sábado, novembro 27, 2021

Saab Naval

Orçamento do Departamento da Marinha dos EUA proposto para o ano fiscal de 2022

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A apresentação do orçamento do presidente dos EUA para o Departamento da Marinha (DoN) do ano fiscal de 2022 (FY22) (PB22) de US$ 211,7 bilhões é um aumento de US$ 3,8 bilhões (1,8%) do orçamento aprovado para o FY21.

Este orçamento apoia e se alinha com a Estratégia de Segurança Nacional Provisória do Presidente e a Estratégia Marítima de Três Serviços e reflete um esforço colaborativo para manter a vantagem dos EUA no mar.

O Departamento usou uma abordagem orientada analiticamente, apoiada por um forte histórico de reformas para impulsionar o valor máximo de cada dólar. No final do dia, é um retorno do investimento para a segurança e prosperidade do povo americano.

Em última análise, a força da Marinha dos EUA é medida pela capacidade de controlar os mares e projetar poder. A Marinha precisa operar desdobrada para fazer isso. O orçamento prevê uma força de batalha desdobrável de 296 navios no FY22. Isso suporta 11 porta-aviões e 31 navios anfíbios que servem de base para os grupos de porta-aviões e anfíbios prontos.

Este orçamento representa a melhor combinação de investimentos para defender a nação, inovando e modernizando a força, cuidando do pessoal e tendo sucesso por meio do trabalho em equipe. Ele continua a recapitalização da Marinha dos submarinos de mísseis balísticos estratégicos classe “Columbia”, prioridade de aquisição número um e um investimento significativo necessário para manter a dissuasão nuclear estratégica no futuro.

O Departamento continua a inovar com capacidades e conceitos de operações à medida que continua rumo a operações marítimas distribuídas, aprimoradas por investimentos em plataformas, armas hipersônicas e capacidades não tripuladas. Para aumentar a prontidão, este orçamento faz investimentos direcionados em treinamento, manutenção de navios, horas de voo e infraestrutura. O Departamento continua comprometido com o ativo mais valioso – o pessoal – com maior enfoque na erradicação do assédio sexual e ênfase na prontidão mental e física da força de combate e suas famílias. E tem sucesso por meio do trabalho em equipe, sustentando exercícios navais com aliados e parceiros.

No FY22, 17 navios da força de batalha serão entregues: 3 destróieres, 1 destróier Zumwalt, 3 submarinos nucleares de ataque (SSN), 5 navios de combate litorâneo (LCS), 1 navio-doca de transporte anfíbio (LPD), 1 navio-tanque de reabastecimento de frota ), 1 transporte rápido expedicionário (T-EPF), 1 base de preparação expedicionária (T-ESB) e 1 navio de reboque, salvamento e resgate de primeira classe (T-ATS).

Além disso, 14 navios da força de batalha serão aposentados: 4 navios de combate litorâneo (LCS), 2 submarinos nucleares de ataque (SSN), 7 cruzadores (CG), 1 navio-doca de transporte anfíbio (LSD) e 1 rebocador marítimo de frota (T-ATF) . Sob restrições fiscais, a Marinha desativará as capacidades e navios legados para permitir um maior investimento em ativos que darão uma força mais forte, ágil e letal.

A aquisição de navios financia 8 navios da força de batalha de construção nova no FY22 (2 SSN, 1 DDG, 1 FFG, 1 T-AO, 2 T-ATS, 1 T-AGOS (X)), bem como quatro embarcações utilitárias de desembarque 1700 e dois conectores navio-terra adicionais. Essa solicitação também inclui o financiamento incremental contínuo do primeiro submarino da classe “Columbia” e dos porta-aviões da classe Ford CVN-80 e CVN-81.

O Departamento está concluindo a aquisição de aeronaves de várias séries de modelos, incluindo o P-8A Poseidon e o F/A-18E/F Super Hornet. A aquisição de aeronaves financia 107 unidades (asa fixa, asa rotativa, não tripulada) no FY22 (17 F-35B, 20 F-35C, 5 E-2D, 6 KC-130J, 9 CH-53K, 3 CMV-22, 5 MV-22B, 36 TH-73A e 6 MALE-T UAS) e financia operações, manutenção e treinamento para nove alas de porta-aviões da Marinha e três alas do Corpo de Fuzileiros Navais.

A solicitação de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do DoN continua a investir em inovação para fornecer mais recursos futuros no curto e longo prazo. O financiamento de P&D aumenta em 13% para a Marinha e 9% para o Corpo de Fuzileiros Navais sobre os montantes promulgados no FY21 com o Desenvolvimento e Protótipos Avançados de Componentes (ACD&P) e Desenvolvimento e Demonstração de Sistema (SD&D) constituindo a maior parte dos fundos. P&D é vital para fornecer tecnologias futuras que suportem recursos inovadores em construção naval (classe Columbia), aviação (F-35), armas (Maritime Strike Tomahawk) e tecnologia experimental (Conventional Prompt Strike), tecnologia não tripulada e cibernética. Essas tecnologias são cruciais para manter a vantagem competitiva do DoN.

O pedido de construção militar de US$ 2,4 bilhões financia 29 projetos (dos quais 13 são para a Marinha ativa, 1 para a Reserva da Marinha, 14 para o Corpo de Fuzileiros Navais ativo e 1 para a Reserva do Corpo de Fuzileiros Navais), Construção Menor Não Especificada e Planejamento e Projeto. Essa solicitação também inclui US$ 549,5 milhões para o Programa de Otimização da Infraestrutura do Estaleiro (SIOP), um aumento de mais de 115% em comparação com o FY21. O SIOP foi projetado para atualizar o layout físico dos quatro estaleiros navais, atualizar e modernizar suas docas secas e substituir equipamentos de capital antiquados por máquinas modernas. O investimento total no FY22 SIOP é de US$ 830 milhões.

Este orçamento financia os principais programas de prontidão a um nível acessível por meio de investimentos sustentados e melhoria de desempenho: manutenção de depósito de navios; operações de navios (58 dias/trimestre desdobrado e 24 dias/trimestre não desdobrado); manutenção de parques aéreos; horas de voo; Equipamento expedicionário do Corpo de Fuzileiros Navais; e manutenção de instalações para 80% do modelo de sustentação (Marinha e Corpo de Fuzileiros Navais).

O pedido de orçamento apoia uma força final de serviço ativo de 346.200 militares da Marinha e 178.500 fuzileiros navais e uma força de reserva selecionada de 58.600 militares da Marinha e 36.800 fuzileiros. Mais importante ainda, a solicitação do DoN investe ainda mais em programas-chave dedicados a cuidar de membros do serviço e suas famílias, incluindo programas de saúde mental, prevenção e resposta a agressões sexuais, projetos de melhoria habitacional privatizados, educação e mais opções de creches. Membros do serviço, civis do Departamento de Defesa e todos aqueles que apoiam nossa missão têm direito a um ambiente livre de discriminação, ódio e assédio.

Com esse orçamento, estamos fazendo escolhas prudentes e investimentos inteligentes no futuro da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, o que permitirá operar na vanguarda com as capacidades e a confiança necessárias para os desafios do século 21.

FONTE: Marinha dos EUA

- Advertisement -

136 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
136 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Agressor's

Tá pau a pau com as daqui…

Agressor's

“Somos uma nação marítima. Sendo uma nação marítima, estamos rodeados de mar. Devemos sempre dominar esse mar. Nós sempre vamos dominar os oceanos” Trump. Os eua dominam os mares desde o fim da segunda guerra mundial…o pacífico é conhecido pelos especialistas do pentágono como o “Lago da América”…os eua se utilizam de uma estratégia de dominação mundial centrada na supremacia mundial de seu poder militar e econômico…seu poder militar como modelo de coluna vertebral sustenta e garante sua supremacia global e a ordem vigente de seu poder econômico… em uma época de globalização está aumentando o tráfego de cargas nas… Read more »

Agressor's

Os russos e chineses fazem muito mais com menos…Mortadela Power ….

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
Wellington R. Soares

Mais o que ?
Qual deles tem 11 porta aviões nucleares?
Só em termos de aeronaves, o CFN e a Marinha dos EUA possuem mais que a própria força aérea da Rússia e da China.

Luís Henrique

Quase. Segundo a Flight Global divulgou no World Air Forces 2021, a US Navy possui 2.436 aeronaves. O USMC possui 1.181 aeronaves. Incluindo aeronaves de asa fixa e helicópteros. Portanto, somando as 2 forças, da um total de 3.617 aeronaves. Supera a China, que possui 3.216 aeronaves, porém fica um pouco abaixo da Rússia que possui 4.143 aeronaves. Em termos de caças a Força Aérea Russa possui 1.370 caças e aeronaves de ataque. A Marinha da Rússia possui 94, o que leva o número para 1.464 caças/bombardeiros, sem incluir os estratégicos como Tu-22, Tu-95 e Tu-160. Já a China possui… Read more »

Wellington R. Soares

Obrigado pelos números amigo, realmente são impressionantes. Isso mostra o quanto os EUA são poderosos e a China ainda precisa investir muito para chegar no poderio aéreo e naval dos EUA.
Estamos falando de caças da Marinha e CFN e eles estão entre as maiores do globo rsrr..
E por aqui estamos lutando pelos nossos 36 gripens, 4 fragatas leves e quem sabe 1 sub nuclear rsrr..

Last edited 5 meses atrás by Wellington R. Soares
Luís Henrique

Por isso eu digo, o Brasil, pelo tamanho econômico, populacional, territorial, deveria ser uma potência militar Média. Nada próximo de EUA, Rússia e China, porém muito próximo de França, Reino Unido, Itália, Turquia, etc. A FAB nos últimos anos conseguiu boas aquisições, se pararmos para analisar, a FAB está bem em várias áreas, com aeronaves relativamente novas e modernas. Em AEW temos 5 E-99M Modernizados, estamos muito bem. Em Patrulha Marítima temos 8 P-3 AM Modernizados, também estamos bem. Em aeronaves de transporte, temos cerca de 15 C-295 novos, estamos recebendo os KC-390 que deverão ficar entre 14 à 16,… Read more »

Wellington R. Soares

Verdade Luís, eu sempre achei a FAB o ramo mais “equilibrado” entre as 3 forças, com os ótimos E99 e R99, além de uma boa gama de equipamentos para ataque ao solo (ST, AMX e os Sabres). Realmente deixam a desejar no quesito caças de interceptação. Já éramos para ter no mínimo caças F16 como nossa ponta de lança, sendo agora complementados pelos novos Gripens, mas não, paramos no tempo e ficamos no F5 com a aventura dos 12 Mirage 2000 rsrr.. Mas agora é torcer pelo sucesso do projeto Gripen e quem sabe um novo lote para termos os… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Wellington R. Soares
Joli le Chat

Onde podemos ver o orçamento das marinhas chinesa e russa?

Rodrigo

não fazem com muito menos não, ambos tem gastos extremamente altos quando comparado com o poder de paridade compra, medir o gasto pelo PIB nominal não leva em conta outros fatores como preço da mão de obra, preço dos serviços e etc. Se levarmos em conta o PIB(ppp), a china gasta quase 80% do orçamento americano em sua defesa, a russia o equivalente a 25-35% https://www.politico.com/newsletters/politico-china-watcher/2021/05/27/china-could-soon-outgun-the-us-493014 https://warontherocks.com/2019/12/why-russian-military-expenditure-is-much-higher-than-commonly-understood-as-is-chinas/ além disso temos que levar em conta que os Estados Unidos gastam muito dinheiro mantendo suas bases e tropas ao redor do mundo, em um conflito na Europa, a Maior parte da logística… Read more »

Willber Rodrigues

Incrível…o Departamento de Estado dos EUA e a própria USNavy disponibilizam, pra qualquer um ver, quanto será a sua verba, e aonde será gasto, exatamente, essa verba. Quais seus programas em andamento, quais suas próximas aquisições, de onde virá a grana pra manter seus meios, de onde virá a grana pra adquirir novos meios, etc… Aqui, se a gente for perguntar no quê, exatamente, as FA´s brasileiras gastam/investem a grana que elas recebem do Min. da Defesa ( e que é uma grana considerável, embora muitos adorem dizer que não tem dinheiro ) ninguém sabe responder, ou tem militares aqui… Read more »

Kemen

Uma previsão de orçamento deve corresponder ao que foi gasto, no caso da USNavy acredito que também é informado, eu não procurei o do ano passado. No portal da MB, é informado o dispêndio para todos verem, no que depender da MB não tem nada oculto não.

http://www.portaltransparencia.gov.br/orgaos/52131-comando-da-marinha

Last edited 5 meses atrás by Kemen
Esteves

Também acho isso. Não tem nada escondido não.

Zorann

Lógico que tem

Willber Rodrigues

Vou dar um pequeno exemplo… Até hoje a MB não se deu ao trabalho de explicar pra ninguém de onde vai sair os 25 bilhões que ainda faltam pra quitar´´ o PROSUB. Até hoje ela não apresentou uma planilha com estimativas de quanto será a operação daquele charuto atômico…ops, do Alvaro Alberto, de onde vai sair a grana pra operar ele, de onde vai sair a grana de um possível´´ sucessor do Alvaro Alberto….ela nunca se deu ao trabalho de explicar pra sociedade sobre esses pontos, parece que a MB tá empurrando essas questões com a barriga, e acreditando que,… Read more »

Esteves

A despesa com o PROSUB foi mostrada aqui. Da onde vai sair é do mesmo lugar que já vem. Do orçamento da MB.

Quanto será a operação do submarino nuclear é coisa de aprendizado. Nunca foi feito. Saberemos quando fizermos. Será efetivo ou terá sido tontice quando Estiver incorporado.

Planejaram milagres e maravilhas com a classe Zumwalt. Deu no que deu.

Willber Rodrigues

Do orçamento da MB.´´
Qual orçamento? Aquele que já esta 100% comprometido? Onde não há espaço nenhuma pra novas despesas? Onde a esmagadora maioria desse orçamento é pra pagar soldo e pensão? De um orçamento que não terá fôlego pra mais nada por anos?

Será efetivo ou terá sido tontice quando Estiver incorporado.´´
Querem me dizer que a MB nunca fez estudo nenhum com estimativas sobre isso? De quanto seria, aproximadamente, o custo de operar o subnuc? Vamos empurrar com a barriga até lá e, na hora, depois nóis vê´´…

Zorann

Logico que está oculto. A intenção é ocultar Abre ai o portal da transparencia e me responde quanto custou manter/operar a Barroso em 2020. Você não vai achar esta informação.. Vai ter de abrir alguns centenas de milhares de contratos, para ver qual se refere a Barroso. E mesmo assim, não vai descobrir todo o gasto relacionado a ela, como combustivel, gastos de pessoal diretamente relacionados a ela. Esta informação é ocultada propositalmente, para o cidadão comum, não saber quantas pessoas, qual o custo real de operação da Barroso, ou de qualquer outro navio ou OM. É a forma de… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Zorann
Agressor's

“Willber Rodrigues
Visitante

2 horas atrás

Incrível…o Departamento de Estado dos EUA e a própria USNavy disponibilizam, pra qualquer um ver, quanto será a sua verba, e aonde será gasto, exatamente, essa verba.”

Tão transparentes como os gastos no braziu com cartão corporativo e fundo eleitoral… a turma do Pentágono, tem pós-doutorado em superfaturamento enquanto nossos governantes/políticos corruptos ainda estão no trabalho de conclusão de curso….rs…

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
Agressor's

O Pentágono gasta cerca de US$ 435 em um martelo. E uma tampa de plástico para vaso sanitário para aviões militares custa aos cofres públicos estadunidenses cerca de US$ 10 mil. Esquemas de superfaturamento de armas são generalizados e ainda por cima muitos produtos não trazem a qualidade e capacidades prometidas, vide casos como do abacaxi do f-35 ..

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
Paulo

Mostre as fontes.

Peter Nine Nine

Continuem a chamar o F35 de abacaxi ^_ ^

Paulo Araujo

Isso é o certo!
E faz parte da cultura deles, prestar contas para a sociedade que os financia com os seus impostos.
Errado está quem faz diferente.

Andrigo

La eles nao gastam 1/3 com pessoal, aqui nao gastam 1/3 com outras coisas que nao sejam pessoal…

Wellington R. Soares

Triste realidade. Só devemos lembrar que no governo PT eles tiveram a brilhante idéia de aumentar o efetivo da marinha em 36%, com a promessa que iriam comprar mais submarinos e navios para proteger o pré sal. O que vimos ? Um total descaso do PT para defesa.
Só fizeram 1 corveta barroso e 1 submarino Tikuna.

https://www.google.com/amp/s/cd.jusbrasil.com.br/noticias/1933683/camara-analisa-aumento-de-36-no-efetivo-da-marinha-do-brasil/amp

Camargoer

Caro Wellngton. A discussão política é sempre bacana mas tem que ser feitas sobre fatos e números reais. Em 2008 foram concluídas a construção da Barroso e do Tikuna que estavam paralisados desde o governo anterior. Também foram assinados os contratos do HBR-X, do KC390, do ProSub, Astros2020, Guarani. Após a crise de 2008, quando a indústria de caminhões ameaçou paralisar as linhas de produção por falta de encomendas e financiamentos, o governo federal comprou 5 mil caminhões que reequiparam as forças armadas. Também foi relançado o FX2. Tenho certeza que foram os anos nos quais o orçamento militar teve… Read more »

Wellington Rodrigo Soares

Caro Camargoer, assinaturas são feitas facilmente, o complicado é conseguir dar andamento nos projetos e sabemos que isso foi um grave problema durante o governo PT, seja em questões militares ou demais (vide os vários escândalos de corrupção, propinas, etc…). Ainda bem que hoje não temos praticamente nenhum projeto paralisado, com os principais acontecendo (submarinos e caças) e com outro extremamente importante assinado que são as 4 fragatas, por mais que eu sempre reforço, assinaturas não significam cumprimento. Acredito que temos que concordar que a maioria desses projetos já eram para estar finalizados nos 16 anos de governo do PT… Read more »

Antonio SANTOS

O cara conseguiu colocar a culpa da incompetência da MB no PT meu deus do céu.

Camargoer

Caro Andrigo. Os EUA estão em uma guerra contínua que demanda muitos recursos de custeio. A despeito das minhas críticas aos gastos brasileiros com pessoal militar, acho que não dá para comparar nem os valores nem as porcentagens. Acho mais apropriado compararmos o orçamento da MB com o orçamento da marinha australiana, por exemplo, ou espanhola, italiana e canadense. Quando comparados com estes países que tem orçamentos parecidos em valores, fica claro os problemas da MB.

Michel

Concordo com a sua argumentação, Carmagoer. Talvez até a Marinha Chilena seja mais eficiente e racional na aplicação dos recursos financeiros de que dispõe.

Camargoer

Olá Michel. O orçamento de defesa no Brasil é da ordem de US$ 25 bilhões anuais, sendo que a MB fica com 25%, ou algo em torno de US$ 6~7 bilhões, que é maior que o orçamento de defesa do Chile. A extensão do litoral do Chile é parecido ao brasileiro, o que ajudaria na comparação. A MB tem cerca de 75 mil militares, sendo 18 mil fuzileiros que precisam ser descontados do total para comparar efetivos, sobrando cerca de 57 mil militares na MB para cerca de 25 mil chilenos. Pelo que sei, a marinha do Chile é responsável… Read more »

Thiago A.

Kkkkk conta outra agora vai , aquela do padre também é legal! Nós aqui discutindo sobre superfaturamento e transparência ai vem o garoto de sempre querer apontar as OM do Chile como exemplo de boa gestão . Para garoto, que as FA chilenas não dependiam do orçamento passado pelo congresso. O caixa dóis estava sempre disponível sem a mínima possibilidade do congresso de conhecer ou fiscalizar os gastos. Os militares enfiavam a mão no bolso da CODELCO e quando o cobre estava alta foi uma verdadeira farra. A falta de caráter e a falcatrua foram tão grande que as autoridades… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Thiago A.
Thiago A.

Imagina uma democracia em pleno 2016 possuir uma lei sigilosa cuja maioria da sociedade não pode ter se quer acesso e conhecimento. Uma vergonha MICHEL, isso sim.
Nós conte mais sobre o MILICOGATE por favor…

Thiago A.

MI.
LI.
CO.
GA.
TE

Thiago A.

“O governo do presidente do Chile, Sebastián Piñera, destinará 1,2 bilhão de dólares de receitas do cobre – que por lei deveriam ser destinados à compra e renovação de armamentos – na reconstrução do país depois do terremoto de fevereiro, informou o Ministério da Defesa.” Pense na quantia de recursos que todos anos eles tinham acesso acesso sem a mínima supervisão, uma situação que só conseguiram reverter depois de vários escândalos que deixaram eles sem moral e sem a cara. Recursos esses que poderiam ter amenizado as crises e convulsões sociais que o Chile teve de enfrentar. Não venha pintar… Read more »

Thiago A.

Imagina uma democracia em pleno 2016 possuir uma lei sigilosa cuja maioria da sociedade não pode ter se quer acesso e conhecimento. Uma vergonha MICHEL, isso sim.
Uma lei que garantia recursos sem a mínima supervisão para uma casta privilegiada .

Vilela

parece que é bem menos que 1/3

carcara_br

É até difícil comparar são forças com objetivos diferentes, talvez fosse interessante procurar outros exemplos. De qualquer forma existem diferenças em todos os níveis, a distribuição de recursos entre as forças e dentro de cada força, com o peso de gastos com pessoal sendo muito maior por aqui. daí: 1- Aumenta-se os demais gastos, ou; 2- Diminui o gasto com pessoal. Os dois cenários envolvem sacrifícios, no primeiro aumenta-se o peso pra sociedade inteira, no segundo militares perdem prestigio e importância relativa em relação às polícias por exemplo. Como ninguém vai abrir mão de nada é mais provável que a… Read more »

M.@.K

O gasto de uma força deles é mais que o dobro das nossa três juntas… impressionante.

Willber Rodrigues

Se pegar o gasto deles com P&D, e converter dólar pra real, É quase o nosso orçamento de Defesa. É surreal.

M.@.K

Ãham!

Esteves

O Comando Naval anterior Almirante Ilques Barbosa sustentou a breve administração em gestão orçamentária, aprestamento e meios mantidos. O Comandante Almirante Garnier parece dar continuidade. PROSUB, Submarino Nuclear, Antártica e tinta. As Tamandarés não dizem. Com pouco ou com muito o desafio poderia ser desafiar a mesmice. Lançar metas absurdas. Nada tão absurdo como dobrar a meta ou entalar o vento. Mas lançar programas para os jovens oficiais dizerem. Deixar os jovens mostrarem-se. “A solicitação de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do DoN continua a investir em inovação…” Pagar conta atrasada, comprar navio velho e esperar o resultado das orações sem… Read more »

Willber Rodrigues

O que, por sua vez, me leva a seguinte pergunta…
Porquê deveria ser a MB, que já anda sobrecarregada ( verdade seja dita ) com a ´Amazônia azul`, a cuidar dos rios? Porquê a PF não poderia fazer isso?

Esteves

Olha…

O que mostraram é uma bagunça. A PF instaurou inquérito. Indiciados houveram. O Comando Naval Distrital não. A MB disse que não fiscaliza fraudes. O Ministério Público pediu providências da Agência Reguladora.

Rindo, disseram que os 2 (dois) fiscais da Agência Reguladora transferidos retornarão ao rodízio de 2 por 30 no Rio Amazonas.

Não mostraram meios navais da MB. Talvez por receio de mostrar coisa velha.

O rio vai passando, a vida vai levando, a história é a de sempre.

Mesmices.

Last edited 5 meses atrás by Esteves
Camargoer

Olá Wellington. Já foram dois. Sò faltam agora 998 vezes.

Michel

E o que o ATUAL governo está fazendo pela melhoria da defesa do Brasil?

Empregando 6.000 militares nas repartições públicas;

Deixando-os de fora da reforma da previdência;

Haverá a possibilidade de estudarem por alguns anos no exterior (Europa) e tudo pago por quem foi atingido pela reforma previdenciária e não terá como se aposentar – o povo brasileiro, os civis;

Mas por um lado é bom. A qualidade de vida dos militares irá melhorar e, em caso de guerra, estarão adequadamente instruídos e motivados a lutar pelo povo que tanto faz por eles.

Michel

Desculpe-me, Esteves. A minha resposta está incorretamente direcionada a você.

Paulo

Hahahaha.

Boa piada.

Up The Irons

Como todas as grandes potências militares, eles não têm o gasto com pessoal como um empecilho, tomando grande parte do orçamento. Aí sobra dinheiro pra coisas legais, tipo destróieres, centenas de caças, carros de combate, sistemas de defesa antiaérea, submarinos, drones de alta capacidade, aeronaves cargueiras e reabastecedoras, porta-aviões… Mas nós que estamos certos!

Camargoer

Olá. Faltam 997.

Rogério Loureiro Dhierio

Impressionante.
Querendo ou não, ninguém no mundo chega perto disso.

Allan Lemos

Apenas 27% com gastos de pessoal. Já aqui é o oposto. O pior é ver muitos aqui pondo a culpa da situação da MB apenas nos políticos enquanto ficam passando pano para os militares que ganham regalias atrás de regalias. Reclamam da falta de meios mas nem mesmo consideram cortar na carne e diminuir o efetivo.

O quão sem noção alguém tem que ser para achar que a MB deve ter mais militares do que a Royal Navy?

Podem me criticar, mas vou continuar dizendo, nossos militares são uma desgraça. Lamento se isso ofende aqueles que têm fardados de estimação.

M.@.K

Amigo, vou dar um like no seu comentário, mas se me permite, não concordo plenamente com o teu raciocínio. Acho que além do que vc escreveu, que é correto, tem uma outra realidade enorme que difere eles da nossa. Abraço.

M.@.K

Legal Torpedo! é certo que há muita distorção com relação aos recursos humanos nas FAA, e isso tem que ser corrigido o mais rápido possível, mas muitos esquecem que a política da Marinha e das próprias FAA e a estratégia da “presença” (isso mais com o EB) … se isso é ruim ou não, bom, não sei… só sei que, com a extensão do Brasil (terra e mar), até se pode reduzir um pouco os efetivos militares, mas não vai poder ser muito. Alguns esquecem que as FAA aqui no Brasil, além da segurança das fronteiras, fazem outras coisas como… Read more »

M.@.K

Exato!

Allan Lemos

Com relação a Marinha do Brasil, alguns também esquecessem que não possuímos uma Guarda Costeira

E por quê não? Porque a MB é mesquinha. A função dela deveria se preparar para fazer a guerra, quando e se necessário, e não perseguir o barquinho do Seu José que supostamente estaria fazendo pesca irregular. Então não tente defender o indefensável.

M.@.K

Oi Alan, seguindo o raciocínio do Mark 48, a função de patrulha marítima teria que, em tese ser exercida por uma Guarda Costeira que na sua falta, é exercida pela Marinha que nesse caso, possui base legal na própria Constituição Federal de 88. Como visto, o legislador constituinte em 1988 (político) não previu a atividade de Guarda Costeira, deixando este encargo à Marinha do Brasil. Acho que não houve esta previsão visto a errônea ideia de que haveria mais custos com a formação de uma outra força de fiscalização marítima e competição com atribuições historicamente atribuídas à MB. Não sei se… Read more »

Zorann

Mais um para sugerir a criação de uma Guarda Costeira….

O bolo orçamentário é o mesmo. Se criar uma GC vai ter de tirar verba de algum lugar, que se resume a um dos 3 maiores orçamentos da união: saúde, educação ou Defesa.

Se criar uma GC, vamos fazer ainda menos, gastando mais. Só cego não enxerga isto.

M.@.K

Oi Zorann, como está? se tu ler com mais calma novamente o meu comentário, tu vai ver que eu não sugeri nenhuma nova criação de uma GC… o que só fiz foi demonstrar para o Allan que a nossa CF não faz previsão disso e que esta função é da MB. Mas há sim, gente que critica muita as ações da MB na função de patrulhamento e guarda da nossa costa, pois justamente não haver uma GC e estes acham que a ideia não seria tão má assim. Eu sinceramente acho não é necessário, mas ai teremos que deixar isso… Read more »

Camargoer

Ola.996

Wellington Rodrigo Soares

Obrigado pela atenção Camargoer. Assinar é fácil, quero ver fazer. Nem a transposição do Rio São Francisco conseguiram finalizar kkkk…

Camargoer

Olá Wellington. Existem projetos de curto, médio e longo prazo. Talvez Itaipu seja um exemplo de um projeto de longo prazo que deu certo. A ideia surgiu na década de 60 e o acordo entre o Brasil e Paraguai foi assinado em 73, se não me engano e foi financiado por bancos europeus (o financiamento também foi negociado com a URSS, como o Egito havia feito com Assuan). A construção de Itaipu começou em 75 e creio que a primeira unidade geradora foi inaugurada em 84. Pelo que lembro, a última turbina foi instalada em 2003. Tive a sorte de… Read more »

Wellington R. Soares

Caro Camargoer, querer comparar a complexidade da usina hidrelétrica de Itaipu com a transposição do Rio São Francisco é hilário rsrr…

Vovozao

08/06/2021 – terça-feira, btarde, Wellington R Soares, por acaso, trabalhei na construcao de Itaipu, obra coordenada por Furnas na qual trabalhei, Itaipu, não possuiu nem possuí nenhuma complexidade, é uma simples usina hidrelétrica, com um grande reservatório, como a maioria que foram construidas. Mas o assunto nao é esse: Itaipu, é uma das poucas usinas no mundo que são BINACIONAIS, mesmo a obra sendo feita por uma construtora nacional; teve que ter o “”de acordo do governo do Paraguai””, o financiamento foi conseguido pelo governo brasileiro junto a um pool de bancos de varios paises europeus e americano. Só para… Read more »

camargoer

Olá Vovozão. Obrigado pelo comentário. Parabéns por ter participado deste projeto. Seus comentários sempre ajudam. Acredite.

camargoer

Caro Wellington. O que eu escrevi foi que existem projetos de curto, médio e longo prazo. Os projetos de longo prazo transpassam vários governos, sejam quais forem os motivos (complexidade técnica, custo, arranjo político, problemas gerenciais). Acho um erro comparar projetos de características diferentes. Para eu comentar sobre o projeto de transposição eu teria que ler mais sobre ele. Acho que se de um lado Itaipu foi um sucesso, Angra III continua um fracasso esférico (até porque ela é igualzinha á Angra II que está funcionando).

Wellington Rodrigo Soares

Caro Camargoer, com certeza existem projetos que atravessam governos e mais governos, porém sabemos que por aqui a continuidade de muitos projetos ficam no caminho e quando surge um novo governo logo temos novos mega projetos e os que já estavam andando ficam parados rsrr.. Recentemente eu estava pensando sobre o grande sucesso da China e lembro que uma vez meu falecido Pai me disse uma coisa muito interessante, que como lá é um governo ou seja, passa décadas sempre são os mesmos no poder, existe uma facilidade maior na finalização de projetos, até porque o idealizador será o mesmo… Read more »

camargoer

Ola Wellington. O projeto Apollo foi lançado por Kennedy, executado com Johnson e concluído com Nixon, que tinha sido adversário de Kennedy. Nem Johson nem Nixon pensaram em mudar o nome do programa Apollo. Eles concluíram. O crédito é de dos três (o que menos aparece é Jonhson, mas ele foi fundamental). Isso mostra que não é a democracia que atrapalha a continuidade dos programas, mas é o apequenamento de quem sucede e recebe um programa de sucesso. Como colocado no exemplo de Itaipu (e de tantas outras programas de longo prazo), ás vezes é necessário implementar um programa de… Read more »

Allan Lemos

Desculpe, caro Mk48. Mas você só falou falácias. 1 – Todo aumento de contingente precisa, por Lei , ser aprovado pelo Congresso E pela Presidência. Os políticos não acordam do dia para a noite e resolvem aumentar o contingente em alguns milhares. Se a lei foi aprovada, foi porque houve uma discussão com os oficiais antes. Se estes deram o sinal verde, então também são culpados. 2 – E também porque havia uma perspectiva econômica diferente à época , com promessas , do GF para a MB de mais investimentos, o que iria demandar mais gente . Equipamento se compra… Read more »

Allan Lemos

Assim sua crítica passa a ser ofensa. Gratuitamente.

Ofensa é o que eles fazem com o nosso dinheiro. Gastando-o com vinhos, lagostas e leite condensado. Talvez você goste de passar pano, mas eu não.

Vovozao

07/06/2021 – segunda-feira, bnoite, Jovem MK48, existe uma distorção, que não costumam comentar: quando o congresso concede um limite de pessoal para as FFAA, seja ela qual for; não quer dizer que tal força necessariamente TEM que atingir aquele quantitativo. Só que aqui, as organizações fazem questão de exercer o limite da lei, …. isso é o que ocasiona o INCHAÇO das forcas armadas. Caso esse ano houvesse um limite de 80000 militares naMB, e ela não exercesse esse limite, diminuiria anualmente seu efetivo, entretanto não é isso que vemos…. sempre existem chamamentos para a MB.

Leandro Costa

48, quem viveu ainda lembra disso hehehehe

De fato, o motivo oficial para o aumento do efetivo foi:

“exigência de maior presença naval nas águas jurisdicionais, tanto por força do pleito brasileiro de extensão dos limites exteriores da plataforma continental como para a defesa das plataformas de exploração de petróleo no mar, que foi ampliada pela perspectiva de início da exploração dos campos do pré-sal

Fonte: Agência Câmara de Notícias
https://www.camara.leg.br/noticias/134109-camara-analisa-aumento-de-36-no-efetivo-da-marinha-do-brasil/

Foi uma época de sonhos lindos hehehehe

Leandro Costa

48, acho importante a pessoa aparecer disposta à aprender, à reavaliar pré-conceitos sobre o que existe e que não conhece direito.

Infelizmente muitos chegam com uma noção que consideram a certa e a defendem custe o que custar. Não entendo nem por que aparecem, já que tem as respostas para tudo em suas cabecinhas.

Vida que segue. Enquanto isso a gente continua aprendendo.

Agressor's

Tão transparentes quanto os nossos orçamentos para a saúde e educação..

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
Pedro

Não localizei os gastos com Stela Artois, picanha, aumento de soldos e exclusão da reforma da previdência em plena pandemia, fora os gastos sem estudos é claro, com a manutenção do submarino nuclear?

Ih, errei o País!

Camargoer

995

Jacinto

No Brasil, dos R$ 73 bi que a defesa recebeu em 2020 (ano de pandemia), R$ 53 bi foram para pagamento dos militares da ativa e da reserva, o que corresponde a 72% do orçamento.
O problema da defesa do Brasil é de orçamento ou de como o orçamento é utilizado?

Wellington R. Soares

Triste realidade. Só devemos lembrar que no governo PT eles tiveram a brilhante idéia de aumentar o efetivo da marinha em 36%, com a promessa que iriam comprar mais submarinos e navios para proteger o pré sal. O que vimos ? Um total descaso do PT para defesa.
Só fizeram 1 corveta barroso e 1 submarino Tikuna.

https://www.google.com/amp/s/cd.jusbrasil.com.br/noticias/1933683/camara-analisa-aumento-de-36-no-efetivo-da-marinha-do-brasil/amp

Jacinto

O problema é que o PT saiu do Planalto em 2016. O que a Marinha fez nos últimos 5 anos para corrigir isso?

Luís Henrique

O problema é que quando o PT saiu em 2016, largou o país quebradoooo. Fizeram uma lei do teto de gastos para ver se conseguem tirar o país do abismo e essa lei limita todo investimento público.
Agora, as forças também precisam fazer sua parte.
Ocorre que o que foi prometido para as forças na época do PT, foi o Brasil “potência”, e as forças acreditaram, tiveram um aumento no efetivo, principalmente a MB e os projetos prometidos foram quase todos Não cumpridos, com exceção do PROSUB que saiu do papél, porém anos depois teve muitas restrições de verbas.

carvalho2008

comment image

Luiz

E as perspectivas são muito boas: Fonte: G1 Por Darlan Alvarenga — São Paulo 01/06/2021 09h14 Os números da economia no 1º trimestre surpreenderam positivamente, garantindo um resultado do Produto Interno Bruto (PIB) melhor do que se temia no começo do ano. Dados divulgados nesta terça-feira (1º) pelo IBGE mostraram que a economia cresceu 1,2% de janeiro a março deste ano, na comparação com os três meses anteriores.    PIB do Brasil cresce 1,2% no 1º trimestre e volta ao patamar pré-pandemia    Novas rodadas do Pronampe e Auxílio Emergencial teriam contribuído para PIB ainda mais forte, avaliam analistas A piora da… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Luiz
carcara_br

Os setores que desempenharam melhor foram os mais prejudicados pela politica externa atabalhoada dos últimos 2 anos. Imagine se tivessemos lidado da forma correta com a pandemia e feito diplomacia com base em interesse nacional.
A verdade que já temos um pária na presidência e ninguém vai fazer grandes acordos comerciais nem será bem recebido em país relevante nenhum. Ninguém quer ter a imagem associada ao atual presidente.
E depois que esse crescimento falso, que ficou represado nos últimos meses passar teremos sérios problemas.

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

Pedro

Você ainda acredita nisso? Lembra da atual reforma da previdência e da próxima reforma administrativa, que mais uma vez irá focar nas classes menos abastadas. Relaxe, o atual governo, parecer ser, um continuidade grotesca do que já tínhamos.

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008

Lucro de estataiscomment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

Luciano do Prado

Fiquei curioso sobre esse slide, será que em 2021 o número de estatais diminuiu consideravelmente, uma vez que esses dados são de 2015?

carvalho2008

Provavelmente não andou.. Ou se andou foi coisa de 1 ou 3 empresas apenas….é um parto…. E por outro lado, podem agora começar a surir questionamento do contrário do tipo: Quem disse que estatal tem que dar prejuizo….olha o lucro!! e ai a coisa perder força…. Eu não sou contra estatal, sou contra estado estatizado. Estatal você faz e deve fazer sempre que uma necessidade estratégica não é atendida ou ausente de desenvolvimento no mercado. A vida normal deveria ser voce criar, desenvolver estatais e depois vender….algumas de carater economico ou tecnologico estrategico, ou reserva minima, voce mantem… Mas como… Read more »

Camargoer

994

Pedro

Justo. Descaso este que só se perpetuou, inclusive, com a publicação das novas e estupendas reformas de prédios vazios com dinheiro público, por meio da famigerada dispensa de licitação. Uma pena nosso país e nossos governantes e autocracias.

Leandro Costa

Eu devia ter visto seu comentário antes de ter ido caçar esse mesmo link 😛

Wellington R. Soares

Ninguém duvida da transparência da MB, mas o que não podemos fechar os olhos é para a má administração por parte do comando das nossas forças armadas. Eles são transparentes e isso seria o mínimo de se esperar de uma instituição pública sustentada por mim, você e milhares de outros pagadores de impostos. Agora gastar mais de 75% com despesas em pessoal é sacanagem ! Senão tem grana corta pessoal. Em qualquer indústria privada é assim, o faturamento não está bom ? corta pessoal ! Agora passa ano e mais anos e ninguém se movimenta para cortar um pouco desses… Read more »

Wellington R. Soares

Caro Mk48 eu li sua mensagem e foi exatamente isso o que ocorreu, no governo PT eles prometeram fundos e mais fundos para investimentos na MB, mas na hora H eles não tiveram grana, até porque ficaram inundados de casos de corrupção, aumento da máquina pública e ineficiências. Com essa promessa aquele governo acabou com a MB. Na época tínhamos muito mais equipamentos, porém agora a maioria do orçamento tem que ir para pagar o pessoal, que sabemos, não é tão simples chegar lá e cortar, até porque são funcionários “especiais”. O governo PT dormiu em toda sua trajetória e… Read more »

Wellington R. Soares

Forte abraço amigo, vamos em frente !!!

Filipe

A US Navy vai manter a sua supermacia sobre os mares até 2035, ainda faltam 10 anos ou 15 anos (ate 2031 ou 2036) para a Marinha da China poder peitar a US Navy em mar aberto, com o ritmo de construções navais da industria chinesa teremos a supermacia Chinesa no Pacifico em 2035 (a maior quantidade de navios), mas não no cenário global (Pacifico + Atlântico + Indico + Mediterrâneo ) , a US Navy vai dominar por muito tempo (a US Navy tem navios mais pesados), se analisarmos a Frota Chinesa para 2035, teremos o seguinte: 93 Submarinos… Read more »

Alex Barreto Cypriano

Os números impressionam mas também preocupam. E tem coisinhas que passam em subrepto, como o cancelamento de verbas pros hiper velocity projectiles (eu punha fé nesse recurso) e pro rail gun; e o aporte de várias dezenas de milhões de dólares pra desenvolver o sucessor dos AB fIII, o DDG (X). Ticonderogas, LCSs, LSDs, etc indo pro oblívio não serão compensados por assistencialismo (e reorientação woke) direto ao combatente. Espero que a USN, no âmbito do seu redesenho, saiba mesmo o que está fazendo. Caso contrário… Off topic, já viram como o Type 003 tá avançado na doca? Em breve… Read more »

Matheus S

Só deve ser lançado a partir do 1º trimestre do ano que vem. O que podemos ter certeza é que eles irão dizer adeus ao sky jump.

E3QYUpsXMAQddCb.jpeg
Matheus S

Se a USN parasse de estar presente em todos os continentes do planeta, os gastos com O&M, principalmente Mobilização, Operação de Navios e Pré-Posicionamento, Operações Aéreas e Expedicionárias e Suporte Logístico das Bases, acho que conseguiria diminuir em no mínimo US$5 bilhões, e jogaria tudo em Investimentos – precisamente em compras de navios a totalidade desse acréscimo para se chegar a um número de 350 navios. O aumento do financiamento pode vir de uma redução no ritmo operacional da frota. Uma redução de 20% renderia US$ 7 bilhões para investimentos, em vez de gasto operacional anual. Mesmo assim o financiamento ainda… Read more »

EduardoSP

Infelizmente as informações aí estão apresentadas de forma que só um analista de orçamento consegue entender. Além do mais tem algumas coisas esquisitas.
O maior contrato de 2020 é com uma empresa chamada Freedom Soluções em Serviços. Contrato feito pela Diretoria de Patrimônio Histórico e Documentação, no valor de R$ 472 milhões de Reais, com vigência de junho a outubro de 2020.
O objeto desse contrato é serviço de limpeza. Evidentemente a base de dados está furada, não dá para confiar.
Esse pessoal da Controladoria Geral da União está precisando trabalhar melhor.

Dod

Como diz o Sobrevivente, “Diaaaacho”

Paulo

45mil é muito amigo, 20mil já seria ótimo.. basta ver quantos barquinhos o país tem.. o contingente deveria se espelhar nisso.

Wellington R. Soares

Você tem razão Paulo, 20 mil para uma Marinha fraca como a nossa estava de ótimo tamanho. Não adianta ter quase 82 mil militares na ativa e quando for necessário não ter os meios para fazer a defesa.
É mais pessoal para fazer a rendição rsrr…

Paulo

Respeito tua opinião, abs! Mas que é um contingente absurdo e desproporcional é, isso virou uma bola de neve, nunca deveria passar dos 25mil, agora pra baixar do estado atual acho que nunca vai acontecer.

Paulo

Quem pode pode, quem não pode chupa o dedo.. alguns países tem planejamento, dinheiro e transparência outros não.

ednardo curisco

Interessante olhar o orçamento.

11% para pesquisas…

só 27% com pessoal…

Zorann

Este é o exemplo a ser seguido.É assim em todo o orçamento federal dos EUA. Nele você sabe quanto custa manter, por exemplo, um navio, com tudo que esá relacionado a ele, durante um ano. E é assim com todas as unidades, veículos, aeronaves…. etc. Você sabe de fato quanto vai custar manter uma OM ativa, com tudo que ela possui de equipamentos/armamentos/pessoal durante um ano, podendo cortar o que se acha desnecessário, inclusive fechar uma OM, simplesmente cortando a verba destinada a ela. Os gastos ficam infinitamente mais claros do que aqui. Podendo-se discutir de fato Defesa, já que… Read more »

Mensageiro

Pra que serve o ministério da defesa? Pq não reestruturam os gastos com pessoal? Só estão ali pra cobrir a bunda exposta do presidente?

Pedro

Claro que não, estão ali para mamar em plena área nobre com recursos pagos por nós, não esquecer que moram a beira-mar! Braço forte, mão amiga!

Camargoer

Caro Pedro. O MinDef está em Brasíliia.

carvalho2008

A unica saída orçamentária para o Serviço Publico Militar, é migrar frações destes para o Serviço Publico Civil. Vai aposentar antes da isonomia Privada? Aplica coeficiente redutor igual ou transfere para o Serviço Publico Civil e lá aos 65 anos aposenta. Isto permite utilizar os recursos de forma otimizada. Os concursos públicos seriam na pratica, suspensos ou só ocorreriam para preencher lacunas que não fossem preenchidas. Isto permitiria reduzir o numero de ativos e numero de aposentados das forças, sempre aproveitando o melhor de todos nos cargos públicos. Sempre aproveitando as melhores cabeças. O 1o ato, seria uniformizar as aposentadorias… Read more »

carvalho2008

Não acho apenas isto, acho que a conscrição deveria ser de Serviços Publico e Militar. São aproximadamente 1,4 MM de jovens brasileiros que completam 18 anos , ano a ano. Isto aliado a proposta que mencionei antes, permitiria que o Serviço publico de lastro, cargos de base fossem realizados pelo cidadão em inicio de carreira, representando um marco social e remunerado a valor de soldo. Lembrar que no momento social atual, muitos jovens ate querem ser recrutados e não conseguem pela falta de vagas. Na realidade desejam ingressar na maioridade já com algum trabalho remunerado, nem que seja soldado. Então… Read more »

carvalho2008

Eu tenho uma ultima proposta em complemento as anteriores.

Seria a formação da reserva das forças armadas por meio das PM´s.

São aproximadamente 400 mil Policiais Militares em todo o Brasil.

Deveria uma fração dos policiais militares com idade de até 30 anos, realizarem reciclagem anual de duas semanas no exercito e comporem uma guarda nacional do Brasil.

Leandro Costa

Isso também me lembra bastante o (pelo visto antigo) sistema Suíço, em que o serviço militar é obrigatório para todo mundo ao completar 18 anos, servindo por um ou dois anos, porém o jovem normalmente poderia optar por atuar em especialidade que tivesse afinidade com a carreira civil que desejaria seguir após o serviço. Ele seria treinado pelos militares naquela função e ingressaria em faculdade/escola técnica já com algum conhecimento. O sistema era interessante, porém acho que só funcionaria em um país pequeno dada a escala da empreitada. Há outras características interessantes nesse sistema Suíço, porém acho que essa é… Read more »

Camargoer

Olá Carvalho. Pelo que lembro, as forças armadas convocam cerca de 90 mil jovens para o serviço militar obrigatório (a maioria para o EB) a um custo de US$ 1 bilhão, ou cerca de 1% do orçamento militar. Eles não representam peso previdenciário. Portanto, o serviço militar obrigatório não pode ser considerado um problema. O problema com os gastos com pessoal está relacionado ao pessoal de carreira, principalmente do EB, que representa 60% do efetivo. A MB tem cerca de 80 mil militares, dos quais 18 mil são fuzileiros. Dos quase 60 mil que sobram, a MB poderia reduzir entre… Read more »

camargoer

Olá Carvalho. Eu concordo com você que não faz sentido o servidor civil do executivo se aposentar no teto do INSS com idade mínima e tempo de contribuição mínimo e o militar ser diferente.

Vovozao

08/06/2021 – terça-feira, btarde, Carvalho/Camargoer, falasse muito na grande falta de instrução e cultura da maioria da população;sim existe, esta aí para todos verem; já o politico, teria e tem como resolver, porém, nunca acontecerá, sem essa incapacidade da populacao, deixariamos de ter politicos “”hereditários””…. melhor entendimento, hoje existe no Brasil uma “”casta”” de politicos que usam seus “”apoio”” politico para transferirem a seus “”filhos “” “”dignos”” herdeiros politicos…… “”dignos”” sentido de incorporarem tudo de pior que a no politico de qual recebe o poder. Melhor me calar… posso ser banido…. Sds.

Vovozao

Segunda linha… fala-se muito…

camargoer

Olá Mlk48. Talvez passasse sim. Acho que a sociedade civil também faria uma enorme pressão pela aprovação desta lei caso fosse informada dos fatos. Por enquanto apenas os entusiastas discutem esse problema da previdência militar. Inclusive, precisamos lutar pela desmilitarização das polícias estaduais e sua unificação.

carvalho2008

É por isto que torna-se imperioso a limitação de mandatos de carater publico em 16 anos cumulativos e veja que extrapolo isto para todas as entidades que servem inclusive como celeiro politico. politica é um dever de exercicio de cidadania, mas a profissionalização deve ser combatida pois cria classes e castas e vira obstaculo a entrada de novos cidadãos a um ciclo que deveria ser virtuoso e filosofico da cidadania e sociedade. A nova sociedade não deve encaixotar ou estimular o encaixotamento do cidadão. Antes o ferreiro era filho de ferreiro….artesão filho de artesão….devemos enterrar esta estrutura que atravessou todo… Read more »

carvalho2008

ops, desculpem os erros de concordancia…digitação rapida de smart, não dá para editar e corrigir…

camargoer

Olá Carvalho. Estes corretores fanfarrões pregam peças. Acho que há muito deixamos de prestar atenção nas firulas do teclado.. até agora não sei colocar acento usando o teclado do celular.

Leandro Costa

Camargo, sugiro que baixe um tal de ‘Swiftkey Keyboard’ da Microsoft, disponível para Android, iPhone, e outras tantas. Me ajuda bastante, já que odeio usar o teclado do celular.

camargoer

Olá Leandro. Obrigado pela sugestão. Acho que até minha esposa vai ficar agradecida.

Leandro Costa

Camargo, eu tenho uma dúvida sincera que eu nunca realmente me debrucei à respeito, mas já que tocou no assunto vou me aproveitar de você e te perguntar à respeito. Sobre a desmilitarização das polícias estaduais, eu nunca realmente entendi qual a proposta. Sempre imaginei que fosse em relação à abolir as hierarquias, o que acho contraproducente, pois a hierarquia sempre irá existir. Agora se for em relação à eliminação da diferença entre oficiais e praças, dando à todos eles uma única academia de polícia, fazendo uma progressão de carreira uníssona para todos, então eu sou totalmente à favor ao… Read more »

camargoer

Caro Leandro. As polícias militares foram criadas na década de 60 para servirem de força militar auxiliar. Eram tempos de guerra fria. O problema é para a segurança pública, foi uma política fracassada. Há um relatório do Congresso de uma comissão especial sobre o tema que visitou mais de uma dezena de países, incluindo Japão, Austrália, Alemanha, Inglaterra, Canada, Argentina, França, EUA, acho que Chile também… para analisar outros modelos. A desmilitarização e unificação das polícias significa que haveria uma força policial ostensiva uniformizada civil, como parte da policia civil. Como em toda instituição, continuaria havendo hierarquia, desde o policial… Read more »

Leandro Costa

Acho que a única coisa que eu discordo seria com as Polícias Militares terem sido criadas durante a década de 60. Essa criação parece ter sido bem anterior, remontando ao império, mas ganhando a forma atual mais ou menos na década de 30 ou 40, mas ainda preciso pesquisar melhor sobre isso. De fato, não conheço o modelo da polícia metropolitana japonesa, mas conheço um pouco os modelos americano e alemão. Acho que exemplos mundo afora para inspirar algo mais ‘talhado’ para as necessidades Brasileiras (atuais e futuras) não faltarão. Que o modelo atual é fracassado e sem qualquer condição… Read more »

Esteves

A situação previdenciária está na internet. Previdência pública, INSS e fundos de pensão. As 3 estão. Transferir as agruras do estatutário militar para o civil é a mesma coisa que tirar o vinho da prateleira de cima e botar em baixo. Se fez bobagem quando comprou o vinho não adianta. Tem que beber. Tava em oferta… Mandar a conta dos 80% para o outro lado resolve o que? O país é o mesmo. A despesa é a mesma. Funcionário público exonerado que continua recebendo tem às pencas. Pensionista civil que nunca trabalhou e recebe 100% mais adicionais como se o… Read more »

carvalho2008

No modelo que proponho não é uma transferencia de local não… O funcionario Publico militar não iria se aposentar mais cedo, ele iria se aposentar de forma isonomica ao Publico. Se ele militar ingressa na migração em media de 50 a 55 anos ao Serviço publico, reduz a contratação de servidores Publicos ( Hoje voce tem Concursos publicos em cada vez mais vagas e de outro pagando para profissionais militares altamente qualificados ficarem em casa aposentados). O quadro geral de cabeças aposentadas reduz bastante. A diferença é muito grande. Se a conscrição civil ocorrer nos patamares de cargos iniciais como… Read more »

Esteves

No modelo que proponho não é uma transferencia de local não… O funcionario Publico militar não iria se aposentar mais cedo, ele iria se aposentar de forma isonomica ao Publico. Estatutário civil ou militar não tem muita diferença. Algumas categorias recebem promoção quando aposentam outras recebem gratificação. Esteves contou algumas vezes. Maria recebeu a primeira pensão de 18 mil. Em 2014. Porque o salário do finado era 18 mil. Hoje Maria recebe 18 mil + todas as gratificações que o finado receberia. Mais reajustes. Quem paga? O fundo de pensão quebrado do município. Quebrado em quase 1 bilhão por legislatura.… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Esteves
Vilela

precisa mostrar para nossos oficiais como gastar bem o suado dinheiro público!

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

CoNavOpEsp da Marinha do Brasil realiza o primeiro Adestramento Conjunto de Planejamento de Operações Especiais

Sob coordenação do Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp), no período de 22 a 26 novembro, foi realizado, nas...
- Advertisement -