terça-feira, setembro 28, 2021

Saab Naval

1° Esquadrão de Helicópteros de Instrução comemora 59 anos de criação

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

No dia 28 de junho, foi realizada a cerimônia militar alusiva aos 59 anos do 1° Esquadrão de Helicópteros de Instrução (EsqdHI-1).

A celebração foi presidida pelo Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante José Vicente de Alvarenga Filho.

Na Ordem do Dia, o Capitão de Fragata (FN) Irvaldo Santos de Oliveira, Comandante do Esquadrão, externou seu agradecimento a todos os “Garças” de outrora e de sempre, por terem contribuído, sobremaneira, para o desenvolvimento da Instrução Prática de Voo da Marinha do Brasil.

Com a marca de mais de 200 mil horas de voo, a maioria destas dedicadas a Instrução de Voo, o “Ninho das Garças” segue firme e empenhado na sua nobre missão de ensinar aos homens o saber dos pássaros.

FONTE: Comando da Força Aeronaval

- Advertisement -

21 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tallguiese

O velho e bom Bell jet ranger 206B. Até quando vai? Igual aos T-25 na AFA. Até quando aguenta?

Sergio Cintra

Alguém tem conhecimento como anda ( seria mais apropriado como voa ) o Jet Ranger que a Marinha motorizou com a turbina do Esquilo ? Saiu a noticia e mais nada posteriormente.

Adriano Madureira

Qual helicóptero irá suceder os Bell?

Grozelha Vitaminada Milani

Que venham o Leonardo TH-73A, com base na variante IFR do comercial AW119Kx, que foi selecionado pela PRF.

Chega de licitações dirigidas, sem pão de queijo e queijo branco da Apertaparafusosbrás e seus Lobbys Esquilos.

Precisamos do melhor. E o melhor para a Marinha do Brasil.

Dilbert_SC

Na minha opinião, as três forças (EB, MB e FAB) deveriam unificar a instrução básica de helicópteros e um único local para todos os futuros pilotos.
E utilizar uma aeronave com horas de voo mais barata, como o Schweizer S300, por exemplo.

Depois, cada uma das forças trata de suas particularidades de treinamento com instruções específicas.

Jefferson Henrique

Caro Dilbert_SC. Tá aí algo que eu sempre venho falando a anos. Unificação na escola de formação de asas rotativas e acompanhando a evolução tecnológica e humana, igual os T-27 da AFA sendo modernizados, fazendo com que o Aluno do 4º ano já tenha contato com o conceito Glass Cockpit, eu diria que a (quem sabe futura) “Escola Conjunta de Asas Rotativas” deveria operar o H-135, helicópteros estes recentemente adquiridos pela MB e comprovadamente a nível mundial um excelente vetor. Padronizar instrução e logística, desburocratizar, centralizar e otimizar recursos, tá aí algo que falta para o Brasil em todas as… Read more »

Adriano Madureira

Sou a favor da aquisição de aeronaves da Helibras como o H-135 ou o H-130 para instrução.
comment image
comment image

Apesar que há outras possibilidade no mercado, há uma aeronave de uma empresa suiça(Kopter), recentemente adquirida pela Leonardo e que foi renomeado como Kopter AW-09,que tem o preço unitário de USD $3,500,000 dólares,mais em conta do que os airbus.
comment image
comment image

https://koptergroup.com/wp-content/uploads/2021/04/MNT-21-0027%20AW09%20brochure%20WEB.pdf

Bille

Buenas. Se houver vontade política e empenho dos comandantes (em todos os níveis), é possível. Mas enquanto a “média canalha” pensar no seu umbigo, vai demorar. Enquanto o cara que vai tocar a coisa pensar na sua estrela, haverá entropia. Outra coisa: Se ou Quando isso for pra frente (e eu particularmente torço para que vá), as autoridades tenham CORAGEM de delegar a decisão pro líder do projeto e deixem o líder do projeto tomar as decisões, com erros e acertos. Se tudo tiver que ser decidido pelos caciques nunca vai andar pra frente. Deleguem, a responsabilidade e os louros.… Read more »

Santos BR

Outro dia fiz essa mesma colocação visando a redução de custos. Muitos acharam que cada força tens as suas necessidades especificas. Continuo achando que a formação básica é a mesma. Poderiamos fazer um ” Brainstorm ” , uma escola básica para as FFAA’s e Policias Militares Estaduais. Já saiu noticia de que o Reino Unido está unificando suas escolas de asas rotativas.

Recruta

Esses helicópteros deveriam ser substituídos pelos Helibras Esquilo monoturbina, padronizando a instrução nas três Forças Armadas.

Adriano Madureira

sou favorável a padronização…

Last edited 2 meses atrás by Adriano Madureira
Bille

Mesmo eu não concordando, se eu tivesse que apostar é o que vai dar… tem tanta coisa melhor no mercado – O Grozelha Vitaminada Milani falou do TH-73, deveríamos nas FA ir para aquele que é a melhor opção pensando em várias coisas, mas no fim a apertaparafusosemnoçãobrás deve levar… é triste.

Adriano Madureira

Qual a vantagem e os benefícios de comprar o helicoptero TH-73( AW-119 Koala ) da Leonardo ao invés da Helibrás?

comment image

comment image?ssl=1

Grozelha Vitaminada Milani

Tudo vai depender do custo – benefícios. E uma avaliação das aeronaves em um processo justo e transparente julgado pela Força(s) Armada(s) que irá operar e dar instrução. E não a resultante de lobbys e favores. Alguém mencionou o H-135 da Airbus, mas esse helicópteros não são para instrução. Acompanhei os Bell 47G Amarelinhos na Base Aérea de Santos, e também o passo seguinte os Bell H-1H Sapão. A base tinha 2 que depois foram transferidos para Campo Grande e ou Manaus e chegaram os Esquilos. Se é treinamento básico poderia como mencionado Schweizer S300 (a PM de SP tem… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Grozelha Vitaminada Milani
Rafael g. de oliveira

É uma boa lista….eu só trocaria os R22 pelos R44 Cadet

https://www.airway.com.br/robinson-lanca-helicoptero-de-treinamento/

Adriano Madureira

Pelo histórico desses Robinson,eu não compraria…

Bille

Basicamente: Monomotor homologado IFR (capacidade de certificar os pilotos com um custo muito menor – já chegam preparados para as aeronaves de grande porte, só fazendo a transição) Custo de aquisição da mesma categoria de preços; Capacidade da cabine de passageiros (possibilidade de desenvolver mais tipos de treinamentos sem ter que mudar a configuração da aeronave ou desmontar assento de piloto) Dimensões semelhantes aos operados hoje; Operado pelo USNAVY (o que garante um fluxo alto de suprimentos via FMS) Todas as certificações FAA para as operações desempenhadas hoje, inclusive com armamento; Muito mais barato que o H135 para voar e… Read more »

Yuri Dogkove

Cadê os heli de ataque? Vão utilizar champagne, lagosta e caviar como armamento?

Flanker

Acho que a melhor opção é o H125, versão atual do Esquilo. Para treinamento e funções logísticas de pessoal e pequenas cargas é ótimo. A MB e a FAB precisarão, em breve, substituir os Jet Ranger e Esquilo que hoje operam na função de treinamento. O EB está acabando o processo de modernização dos seus Esquilo, com glass cockpit e outras melhorias, portanto, precisará substituí-los em um futuro pouco mais distante. E a MB ainda precisa substituir os Esquilo H-12 do HU-1 e dos esquadrões distritais, aeronaves que operam na MB há mais de 40 anos.

Luiz Trindade

O helicóptero que teria que suceder o Bell Jet Ranger 206 teria de ser um que já viesse com um simulador já embutido na compra. Qual?!? Ae que são elas…

Sagaz

“comemora 59 anos de criação”. Translado de “autoridades”, buffet padrão diamante, estadias, brindes, … Dava para comprar mais um helicóptero com a “comemoração”!?

- Publicidade -

Últimas Notícias

Grécia assina MoU com o Naval Group e MBDA abrindo negociações para o fornecimento de fragatas FDI HN

Em 28 de setembro, Nikólaos Panayotópoulos, o Ministro da Defesa grego, Pierre Eric Pommellet, CEO do Naval Group, e...
- Advertisement -