terça-feira, setembro 28, 2021

Saab Naval

FOTOS: As variantes navais do helicóptero chinês Z-20

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Aos poucos mais fotos das variantes navais do helicóptero chinês Z-20, derivado do S-70 dos EUA, vão sendo divulgadas.

O Z-20 de porte médio é desenvolvido pelo Harbin Aircraft Industry Group, uma subsidiária da Aviation Industry Corp da China. Seu primeiro voo foi em 2013, e o helicóptero já está operacional na Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF).

Como seu análogo americano, o Z-20 tem um peso máximo de decolagem na faixa de 10 toneladas e poderá ser empregado para missões antissubmarino, antinavio e de alerta antecipado, bem como para esforços de busca e salvamento e transporte.

A foto de abertura mostra a variante multimissão Z-20S, que pode ser empregada contra alvos de superfície como mostra a foto abaixo.

A Marinha do Exército Popular de Libertação da China (PLA Navy) vem testando mockups  do Z-20 no convés de voo dos destróieres de mísseis guiados Type 055.

Uma outra variante Z-20F com um grande radar no queixo (nas fotos abaixo) é a dedicada às missões ASW – Antissubmarino.

- Advertisement -

52 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo LD

Sea Hawk paraguaio.

Yuri Dogkove

Ele voa, então não é paraguaio! Entende?

angelo bigalli

Ctrl C ctrl V……e a vida segue…

Afonso

Como se fosse simples copiar hahahaha Mérito dos Chineses.

Nilton L Junior

O choro dos vira-latas é livre, segue o barco ops segue o vôo

Yuri Dogkove

Falta Ctrl C Ctrl V para as FA Brasileiras! Infelizmente o que temos é o Crtl F4! kkkkk

Last edited 2 meses atrás by Yuri Dogkove
Pedro

Estamos mais para Ctrl + Shift + del.

Adriano Madureira

nós somos éticos, jamais faríamos uma cafajestada dessas e copiar dos outros…

Afonso

A questão não é copiar o design de um produto em si, como a China faz descaradamente, de carro à helicóptero. E sim fazer engenharia reversa, aprender com cada material estrangeiro que compramos, para conseguir criar projetos próprios, com o aprendizado. Opino que somos burros em não “copiar”.

Cadillac

E essa “ética” toda nos levou até onde? A nada. Até os americanos e os russos copiaram, e copiaram para caramba de outros países e entre eles mesmos

Farias

Pois é. Ao copiar, a China está obtendo know-how para eventualmente começar a inovar, como já vem fazendo em alguns setores. Aos que não copiam, resta ficar à mercê de ter que comprar produtos estrangeiros, muitas vezes sujeitos a modificações que limitem suas capacidades. Não tem glória nem ética nisso.

Last edited 2 meses atrás by Farias
Heinz Guderian

Ficou idêntico!

Filipe

Parece que o Ocidente já deu todas as suas armas a China, França + EUA + Alemanha deram tudo o que a China precisa, agora é uma questão de tempo para verem os seus projetos serem materializados pela industria chinesa.

Pedro

Nós também! Lembra da Embraer e seu homônimo chinês?

Leandro Costa

Xing Hawk. Pelo menos essa cópia ficou boa.

Marcelo Bardo

Achei bacana também.

Teropode

Os xings ao contrário dos fanboysxings , não são nada abestados , sabem de qual fonte bebem , procuram oque há de melhor , restando a quem é vítima dos roubos se cuidar mais e passar a aplicar o mesmo modus operanti , chorar não resolve nada .

Antoniokings

E vai custar a metade do preço.
Mais um mercado que os EUA vão perdendo.

Flanker

Qual mercado? Pra quem essa traquitana já foi vendida? Isso aí, pra ser semelhante em qualidade e desempenho à um SeaHawk, vai ter que melhorar muito. E quais seriam os potenciais compradores? Ora, por favor…..

Leandro Costa

Os de sempre. Quem já tem Sea Hawk fica com Sea Hawk salvo pouquíssimas exceções. Os Chinas vão vender esse aí para aqueles que os EUA já não venderiam o Sea Hawk ou que já não o comprariam. No final das contas fica elas por elas.

Fora que tem sempre a possibilidade de os EUA resolverem dar baixa em uma parte dos Sea Hawks mais antigos e vendê-los por uma ninharia para aqueles que não tem grana para comprar zero bala.

Flanker

É Isso aí. Portanto, o mercado pra essa traquitana não é grande coisa.

Waldeir

Os hermanos , apenas se for por doação kkkkkkkkk
Saludo del Argentina

Antoniokings

China já é o terceiro maior exportador mundial de armamentosPrincipal cliente do país é o Paquistão. EUA e Rússia monopolizam 58% do comércio global

https://brasil.elpais.com/brasil/2015/03/16/internacional/1426528783_134141.html

Como eu venho afirmando, a China está avançando no mercado.
O Paquistão, por exemplo, era grande cliente americano.
Não é mais.
E estamos falando de um país com mais de 200 milhões de hab.
Não é Romênia, Bulgária ou Israel.

Flanker

Blábláblá……só vai comprar essa traquitana aí, quem não tiver grana para comprar o verdadeiro.

Marcos Cooper

Sea Lawk.

leandro

o xing hawk entrando em operação na china e o sea hawk saindo de linha nos EUA pra entrada das próximas gerações..

(para os mais literais, óbvio que isso vai levar algum tempo ainda)

Leandro Costa

Não sabia que o Sea Hawk estava saindo de linha. Os substitutos (imagino que sejam aqueles protótipos de configuração estranha) ainda devem mesmo levar um bom tempo para entrarem no jogo.

Teropode

A China já prepara cópia daqueles protótipos de ” configuração estranha ” , como eu disse ; sabem oque é bom , ao contrário dos fanboysxings …

Leandro Costa

Às vezes parece que a inovação Chinesa está diretamente ligada à inovação Americana. Parece que toda vez que os americanos inventam alguma coisa ou que estão trabalhando em alguma coisa, os Chineses procuram imediatamente fazer a mesma coisa. De certa forma é natural. Uma competição, mas ao mesmo tempo é impossível se perguntar se eles não conseguem ter alguns pensamentos originais também. Acho que esse questionamento também é natural e é óbvio que os Chineses tem sua própria linha de desenvolvimento. Também é bom notar que os Chineses operaram alguns Black Hawks, fabricaram diversos equipamentos ocidentais sob licensa, e isso… Read more »

leandro

isso se chama espionagem…. a China quer se tornar uma potência Hegemônica, e precisa atualizar suas forças armadas para isso… vemos que há anos a China vem apresentando novas armas em seu arsenal… até recentemente a CIA/FBI alertou o governo americano que a questão de espionagem Chinesa nunca esteve tão intensa… não é a toa que muitas armas Chinesas tem equivalentes americanos tanto na questão pratica como até na estética.

Muitas coisas levam tempo para desenvolver… principalmente na questão de inovação… a forma mais rápida para chegar é pular algumas etapas com a espionagem industrial e tecnológica.

Last edited 2 meses atrás by leandro
MARCELO R

E a US NAVY , toda copiada…..kkkkkkk…
Só resta saber se esses Ching Lings…. funcionam ou SOLTAM as pecinhas também como tudo que eles fazem lá…..

Emmanuel

Ling Ling: Joãozinho, posso copiar seu trabalho?
Joãozinho: Pode, mas não faz igual.

Antoniokings

Ling Ling: Vou vender pela metade do preço do seu.
Joãozinho: Pô! Assim não pode. Não sabe brincar, não desce pro play.

Flanker

Vender pra quem? E quem quer um helicóptero naval de verdade, compra o original, não essa cópia tipo 25 de março….

Palpiteiro

Interessante essa cultura. Quando o Brasil desenvolve algo, ninguém pergunta “vender para quem?”, embora a maior necessidade de viabilidade seja exportar, dada a baixa capacidade de se comprar um número significativo de unidades. O passo que no caso deles, a demanda interna já consegue absorver um numero significativo de unidades que viabilizem o projeto e a exportação pode ser uma questão de oportunidade comercial. Do mais, eles tem um planejamento de longo prazo, onde o objetivo certamente é o de dominar o mercado em 50 anos. Aí eles trabalham, os 50 anos passam, e atingem o objetivo.

Leandro Costa

Acho que em 50 anos não deveremos mais ter helicópteros como os conhecemos hoje. Acho que a motivação por trás da produção do Z-20 é mais a de uma necessidade imediata dos Chineses em ter algo que possam fabricar em série e de projeto já conhecido, testado e considerado robusto e de maior capacidade do que os Dauphin produzidos sob licença.

Flanker

Ia escrever minha resposta, mas o Leandro já te respondeu bem.

PUHUMTNS

Na época da guerra fria a rivalidade era entre Estados Unidos e antiga União Soviética. Hoje em dia e com a China, mais sempre com um lado comunista(apesar desse país estar mais parecendo capitalista) e agora tentam se superar um ao outro.

Zorann

Apesar de externamente muito semelhante, isso aí não deve ter 1 parafuso sequer, igual ao Sea Hawk .

Pedro EsiE

As vezes, é bom copiar um projeto bom e funcional do que gastar rios de dinheiro em algo inovador e não tão bom.

Adriano Madureira

No mundo militar, as patentes de um projeto tem prazo definido para serem copiados sem os perigos de um crime de infração de propriedade intelectual?

por exemplo, aqui no Brasil, a reprodução de um carro é permitida após tal modelo ter sido descontinuado há 30 anos, não sei dizer no exterior.

Há alguma norma sobre patentes militares? pergunto mais no quesito design/ aparência do que no de tecnologia embarcada…

curioso1960

Então em 2024, posso fazer um fusca com carroceria em fibra de vidro?

Tomcat4,2

Queria ver o painel de instrumentos desta máquina pois ficou idêntico viu. A foto do bicho com misseis tipo HellFire ficou 10 !!! Parabéns aos chineses !!!

Flanker

Esse helicóptero tem rotor principal de 5 pás. O Seahawk tem 4 pás.

Afonso

Cara, uma bela observação. Não tinha reparado, interessante a solução dos chineses, em aumentar o número de pás. Qual será o ganho? Deve ascender alguma curiosidade nos operadores do Seahawk.

Flanker

Que eu saiba, o número de pás é proporcional â sustentação. Assim, salvo engano, um motor menos potente pode ter uma melhor sustentação com um maior número de pás no rotor. Tb tem ligação com a vibração durante o voo.

curioso1960

Acho que você matou a charada. Essa cópia do Seahawk deve usar motor Russo, ou Ucraniano da empresa Motor Sich. Com certeza com potencia muito abaixo do General Eletric T700-GE-401C, por isso essa pá extra no rotor.

Last edited 2 meses atrás by curioso1960
Afonso

Obrigado pela explicação Flanker, realmente uma ótima observação sua. E complementando o colega Curioso, considerando o motor de fabricação Russa/Ucraniana, faz total sentido.

Davi Soares

Pelo que eu andei lendo em blogs de pesquisadores sobre a área militar chinesa o motor do Z-20 é de fabricação chinesa, não é Ucraniano e nem Russo.

max

Um bando de cegos que não eram estudantes no politécnico em primeiro lugar, certo?
Duas correções para você:
1. quanto mais lâminas você tiver, menor será a vibração e o ruído. Basta dar uma olhada no número de lâminas nos ventiladores CA antigos e no número de lâminas nos ventiladores CC atuais.
O motor turboeixo utilizado é o WZ-10, que é fabricado na China.

Afonso

Eu sou especialista no mercado de e-commerce, preciso ser especialista ou graduado em engenharia para discutir um tema no portal, ou basta ser entusiasta? É cada perfilzinho pequeno por aqui…

max

O motor turboeixo-10 começou o pré-desenvolvimento em 2002, foi formalmente lançado em 2008, passou a testar protótipos em 2011 e fez seu primeiro vôo com sucesso em 2012.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Grécia assina MoU com o Naval Group e MBDA abrindo negociações para o fornecimento de fragatas FDI HN

Em 28 de setembro, Nikólaos Panayotópoulos, o Ministro da Defesa grego, Pierre Eric Pommellet, CEO do Naval Group, e...
- Advertisement -