domingo, maio 16, 2021

Saab Naval

Fragata Defensora cumpre primeira fase para retorno ao mar

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Fragata “Defensora” (F41), navio escolta da Classe Niterói, cumpriu no dia 30 de abril, após ciclos de reparos, a primeira etapa de suas provas de mar, tendo sido verificados os sistemas de propulsão, geração de energia elétrica e governo, dentre outros.

Esse importante marco da “Deusa”, como é conhecida na Esquadra Brasileira, permite o avanço para as fases subsequentes do cronograma de retorno ao mar, quando serão cumpridos os protocolos de testes com os motores de combustão e ajustes decorrentes.

A Fragata “Defensora” é o segundo navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, com batismo em 27 de março de 1975, primeira saída para o mar em 1976 e incorporação em 1977, sendo a sucessora da pioneira Corveta “Defensora”, construída em 1828.

Fragatas Niterói F40 e Defensora F41 em provas de mar na Inglaterra em janeiro de 1977

Mensagem do Capitão de Mar e Guerra André Martins, comandante do 1º Esquadrão de Escoltas, sobre a volta da Deusa ao mar

FONTE: Marinha do Brasil

NOTA DA REDAÇÃO: Imobilizada desde o primeiro semestre de 2010, a Defensora vem sendo submetida a um longo processo de recuperação.

- Advertisement -

118 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo

MB precisa vira marinha de água azuis

Mk48

Prezado, por favor, não fala besteira!

Carlos Eduardo Oliveira

Alguém não sabe conjugar um verbo no infinitivo.
Alguém não sabe o básico da língua portuguesa.

Mk48

Mesmo defasada tecnologicamente, é uma ótima notícia, num contexto onde nossos escoltas estão evaporando.
.
Vamos em frente!

Spitfire

Olá amigo Mk48… se for para continuar usando meios usados devido a dificuldades para aquisição de meios novos, não teria sido mais conveniente adquirir meios de oportunidade ao invés de investir em um meio já tão defasado?

Claudionor

Mais a deusa foi totalmente modernizada.

Spitfire

USS Duncan, aproximadamente 17 anos de uso… foi para a turquia!!! escreveu não leu a caravana passa!!!

Teropode

Ehhhhh, fuzilaram quem sugeriu aquela compra de oportunidade 😬😬😬😬

Willber Rodrigues

Olha…vendo pelo lado “copo meio cheio”..
Foram mais de 10 anos em que a Defensora não empurrou água, não sofreu com maresia e não sofreu desgaste. Então, ela vai poder operar mais tempo do que o resto das parcas escoltas da MB…

Alexandre

Seu otimismo é de dar inveja.

Willber Rodrigues

Tentei ver pelo lado “bom” da coisas, mas….sinceramente, ver que se demora mais de 10 anos pra fazer manutenção em um navio de mais de 45 anos de idade é de dar tristeza…

Camargoer

Olá Wilber. Fico curioso para saber a razão de levar tempo assim. Obviamente, dizer que não tinha direito é um engano. Foi uma opção deliberada da MB. Não era prioridade. Poderia ter sido. Não foi. Por que?

Esteves

Penso que pensaram que seria possível adquirir novas em razão do PROSUPER.

Penso que navio velho deve ser como carro velho. Começa a mexer e vai descobrindo que não tem peças, não tem mão-de-obra e cobram caro.

Penso que a picanha de hoje não caiu bem. Restaurante muito tempo fechado, muito tempo parado.

Fernando "Nunão" De Martini

Camargoer, um dos motivos de levar mais tempo é que a Defensora, ainda no começo do PMG em 2012, cedeu vários de seus equipamentos para os reparos emergenciais na Niterói que havia encalhado em 2010, o que complicou mais os trabalhos subsequentes. E aí junta com diversas outras prioridades que de acumularam na MB e o PMG da Defensora ficou ainda mais pra trás nessas prioridades.

Last edited 12 dias atrás by Fernando "Nunão" De Martini
Camargoer

Olá Nunão. Que bom ter noticias suas. Espero que todas as pessoas que você ama estejam bem (nestes tempos pandêmicos, isso é o melhor que posso desejar). Obrigado pelo esclarecimento. È como você escreveu, o tempo de 10 anos foi uma escolha da MB. Espero que a Defensora cumpra bem sua missão nos próximos dez anos e seja substituída com sucesso por uma FCT nova.

Fernando "Nunão" De Martini

Camargoer, por aqui tudo bem de saúde comigo e as pessoas próximas, espero que com você também.

Marcelo Baptista

Boa Tarde Nunao, quanto tempo de vida ainda tem a Defensora após este PMG?

Fernando "Nunão" De Martini

Muitas variáveis pra isso, não faço ideia, Marcelo. Mas espero que pelo menos 10 anos ela tenha pela frente.

Claudionor

Olha o navio passou 10 anos parado. .. Suponhamos que ele não esteja tão defasado .. Agora só utilizá-lo só por 10 anos humm Esquisito

Caio

Prioridade são os concursos!! Infalíveis todos os anos.

Vovozao

02/05/2021 – domingo, btarde,nobre Willber, “”não sofreu maresia””, como, ela continua dentro da água salgada, maresia penetra em tudo….. quanto meio copo, volto a falar…. é uma imensa tristeza, estarmos enaltecendo a volta de uma fragata com 43 anos de comissionada, como se fosse uma nova fragata….. volto a perguntar…. quantos dos que fizeram parte do 1 grupo ainda estao vivos???? Quando vamos ver, com todos os problemas ainda somos o 13 economia no mundo…. e segundo estudos somos a 29 FFAA, em termos globais, a 6 em relacao a America do Sul, considero isso uma VERGONHA, mesmo que venham… Read more »

Oráculo

“volto a perguntar…. quantos dos que fizeram parte do 1 grupo ainda estão vivos????”

Essa pergunta deveria envergonhar os “Almirantes do Leblon”, aquela turma jurássica que apenas cumpre expediente na Marinha, e que não estão nem aí para o que vai acontecer no futuro com nossa força naval.

Só pensam na chegada da gorda aposentadoria. E enquanto esperam a baixa remunerada, vivem de organizar eventos para condecorar políticos, aonde estreitam relacionamentos já pensando num cargo comissionado futuro.

Pobre Marinha do Brasil.

Spitfire

USS Duncan, aproximadamente 17 anos de uso… foi para a turquia!!! escreveu não leu a caravana passa!!!… essa foi uma das que passou entre outras que estiveram no mercado!!!

Dalton

O “Duncan” que era um dos modelos “short hull”, menos interessantes para a US Navy foi utilizado como fonte de peças para as demais fragatas turcas similares.
.
No mesmo período em que foi retirado de serviço a marinha brasileira estava negociando com os britânicos a compra das 4 fragatas T-22, duas das quais ainda no inventário.

Spitfire

Ola amigo. Para eles serviu de reposição de peças… mas por aqui seria utilizada por um bom tempo!!! Igualmente as tipe T22. Mas a MB acredotou que teria meios novos!!!

Dalton

Spit…o que eu quis dizer é que a marinha brasileira optou por navios britânicos ainda mais novos que o próprio “Duncan”, então não foi uma oportunidade perdida e na época a construção da corveta Barroso já havia
iniciado com perspectiva de uma segunda unidade.

Spitfire

Entendi amigo… então mas era mais uma oportunidade entre as que tinha! Entendo que as tipe22 eram melhores ainda, mas no final ficou sem Duncan, type22, sem outra Barroso… enfim agora nos resta essa situação desesperadora no quesito meios de superfície!!!

Dalton

O “Duncan” era mais necessário para a Turquia que já operava fragatas similares e na época a marinha brasileira tinha mais meios do que podia efetivamente administrar, só lembrando, 6 “Niteróis”, 4 T-22, 4 Parás e 4 Inhaúmas, totalizando 18 combatentes. . E logo após à aquisição das T-22s.adquiriu-se 23 jatos A-4s dos quais potencialmente 18 modernizáveis e se começou a prospecção para um substituto do NAel Minas gerais eventualmente o “São Paulo”. . Para o grau de percepção de ameaça existente na América do Sul estava de bom tamanho, mas, com o tempo o mercado de navios de segunda… Read more »

Piassarollo

Saudações sr. Dalton, estava sentindo falta de seus comentários, que sempre nos trazem muitas informações.

Spitfire

Ta correto amigo… e tb acho que o quadro futuro é preocupante

Teropode

O otimismo infanto-juvenil da MB me deixa profundamente emocionado , adoram contar com o ovo que não saiu da galinha e assim se tornaram especialistas no QUASE . Foi um milagre botar as mãos no Atlântico e no Bahia .

Marcelo

São realmente mais de dez anos que não empurrou água, então teve desgaste estrutural menor. Mas sofreu com a maresia durante todo esse tempo, pois ficou atracada na água salgada da Guanabara…
E por outro lado, como não tinha a ‘ambição’ de ir pro mar, ninguém sabe como a tripulação negligenciou sua conservação…

Last edited 12 dias atrás by Marcelo
Fabio Araujo

Bem vinda de volta, um reforço para a nossa força de escolta que esta precisando!

Last edited 13 dias atrás by Fabio Araujo
Ivan herrera

Reforço , queria mesmo que fosse mas não passa de uma velha prancha dos anos 70 pra deixar alguns dos 80 mil marinheiro no mar

Defensor da liberdade

Deveria fazer um favor a cada brasileiro que contribui e não voltar.

Flanker

Dissestes bem: “para cada brasileiro que contribui”. Como tu mesmo afirma que sonega, não pode reclamar de nada.

Piassarollo

Mal ou bem, a Defensora está retornamdo ao setor operativo,e certamente vai participar de importantes comissões e treinamentos para sua tripulação. É um meio defasado ? Sim, mas ainda válido neste TO.

Paulo

Quase 45 anos… Meu Deus

Zorann

Um museu de grandes novidades…

Mais de 10 anos parada…. Voltando para o serviço, quando as demais estão virando panela…

Se vai servir mais 10 ou 15 anos, deveria ter passado por uma modernização também…. tempo não faltou…e seria uma escolta de fato

Imaginem este navio em serviço por 10/15 anos….. se militarmente já não vale nada hoje, imagine ele dando baixa em 2031/2036..

Vai ser um Patrulhão com custos de operação de uma Fragata antiga, cheia de equipamentos descontinuados.

Flanker

Ela está no mesmo padrão de armas e sensores das outras 4 Niterói. Ela e outras duas, teoricamente, passariam por uma revitalização (Não modernização) para operar mais uns 10 anos. Mas, agora já nem sei se isso irá ocorrer. A Força de Escoltas da MB está na UTI….

Zorann

Este Modfrag já faz 20 anos. Você percebeu que também não se falou mais nada da modernização da Barroso?

Wellington R. Soares

Na verdade já falaram sim. A MB declinou essa modernização. A Barroso continuará da forma que está por um bom tempo.

Pablo

UTI não, diria dentro do caixão. Falta apenas fechar e fazer a missa.

Teropode

10 anos para trocar alguns cabos , correia sentado , cabeçote , antenas de rádio …. até que foi rápido pessoal , para nossos padrões ….

Marcelo R

Isso é uma piada?
11 anos para fazer a manutenção de um navio Velho …
Joga toda essa sucata inutil fora…..
Taca o pau nas construções das novas….
Brasil….não somos tão idiotas assim….
TEM dinheiro sim….
Só falta VONTADE .

elcimar f. menassa

é muito tempo parada né….11 anos e meio quase…que pais “era esse” espero que mudem essa mentalidade com a atual situação mundial, veremos muitos conflitos por alimentos, remédios, água , ganância…e por ai vai…tempos difíceis infelizmente

parabellum

Podem falar o que quiserem, mas continua sendo a mais poderosa do atlântico sul. Do jeito que está ainda cumprirá muito bem a sua função.

Wellington R. Soares

Quem tanto faz parte do Atlântico Sul ?
Pela forma que você expressou parece ser muita coisa kkkkk…

Victor Filipe

Não é não. a US Navy retivou a Fourth Fleet em 2008, oque quer dizer que deve ter uns Arleigh Burke “cuidando” aqui do sul

Dalton

Não que eu saiba Victor. O “DESRON 40” um esquadrão de destroyers a ser administrado em águas distantes pela IV Frota existe apenas no papel enquanto por
exemplo o “DESRON 60” conta com 4 unidades, administradas pela VI Frota baseado na Espanha.
.
Mesmo os Burkes baseados em Mayport na Florida onde situa-se o QG da IV Frota tem sido empregados em outras áreas e um deles o USS The Sullivans irá acompanhar o HMS Queen Elizabeth em sua missão inaugural tendo como destino o Pacífico.

glasquis 7

Nas Falklands não há nada de valor por parte da Royal Navy?

Parabellum

Um OPV

Glasquis 7

É, não é muita coisa. Pensei que pelo fato de ter alguns Eurofighter, tal vez teriam algum combatente de superfície também.

Roberto

A mais poderosa do Atlantico Sul.
Sobra Uruguai, Argentina, Guiana, paises africanos…. não é muita coisa amigo.

John Paul Jones

BRAVO ZULU para a tripulação !!!, colocar um navio de 40 anos com pelo menos 20 de obsolescência para operar é uma Tarefa de Gigantes !!!. Maus cumprimentos.

John Paul Jones

Meus Cumprimentos, corrigindo (rs …)

igortepe

Pode ser Maus cumprimentos mesmo. MMB Marinha Museu Brasileira.

Paulo

Tarefa pra poucos, gênios da MB.

Marcelo R

Não é não……..é a sexta da América do Sul.
Era a primeira na década de 90….ja caímos para a SEXTA….
É tem aínda o
TROFÉU GUARDA COSTEIRA…..
Ja pronto para entrega….

Juarez

Tem que cair mais, para que realmente pensamentos, doutrinas e ações mudem. Até lá estamos falando para Gnomos.

Edson

Mas o número de almirantes só aumenta com a criação de OMs, Diretorias e afins.

Zorann

Eu fico imaginando a felicidade da tripulação em sair para testes de mar. Devem ter tripulantes ali que não saem para o mar a muitos anos.

Imagine o cara entrar para a Marinha com vontade de navegar e ser destacado para a Defensora… deve ser triste demais.

Demorou um bocado, mas em breve todos os tripulantes estarão aptos e bem treinados em como se fazia guerra naval com escolta na década de 80/90. Isto deve ser muito motivador para quem escolheu essa carreira.

Marcelo

Vc acha q marinheiro gosta de ir pro mar? Mesmo com o incentivo pago em cash por dia de mar (pra patroa não poder meter a mão e pro marinheiro poder gastar no ‘estabelecimento de mulheres da vida’ no primeiro porto q parar), sempre que o navio vai suspender tem um monte de marinheiro entrando com dispensa médica e arranjando migué pra não embarcar… Aliás, poucas são as pessoas de marinha que se interessam e gostam do assunto como nós entusiastas. Para a grande maioria é apenas um emprego. Vcs acham que eles se interessam pelo estágio de desenvolvimento do… Read more »

Russo

Os militares ficaram 21 anos no poder e não conseguiram fazer Armadas decentes porque quiseram e querem se desenvolver dependendo de outras nações, tratando como inimigos determinados setores de nossas Universidades públicas e cortando investimentos em P&D – ciência e tecnologia – tratam as humanas como ciências descártaveis porque querem ela engessada – nos Estados Unidos que nossos militares endeusam, historiadores, sociólogos e cientistas socias estão na Universidade da Defesa, seguem em helicópteros para Navios Aerodrómos traçando diretrizes de guerra com Almirantes em mares estrangeiros, trabalham na indústria cultural, na observação das necessidades de consumo para os setores produtivos; na… Read more »

Luiz

“Onde está o gigante pela própria natureza?”

Adormecido em berço “esplêndido”, como sempre, e continuará assim por séculos e séculos… infelizmente.

Teropode

Quanta besteira , estamos 26 anos na mão de civis e nada mudou , continuam perseguindo o próprio rabo , uma comprinha aqui e outra ali , tudo a contagotas , sem uma lógica razoável , oque vc mudou ????

J. Ricardo

10 anos pra revisar um navio ?? Só no Bradil mesmo!

Roberto

11 anos

fewoz

Fico imaginando quantos navios os chineses lançaram neste mesmo tempo… não tem como não desanimar com qualquer notícia relacionada ao Brasil, em qualquer área. Nunca há boas notícias neste país. Será o eterno país do futuro. Já saímos do top 10 das economias mundiais e este é só o começo do fim.

Luiz

“Já saímos do top 10 das economias”

Como sempre, tudo não passou de mais um voo de galinha.

Carlos

Penso que, pra quem está sem navios de escolta, esse retorno está de bom tamanho no cenário sulamericano!!

Glasquis 7

Como se diz?… ALELUIA!!!???

Rodrigo LD

A inevitável pergunta; vale a pena o investimento para um navio com essa idade?

Glasquis 7

O navio não é assim “tão velho”. Lembre que ficou 10 anos parado. Isso já da um remanescente de vida útil. Com este PMG empurra água de forma satisfatória até 2030 pelo menos. Depois disso, já deveriam estar operativas as Tamandaré pra cobrir.

Esteves

Para com isso. Você não pensa nada disso. Deve ter tomado vinho argentino.

Glasquis 7

Putz!, tem que ser argentino?

Esteves

Prefere vinho nacional?

Glasquis 7

Mas a verdade é que queria muito ver a MB navegando umas 12 Fragatas “Copa” com Exocet Blk III de última geração, alguns CAMM, SM II, Phalanx, um bom conjunto de sonares e um radar TRS-4D da Hensoldt

Esteves

Para qual cenário? Cadê a guerra?

Glasquis 7

Para qualquer cenário. Com ou sem guerra, pra criar doutrina e manter as tripulações treinadas e doutrinadas ao uso de unidades e armamentos no estado da arte.

glasquis 7

Prefere vinho nacional?”

Um casa Valduga não me parece uma má pedida.

Esteves

Bem cotado.

Top Gun Sea

Com 11 anos em manutenção dar se a impressão que foi feito uma modefrag radical na Defensora. Tipo mudança de sistema de radar para o 3D artisan, sistema de defesa aérea VLS, sistema de defesa de ponto … mas na verdade foi só uma manutenção de rotina de meia boca que durou 11 anos. Só a Marinha di Chile para dar consultoria de como gerir um Marinha.

Dalton

Dois exemplos de marinhas maiores me ocorrem. O “Almirante Chabanenko” de 1999 indisponível desde fins de 2013 deverá retornar ao serviço em 2023, ou seja 10 anos, inicialmente aguardando na fila o início dos trabalhos que estão sendo realizados de forma lenta adequando-se ao orçamento por conta de outras prioridades da marinha russa. . O outro é o USS Boise de 1992, submarino que perdeu a certificação de segurança em 2016 e passou anos encostado aguardando recursos e espaço em estaleiro para sua revitalização obrigatória para que sirva o mínimo de 33 anos e que finalmente iniciada deverá durar dois… Read more »

Willber Rodrigues

Ok.
Mas no caso do navio russo, enquanto esse navio ficava parado desde 2013, até hoje, quantos submarinos e fragatas a Rússia construiu e mandou pra água?
E, desde que a Defensora ficou indisponível até hoje, tirando o Atlântico e o Riachuelo, quantos meios novos a MB colocou na água?

Dalton

Wilber, como escrevi acima não estou comparando meios nem quantidades e sim que mesmo nas grandes marinhas ocorrem erros de cálculo na forma de quanto seria gasto e quanto tempo se levaria para a conclusão de manutenções e atrasos na entrega e citei apenas os dois exemplos mais notáveis, há muitos outros. . Os russos por exemplo pretendem esticar a vida de todos os seus “Udaloys” porque não estão em condições no momento de construir grandes combatentes de superfície e não importa quantos meios novos americanos e russos introduziram desde 2013 porque nunca é o suficiente e revitalizar/modernizar os antigos… Read more »

Piassarollo

E ainda teve o imprevisto como relatado pelo Nunao, onde vários equipamentos da Defensora foram retirados e usados na Niterói, atrasando mais ainda seu PMG

Esteves

O Atlântico veio pronto. O Riachuelo apesar de ser um navio, ainda permanece sobre as águas.

Piassarollo

Antes tarde do nunca

Piassarollo

Corrigindo. Antes tarde do que nunca

Wiliam César

o Tempo que essa “Fragata” defensora ficou parada para uma simples manutenção, a Marinha Chinesa construiu uma nova Marinha de guerra. E nós brasileiros quando vamos comprar um produto qualquer, arrogantemente perguntamos “é chinês?” como desdém, como se eles fizessem porcarias… infelizmente somos piada mesmo.

Alexandre Galante

A evolução da Marinha Chinesa de 2010 a 2020:
comment image
comment image

Piassarollo

Sr Galante, sabe se foi acrescentado ou retirado algum armamento na Defensora ?

Marcelo Baptista

Só lembrando, a China ainda é uma ditadura, portanto, não o Estado não precisa dar satisfação a ninguém sobre como o dinheiro será empregado.

Nilo

Você quis dizer dez Marinhas de Guerra do Brasil.
Se essa Marinha Chinesa der suas graças pelo Atlântico Sul, vamos mostrar na prática o destino a que nós nos reservamos, a de protetorado.

Last edited 12 dias atrás by Nilo
Esteves

Fazem CPI pra botar a culpa dessa pandemia em algum. Nesse país sempre tem culpado. Solução nunca.

Pega esses Almirantes, esses congressistas, esses ex pós 1990 e bota num bote pra ir remando até a África. Remando até o Chifre.

Nilo

CPI de pandemia….segue seu curso… “Bolsonaro, eu autorizo”……segue seu curso… quem terá coragem de cumprir a que se propôs?…. ou tudo pode ir para mesa de negociação….Guedes, Salles…como disse anteriormente… As Armadas….o apoio contínuo a esse governo….que propagou a  disseminar da Covid visando a “imunidade de rebanho”, quando sua politica é de prevenção e distanciamento social… Qual o curso das Forças….? foi para a três Forças uma grande perda dos seus últimos comandantes, que tinham um posicionamento claro, principalmente na figura do General Pujol, a ausência da clareza de posicionamento atual, leva a se ter como sim a iniciativa de… Read more »

Esteves

Alguém dizia que o Brasil é maior que o abismo.

Não lembro quem.

Gabriel

O Brasil está parado a quase dois anos, enquanto a China continuou crescendo nos últimos dois anos. A comparação, apesar de correta, não pode ser analisada de maneira simples. Vejo muitas pessoas saudando a maneira que a China cresce e se desenvolve ano a ano e me pergunto quantos desses estariam dispostos a viver no Brasil da mesma maneira que o chinês “médio” vive na China, em relação a liberdade. Ou seja, as coisas não são tão simples como parecem. A China não se tornou o que é hoje deitada em berço esplêndido e muito menos sem muito sacrifício do… Read more »

Esteves

Ok.

A China é um gigante econômico. Vamos comparar nossos resultados com países semelhantes. Índia, Rússia, Iran, Austrália, Egito, Espanha…

Pode começar?

Esteves

A “Classe Média” na China.

“60% da população da China vive nas cidades. Até 2030, 58% dos lares chineses estarão na categoria de afluentes de massa: famílias com renda mensal média de US$ 2.600,00. O consumo interno chinês contribui com mais de 75% do PIB.

 800 milhões de chineses acessam a internet regularmente. 40% da população urbana tem renda anual entre US$10.600,00 a US$13.000,00, o que significa que a classe média chinesa é de 400 milhões de pessoas, quase duas vezes o total da população do Brasil. Previsões que até 2025, 75% da população da China se converta em “classe média””.

EParro

400.000.000 x US$10.600,00 = US$4.240.000.000.000,00
Será mesmo?

Mas o Esteves acredita na fonte desses números?

Saudações

Gabriel

Realmente eu admiro as pessoas que não são do meio militar, mas usam parte de seu tempo livre para estudar o assunto. Ao mesmo tempo, é impossível não perceber alguns comentários desprovidos de qualquer tipo de conhecimento e analise a respeito, são opiniões baseadas em opiniões. Acredito que é de conhecimento de todos, que pretendem comentar a matéria, que a ideia da aquisição das Fragatas novas de 6000 ton não foi adiante e que o projeto da Classe Tamandaré ainda vai levar um tempo para se concretizar. Assim, é uma obviedade que a Marinha vai depender, ainda por anos, das… Read more »

Esteves

Bem…

Se a esposa reclamou da orelha como está escrito, vai ver o conhecido tinha uma orelha esquisita.

Opinião já foi nome de jornal.

A Saudação do Capitão André Martins é empolgante. Esteves não esperaria menos de um Comandante da MB.

A profilaxia da MB deve ser exaltada. Navio dos anos 1970 em 2021 com desejos de continuar até 2030 quando alguma Tamandaré Estiver incorporada é ridículo. Apresentar à sociedade brasileira um navio com essa idade para defender e fazer cumprir os deveres constitucionais é ridículo.

O resultado ao qual chegamos é péssimo. A esposa deveria ter voltado de avião.

Marcelo Baptista

Quanto ao seu amigo, cara corajoso, kkkk. Depois de uma desta, fica sem 1/3, kkkk.

Caio

10 anos na manutenção?? Com todo orçamento que temos? Literalmente seguindo o refrão ” como uma deusa você me mantém” kkkkkkkkkkk.

Rogério Loureiro Dhierio

Pensei que já tivesse sido desmontada para em breve virar notícia de “afundamento de casco”.

Bom ..para uma marinha que está às minguas em termos de vasos de superfície, ok.
Aquele ditado. É o que tem pra hoje.

Adriano Madureira

É para bater palmas?! Que realidade decadente e vexatória…Infelizmente é oque temos para servir no café, almoço e jantar.

Edmilson lourenco da cunha

Tive o imenso prazer de trabalhar a bordo dessa embarcação, ao longo dos anos em que fui lotado no amrj através da empresa gerencial de projetos navais( emgepron).

Marcos

Ótima notícia , porém uma Década para sair do Arsenal de Marinha . A Corveta Barroso levou uma Década e 5 anos para ficar pronta. Não entendo esses cronogramas …

Guga

Nunca vi uma “Deusa” tão velha rs…

Marcelo Baptista

MILF, ainda dá um bom caldo!

Adriano Madureira

Uma Nicolette Shea…

akhorus

é uma boa notícia.

hãã, ei Galante…

Lembra que a uns dez anos atrás você me disse que a MB caberia o papel de, como era, enfrentar e rivalizar com a marinha da China ? Foi algo assim que você me escreveu.

Pois veja, já temos como começar !! Uma Fragata da década de 70 reformada ! Já podemos enfrentar os três Type 055 chineses, o Nachang, Lhasa e o Dalian !

sério, se em 2010 nossa MB estava crítica, agora escavamos o fundo do poço…

Adriano Madureira

Sério que depois de longos 10 anos de um PMG tal feito é para se bater palmas?!

elcimar f. menassa

espero que fique um bom tempo navegando agora, sem precisar de outro PMG.

Rinaldo Nery

Galante chorou…

Carlos Alberto Da Silva

” Chamar o navio de CORVETA??”..Tá no texto…

- Publicidade -

Reportagens especiais

Aviação naval: a visão da Marinha

Em 1997, o SRPM (Serviço de Relações Públicas da Marinha, atual CCSM - Centro de Comunicação Social da Marinha),...
- Advertisement -