sábado, fevereiro 27, 2021

Saab Naval

Míssil SM-3 Block IIA intercepta ICBM pela primeira vez

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Um míssil SM-3 Block IIA, co-desenvolvido pela Raytheon Missiles & Defense e Mitsubishi Heavy Industries, fez com sucesso sua primeira interceptação de um míssil balístico intercontinental (ICBM) fora da atmosfera da Terra em um teste histórico da Agência de Defesa de Mísseis (MDA), anunciaram as empresas em 17 de novembro.

“Este teste inédito mostra que nossa nação tem uma opção viável para uma nova camada de defesa contra ameaças de longo alcance”, comentou Bryan Rosselli, vice-presidente de Defesa Contra Mísseis Estratégicos da Raytheon Missiles & Defense.

O família SM-3 de interceptores executou mais interceptações exo-atmosféricas do que todos os outros mísseis combinados, e é a única arma de seu tipo implantada tanto no mar como em terra.

Os sensores da Raytheon Intelligence & Space também fizeram parte do teste histórico da órbita terrestre baixa, detectando e rastreando o alvo e transmitindo os dados aos tomadores de decisão em uma demonstração de alerta antecipado baseado no espaço.

- Advertisement -

96 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
96 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
filipe

Acabaram por tornar o sistema ABM de Ronald Regan possível, 40 anos depois, Rússia + China + Coreia do Norte devem estar com pavor dessa capacidade Americana, é uma capacidade sem precedentes, o Sistema ABM está activo, os EUA estão a frente novamente na corrida de armas estratégicas, agora têm que acelerar as armas laser e os mísseis hipersônicos.

Allan Lemos

Eu não iria tão longe. A Rússia tem os igualmente espetaculares A-135 e A-235, que protegem Moscou e possuem a mesma capacidade dos SM-3. Além de também possuir o Status-6, o torpedo de propulsão e ogiva nuclear. Acho que sempre irá existir uma paridade entre EUA e Rússia quanto as armas estratégicas dessa natureza.

Teropode

Perai , estamos falando de interceptação no espaço de ICBM , não misture as coisas para diminuir o mérito dos Americanos , aliás a Força espacial americana terá ótimas ferramentas .

Allan Lemos

É impressionante a tamanha dificuldade de interpretação do brasileiro médio. Não sei se isso é fruto da não aceitação de opiniões divergentes, ou da má qualidade da educação de base. Colega, onde exatamente eu tentei diminuir o mérito dos americanos? Apenas constatei que, na minha opinião, é exagerado afirmar que os EUA estão à frente da Rússia quando se trata de armas anti-balísticas já que estes também possuem sistemas capazes de destruir satélites e ICBMs a altíssimas altitudes, tais como o A-135, o A-235 e também futuramente o S-500 Prometheus. Usei o Status-6 como um exemplo de arma sem uma… Read more »

Teropode

Tá jenio entendi , mas para explicar isto vc fez contorcionismo , falou em leviatã , beemoot e outras coisas , só critiquei a pressa em neutralizar está conquista americana , se russos fazem isto a séculos bom pra eles , e por favor este papo de brasileiro médio soa arrogância e arrogância é uma grande falha de caráter .

Antoniokings

O S-400 já tem a capacidade anti-balística.
O S-500 já é um passo adiante.

Allan Lemos

Exato. Ambos os sistemas são suplementares. O S-500 substituirá o A-135(junto com o A-235) e sendo mais comparável ao THAAD. O S-400 continuará sendo usado para conter ameaças mais convencionais.

Na área de defesa anti-balística, os russos não devem absolutamente nada aos americanos, talvez estejam até na frente, a depender do quão confiável é o GBI, mas não acho que tenha o mesmo nível de integração com outros sistemas, como os russos têm.

Carlos Campos

o bom do S400 é que ele é uma mistura de THAAD com Patriot PAC 3

Bosco

Carlos,
O S400, apesar de ter desempenho superior, é assemelhado ao sistema Patriot. Ele não tem nenhum interceptador comparável ao THAAD, capaz de interceptação exoatmosférica.
O S500 sim , parece que será uma combinação de THAAD com o SM-3.

Bosco

Allan, Os russos estão um passo atrás dos americanos no tocante à tecnologia antibalística e isso é perfeitamente natural e compreensível. Os americanos se retiraram em 2002 do tratado de limitação de mísseis antibalísticos que vigorava há cerca de 30 anos e desde então têm se esforçado em encontrar soluções para a defesa contra mísseis balísticos de todas as classes. É tão normal quanto os russos estarem a frente no quesito mísseis antinavios tendo em vista a US Navy ser constituída basicamente de superporta-aviões. Cada um sabe onde o calo aperta. Os russos só agora, com o S500, terão um… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Bosco
Silas

Vai fazer campanha pro boulos!

VINICIUS MOMESSO

O Teste do A-235 foi realizado em junho do ano passado e foi bem sucedido, segundo o Ministro De Defesa russo.

Allan Lemos

São comparáveis no sentido que ambos têm o mesmo propósito, embora utilizem meios distintos para alcança-lo. Se um é melhor do que o outro ou o outro é melhor do que o um é algo puramente especulativo.

E como o colega Vinícius Momesso mencionou, o A-235 já foi testado com sucesso, segundo o Ministério da Defesa russo. Há vídeos do teste no Youtube.

Carlos Campos

eita caramba, não sabia que o A135 usava uma bomba atômica para derrubar o alvo, mas os efeitos danosos de PEM seriam terríveis também.

Cristiano de Aquino Campos

Exato, sem falar que os próprios ICBM evoluiram, justamente visando esse tipo de defesa. O SM-3 não muda nada para Russia e China. Já no caso de potências nucleares mais atrasadas como Coreia do Norte, Iran, India e Paquistão a coisa já muda.

Andre

Em matéria de armas defensivas, talvez a Russia esteja um pouco a frente dos EUA, mas em questão de projeção de poder, eles ainda dependem muitos dos velhos ICBMs soviéticos. Uma defesa eficiente contra essa ameaça, reduz muito a capacidade dos russos atacarem o território continental americano.

Allan Lemos

A força de mísseis da Rússia é mais moderna do que a dos EUA. Os Minuteman são do começo dos anos 70, até o Trump reclamava disso.

Andre

Exatamente oq eu disse. Se os EUA tiverem uma forma eficiente de defesa contra essa força da época da urss, uma parcela significativa da capacidade de ataque da Rússia sobre os EUA continental será afetada, enquanto os EUA tem diversas outras formas de atingir Moscou.

Allan Lemos

Você não tá entendendo. Os ICBM russos são mais modernos do que os americanos, por isso teoricamente têm mais capacidade de penetrar as defesas americanas do que os ICBMs americanos têm de penetrar as defesas russas. O próprio Trump demonstrou preocupação com esse fato.

A Rússia tem uma tríade estratégica tão eficiente quanto a dos EUA.

Andre

Quem não entendeu foi você. A matéria trata de uma nova defesa anti ICBM apresentada pelo EUA. Eu concordo que os velhos ICBMs soviéticos são um pouco mais avançados que os americanos, e, a parte que você não entendeu, se os EUA puderem se defender efetivamente dessa ameaça, a capacidade da Russia atacar o EUA continental fica muito reduzida. A tríade nuclear russa depende muito mais dos ICBMs do que a americana, já que bombardeiros russos teriam que ou passar pela Europa ocidental, ou pelo Canada, ou pelo Pacífico, ou dar uma volta enorme. Os bombardeiros americanos teriam céus abertos… Read more »

Bosco

Allan, Onde reside essa maior capacidade dos mísseis russos de penetrar as defesas americanas? “O próprio Trump demonstrou preocupação com esse fato.” É esse o “trabalho” dele. Se preocupar com as ameaças que pairam sobre seu país. Antes de você responder já lhe informo que não há um sistema ABM americano voltado a defender os EUA continental de um ataque maciço de ogivas MIRVs russos. Então , o fato desses “veículos” serem lançados por mísseis modernos ou antiquados, pouca diferença faz, já que o que conta é a quantidade. Se visto isoladamente, a capacidade de um ICBM conseguir “entregar” sua… Read more »

Bosco

O que muda quando da adoção de RVs ou HGVs por parte de ICBMs é que o foco da interceptação das RVs se dá no espaço, na fase intermediária, com interceptadores exoatmosféricos. No caso os americanos usariam mísseis SM-3 e GBI e no futuro até o THAAD Block 2 , ora em desenvolvimento.
No caso da generalização dos HGVs, o foco será a interceptação endoatmosférica (não podia ser diferente rsssss) e interceptadores como o THAAD, o PAC-3 MSE e SM-6 deverão ser os ativos principais.

Bosco

Os Minuteman são atemporais. Independente de serem da década de 70 ainda são armas extremamente letais. Recentemente foram testados com MIRVs, que deixaram de usar há 15 anos. Parece que em não havendo a celebração da revisão do START os americanos irão reintroduzir MIRVs em “alguns” Minutemans. Quanto à disponibilidade e confiabilidade deles são no mínimo semelhantes ao dos novos mísseis russos vetores de MIRVs. E vale salientar que o grande dissuasor americano está longe de ser os “velhos” Minutemans, sendo sim os SLBMs Tridents II. *Em relação a “modernidade” de mísseis nucleares, tanto faz alguém morrer baleado por um… Read more »

Pablo Maroka

Chorei de emoção aqui.

Antoniokings

Estou vendo o ‘medo’ que Putin está demonstrando com essa notícia.

Flanker

Comentário tão profundo quanto seu conhecimento sobre qualquer tipo de sistema de defesa, ou seja, mais ou menos 1 mm de profundidade…..quando não tem o que falar, usa tática de menino de 5a série……

Andre

Você viu o vídeo que onde o Putin elogia o Bolsonaro e diz que ele “expressou as melhores qualidades masculinas” em seu discurso na cúpula dos Brics?

Carlos Campos

Sim por isso a Rússia está testando o Avangard, que faria manobras em velocidades hipersônicas que impossibilitaria o cálcula da trajetória balística, a China a mesma coisa, testando um sistema parecido, a CN eu não sei de nada, mas mesmo, ver um ICBM vido na tua direção deve dar dor de cabeça ou evacuação espontânea kkkkkkk

Fabio Araujo

Sem dúvida um aumento na capacidade de defesa, navios equipados com esses sistemas espalhados pelo mundo podem fazer a diferença!

Nostra

India will also deploy her 2nd generation ABM interceptors both in land and sea in the next 5-6 years.

1st generation ABM
Endo atmospheric interceptor – AAD
Exo atmospheric interceptor – PDV
Currently being deployed , land based.

2nd generation ABM
Endo atmospheric interceptor – AD1
Exo atmospheric interceptor – AD2
currently being developed , both land and sea based.

Last edited 3 meses atrás by Nostra
filipe

A Índia é comédia, quer correr com os Grandes (EUA+ Rússia +China), se a Índia faz o Brasil também pode fazer, nessa corrida estamos ao lado com os Indianos, basta o Brasil ratificar o TPN , avançar o SBNR e ter um programa espacial (no intuito de desenvolver ICBM ou SLBM).

Victor Filipe

Sinceramente. Brasil precisa comer muito arroz com feijão pra se quer chegar perto das capacidades militares indianas.

Teropode

O cara tá envenenado pelo ódio e pelo equívoco .

Nostra

Don’t understand what you are trying to say , Google translate is saying weird translation.

Dario

Don’t bother. Dismiss him with contempt.

Teropode

Don’t worry ,he’s a frustrated guy , Sorry 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Last edited 3 meses atrás by Teropode
Diogo de Araujo

Even we brazilians didn’t understand what he said. But he doubts India’s capabilities, that your country is unable to reach developed nations in therms of technology (like Russia, China and US), and what is worse, he says that Brazil can develop military technology at the same level of India, which lead us to the conclusion that he must be a teenager or something like that, whose imagination is beyond reality.

Nostra

Maybe a kid Technology is nobodies ancestral property . Where was china 30 years back ? They stole , copied their way to their current position . Any country with the will power , resources can and will out do even their so called peers in technology. And in my opinion , in defence sector Brazil has her strong points , as India has her strong points. I will prefer Brazil getting more stronger militarily inorder to safeguard the collective interests of the southern americanas as well as against any possible hegemony by emerging powers. A big conflict is in… Read more »

Kemen

He write…

“Sincerely. Brazil needs to eat much rice with bean (the brazilian people usualy eat rice and beans) for it wants to approach near to the military Indian capacities.”

Kemen

El escribió…

“Con sinceridad, el Brasil necesita comer mucho arroz y judias (a los brasileños les gusta mucho arroz con judias) para acercarse a las capacidades militares que tiene India.”

Last edited 3 meses atrás by Kemen
Kemen

In what indian city was you born Nostra?

Last edited 3 meses atrás by Kemen
Nostra

I was born in a small town

rui mendes

A única comédia és tu, só dizeres que a Índia e o Brasil estão equiparados em tecnologia, principalmente de defesa.

silvom

Nossa, que fácil!!?

Teropode

Felipe não passe vergonha , a Índia possui satélites em órbita de Marte , possuem domínio tecnológico na área nuclear , produzem navios , são um celeiro tecnológico na área de software . Comédia é seu país que iniciou o programa espacial 20 anos antes do que eles e ainda estamos sofrendo acidentes com foguetinhos agriculas , e pra finalizar , demostre um pouco de respeito pelo Friend Nostra , cara educado que tem nos fornecido informações interessantes sobre os programas indianos .

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

O comedia aqui é você, tentando diminuir o próprio país apelando para uma falsa percepção de realidade insinuando que o Brasil não tem as mesmas capacidades militares que a Índia tem. Sendo que o grande problema não é o ” Brasil” como nação, mas sim o problema real é a classe politica totalmente corrupta e parte dos eleitores igualmente corruptos que elegem tais políticos que impede que o Brasil seja a colossal potência militar que ele tem capacidade para ser. Evidente que no momento o Brasil não tem os mesmos equipamentos militares que a India tem, entretanto se houver vontade… Read more »

Teropode

Hummmmmm , estou batendo palmas prá vc dançar , continue !

Andre

O assunto não eram os dois países como um todo, mas sim suas industrias militares e tecnológicas, e nessas duas áreas estamos bem atras dos indianos.

Agora “se” houver vontade politica e conscientização do povo….se o Palinha faz aquele gol em 1994, se o Baggio acerta o penalti, se urubu cantasse….

Alexandre Santos

“I Love you Trump” isso resume nossa capacidade….. kkkk

Nostra

The honour is mine sir

Some people don’t realise that people interact because of a common point of interest , in this case defence matters.

Teropode

💐

Alexandre Cardoso

kjk

Last edited 3 meses atrás by Alexandre Cardoso
Carlos Campos

kkkkkkkkk o Brasil tem potencial para estar ao lado dos grandes, masi ainda precisa se sacrificar para chegar lá, a índia sofreu pressão para desistir de suar armas nucleares, hoje fabricam um caça local de quarta geração, o Brasil não tem essa capacidade ainda, tem um projeto de motor de alto desempenho para seu caça, quase pronto, Brasil tá longe disso, a índia já tem a Tríade nuclear, o Brasil só em sonhos tem isso, a índia já tem prototipos de radares de GaN o Brasil nem sabe o que é isso, o Brasil precisa de muito para chegar perto… Read more »

Nostra

Few people will realise the significance of what you wrote – sacrifice. Most of what was achieved came through sacrifice , national pride can unite a nation. Cray supercomputers was denied , India launched own supercomputer and very same day Cray filed for bankruptcy. Germany denied critical alloys used in missiles under US pressure , drdo developed own , Germany offered to resume supply , DRDO wrote back we are ready to supply you as much as you want. CIA killed top ISRO scientists , implicated many in false espionage cases through domestic traitors , pressured Russia not to supply… Read more »

MestreD'Avis

So… CIA pressured Russia not to provide technology and they agreed? As Russia or the KGB usually do when CIA asks them politely not to do anything right? Cray computers didn’t die… they’re owned by HP these days. One of the original companies did file for bankruptcy in the 90’s but I doubt it was because investors were scared of the new rival computers And the US “illegally” confiscated software being used in one of their own fighters?? How did that F-16 ended up being used for research by India anyway??? Listen, I understand your point but please be careful… Read more »

Nostra

Almost everything I say can be verified by multiple sources in the media , I don’t make things up. I am not in that business. Regarding rocket engines https://m.timesofindia.com/india/India-overcame-US-sanctions-to-develop-cryogenic-engine/articleshow/28449360.cms https://www.google.com/amp/s/www.latimes.com/archives/la-xpm-1992-05-14-mn-3004-story.html%3f_amp=true Regarding cray I meant cray filed for bankruptcy the day India launched its first supercomputer , which is ironic. I said nothing about dying . https://www.google.com/amp/s/www.thebetterindia.com/82076/india-first-supercomputer-param-cdac-vijay-bhatkar/amp/ https://fairgaze.com/interested-article/the-story-behind-indias-first-computer.htm https://www.washingtonpost.com/archive/business/1993/03/19/cray-deal-a-casualty-of-atomic-weapon-fears/24f11e87-effe-4a2c-8976-d3d844cb4275/ I am guessing you don’t know what a ” iron bird ” is. Google it . It is not a F16 aircraft . It is a test rig used previously to develop F16 FBW system etc. LM had entered into a agreement… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Nostra
MestreD'Avis

I’ll give you the Iron Bird thing and let’s assume that bankruptcy for Cray did nothing in the long term for their technical abilities, like you seemed to suggest. Do you understand the difference between a Senate bill for controlling the weapon exports of former USSR republics and a “CIA pressuring the Russian government”? One is clear and public going trough the international channels, the other one is not believable… In 1992, former Soviet materials were being sold left and right to the highest bidders. The risk of having Nuclear weapons on the hands of everybody was too great. US… Read more »

Nostra

I have posted the reply with evidence ( media links )

But it is showing ” awaiting for approval ”

If the forum administrators ok it , then you will see the evidence you asked for

Carlos Campos

I believe in Índia. That your country will be Strong enough to live in Peace and never more be instrument in hands of foreigners

Flanker

“… basta o Brasil ratificar o TPN , avançar o SBNR e ter um programa espacial (no intuito de desenvolver ICBM ou SLBM)….”

Só isso?! Ah, mas então é barbada….. coisa mais simples e fácil de fazer…..kkkkk

Nostra

This snapshot was taken from a drdo presentation 2 months ago regarding exo atmospheric interceptor . Indian PDV vis a vis US THAAD
comment image

Teropode

Conheci muitos hindus aqui nas cavas de extração de minério de ferro em Minas Gerais , pessoas alegres e humildes .

Nostra

You are from which part of Brazil ?

I would love to visit the Amazons someday . And eat a Piranha.

Last edited 3 meses atrás by Nostra
ScudB

Amigo Nostra!
A piranha (se falar do peixe , :)) não é a nossa melhor opção na região. Aqui os “queridos” são tambaqui, matrinxã e pirarucu. Além dos jaraqui e tucunaré , é claro.
Da piranha a gente faz caldeirada muito boa. Principalmente se pegar a piranha preta.
Um abraço!

Nostra

Regards.
I meant the fish.

If it’s in my fate I will eat them all.

Otherwise I will be like the monkey dreaming about the banana on the other side of Rio 😁

ScudB

Pode considerar o meu convite pessoal oficializado. Chegando um dia aqui Manaus – a estadia é por minha conta com direito de caldeirada , peixe assado e ate tartaruga e pato no tucupi..
Você tem um amigo aqui.
Um abraço!

Carlos Campos

Ue. Tu não é russo? Como tu sabe esses nomes típicos de peixes amazônicos?

ScudB

?

Carlos Campos

Achei q vc era russo. Sou de Manaus também. Nascido no interior do Amazonas

Kemen

Vai nessa….

Nostra

Another snapshot from same drdo presentation regarding endo atmospheric interceptor. Indian AAD vis a vis US PAC3.
comment image

filipe

Meus compatriotas não estamos tão distantes da Índia, eles compraram os nossos ERJ-145, estão construindo SBRs igual a gente, são capazes de fabricar Gripens igual a gente, eles compram mais armamento do que nós, mas não têm uma industria militar muito robusta, vimos agora a aflição da Índia para obter os Rafales da França, o Brasil só precisa de politicas mais sérias de defesa (2% do PIB destinados a Defesa e uma Industria de Defesa mais coesa), isso de dizer que temos que comer muito feijão com arroz para alcançar a Índia, eu não acredito muito… basta um pouco de… Read more »

Formiga

O problema é de base. Eles formam muito mais engenheiros por ano do que nós. Perdem para China, Rússia, Irã (isso mesmo) e EUA, mas estão muito na nossa frente. A base tecnológica (indústria, universidades, institutos de pesquisa, etc) deles hoje é melhor. Foram muito beneficiados pela mudança de centros de atendimento dos EUA/EUROPA, e até centros de pesquisa de empresas (a mão de obra qualificada é muito barata). Enquanto isso aqui estamos ladeira abaixo, sem investimento em tecnologia, seja pelo governo, seja pelas empresas. Mas vão dizer que estávamos à frente na área espacial, indústria, etc. Hoje não não… Read more »

GFC_RJ

Amigo,
Esse teu último parágrafo deveria ser pendurado em uma parede!
Concordo com tudo, elevando ao quadrado!

Abraços.

Teropode

Perfeito , completo dizendo que não temos 10% dos problemas deles , 40% do territorio deles é área desertica , os caras são sobreviventes natos .

Nostra

India has the largest number of enemies , both external and internal . This is something no other country in the world has to face.

Teropode

Infelizmente 😔.

Carlos Campos

What is internal enemy?

ScudB

Velha história : congresso esquerdo , Mirpur , Caxemira e Querala. So para começar..

sergio ribamar ferreira

Concordo nos três pontos finais com o Sr. Formiga: investimento em tecnologia, formação tecnológica robusta e educação de base de qualidade. Não temos. Somos atrasados.

Pedro

Finalmente leio algo que traduz nossa letargia no campo tecnológico. Pra sabermos onde isso começou precisamos voltar uns 20 anos ou mais.

Teropode

Vc está errado , mas é livre para delirar .

Nostra

Bro thanks for the understanding , now that I realise what Philip meant , I don’t care what he said regarding India. Anyways let me give my opinion as a Indian regarding brazilian capabilities. I have come across many Brazilians on exchange / cooperative programs. They are very sound in their subject matter. Brazilian scientific and technical papers are much sought after and held with credibility by Indian scientific community. Brazil is one of the few countries in the world which has a enviable technological and scientific base with high domestic content. Regarding brazilian defence sector , if the political… Read more »

Nostra

And from the same drdo presentation , a snapshot of future endo/exo interceptors AD1/AD2.
comment image

Kemen

Esta combinação entre o AEGIS e suas diferentes versões e os misseis apropriados a cada sistema é fantastica, tanto no mar como em terra. Acho até o presente o sistema de combate AEGIS o melhor, tem passado por seguidas atualizações nos sistemas instalados e diversas novas versões foram desenvolvidas, sucesso em vendas (aos paises amigos).

Jose Dias

EFETIVAMENTE O BRASIL PRECISA DESENVOLVER MISSEIS ! O FUTURO É HOJE !!

Carlos Campos

O Japão com certeza por produzir em parte uma das versões vai ter esse sistema em seus navios, mas a parte terrestre naufraagou, uma pena, eles sabem que precisam devido a China e a CN.

CRSOV

Mesmo com toda essa tecnologia creio que se a ogiva do ICBM iniciar a descendente e começar a fazer manobras bruscas para escapar das defesas fica muito difícil qualquer interceptação !!

Bosco

CRSOV, Depois que o veículo de reentrada (com a ogiva dentro) é liberada pelo “ônibus” (post boost) ela não tem como manobrar no espaço. Só manobra na fase terminal quando já na atmosfera se for do tipo “MaRV” (veículo de reentrada manobrável), mas isso so ocorre a cerca de 40 km de altura. O problema é que um veículo de reentrada (manobrável ou balístico puro) de um ICBM é muito veloz e por isso se privilegia a fase intermediária para a sua interceptação. Nessa fase ele ainda está no espaço e independente de ser um RV ou um MaRV ,… Read more »

Kemen

Andei lendo colocações a respeito das capacidades tecnológicas militares da nossa pátria e as capacidades tecnológicas militares da India._ Não podemos esquecer que cada pais se molda aos problemas que tem ou aos seus possíveis problemas que possa vir a ter, entendamos moldar como definição de prioridades.__ A India tem sérias ameaças externas, já entrou em guerras abertas, e embates militares são do dia a dia, por isso as suas prioridades sempre tiveram enfoque na área de defesa, importando tecnologia militar, antigamente da União Soviética, e mais recentemente do Ocidente._ Tem seus próprios desenvolvimentos nessa área.__ Ao contrario, nós não… Read more »

Dalton

Me parece que o mais fascinante nessa matéria e que talvez tenha passado despercebido por muitos por conta da “torcida” americanos x russos é que a interceptação foi feita por um navio.

Teropode

Acho que não , um colega chamou a atenção para este diferencial , a praticidade em distribuir navios com esta capacidade pelos oceanos do mundo .

MestreD'Avis

A diferença é a capacidade de atingir o missil na fase ascendente da trajectoria, mantendo o perigo longe do territorio alvos. Muito mais seguro que interceptar na trajectoria descendente quando a destruição da ogiva/ogivas pode distribuir material radioactivo sobre o seu próprio território. Fora a dificuldade técnica de ter um lançador que se move no oceano ao sabor das ondas, sem posição fixa, com uma capacidade de radar limitada em termos de tamanho e energia a atingir algo com alguns metros a essa distancia. É bastante diferente de ter um radar gigante e um centro de processamento num local fixo… Read more »

Aéreo

Sistemas ABM (de qualquer nação) são razoáveis quando se considera um ataque limitado, isto é, com o lançamento de uma pequena quantidade de armas e estas apresentam comportamento previsível (voam em trajetória balística). Os EUA, Rússia e China, se forem entrar em conflitos um contra o outro, efetuariam ataques com uma grande quantidade de ogivas e com uma diversidade de meios (misseis de cruzeiro, planadores hipersônicos, por exemplo), de modo que é altamente improvável que as desejas do oponente sejam efetivas. Em resumo. Defesas de EUA, China e Rússia são pouco efetivas se a guerra por entre eles. Porem nações… Read more »

Dalton

Verdade, mas, também não se pode descartar totalmente uma guerra limitada entre EUA e China por exemplo ou envolvendo a China e um aliado dos EUA então esse sistema eventualmente progredindo ainda mais e sendo compartilhado com nações alinhadas aos EUA pode alterar a situação exigindo investimento em contramedidas .

Alexandre Santos

Alguém sabe onde foi o lançamento do ICBM? e porque o lançamento foi durante do dia e o míssil de interpretação foi lançado a noite? demora tanto assim para percorrer a trajetória?

- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

Relembre a entrevista com um comandante de submarino da Marinha do Brasil

Há cerca de 20 anos o Poder Naval Online entrevistou, por meio do colaborador Bruno Fagundes, um comandante de...
- Advertisement -
- Advertisement -