1 mês atrás

Os S-400 tem capacidade de abater os caças de Taiwan dentro da própria ilha. A China só não invade Taiwan porque não quer. O motivo é político: a unificação ocorrerá hora ou outra e a cupula comunista não tem interesse em um sentimento “anti-continente” na ilha.

leonardo
leonardo
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Problema não é invadir o problema é as consequências

Welington S.
Welington S.
Reply to  Silva
1 mês atrás

É sério que você está fazendo essa comparação ridícula em relação ao Brasil e China? Pyta merda bicho… contexto completamente diferente. Você se esqueceu de chacoalhar o Toddynho.

Luciano
Reply to  Silva
1 mês atrás

Creio que os americanos dariam alguma resposta apenas pontual, sem se envolver muito.

Alison
1 mês atrás

É só para se prevenir … Muito sensacionalismo dos analistas.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Alison
1 mês atrás

é só pra aparecer que estão fazendo algo.

Simplesmente pq o alcance desse míssil é muito grande e ele cobre uma invasão a Taiwan mesmo estando km adentro do território da China.

Pra que diabos colocar ele mais perto do inimigo na costa?

Só pra “mostrar suas garras”. Nada mais que isso.

João Vitor
João Vitor
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Esse mísseis não seriam pra Taiwan e sim para isolar a ilha, afastar navios aliados que viessem ao socorro, tá na matéria no caso.

Rafael Cordeiro
Rafael Cordeiro
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Tem outro fator aí: Quanto mais próximo, menor o tempo de reação.

Realmente parece mais uma grande propaganda da capacidade de mobilização e movimentação por parte dos chineses, mas se eu fosse taiwanês, ficaria com os olhos e ouvidos bem abertos, pois tudo é possível e o momento é bem favorável para a China.

Mauro silva
Mauro silva
Reply to  Alison
1 mês atrás

China vai arriscar ??? Hum … creio q n agora. A águia pode estar combalida mas nunca morta! Me parece gastar muito ouro para pouco frango! Os americanos têm armas q a China sequer sonha . Colocariam o esforço de guerra em marcha rápida. Teriam caças em nuvens de 6 geração! Mísseis hipersônico e lasers além de terem mísseis balísticos em muito maior número. O povo americano iria reagir como não reagiu no Iraque e Afeganistão. E principalmente os caras q mandam no mundo não desejam essa guerra . Porque ninguém tem ideia de como iria acabar! Então acho por… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

Nesse momento os satélites espiões de todo mundo estão a procura desses mísseis, assim taiwan vai saber onde lançar seus mísseis de cruzeiro.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Taiwan irá fazer um ataque preventivo? Isso é apenas jogo de cena, não é o momento para a China tentar algo…

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  RPiletti
1 mês atrás

Taiwan não faria um ataque preventiva mas em questão de minutos devolveria o ataque Chinês, destruindo o local de lançamentos desses mísseis.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

São lançadores móveis, 5 minutos é suficiente para atirar e zarpar. Taiwan iria revidar o ataque num lugar vazio?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Pois se se movessem, Taiwan atacaria Shezen e sua fábricas, pontes e etc. revidar o ataque seria a coisa mais fácil do mundo.

AMV
AMV
1 mês atrás

Acredito que seja muito fácil ganhar uma gerra contra a china… Cortar 20% do abastecimento mundial de comida pra eles… quando a fome bater, eles recuam!

Up The Irons
Up The Irons
Reply to  AMV
1 mês atrás

Se cortar o petróleo e a comida, eles param em pouco tempo!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

E só cortarem petróleo e comida dos chineses, eles vão buscar onde estiver.
Simples assim.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Duvido muito que cortar o petróleo dê resultado,a china é abastecida pelos russos que tem um contrato de 20 anos para suprir a demanda chinesa,tanto de gás como petróleo.
comment image
comment image

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcTcsoFPC5pXcZvYnHpZChboZNcPTk6ckYvLtQ&usqp=CAU
comment image

Tentar algo contra tais linhas de abastecimento seria até pior,poderia chamar os russos para uma briga que não era dela.

.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Acho que um dia isso será da China… para que pagar para os Russos? Está do ladinho da China…

André Amorim Mondelo
André Amorim Mondelo
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Ricardo, então ficou fácil pra China, ai a Russia paga a conta, alguns Topol-M devem ser suficientes.

paulinho
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Não, o Brasil depende mais do mercado chinês. Mais de 28% dos produtos brasileiros são exportados para a China. O Brasil exportou US $ 65,389 bilhões em produtos para a China no ano passado. O Brasil comprou apenas US $ 35,881 bilhões de produtos chineses. O Brasil tem um superávit comercial com a China de US $ 29,508 bilhões. O Brasil exportou US $ 29,556 bilhões em produtos para os Estados Unidos. Os Estados Unidos compraram 30,086 bilhões de dólares em produtos do Brasil. As exportações do Brasil para os Estados Unidos representam menos da metade de suas exportações para… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  paulinho
1 mês atrás

A grande questão economica da China não é o que comercializa com o Brasil, mas sim o que comercializa com a Europa e com os EUA. Em um conflito esse fluxo de negócios acaba, e não existe mercado para se alocar a produção excedente chinesa, nem mercado interno para consumi-la além dos bloqueios que teriam de gêneros de primeira necessidade como alimentos de maneira geral. Não menosprezo os chineses, eles sabem disso, por isso é que acho que nada irá acontecer. A interligação econômica do Mundo é bem mais sofisticada do que a encontrada em 1938 e movimentos de anexação… Read more »

paulinho
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

A China é a segunda maior economia do mundo. Em 2019, o volume de comércio de importação e exportação da China foi de US $ 4,58 trilhões. A China exportou 2,43 trilhões de dólares americanos de produtos para países ao redor do mundo. A China comprou 2,15 trilhões de dólares americanos em produtos de todo o mundo. A China é o maior parceiro comercial de 128 países e regiões do mundo. A taxa de crescimento econômico da China é de 6,1. A China é o motor do crescimento econômico mundial. A contribuição da China para o crescimento econômico mundial é… Read more »

RPiletti
RPiletti
Reply to  AMV
1 mês atrás

E por qual motivo pararíamos nossas exportações para eles? O grande irmão do norte invadiu meio mundo e nós continuamos tendo eles como os mocinhos do planeta…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  RPiletti
1 mês atrás

Em um conflito o trafego naval seria bloqueado. Em um conflito (imagine uma agressão da China contra a pobre Taiwan) as represálias econômicas seriam massivas contra a China e certamente não estaríamos apoiando uma agressão Chinesa contra uma pequena Ilha, acho que isso chega a ser uma obviedade.

Agressor's
Agressor's
Reply to  AMV
1 mês atrás

E se eles cortarem o fornecimento de terras raras para o ocidente?! A China é a maior produtora onde alimenta, sozinha, 97% do mercado mundial.

sub urbano
sub urbano
Reply to  AMV
1 mês atrás

Aí a China teria duas opções:

1- ficar paradinha enquanto suas linhas de suprimento fossem estranguladas e pedir desculpas a Bolsonaro pela insolência.

ou

2- botar seu mastodôntico aparato militar e o maior parque industrial do mundo em ação para assegurar essas linhas de suprimento invadindo Brasil, Africa, Asia Central e o diabo instalando regimes fantoches através dos partidos de esquerda locais.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

A segunda opção chega a ser muito engraçada. Invadir e dominar um Pais de 200.000.000 de habitantes não é tão fácil assim. Mesmo o mastodôntico parque Industrial Chines não é capaz de sustentar uma linha de suprimentos de mais de 20.000 km para abastecer os valorosos soldados de Pequim a estabelecer suas cabeças de ponte em Praias Tupiniquins. Chega a ser surreal essa ideia. Só o “PCC” e o “Comando Vermelho” já vão dar uma canseira danada para os Chinas, ou Você acha que ficaram de bobeira a ver os Chinas a acabar com essa bandalheira… (ok, esse ultimo paragrafo… Read more »

João Vitor
João Vitor
Reply to  AMV
1 mês atrás

Cortar o abastecimento de comida pra eles é deixar de receber o pagamento pela dita comida né não? Como o mundo vai se sustentar também? O Brasil que o diga aliás.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

nos faremos fotossíntese,

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

Isso é Guerra, cada um com suas armas, fome também mata, principalmente se o cidadão precisa diariamente engolir alguma coisa para viver.

Você acredita piamente que os Chinas continuaram a receber os suprimentos normalmente???

Também não me iludo que o “mercado negro” atua fortemente nesses momentos… mas haja mercado negro para alimentar 1.400.000.000 de almas com três refeições diárias (as contas na China são bem engraçadas, diariamente – em teoria é claro – são servidas 4.2 Bilhões de refeições, haja grilo e gafanhotos para alimentar esse mundaréu de gente).

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  AMV
1 mês atrás

No momento que países que dependem das compras Chinesas sentirem a falta da grana doer, a China não fica mais parada, entre esses países o Brasil.

paulinho
Reply to  AMV
1 mês atrás

kkk, a China depende do Brasil para alimentação? A produção de grãos da China em 2019 foi de 660 milhões de toneladas. A produção de grãos dos EUA é de 440 milhões de toneladas. A produção de grãos da Índia é de 310 milhões de toneladas. A China é o país com maior produção de grãos. A China não precisa comprar arroz e trigo. 6,6 toneladas de alimentos são suficientes para 1,4 bilhão de pessoas. A China compra soja dos Estados Unidos, Brasil e Argentina para fazer ração animal. A soja é usada principalmente para alimentar os porcos. Os chineses… Read more »

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  paulinho
1 mês atrás

Gostei do ultimo paragrafo – “Os Chineses tem medo de comer alimentos geneticamente modificados.”

Não conta para ninguém, mas esses Chinas só não comem pedra pois quebra os dentes.

paulinho
Reply to  AMV
1 mês atrás

Os brasileiros são arrogantes e ignorantes. O Brasil pode exportar soja e milho para a China para alimentar 1,4 bilhão de chineses? A China tem comida suficiente. A China não precisa comprar alimentos. A China é o maior país agrícola do mundo. A produção de carne suína da China em 2019 foi de 54,04 milhões de toneladas. A produção de frango, pato e ganso é de 22,39 milhões de toneladas. A produção de carne bovina foi de 7,86 milhões de toneladas e a de carneiro 5,88 milhões de toneladas. A produção de ovos é de 33,09 milhões de toneladas. A… Read more »

Comodoro X
Reply to  paulinho
1 mês atrás

Um dos raros comentários que a gente ver de pessoa que realmente está a par das informações e não de muitos por aí que se informam através de fake news e que acham que conhecem o mundo.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  paulinho
1 mês atrás

Eles compram comida a toa?? Nunca vi Chines não fazer “negocios da China”. Para gerar 90 milhões de toneladas de proteína animal (sempre em confinamento e alta produtividade) devem ser necessárias algumas centenas de minhões de toneladas de grãos… isso não está computado em seu arrazoado numérico (são nessas horas que podemos notar traços de fundamentos econômicos recheados de sofismas). Não menosprezo os Chineses, e muito menos menosprezo a capacidade de raciocínio do resto da humanidade. Claro que a China não morreria de fome se deixássemos de exportar grãos e proteína para Eles, mas no caso de um conflito ocasionado… Read more »

Zézinho
Zézinho
1 mês atrás

Estão entrando em linha?

Renan
Renan
1 mês atrás

Meu Deus, parece o inferno ver todos os equipamentos militares da China apontado para uma ilha, aí vem o número de soldados chinês tá louco não parece ter como frear o dragão.
Que inveja do df17

César
César
1 mês atrás

A China representa hoje para o mundo a ameaça que o Japão foi na segunda guerra, a Rússia a ameaça que a Alemanha foi, e o socialismos a ameaça que o nazismo foi. Dois países expansionistas é que não respeitam os direitos humanos. Seus movimentos são bem parecidos com o que anteveio a segunda guerra…. não vamos esquecer da Rússia na Crimeia e na Ucrânia. E o socialismo e um regime autoritário e totalitário, assim como o máximos… na verdade o socialismo e o comunismo reinventado. Eles tem ao seu favor a imagem e o nome de que buscam o… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
1 mês atrás

Eita! Vocês já viram que umas ilhotas da Taiwan estão a alguns metros da China continental? Mas vamos lá. Taiwan tem um acordo de proteção assinado com os EUA, se houver alguma coisa e os americanos não ajudar, todas as outras nações amigas saberão que também estarão sozinhos em caso de agressão (castelo de cartas). E o que aconteceria se os chineses realiza-se uma invasão relâmpago e dominasse Taiwan? Já pensaram que eles possuem muita coisa de armamento americano sensível que os chineses adorariam de por as mãos? Não somente por engenharia reversa, mas para estudos das capacidades dos equipamentos,… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

“Mas vamos lá. Taiwan tem um acordo de proteção assinado com os EUA, se houver alguma coisa e os americanos não ajudar, todas as outras nações amigas saberão que também estarão sozinhos em caso de agressão (castelo de cartas)”. Duvido muito que nosso grande irmão do norte vá arriscar sua pele pelos taiwaneses. não o fizeram pelos Ucranianos(donbass,lugansk e Crimea) e nem pelos Georgianos(Abkhazia e Ossétia do Sul) em 2008. Pode rugir,criar sanções e outras firulas,mas do que isso,duvido…Criaram as sanções contra Moscou,que tanto foram ruins como benéficas. mas apesar de tudo,não foi um golpe avassalador. “E o que aconteceria se os… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Olá Adriano, a questão de equipamento militar é muito sensível. A historia conta vários episódios em que os americanos tiveram pose de mig’s e assim puderam criar doutrina para os combater. O caso mais recente é a Turquia com o sistema russo e aviões F35 que não foram entregues. Os chineses adorariam esses equipamentos para criar doutrina e contra medidas aos mesmos. Abraço.

naval762
naval762
1 mês atrás

Que rufem os tambores!

Diniz
Diniz
1 mês atrás

Não entendi como até agora Taiwan e USA não usaram a mesma tática que os USA usaram em Israel, uma nação minúscula cercada por centenas de milhões de árabes: arrumar de algum jeito algumas dezenas de nukes para os Taiwaneses daquele jeito… eles não confirmam e não negam que têm. Prontinho, acabou essa história de invasão PRA SEMPRE. Destruição Mútua Garantida é PAZ, quer queiram ou não. Vai ter muita cara feia e ameaça, mas guerra não vai.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Diniz
1 mês atrás

URSS tentou em Cuba, não deu muito certo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  RPiletti
1 mês atrás

Devemos considerar que a condição para a URSS retirar os mísseis de Cuba foi os EUA retirarem seus mísseis da Turquia.
Fato plenamente atendido.

Alexandre
Alexandre
Reply to  RPiletti
1 mês atrás

Tudo que a urss quis ela conseguiu na crise dos mísseis em Cuba.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Diniz
1 mês atrás

Crise dos Mísseis 2.0… a temperatura iria esquentar meu garoto hehe

João Vitor
João Vitor
Reply to  Diniz
1 mês atrás

Imagina os EUA chegando com umas bombas atômicas praticamente dentro do território chinês… é cataclisma nuclear na hora meu querido….tu é doido…. kkkkk

OSEIAS
OSEIAS
1 mês atrás

Deveríamos ter esse conceito desenvolvido aqui. Proteger nosso litoral com uma quantidade absurda de mísseis terra-mar hipersônico para negar o uso do mar e proteger nossos portos. Inimigo nenhum pode por os pés em nosso solo, porque se isso acontecer, já era. Mansup está ai para ser implementado e desenvolvido, criar família.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Se tivéssemos o mansup nessa função já seria bom demais , se tivéssemos o mansup e um drone para guiar até a frota inimiga seria bom demais, se evoluísimos o mansup para plataforma stealth seria incrível. se colocássemos a tecnologia do 14-X em mísseil hipersônico junto de um mansup stealth seria mais que incrível.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Basta os submarinos e um bom punhado de caças (bem mais do que o lote atual de Gripens). Quem iria cruzar o Atlantico Sul para nos encher o saco?

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Guerra?___ Não acredito, pelo menos em 2020.__ Muita polêmica.__ É hilário.___ Taiwan soltando informações asustadoras para ver o que consegue dos E.E.U.U. e ajudar a reeleição do racista maluco.

Last edited 1 mês atrás by Kemen
M.@.K
M.@.K
Reply to  Kemen
1 mês atrás

se for por esta lógica, então é mais fácil a China e não Taiwan estar ajudando na reeleição.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Kemen
1 mês atrás

racista maluco?

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Parar de abastecer os chineses com exportações seria estupidez, afinal lucra-se na paz e na guerra… Os eua por exemplo foi um dos países que mais lucraram com a primeira guerra ,tiveram grande desenvolvimento em sua indústria e participação na recuperação da economia européia. as nações europeias necessitavam de enormes quantidades de alimentos e armas para o conflito. Mesmo que permanecendo neutro, por uma questão de interesse e afinidade, o governo norte-americano exportava seus produtos apenas às nações integrantes da Tríplice Entente. Washington concedeu empréstimo de recursos financeiros para a guerra na Europa. Até esse momento, o conflito se transformava… Read more »

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

É… A China vai anexar muito mais cedo que eu pensava Taiwan… Volto a dizer se a China o fizer, Taiwan tem deixar caro a conta dessa invasão… Ou então aceita ser anexado pacificamente e acaba logo com essa onda. Eu se fosse Taiwanês prefefiria a primeira opção!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

Impossível anexar uma nação se o povo invadido não o quiser. Os EUA apenas conseguiram derrotar o Japão depois de incinerar duas cidades e ameaçar o Governo Japonês que iriam efetivamente matar todos os cidadãos japoneses. Se não for assim vira Vietnam (França e EUA), Afeganistão (Russia e EUA) e Síria (URSS). Mesmo no Iraque onde a população queria ver o Saddam a 7 palmos de terra a confusão continua até hoje. A China não teria paz em Taiwan. Citei apenas 3 conflitos onde Super Potencias lutaram bravamente, ganhando quase todas as batalhas… mas perdendo a guerra no final.

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás

Eu não gostaria de ver mais uma guerra, porque muitos morrerão, mas acredito que a paciência chinesa chegou ao fim. Taiwan é uma grande pedra no sapato chinês, uma desmoralização de fato. Veja que, se a china não é capaz de retomar uma ilhota a 200km de sua costa, certamente não é capaz de mais nada. Sem contar que a retomada dessa ilha vai restabelecer uma grande área de navegação para china, que hoje está um pouco contida em função dos limites navais de Taiwan. Por outro lado, uma retomada rápida e com grande demonstração de força militar, com o… Read more »

Bispo
Bispo
30 dias atrás

E se ….a China invadir Taiwan ….os EUA socorrem ? …SÉRIAS dúvidas!