sábado, fevereiro 27, 2021

Saab Naval

Leonardo e LACROIX firmam acordo de cooperação no setor de contramedidas navais

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

  • O acordo fará com que os parceiros integrem as contramedidas anti-torpedo MJTE da Leonardo com o Sistema de Lançamento de Decoy SYLENA MK2 da LACROIX
  • O SYLENA MK2, que é capaz de lançar uma variedade de contramedidas para proteger navios de OPV até grandes fragatas, permite a expansão do mercado MJTE a fim de alcançar embarcações de pequeno e médio porte.

Roma, 17 de novembro de 2020 — Leonardo e LACROIX firmaram um acordo estratégico estabelecendo uma parceria para o desenvolvimento e integração de soluções no setor de contramedidas navais. O acordo, que estimula a colaboração tecnológica e a busca por novas oportunidades de negócios, inicialmente prevê a criação do SYLENA MK2 / MJTE, uma solução que integra o sistema de lançamento de despistadores de mísseis SYLENA MK2 DLS da LACROIX com as medidas antitorpedo MJTE (Emulador de interferência de alvo) da Leonardo.

O MJTE é uma solução de interferência de torpedos de última geração da Leonardo, capaz de imitar a assinatura e acústica de sua plataforma hospedeira e emitir um poderoso sinal de interferência, criando assim um convicente alvo falso que permite que a embarcação alvo realize uma manobra evasiva. Comparada a outras soluções do mercado, o novo MJTE reúne uma série de técnicas de proteção em uma unidade de baixo custo e tem um desempenho eficaz em curto alcance.

O MJTE faz parte do novo conjunto anti-torpedo de Leonardo, que inclui o sonar Black Snake rebocado, o novo OTO Decoy Launching System 20 (ODLS20) e o pacote de software da empresa que calcula o tempo de liberação ideal para contramedidas e rotas de fuga para a embarcação hospedeira.

O acordo de cooperação entre a Leonardo e a LACROIX irá expandir o mercado disponível tanto para a contramedida MJTE quanto para o sistema de lançamento SYLENA MK2. O formato compacto e leve do SYLENA MK2 torna-o adequado para embarcações de pequeno e médio porte, expandindo a base de usuários em potencial para o MJTE. Enquanto isso, os novos recursos de ponta trazidos pelo MJTE irão potencializar o uso do sistema do SYLENA MK2.

Andrea Padella, Head de Sistemas de Defesa, Leonardo Eletronics afirma: “Este acordo reafirma a habilidade da Leonardo de interpretar, responder e até mesmo de antecipar as necessidades do mercado. Existe uma clara sinergia nessa parceria com a LACROIX, haja vista que juntos podemos oferecer uma solução de contramedida anti-submarino sofisticada, mesmo para plataformas de espaço limitado. Isso requer um sistema de lançamento compacto e leve que pode simultaneamente oferecer capacidades de guerra anti-aérea e anti-submarino”.

A Leonardo está comprometida com a proteção das pessoas e das comunidades ao redor do mundo, se posicionando na vanguarda do desenvolvimento de tecnologias de última geração. A colaboração com a indústria, governos e indíviduos a fim de oferecer capacidade de segurança superiores faz parte do seu plano estratégico ‘Be Tomorrow- Leonardo 2030’.

François MOULINIER, COO da LACROIX Defense disse: “Seguindo o trabalho que empreendemos juntamente com a Leonardo, visando integrar o SYLENA em seu sistema de gerenciamento de combate Athena-C, como parte de contratos em andamento, esta colaboração é um passo natural para o desenvolvimento de soluções conjuntas. Leonardo é um grande player na Base de Defesa Tecnológica e Industrial Europeia (BITD), sendo que esta parceria prova a maturidade de nossas soluções e a modularidade e versatilidade de nossa linha de sistemas.”

Atendendo a um pedido de seus clientes, desde 2012 a LACROIX desenvolve uma gama de sistemas de lançamento de decoy (DLS) de última geração que protegem e aumentam consideravelmente a taxa de sobrevivência de uma embarcação. Desde barcos de patrulha que operam o SYLENA® Lightweight até destruidores que operam o SYLENA® MK1 e MK2 . Os lançadores SYLENA® são capazes de empregar a última geração de munições SEACLAD®, refletores de canto e decoys IR, bem como soluções ASW com o SEALAT dedicado ao SYLENA® MK2.

O SYLENA® MK2 DLS, primeiro sistema anti-míssil estático “em serviço” do mundo operando tanto refletores de canto (SEALEM) e contramedidas anti-torpedos, maximiza a proteção de embarcações com um sistema de alta confiabilidade a um baixo custo operacional.

Já o lançador estático SYLENA® DLS já conveceu inúmeras marinhas a reformar ou equipar seus navios, levando em consideração que ao disparar apenas morteiros sem quaisquer restrições pneumáticas, assim como ocupar pouco espaço no convés e possuir uma baixa força de recuo, permite custos de aquisição e integração limitados.

Sobre a LEONARDO

Leonardo, uma empresa global de alta tecnologia, está entre os dez maiores players mundiais em Aeroespacial, Defesa e Segurança e é a principal empresa industrial da Itália. Organizado em cinco divisões de negócios, Leonardo tem uma presença industrial significativa na Itália, Reino Unido, Polônia e Estados Unidos, onde também opera por meio de subsidiárias como Leonardo DRS (eletrônica de defesa), e joint ventures e parcerias: ATR, MBDA, Telespazio, Thales Alenia Space e Avio. Leonardo compete nos mercados internacionais mais importantes alavancando suas áreas de liderança tecnológica e de produto (Helicópteros, Aeronaves, Aeroestruturas, Eletrônica, Segurança Cibernética e Espaço). Listado na Bolsa de Valores de Milão (LDO), em 2019, Leonardo registrou receitas consolidadas de € 13,8 bilhões e investiu € 1,5 bilhão em Pesquisa e Desenvolvimento. O Grupo faz parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) desde 2010 e tornou-se líder da indústria do setor Aeroespacial e Defesa do DJSI em 2019.

Sobre a Defesa LACROIX

LACROIX Defense, empresa do Grupo francês Etienne Lacroix, há mais de 50 anos se especializou na concepção e fabricação de sistemas pirotécnicos de autoproteção e soluções de treinamento no domínio aeronáutico, terrestre e naval. Desde os anos 80, a empresa é o principal fornecedor de iscas das Forças Armadas francesas e tem clientes em todo o mundo. Mais de 150 navios foram equipados em todo o mundo com sua munição.

Nos últimos 15 anos, Lacroix introduziu uma nova geração de iscas e sistemas para derrotar as ameaças de radar, infravermelho e guiadas pela TV. As soluções SEACLAD® da LACROIX protegem atualmente mais de cinquenta plataformas com mais de 10.000 munições entregues.

O sucesso é devido à eficácia aprimorada do efeito chamariz, implantando Refletores de Canto que fornecem credibilidade de RF avançada combinada a uma tecnologia IR específica com características morfológicas e espectrais com uma munição adicional dedicada.

DIVULGAÇÃO: Leonardo / Approach Comunicação

- Advertisement -

2 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo

As Tamadarés vão ter algum sitema deste tipo?

angelo

Qual sistema os amigos acham melhor esse ou o Centurion da Type45

Chemring – Centurion Multi-Purpose Launcher Mounted On Type 45 Destroyer Combat Simulation [720p]

- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

O afundamento da fragata INS Khukri pelo submarino PNS Hangor na Guerra Indo-Paquistanesa de 1971

Conheça a história do primeiro afundamento de navio de guerra por um submarino após a Segunda Guerra Mundial A fragata...
- Advertisement -
- Advertisement -