terça-feira, setembro 28, 2021

Saab Naval

U.S Navy desdobra pela primeira vez grupo de ataque de porta-aviões com jatos F-35C de quinta geração

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O grupo de ataque do porta-aviões USS Carl Vinson zarpou “em apoio às operações globais de segurança marítima”

Um grupo de ataque de porta-aviões da Marinha dos EUA foi desdobrado na segunda-feira, disse a U.S. Navy em um comunicado à imprensa, revelando que o porta-aviões partiu com os caças de combate mais avançados da Força.

O porta-aviões USS Carl Vinson zarpou de San Diego carregando o primeiro esquadrão de F-35C Lightning II Joint Strike Fighter da Marinha, os “Argonauts” do Strike Fighter Squadron (VFA) 147. O desdobramento é o primeiro para a variante de porta-aviões do caça stealth de 5ª geração.

A Carrier Air Wing 2 do grupo de ataque do Carl Vinson é a primeira ala aérea integrada da Marinha, incluindo os F/A-18 Super Hornets de quarta geração e os F-35C mais novos, a ser desdobrada no exterior.

O comandante da ala aérea, capitão Tommy Locke, disse em um comunicado à imprensa que a mistura de jatos de combate de quarta e quinta geração fornecem “letalidade e capacidade de sobrevivência sem precedentes, garantindo que a equipe da Marinha possa operar e vencer em um campo de batalha disputado agora e no futuro.”

Ao contrário do F-35A da Força Aérea e do F-35B do Corpo de Fuzileiros Navais, o último dos quais é mais adequado para operar em navios de assalto anfíbio, a variante C foi projetada para operar a bordo de porta-aviões da Marinha dos Estados Unidos. Este jato pode transportar mais combustível e foi construído para lançamentos de catapultas e pousos enganchados.

O F-35C alcançou capacidade operacional inicial (IOC) em fevereiro de 2019, quando o comandante das Forças Aéreas Navais anunciou que “o F-35C está pronto para as operações, pronto para o combate e pronto para vencer”, chamando a aeronave de um “sistema de armas incrível” que “aumenta significativamente a capacidade da força combinada.”

No ano passado, o USS Carl Vinson encerrou um período de manutenção de 17 meses, durante os quais o porta-aviões foi adaptado para dar suporte ao F-35C.

Não apenas o desdobramento do Vinson marca a primeira vez que um grupo de ataque de porta-aviões partiu para uma missão com o F-35C, mas também é a primeira vez que um foi desdobrado com o novo Osprey CMV-22B, uma aeronave tiltrotor que substituiu o C-2A Greyhound como ativo logístico de longo alcance e médio porte.

A Marinha não disse exatamente para onde o grupo de ataque do porta-aviões Carl Vinson será desdobrado, afirmando apenas que a missão é “em apoio às operações de segurança marítima global” e que começaria com a participação no Large Scale Exercise 2021.

O capitão P. Scott Miller, o oficial comandante do Vinson, disse em um comunicado sobre a missão que “nenhum outro sistema de armas tem a capacidade de resposta, autonomia, poder multidimensional, consciência do espaço de batalha inerente ou capacidades de comando e controle de um porta-aviões com propulsão nuclear e sua ala embarcada.”

O grupo de ataque do porta-aviões consiste em mais de 7.000 marinheiros, nove esquadrões de aeronaves, um cruzador e meia dúzia de destróieres.

FONTE: Business Insider / FOTOS: U.S. Navy

- Advertisement -

48 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
48 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Dalton

Três dos “destroyers” não retornarão aos EUA, permanecendo baseados no Japão como parte de uma renovação das unidades baseadas lá.

Joli Le Chat

Gosta de porta-aviões? Fala ou entende francês?

C’est pas Sorcier, um programa da France 3 sobre divulgação científica, tratou do tema porta-aviões. Catapultas, escoltas, submarino, grupo aeronaval, estabilizadores do porta-aviões, Super Étendard, Crusader, Alizé… Na época, a França estava operando o Foch, e o programa é excelente!

https://youtu.be/cis13j2hj4A

Teropode

Imaginem o custo de um monstro destes , com seu grupo aéreo formado principalmente pelos F35C , certamente farão uma visita ao Egito , depois a Índia , Indonésia , Malásia , Filipinas e Japão .

Dalton

Sendo um NAe da Frota do Pacífico não há porque subir o Mar Vermelho para “visitar” o Egito e mesmo os NAes da Frota do Atlântico não costumam visitar Alexandria até por conta de normalmente fazerem paradas antes de atravessar o Canal de Suez na ida e volta. . As últimas 2 missões do “Carl Vinson” o levaram apenas ao Pacífico Ocidental e com o USS Ronald Reagan baseado no Japão que encontra-se no momento em uma incomum missão no Índico a princípio o “Carl Vinson” cobrirá a ausência daquele no Pacífico e há mesmo uma possibilidade de encontro com… Read more »

Antoniokings

Adoro quando os americanos gastam fortunas endividando mais o País para esses exercícios inúteis.
É o tipo de notícia que eu gosto.
Depois do ‘elephant walk’, é claro.

Teropode

Quem tem o entreguismo circulando nas veias dificilmente entenderá a importância destas ações e , é bobagem tentar explicar ,vc jamais entenderia , divirta-se !

Paulo Drusnam

Concordo com voce, os baba ovos dos Xing lings estão se mordendo de inveja.

JagdVerband#44

Procure um profissional.
Este distúrbio é grave.

Paulo Drusnam

Dispeitus Gravis, essa é a doença.

Flanker

Eu acho muito engraçada essa tua fixação com os EUA……daria um belo estudo de psiquiatria. Talvez uma regressão….provavelmente elucidaríamos alguns pontos…..algum trauma de infância…..uma ajuda profissional cairia bem……hehehehehehe

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Paulo Drusnam

eheheh, muito boa colocação.

Nonato

Décadas de lavagem cerebral nas escolas…

Hcosta

Sim, os Russos já não fazem exercícios com o seu porta aviões. Deve ser por ser “inútil”.
E fica caro sempre que forem sair e perderem alguns aviões.

Este exercício talvez sirva para demonstrar que afinal o F35 já está operacional ao contrário do que muitos dizem.

rui mendes

Se fosse Chinês ou Russo, era uma máquina de guerra sem igual.
Não nos devemos enganar a nós próprios.

Bruno

Sabe quando a china terá a audácia de fazer a mesma coisa no atlântico, ao largo de Nava York, NUNCA!!! KKKKK.

Mk48

Mais ums vez falando besteira.
.
Vista ao Egito ????? !!@
.
Quando digo que para você é preciso desenhar……
.
Esse Nae é da frota do Oceano Pacífico!
.

Salim

Custo se justifica, guerra fica quintal inimigo. Imagina China/Rússia na Costa americana. Devemos utilizar esta mesma estratégia, na minha opinião, levar guerra , se ocorrer, ao quintal do inimigo.Israel também utiliza esta filosofia.

Luiz Trindade

“O comandante da ala aérea, capitão Tommy Locke, disse em um comunicado à imprensa que a mistura de jatos de combate de quarta e quinta geração fornecem “letalidade e capacidade de sobrevivência sem precedentes, garantindo que a equipe da Marinha possa operar e vencer em um campo de batalha disputado agora e no futuro.”

Só esqueceram de avisa-lo para não passar por dentro de tempestades com raios neh?!?

Teropode

Qual o problema com os raios ?

Victor Filipe

teve uma noticia recente de que 2 F-35 foram atingidos por raios e foram forçados a pousar.

Agora obviamente vão querer ficar sugando essa teta até depois que a vaca morrer.

Teropode

😂 e nois o GPS Gamin 😜

Paulo Drusnam

Outro com a mesma doença do Kings, dispeitus gravis.

Luiz Trindade

E outro com a doença de defender a bandeira… Dos EUA cegamente!

Antoniokings

Esses costumam se aglomerar em sites de diversos tipos.
Pode ser de política, defesa, automóveis, esportes e até de culinária.
Nos últimos anos estiveram bastante ativos.
Agora, baixaram um pouco a bola.
Não por quê.

Antoniokings

Não sei por quê.

Luiz Trindade

Infelizmente idolatria cresce exponencialmente de maneira cega e intolerante!

Antoniokings

Na verdade, eu tenho TOC de ficar observando, sem parar, números que não param de aumentar.

https://usdebtclock.org/

Adoro isso.

Flanker

Ainda?? Não marcou teu médico ainda?? Ficar posterganfo a procura por ajuda vai te levar à uma situação onde não haverá cura…..huehuehuehue

Nostra

Offtopic

Pics of VIKRANT on her way to her first sea trials

E7835VLVkAMqTX5.jpeg
Nostra

2.

E7835zPVoAMCrbh.jpeg
Nostra

3.

E79HI8jXIAArIbM.jpeg
Nostra

4.

AddText_08-04-08.52.19.jpg
Leandro Costa

Very nice! Congrats! 🙂

Nostra

5.

E79HI8jXMAE8hbz.jpeg
Nostra

6.

3e3f0381daf5e6eb4eb918bd4a706142321aebeb3fbc5a3cb694452be5d87a76.jpg
Teropode

Desejo muitos TEJAS e Super Hornets para ele . 💐🙏

Nostra

Ultimately TEDBF

Naval LCA Mk1 will be used as a carrier based trainer

No idea on hornets since tender is in limbo

153994992-10159213523894936-4822543421191680667-o_orig.jpg
Teropode

Sim , um belo caça , espero vê-lo em operação , aliás espero ver o AMCA também …

Antoniokings

Prezado

Os EUA estão ameaçando a Índia com o CAATSA por causa dos S-400 que estão chegando lá nesse ano.
Creio que não compraria F-18 nem que a vaca tossisse.
E olha que eles as acham sagradas.

https://br.sputniknews.com/defesa/2021072917836707-aplicaremos-nossas-leis-eua-podem-tomar-medidas-apos-fornecimento-de-sistemas-s400-a-india/

Teropode

Não creio que serão tão estúpidos em aplicar sanções contra a Índia e menos ainda se a Índia vai se submeter a este devaneio Americano , se fizerem isto vão perder um grande parceiro comercial . Aguardemos pois os EUA costumam tomar decisões estúpidas em relação aos aliados .( O caso turco faz sentido ) .

Adriano Madureira

“Se” os americanos fizerem isso, o mínimo que os indianos deveriam fazer é ameaçar rever suas compras de equipamentos americanos para mostrar firmeza e que não se deixarão pressionar…

Antoniokings

Exatamente.

Teropode

Quais seriam os sistemas que farão a defesa de ponto deste Navio ?

Nostra

For close in defence

1. 4 x 76mm gun
2. 4 x 30mm CIWS

For both point and long range defence

1. 64 LRSAM
(Min .5 km to max 150km)

Pic LRSAM VLS location

20210804_183911.jpg
Teropode

Valeu ! 🙏

Guizmo

Interessante que, desde 2006, não se via um binômio de caças embarcados na USNAVY, quando o F14 Tomcat foi aposentado

Dalton

De certa forma esse “binômio” continuou com a introdução do Super Hornet com duas variantes, E “monoplace”e F “biplace” inicialmente um esquadrão de cada complementando outros dois esquadrões de Hornets e isso levou outros dez anos até que se tivesse todos os 4 esquadrões de caça/ataque voando o Super Hornet.

Pablo Maroka

Venha EUA, venha ser feliz aqui fora!

Oh, say, can you see…

- Publicidade -

Últimas Notícias

Grécia assina MoU com o Naval Group e MBDA abrindo negociações para o fornecimento de fragatas FDI HN

Em 28 de setembro, Nikólaos Panayotópoulos, o Ministro da Defesa grego, Pierre Eric Pommellet, CEO do Naval Group, e...
- Advertisement -