sábado, fevereiro 27, 2021

Saab Naval

Voa o primeiro helicóptero leve não tripulado chinês para uso embarcado

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O primeiro drone leve de asas rotativas desenvolvido internamente na China fez seu voo inaugural recentemente, anunciou seu fabricante. Ele é projetado para realizar tarefas de monitoramento e identificação marítima e deve ser usado a bordo de embarcações menores, incluindo corvetas e navios da guarda costeira para missões como patrulha e busca e resgate, previram analistas.

Desenvolvido pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC), o helicóptero não tripulado AR-500B para uso embarcado fez seu voo inaugural em uma instalação de teste no condado de Poyang, província de Jiangxi, leste da China, em 27 de novembro, de acordo com um comunicado divulgado por AVIC China Helicopter Research and Development Institute no dia 2 de dezembro.

Durante o voo de teste, que durou cerca de meia hora, o AR-500B executou testes como decolagem, voo pairado, manobras e pouso.

O desenvolvimento bem-sucedido do AR-500B compensou a falta de um tipo de drone leve de asas rotativas baseado em navio na China, disse o comunicado.

Comparado com helicópteros drones maiores e mais pesados ​​transportados por navios, um mais leve pode ser implantado de forma flexível em todos os tipos de plataformas marítimas, incluindo as menores, como corvetas ou até navios civis, disse Wei Dongxu, um especialista militar baseado em Pequim, ao Global Times.

O AR-500B tem um peso máximo de decolagem de 500 quilos, uma carga útil de missão de 70 quilos, uma autonomia máxima de quatro horas, um raio operacional de 100 quilômetros e um teto de 4.000 metros. Ele pode voar a 140 quilômetros por hora e realizar missões como monitorar uma vasta área de superfície marítima e identificar alvos, de acordo com seu desenvolvedor.

O helicóptero não tripulado servirá como olhos de longo alcance para navios de guerra e também pode fornecer funções de retransmissão de comunicação e orientação, disse Wei, observando que também pode ser implantado para proteger a costa.

O drone não tem apenas aplicações militares, mas também pode ser usado para fins civis, disse Wei, observando que também pode ser usado em operações de busca e salvamento marítimo.

Para tornar o helicóptero não tripulado capaz de operar em um navio, a equipe de desenvolvimento projetou um dispositivo de assistência de pouso, um sistema de orientação de pouso e um sistema de controle automático de pouso. A embarcação também foi testada em ambientes com alta umidade, alta temperatura, mofo e névoa salina.

O AR-500B optou por usar um motor de óleo pesado e adotou projetos especiais em sistemas de combustível, estrutura, eletrônicos e aviônicos para lidar com desafios, incluindo espaço limitado no hangar em navios, condições extremas de trabalho, altos riscos na decolagem e pouso e ambientes eletromagnéticos complicados, AVIC disse.

Um modelo de um helicóptero não tripulado não identificado, que parece muito maior do que o AR-500B, foi avistado no convoo do navio de assalto anfíbio Type 075 da China em julho. A mídia especulou que o Type 075 poderia hospedar esse tipo de drone de asas rotativas.

Mockups de aeronaves de asas rotativas usadas para treinamento a bordo do novo porta-helicópteros de assalto anfíbio Type 075. A primeira à esquerda representa um drone maior que o AR-500B, mas que ainda não voou

FONTE: Global Times

- Advertisement -

17 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings

Os avanços chineses em todas as áreas são impressionantes.
Ontem li sobre os progressos no campo da computação quântica onde conseguiram vantagem considerável sobre os outros países e também a possibilidade de colocar em funcionamento um reator de fusão nuclear em poucos anos.
É realmente incrível.

Pedro Tavares Nicodemos Filho

Quanto aos avanços “chineses”, eles são calcados em ESPIONAGEM e QUEBRA DE PATENTES, em quase todas as áreas. Sim, eles podem ter feito avanços quanto à computadores quânticos sozinhos, mas provavelmente só uma coalizão de nações tem capacidade de por em funcionamento um REATOR DE FUSÃO NUCLEAR. Já li a esse respeito em outro lugar na internet. Não é algo para poucos, simplesmente não dá para fazer sozinho, e não é só em função dos altíssimos custos, mas da complexidade da coisa. Esse é o Santo Graal dos reatores nucleares, é algo muitíssimo maior do que foi o PROJETO MANHATAN,… Read more »

Rogério Loureiro Dhierio

Pedro não estou desmerecendo seu comentário más tem um novo ditado no mundo que diz: Deus criou os céus e a terra. O resto foi feito na China. Por mais que existam estudos, especialistas de áreas afins alegando isso ou aquilo da China eu, particularmente não duvido deles nada. Estão provando ser uns canalhas antiéticos roubando mesmo na cara dura projetos por mundo afora. Até aí, que se exploda o mundo. Eles estão apenas jogando como o mundo verdadeiramente é. Antiéticos e sujo. Nada de novo. Aos éticos e de boa índole, isso parece ser um absurdo quando na verdade… Read more »

Luiz Trindade

Excelente e muito ponderado comentário Rogério. Ninguém é santo e todo mundo tem seus interesses. Quem tem como pressionar os outros países à seu favor sempre o fará desde que o mundo é mundo!

Mgtow

Quanto aos avanços “chineses”, eles são calcados em ESPIONAGEM e QUEBRA DE PATENTES”
Que seja cara!
Isso não tira o mérito dos caras.
Os chineses cagam e andam pra esse blablabla.de cópia, engenharia reversa espionagem ou coisa do tipo. Os EUA por exemplo devem aos espolios dos nazistas para o seu desenvolvimento aero-espacial. Mas vc esta pronto para essa conversa? Ou vc pensa que essa raivinha da China por parte de vcs minions vai mudar alguma coisa?

Shinigami

Desenvolvido a partir de projetos japoneses comprados em 2002… quando o governo japonês proibiu a exportação deste tipo de material eles já tinham entregue mais de 10 unidades.
https://www.yamaha-motor.co.jp/ums/heli/history/

Shinigami

Para quem não conhece estes drones da Yamaha, são utilizados no Japão para pulverizar plantações desde da década de 80.
O modelo que a China comprou foi o de 2001 foi o primeiro com controle automatizado via gps.

Mgtow

Chora na cama que é lugar quente

carvalho2008

Atentar que ele foi projetado para usar oleo pesado como combustivel. Isto quer dizer que não há necessidade do barco pequeno ou grande, ter uma reseva de combustivel especial de aviação

Alex Barreto Cypriano

Mestre Carvalho, KKKK. Esses chinas são da pá virada! Os milicos ianques, hoje, dizem que será necessário recorrer a selective disclosure pra desinformar os inimigos. Coitados, a China e a imprensa já fazem isso há tempos.

PACRF

A segunda sonda chinesa chega à Lua para coleta de materiais. A china já conseguiu colocar um astronauta em órbita e traze-lo de volta à Terra com segurança. Um helicóptero não tripulado, provavelmente para utilização militar, parece um desafio relativamente simples.

Pedro Tavares Nicodemos Filho

Fazer uma aeronave de asas rotativas já é bem mais complexo do que fazer uma aeronave de asas fixas, mas por outro lado, o desenho que a Aviation Industry Corporation of China (AVIC) com o AR-500B é algo já superado nos USA, pela BOEING, que conseguiu fazer um helicóptero militar capaz de voar a 420Km/h, mas este, ainda assim, perdeu para um TILT ROTOR, ainda mais capaz, mas de custo de aquisição e operação bem mais altos. Eu penso que ganhar uma guerra a qualquer custo é uma vitória Crassa. China deu passos no sentido da confiabilidade, mas essa confiabilidade… Read more »

Welington S.

Os States não tem algo parecido/projeto nesse sentido?

Pedro Tavares Nicodemos Filho

Se custar caro demais, os USA estão dentro. O protecionismo à sua indústria de defesa, gerou esses custos absurdos. França e Russia tem tecnologia para fazer aeronaves VTOL, mas se não as implementam, não é em função da inviabilidade técnica, pois se provaram tecnicamente viáveis, mas em função da inviabilidade econômica. Os USA estão abandonando projetos muito mais avançados de helicópteros em prol de TILT ROTORS, que tem uma hangaragem mais complicada, são MUITO mais caros, e tem uma hora de voo significativamente maior. A Itália também está desenvolvendo um TILT ROTOR, mas para uso como aeronave executiva, que acredito… Read more »

Pablo Maroka

Não gosto disso!

Foxtrot

E o mundo “corre” para o futuro, enquanto o Brasil só caminha de lada igual caranguejo. Porquê não pegam um Esquilo, UH1 etc desativados ou processo de desativação, contratam a Flight tecnologias (que possue seu drone helicóptero FH200TH e sistema de navegação e controle) e aplaudindo cá isso em escala maior? Já que a Flight consegui desenvolver o sistema SNC (navegação e controle) para um helicóptero drone reduzido, o mesmo pode ser aplicado em um equipamento maior. Acho que falta aos militares nacionais , MD e governo federal pensarem fora da caixa Pois as tecnologias temos e estão todas disponíveis,… Read more »

zgtt
- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

Londres teme que submarinos russos ‘super silenciosos’ operem em águas britânicas

Segundo o The Telegraph, novos submarinos russos supostamente representam uma ameaça à segurança britânica, rastreando a frota da Grã-Bretanha,...
- Advertisement -
- Advertisement -