segunda-feira, janeiro 24, 2022

Saab Naval

Navio Doca Multipropósito ‘Bahia’ tem avaria e Operação Dragão é adiada

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Navio Doca Multipropósito (NDM) Bahia da Marinha do Brasil não conseguiu suspender hoje do cais do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) para a quadragésima Operação Dragão.

O motivo do problema não foi ainda revelado, mas fontes dizem que a Operação será adiada por 15 dias até que o navio seja devidamente reparado.

O Navio-Aeródromo Multipropósito Atlântico já tinha suspendido para a operação e teve que retornar ao cais do AMRJ.

Na última quinta-feira (29), o NDM Bahia recebeu 13 viaturas leves e 10 viaturas pesadas para emprego no exercício.

Além do NDM Bahia, a Operação Dragão XL contaria com o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) Atlântico, Fragata Independência, Fragata Liberal, Fragata Constituição, meios do Comando do 1º Distrito Naval, meios do Comando do 2º Distrito Naval e tropas da Força de Fuzileiros da Esquadra.

A Marinha tinha programado realizar a Operação “Dragão XL / Meridiano”, entre os dias 31 de outubro a 12 de novembro, na área marítima compreendida entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

A Operação Dragão visa elevar o aprestamento dos meios navais e aeronavais da Esquadra, bem como incrementar o grau de prontidão de unidades da Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE), através do embarque, o carregamento e o movimento navio-terra das unidades de Fuzileiros Navais, por meio de um “Assalto Anfíbio” em Itaoca (ES), a mais complexa modalidade de uma Operação Anfíbia.

NDM Bahia foi incorporado à MB em 2016

NDM Bahia – G40

O Navio Doca Multipropósito (NDM) Bahia – G40 (ex-Siroco – L9012, classe “Foudre” da Marinha Francesa) foi incorporado à Marinha do Brasil em 10 de março de 2016.

O NDM Bahia é um navio de desembarque anfíbio dotado de doca alagável à popa, além de amplo convés de voo e hangar para a operação de helicópteros médios e outras facilidades que o classificam como multipropósito.

Ele desloca 12.000 toneladas (a plena carga), tem 168 metros de comprimento, 23,5 metros de boca, calado de 5,2m. Sua propulsão é composta de 2 motores diesel SEMT Pielstick 16 PC 2.5 V400 com 20.800 hp, possibilitando ao navio atingir até 21 nós de velocidade máxima e com alcance de 11.000 milhas náuticas a 15 nós.

A classe “Foudre” (de dois navios, cujo líder também foi desativado da Marinha Francesa e comprado pelo Chile) tem acomodações para uma tripulação de aproximadamente 200 pessoas e mais de 450 fuzileiros navais para missões em operações de desembarque anfíbio (em situações emergenciais, pode acomodar mais de 1.500 pessoas).

O hangar e convoo podem acomodar até sete helicópteros médios do porte do Super Puma, com pontos para pouso e decolagem de duas aeronaves no convoo e uma na cobertura junto à popa. A operação normal (com capacidade para apoiar e reabastecer simultaneamente, em operações contínuas) é de até 4 aeronaves.

A doca alagável, com cerca de 13.000 metros quadrados, permite operar diversas combinações de embarcações de desembarque de grande e médio porte. Essas características, somadas a instalações hospitalares com duas salas de cirurgia e 47 leitos, conferem ao navio uma capacidade multipropósito (para variadas operações militares e humanitárias).

 

FOTOS: Poder Naval

- Advertisement -

180 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
180 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Esteves

Vixi.

Peter Nine Nine

É, se isso der merd@ também, vão culpar a França também, como sempre fazem, sempre eles, nunca nós.

Paulo

Se o cenário fosse de missão real, já era!

MARCELO R

Não tem o Matoso Maia para substituir???
Ele já está a alguns anos em reparos…
Não sei se está em condições….
Como outra opção tem o Almirante Saboia… não sei se esse ainda está funcionando…

Aviation

O NDCC encontra-se em manutenção na BNRJ. Acredito que ele foi movimentado para Mocanguê, fim dar espaço no cais para o NDM Bahia no Arsenal. O “Matosão” ainda vai ficar um tempinho em reparo pelo que eu observei, além de passar por CIASA, VSA e etc.

A6MZero

Gastar recursos com o Matoso beira ao ridículo, embarcações chegando aos 60 anos de idade, manter em operação vai se tornar cada vez mais difícil e custoso, mas barato e sensato seria vender o casco para quem queira reciclar o metal…

Com o corte do custos(embarcação parada ainda dá despesa) e o valor da venda sobraria mais recursos em caixa para manter o que é ainda realmente útil.

Fabio

Assim vc acaba com o esquema dos caras, né? Tem q fazer o reparo ($ £ €), depois desativa.

Esteves

Essa é boa. Primeiro conserta. Depois vende.

Wagner

Vc tá com toda razão fizeram com o minas gerais

Roberto Fuzileiro

Perfeito, como é que vai ter o Whisky e as cestas de Natal

Carlos Eduardo Oliveira

Whisky?
Em 31 anos de serviço, bebi mais whisky no paisano do que no serviço ativo.
Cesta de Natal?
Isso acabou faz tempo (nos anos 90).

Henrique

Teste surpresa pra equipe de manutenção kkkkk

Julio

É o famoso Peugeot 207 da Marinha kkk

Adriano Madureira

Quem disse que Peugeot 207 é ruim?! quando o proprietário não faz uma manutenção de qualidade no veículo, é apenas outro carro injustiçado como o marea, que sofreu com negligência dos proprietários e falta de capacitação dos mecânicos. Motorização a frente de seu tempo, muitos mecânicos estavam acostumados a lidar com motores de duas válvulas por cilindro com comando único, e algumas das operações de manutenção, como a troca da corria dentada, demandam ferramentas específicas, além de treinamento.  A grande fama que o carro teve foi fruto de um despreparo do mercado nacional para as manutenções que o carro exigia.… Read more »

TeoB

Cara eu tenho um 207… completo de tudo ano 2009 não tem nem 80 mil km caro de pegar as crianças na creche…
INFELIZMENTE minha mulher gosta do carro, e não vende aquela &*%$ só quem gosta mais que ela desse carro é o mecânico que está sempre sorrindo não sei por que?!
Vai por mim se o Bahia for um 207 pra MB como o 207 é pra mim ( com o perdão do trocadilho) a MB pode dar baixa dele e encomendar um ´´Ford´´ novo que ela da conta de manter.

Glasquis7

O Foudre, que é mais antigo, opera normalmente na ARCh. Aliás já foi exigido emergencialmente quando estava parado para manutenção tendo que voltar pra prestar socorro de urgência com apenas um motor.

O problema não é o navio.

Adriano Madureira

TeoB, eu acho que o bom desempenho de um carro e sua boa qualidade de vida por assim dizer, depende de quanto o dono se dedica a sua manutenção. Tenho um amigo meu que comprou um 208,era só elogio sobre o carro: ” É uma beleza, um carrão show de bola”. Meses depois vi ele sem o carro e perguntei: Cade o carrão? Aí ele disse: “Aquela merda ! está parado lá em casa”… Ele disse que começou a aparecer problemas( normais em todo carro) no peugeot, então eu fiz a pergunta : “Você fez a manutenção corretamente, manutenção preventiva… Read more »

rodrigo

Trabalhei em concessionaria da marca, concordo com vc em alguns pontos…..mas aquele cambio AL4 é um lixo……a marca sabia e insistia , porque tinha muita gente ganhando dinheiro por fora.. A Peugeot não tinha um pensamento no futuro….chegou a ter 5% de participação no mercado ….depois ficou com menos de 1%.
Se eu fosse da Peugeot tornaria o carro mais popular, barateando as peças e dando curso de qualificação para qualquer mecanico….mas os caras infelizmente não pensam assim….

Jefferson Henrique

Já defendi aqui e em outros fóruns. CFN no Brasil é cultura histórica e de imitação. Assalto Anfíbio no próprio território, não iremos invadir ninguém nem a curto, nem a médio e nem a longo prazo.
Na atual conjuntura é desperdício de verba operar meios de desembarque.
Dai a MB opera apenas 1 navio tanque? É mais fácil brincar de jogo de guerra do que pensar em defesa marítima direito.

Marcos

O grande problema em se manter uma força de 15 mil homens no CFN é que o Brasil não planeja, pelo a curto prazo, projetar poder em alguma costa estrangeira, se não me engano essa é a missão do CFN, portanto o MD deveria pensar seriamente em reduzir o efetivo profissional, manter um Nr adequado para a nossa realidade financeira e dotar de meios modernos e um adestramento continuo e eficaz.

Zorann

Isto é necessário mesmo rediscutir. Repensar qual a melhor defesa que podemos ter, de acordo com o que gastamos. Mas isto não vai acontecer.

A gente tem de entender que a carreira nas FFAA é um emprego. Os caras querem é sempre o melhor para a classe. Para manter os empregos e seus benefícios. Então nada vai mudar enquanto o poder de decidir como gastar o orçamento de Defesa estiver nas mãos dos militares.

Aqui é o cachorro que toma conta da linguiça. Sempre vai faltar linguiça.

Henrique

As FFAA brasileiras são uma espécie de programa social para seus membros e familiares, poder de combate é só detalhe. Se fosse o contrário, as prioridades seriam diferentes.

Paulotd

Prioridade tem que ser a Classe a Macaé. Não vamos entrar em guerra com ninguém nem no curto e nem no LP, mas tá cheio de piratas na nossa ZEE chineses, venezuelanos, pescando lagosta e marlim nas nossas águas.

Simplifica o projeto da Macaé, temos a engepron, já mostramos que trocar a motorização mtu militar por motores Caterpillar civis baratearia. Simplifica a eletrônica, não precisa de radar potente, e na proa um 30mm já resolve.

Cada classe Macaé cabe 60 marinheiros, com 25 unidades seriam 1500 embarcados +1500 de reposição. Chega de limpar quartel.

ENEAS RIBEIRO DE AGUIAR

Comentário perfeito amigo, o Brasil é um país em que as corporações de funcionários públicos atuam sempre em benefício e defesa própria, uma praga que vem desde os tempos da colônia.

Leinad

É muito subjetivo chamar servidores públicos de praga. Mesmo com diversos problemas são o serv publ responsáveis pelo SUS, segurança e educação. E a grande maioria é concursado. Não é correto generalizar tal preconceito.

Allan Lemos

Acho que o problema não são os servidores públicos em si, mas o corporativismo e a infindável quantidade de benesses. Muita gente entra no funcionalismo público e quer viver como marajá as custas do erário.

Weverton

Q recalque heim camarada!
Com certeza vc é alguém q tentou fazer prova e nunca teve capacidade d passar.
Segue a vida, segue o jogo…

Marco

Disse tudo,e bem isto corporativismo

Jorge Knoll

Mas, Marinha sem CFN, não é marinha. Fuzileiros navais, é a infantaria da Marinha, que exige mobilidade, preparo, e ser bem equipada. E a nossa é uma das melhores do mundo, necessitando apenas de blindados anfíbios mais modernos e artilharia costeira, também dotada de mísseis terra-mar.

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA

Ou seja, precisa de tudo em termos de equipamentos.

Zorann

“Marinha sem CFN, não é marinha”.

Isso não tem nada a ver. O que precisamos é ter uma tropa anfíbia com a capacidade e preparo que se espera de uma tropa como os Fuzileiros. Mas não precisa necessariamente pertencer à Marinha. Poderia ser uma unidade do EB.

Duvido que estes 20.000 homens do CFN tenham o preparo, o equipamento, a prontidão, que se espera de uma tropa de elite. E não conseguirmos mante-los neste status é o sinal óbvio que 20.000 é gente demais.

Last edited 2 meses atrás by Zorann
Fabio

Ah Senhor!! Que o Brasil tenha mais pessoas com esse pensamento.
Quem dera se nossos almirantes pensassem assim….

A Marinha do jeito que é hoje, tem que acabar. Um grande desperdício de dinheiro público pra sustentar uma estrutura ineficiente.

Tyerry

A cultura do CFN não é de imitação, e infelizmente não é. Se fossemos imitar os FN de outros países teríamos um CFN muito mais bem dotado de meios e não um CFN improvisado (com todos os méritos que tem) resultado de um eterno sufocamento que impede o seu desenvolvimento. Sufocamento esse gerado pela preferencia da MB em priorizar investimentos em elefantes brancos e destinar ao CFN “o que sobrar”. Já imaginou o CFN com uma aviação própria, como em vários países? Os FN chegariam em qualquer parte do território nacional em menos de 24 hs, sem depender da FAB… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Tyerry
MARCELO R

Uma marinha …. que custa aos cofres públicos 27 bilhões de dólares por ano….

Está na hora do TCU fazer uma profunda investigação em tudo isso…

Para onde vai todo esse erario que sai do
nosso bolso …

através dos PESADOS impostos que todos nós pagamos……

Se tudo isso não funciona…. E só para dar

“”SENSACAO”” de que temos um marinha….

Guacamole

Sensação de que temos forças armadas, isso sim.

Flanker

Sem entrar no mérito do resto do seu comentário, mas são 27 bilhões reais (uma montanha de dinheiro, também), não de dólares.

José Carlos David

O TCU é composto de ex-parlamentares derrotados em eleições. É um puxadinho do Congresso, sem poder de decisão. Órgão inútil, cabide de empregos.

Fabio

Deus te ouça….

Jorge Knoll

Só que pouco é investimento, 90% é fplha de pagamento

Rei Antônio

Pronto, os expert de plantão já começaram a discutir o que não tem noção…

Zorann

Vossa Majestade poderia nos esclarecer do que não temos noção, do alto de vossa sapiência. Mostre a nós, pobre plebe que paga altos impostos, o que somente vossa Majestade, de casta superior, sabe.

Last edited 2 meses atrás by Zorann
Wellington R. Soares

Por certo ele sabe a diferença de sabor da lagosta e do camarão, acompanhados com um belo champanhe pago pelos pobres contribuintes que ficam brigando para ver o Navio em funcionamento kkkkk…

pedroctba

Navios franceses……

Teropode

O De gaule não tem dado trabalho , aliás que culpa tem os franceses se seus clientes são péssimos administradores ?

Welington S.

Posso estar enganado, mas, me parece que esse navio é de fácil construção. Esse navio não poderia ser construído aqui no Brasil? Olhando, não me parece ser tão complexo assim sua construção; tenho a sensação também de que não se levaria anos até a construção dele.

Salim

Infelizmente estao matando capacidade industrial de Nossa patria. Ate Napa500 precisa de ajuda externa para acabar construcao. Nossa industria comecou a morrer na decada de 80 quando as forças de defesa deram cheque sem fundos a indústria nacional. Daí pra frente foi so pra baixo. Engesa , bernardini, dfvasconcelos, etc… Hoje iveco, ael, etc… sao filiais de multinacionais. Se não aparecer governo patriota sério , honesto e capaz continuaremos nesta derrocada. Estes 20 anos de incompetência estão custando caro. Se não levarem educação a sério , continuaremos a eleger populistas incompetentes e corruptos. Em vez de auxílio esmola, precisamos de… Read more »

Danielmjr

O maior responsável por quebrar a indústria de defesa nacional é o Governo Federal. E não estou falando de impostos e burocracias que atingem todo tipo de indústria. Estou falando de administração pública, fluxo corrente de aquisição, cumprimento de metas e contratos, etc. Quem é o louco que vai construir uma fábrica de algum material militar/sensível que depende de um número sem fim de grupos de estudo inacabáveis, depois e x anos de desenvolvimento não compram na quantidade desejada, na cadência de produção planejada ou simplesmente dizem que a prioridade é outra e dane-se. Somente estatais conseguem sobreviver a isso,… Read more »

MATROSE

d
Dinheiro haja, senhor barão…

Adriano Madureira

Não temos nem capacidade de reformar ou construir simples navios de patrulha marítima, oque dizer construir um classe Foudre, mesmo sendo um projeto antigo (um projeto dos anos 80…) sob licença…

Cristiano GR

Capacidade temos. E muita. Não há é interesse geral. Aqui é um dos poucos lugares em que quando alguém tem uma idéia boa, em vez de surgir muitos para apoiar, surgem muitos para atrapalhar, prejudicar e criticar.

César Antônio Ferreira

Gostaria de saber a natureza da avaria, o que não foi informado.

pangloss

Pelo jeito, isso está sendo tratado como informação classificada, a merecer 50 anos de sigilo.
Tudo para esconder que as condições de manutenção estão precaríssimas.

Daniel Rideel

O elevador do convés.

Salomon

Se deita muita falação, mas a causa e características do problema, assim como a solução, parecem ser secundárias.

BRUNO CESAR BOTELHO MARTINS

quem tem um, não tem nenhum!

Glasquis7

Muitas marinhas tem apenas um e operam sem problemas.

Quem tem um, tem que ter a manutenção em dia.

Só isso.

Pedro Fullback

Ter um corpo de fuzileiros é muito importante, mas é justificável a MB ter 15 mil fuzileiros navais? Para invadir uma cabeça de praia não é necessário só homens, mas navios de escolta, navios de suprimento, apoio aéreo, navios de desembarque, meios logístico e etc. O padrão de fuzileiros navais para a MB deveria ser a Inglesa, onde o principal objetivo deles não é invadir por longos períodos, e sim, conquistar um objetivo e retornar para os seus navios. O Brasil é um pais rodoviário, temos muitas rodovias para patrulhar, só a PRF tem 10 mil homens e mulheres, o… Read more »

Henrique

Exato. Nos anos 80 o exército francês tinha 300 mil, hoje um pouco mais de 100 mil enquanto o EB tinha 190 mil nos 80 e hoje tem 220 mil!

Last edited 2 meses atrás by Henrique
Antoniokings

Pedro Fullback

Talvez, também, o CFN seja importante para defesa de instalações navais como bases militares.
Por exemplo, a Base de Natal tem um Grupamento de FN ao lado da Base Naval.
Em caso de uma hipotética invasão estrangeira no local, estariam prontamente aptos a revidar o ataque.

Pedro Fullback

Instalações navais só temos uma, que fica no Rio e só. As outras instalações só são instalações simples sem muita importância de equipamentos navais, além do mais, o FN estaria fazendo papel de exército e não de FN. Para você se defender de um ataque, você precisa de apoio aéreo, blindados e logística e não será um grupamento de FN que terá esses meios necessários.

Antoniokings

Mas, um ataque surpresa, vindo do mar, com desembarque de tropas inimigas, talvez não desse tempo de arregimentar o Exército.
Refiro-me a esse caso específico, visto que em locais como Natal, dificilmente teríamos um ataque que não fosse desse tipo.
Vindo do mar.
Estou só conjecturando uma hipótese de utilização de fuzileiros que não seja desembarque em praias inimigas.

Adriano Madureira

Será que estariam? O grupamento é equipado com equipamentos de ponta?

Weverton

Sempre prontos!
Não falem do que não tem conhecimento.
Temos a melhor formação pessoal de toda a América!
Em exercícios combinados com outras marinhas SEMPRE o pessoal brasileiro se destaca.
Antes d falar, pesquise, busque!

Glasquis7

Isso todo país grita aos 4 ventos. “Somos os melhores”
mas, nas competições que medem isso dão normalmente vitória prós Colombianos, os Peruanos e os Hondurenhos.

Não que isso seja sinal de que eles são os melhores mas, falar por falar, eles tem alguns troféus como prova.

Antoniokings

A primeira coisa que vem à mente foi o ataque à Pearl Harbor, com os marujos se virando para revidar o ataque japonês.

Glasquis7

Tenho entendido que Pearl Harbor foi antes dos americanos receberem a declaração de guerra.

Weverton

Quer comparar a Inglaterra c o Brasil em território!?
Estude guerreiro

Danielmjr

A Inglaterra tem tropas que defendem seu interesse no mundo todo, não só dentro do seu território. Fazem mais com menos.

Glasquis7

Proporcionalmente me parece um número adequado para uma Marinha como a do Brasil.

mauricio matos

Aquela velha história quem tem um não tem nenhum

Bardini

O CFN é dividido em várias estruturas. Tem um amontoado de penduricalhos dentro dessa força. O que dá volume ao quadro de pessoal, são os grupamentos e batalhões de operações ribeirinhas espalhados pelo Brasil… . A questão é como sempre, estrutural. Quanto maior for a estrutura espalhada pelo Brasil, maior será a quantidade de pessoal e maior o gasto. Na prática, os “Fuzileiros da Esquadra” não representam uma força muito volumosa. . No meu entendimento, o que pode ser discutido é se essa interiorização da MB não deveria ser repassada ao EB, que passaria então a controlar todas as ações… Read more »

clanf

O editor poderia escrever pelo menos a verdade….o navio encontra-se em manutenção e por questões logísticas (importação, fabricação…tempo) não foi prontificado a tempo. Como ter avaria se já estava em manutenção ??

Teropode

Kkkkkkkkkkkk, sério ? Então por que o Atlântico teve que retornar ao porto ? E não só ele mas os outros também ? Será que não souberam avaliar o tempo da manutenção ? Ou foi um erro de comunicação ? De qualquer jeito isto seria pior do que uma quebra de última hora .

Adriano Madureira

Conhece os sinonimos de avaria Clanf?

Sinônimo de avaria
28 sinônimos de avaria para 3 sentidos da palavra avaria:
Mau funcionamento:
1 enguiçofalhaanomaliadefeitopaneerrodesarranjoparada, empana, zanga.
Exemplo: Meu computador tem uma avaria e não funciona muito bem.
Antônimo: reparação

Estrago ou dano:
2 estragodanoprejuízodesgastedeterioraçãodanificaçãoperdarupturainutilizaçãoesfaceloruína.
Exemplo: O terremoto provocou diversas avarias em minha casa.
Antônimo: conserto

Dano físico:
3 ferimentoferidalesãocontusãogolpepancadatraumatismo.
Exemplo: A queda do terceiro andar provocou diversos danos no seu corpo.

A trilogia não fez nenhum tipo de sensacionalismo ou proferiu alguma inverdade…

Flanker

Então tem um conflito de informações. Se o navio está em manutenção desde antes da dita avaria, por qual razão e motivo, foram embarcadas no mesmo todas as viaturas citadas no texto??

Alexandre

Infelizmente a nossa Marinha está com poucos recursos, é o setor que menos possui recursos, tendo condições somente de manter as embarcações e equipamentos bélicos que já possui. Helicópteros como o Esquilo e o Super Lynx foram modernizados para perdurarem por mais 20 anos em operação. A Marinha luta muito para manter o seu único Porta-Helicópteros em operação, além de lutar incessantemente com seus poucos recursos para modernizar as embarcações que ainda têm condições de ser modernizadas. As Fragatas Niterói já não tem mais condições de passar por uma modernização, pois seu tempo de operação já passou. Todas as Fragatas… Read more »

Pedro Fullback

Quem luta na verdade são os pagadores de impostos! Sim, falarei dos gastos com pessoal da MB! É injustificável ter 80 mil marinheiros e não termos navios para patrulhar o nosso mar! É injustificável termos 82% do orçamento só para pagar salários e pensões. É injustificável que a MB não consegue fazer absolutamente nada de alto nível das suas obrigações… Não consegue patrulhar os nossos rios, patrulhar os nossos mares, defender os interesses do nosso país no exterior e etc. Os recursos não são poucos, apenas mal investido. Kc-2 Turbo Trader mais a modernização dos AF-1 daria para comprar um… Read more »

Alexandre

Concordo. Porém neste quesito eu coloco as duas coisas, os recursos destinados à Marinha infelizmente são poucos mesmo, além é lógico de serem muito mal investidos. Salários e pensões são um absurdo, são muito exagerados, fora os salários e regalias dos políticos em geral. O KC-2 Turbo Trader está na fase final da modernização, em 2022/2023 salvo engano ele será concluído e fará seu primeiro voo estando modernizado. Os caças AF-1 Skyhawk são operados em número muito baixo. A Marinha possui 23 caças AF-1. O plano seria modernizar 12 desses 23 caças, porém infelizmente com os baixos recursos somente 04… Read more »

Pedro Fullback

Sim, mas quais são os objetivos dessas modernizações se não temos porta aviões? Vamos utilizar esses aviões para que? para servirem de Kamikaze ? com um efetivo de 80 mil ninguém pensou que o São Paulo estaria obsoleto e que a sua modernização seria cara e arriscada?

Alexandre

O objetivo é manter a aviação naval em operação e também os nossos pilotos da marinha em treinamento constante. Mesmo sem termos porta-aviões, a Marinha tem bases navais no litoral, então ela utiliza dessas bases para treinar seus pilotos com os três caças AF-1 Skyhawk. Os nossos pilotos não podem ficar apenas em ”simuladores”, logo, é viável que eles treinem com os três caças AF-1 da Marinha, que estão modernizados. Ah sim, nisso eu concordo, a aquisição do Porta-Aviões São Paulo foi a pior de todos os tempos. Foram milhões jogados no lixo. O Brasil não tinha condições naquela época… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Alexandre
Allan Lemos

Operar um caça em terra e operar um em um porta-aviões são coisas muito distintas. Então esse argumento de manter os pilotos treinados não se justifica, porque quando(e se) o Brasil operar um porta-aviões no futuro, toda a doutrina de aviação naval terá que ser reaprendida desde o zero.

Alexandre

Por um lado eu concordo que operar um caça em um porta-aviões é bem diferente do que operar um caça em terra, tanto que terão muitas mudanças caso a gente tenha um porta-aviões no futuro, eu concordo em função da complexidade e da magnitude da aviação naval, porém, eu discordo que toda a aviação naval tenha que ser reaprendida desde o ”zero”, também não é assim tão exageradamente, mas que de fato ela passará por muitas mudanças muito complexas quando o Brasil tiver um porta-aviões no futuro, isso ela passará, até porque estes caças AF-1 Skyhawk modernizados só perdurarão até… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Alexandre
Flanker

A MB não possui Bases Aeronavais….possui apenas 1 Base Aeronaval.

Alexandre

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia. Esta é a base aeronaval oficial da Marinha.

Flanker

Mas, é claro que sim.. ..essa é a base aeronaval da MB. Onde tem outras? Tu falou no comentário anterior em bases aeronavais (no plural)….foi isso que eu corrigi. Entendeu?

Flanker

Quanto aos AF-1: Foram adquiridos 23, mas somente 18 tinham condições de voo. Os outros 5 nunca foram colocados em condições operacionais. A ideia era modernizar 12, mas no final foram apenas 7, pois o N-1011, já modernizado, foi perdido em acidente, sendo escolhida outra célula para modernização, o N-1004, que será o último a ser entregue. O N-1001, após ser recuperado do acidente com o 1011, está operacional. O N-1008 esta opetacionalO N-1013 está sendo tecuperado após acidente ao varar a pista na decolagem. O N-1021 está em vias de ser entregue. Então: N-1001 – operacional N-1004 – será… Read more »

Weverton

Vc sabe é criticar sem embasamento.
Busque estudar camarada.
Saiba primeiro daonde vem o dinheiro e para que é destinado.
Só p vc ter ideia, dinheiro de modernização não pode ser redirecionado para aquisição de meios!
E porque?
Burocracia camarada, então para d devagar sobre o q não sabe e não tem conhecimento!
Pague seus impostos, q é o q lhe cabe!
E deixa q a quem cabe proteger nossos portos e costas, eles estão fazendo com toda dificuldade que sim existe, mas estão fazendo!!!

EduardoSP

Mais um com a atitude típica dos militares.
O Brasil é um lugar engraçado, parece que o pessoal faz concurso para nobre.
“Passei no concurso, agora virei barão.”
E a plebe que se limite a pagar os impostos que os sustentam.
Está faltando é guilhotina por aqui.

Flanker

A MB modernizou seus Super Lynx, mas não modernizou seus UH-12 Esquilo. Os Esquilos modernizados foram os do EB.

Glasquis7

O maior orçamento de todas as marinhas da LATAM e é pouco pra vc?

O problema não é verba, o problema é gestão.

Michel

Quem luta muito é o trabalhador assalariado brasileiro que nada têm, mas, ainda assim, obrigatoriamente sustenta essa instituição.

Hiltberi

Pois é !
Como sempre li aqui :
_ Quem tem um , não tem algum !
🇧🇷

Mk48

E viva os “pagadores de impostos” e suas asneiras !.
.
Eita imposto bom ! Você paga e adquire o direito de falar asneira.
.
Maravilha.

Pedro Fullback

Ou a gente paga para escutar uns que tem privilégios para gozarem na cara dos pagadores de impostos.

kornet

Todos formados em academias militares,da Internete.
O que mais chama a atenção são os ataques às FAs nesse governo. A impressão que dá era que nos outros tínhamos FAs mega aparelhadas e sem nenhum problema,hj veja o desplante falam em diminuir o número de integrantes,para que fuzileiros, para que isso ou aquilo;daqui a pouco vou começar a falar e querer o fim das FAs.
Qual a intenção desses ataques às FAs por parte desses e da mídia podre? A quem interessar ou beneficia?

Ramon

Tudo é culpa da mídia, os alecrins dourados dos nossos militares tem culpa nenhuma da atual situação de sucateamento das nossas forças armadas, só me responde uma coisa porque nossas forças armadas tem uma das maiores verbas do mundo, e está tecnologicamente no Vietnã, porque uma marinha que nem navios está tendo tem 80 mil integrantes assim se configurando uma das maiores no quesito pessoal, não adianta reclamar de da gestão do dinheiro por Brasília se nossas forças armadas são da mesma forma, cuidado para não lesionar o braço na hora de ficar passando pano para as coisas erradas que… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Ramon
Fernando Veiria

O mínimo que eu espero ao pagar meus impostos é o direito de criticar e elogiar onde eles são gastos.

Eu critico muito o gasto dos meus impostos em mordomias de políticos e em viagens de turismo do Chefe de Estado e os gastos exorbitantes no cartão corporativo. Mas isso não é tema desse fórum.

Aqui eu me reservo o direito de criticar e elogiar como os recursos que provém dos meus impostos são gastos na Marinha, e enquanto o Congresso não passar uma lei da mordaça, vou continuar exercendo meu direito.

Burgos

Vc tinha que ter começado a reclamar a 20 anos atrás então !!!👍
Pq só agora que todo mundo quer reclamar ?!
Fica a pergunta🤷‍♂️

Funcionário do EB

Porque agora está uma incompetência completa, dentro da esfera do MinDef até o alto comando das FFAA, algo que não tem precedentes na história brasileira! Uma baderna, uma esculhambação jamais vista nesse país. Isso tudo alimentado por gente como você que vê um comunista embaixo de cada cama… Cuidado quando sair pra trabalhar.

Jefferson

E se a mãe Rússia aproveitar esse vacilo estratégico da MB e invadir rapidamente o Brasil kkkkkkk

Antoniokings

Não creio que a Rússia tenha esse interesse.
O interesse dela, atualmente, está no Oriente Médio e África.
Acabei de ler notícia que o novo Governo do Sudão vai permitir a construção de uma base militar russa no País e comprar mais armamentos russos, mais especificamente o Su-30.

Adriano Madureira

Sudão ?! Aquele Sudão que os eua apoiaram sua criação como país e que tem boas reservas de petróleo?

Fabio

Nem precisa aproveitar um vacilo desse, pq a capacidade da marinha é nula…

Jhonn

Nd Bahia não estava previsto para entrar no PMG esse final de ano?

BK117

Fica aqui a dúvida: como o emprego do navio já estava planejado, não é feita uma verificação de sistemas da embarcação antes da operação? A avaria ocorreu durante o preparo?

Por mais que seja relativamente “normal” que imprevistos aconteçam, dá uma desanimada de ver esse tipo de noticia. Quando se tem poucos meios se cria uma dependência deles. O estado que a marinha está hoje é lastimável. Quatro subs novos (e queira Deus o Nuclear) e quatro fragatas leves não vão resolver. Navios tanques/logísticos? Contramedidas de minagem? Patrulha costeira e oceânica? Navios de desembarque? E aí?

Pedro Fullback

Quem tem essas preocupações somos nós civis. O importante é que dia 01 o PG está na conta!

Marujo.

Olha aí a fragata Constituição saindo para o mar. Pensava que não navegava mais.

Flanker

De cabeça, lembro que ela participou de ao menos 2 missões UNIFIL, além de muitas outras, como a mais recente Aspirantex 2021.

Last edited 2 meses atrás by Flanker
Adriano Madureira

O NDM Bahia é um belo navio, para mim,mais belo que ele só outro francês, o Cruzador- Porta helicópteros Jeanne d’Arc (R97)

comment image

Fabio

Beleza não ganha guerra, né?

Ramon

Realmente não ganha, mas olha o armamento do navio da foto, se bem utilizado o estrago é grande.

carvalho2008

e possui por função tambem ser navio escola…

Flanker

O Jeanne d’Arc não foi retirado de serviço em 2014?

carvalho2008

Foi desativado sim, em 2010

carvalho2008

Mexendo no design do Makassar e retirando a doca molhada, dá para fazer parecido.

carvalho2008

comment image

carvalho2008

Caso necessário, até 8 Lynxcomment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

India-Mike

Pra quem discute a validade do CFN e o tamanho proporcional das forças anfíbias na esquadra vale lembrar que tudo isso foi dimensionado pra combater o inimigo interno e nunca o externo. Como resquício da ditadura o objetivo principal do CFN (assim como do EB) historicamente foi conter rebeliões e grupos revolucionários. Investiu-se em artilharia e negligenciamos os carros de combate pois guerrilheiro pode ter posições pra defender mas não tem tanques. Investiu-se em navios de desembarque para recuperar áreas tomadas por grupos hostis mas negligenciamos defesa AA e guerra de superfície já que guerrilheiro tb não tem aeronave nem… Read more »

Jefferson

Seu comentário é ótimo…desmarcara algo que alguns não gostam de tocar por vergonha ou medo.
Cito outro ponto indesejado na discussão…A MB e a FAB tem efetivos grandes, ambos quase 80 mil cada, para em caso de rebelião do EB (220 mil) terem efetivo para se contrapor.
Qualquer garoto sabe que o Brasil com litoral de 7 mil km precisaria de no máximo umas 7 base navais (conta de padaria mesmo, igual o feito pela marinha), mais algumas bases em rios do interior do país, totalizando no máximo do máximo um efetivo de 35 mil homens.
O resto é bobagem!

Camargoer.

Caro Jefferson. O tamanho do efetivo da MB ou da FAB depende do tamanho da frota que se pretende operar. No caso da MB, estimei que para operar a atual frota (incluindo uma divisão de fuzileiros), a MB poderia ter um efetivo de cerca de 50 mil militares. No caso da FAB, dos 75 mil miltares, 25 mil estão no DECEA operando o sistema integrado de controle e defesa aéreo. Então, deve-se fazer a conta a partir de 50 mil militares, não de 75 mil. Creio que tanto a FAB quanto a MB poderia reduzir (juntas) entre 15 e 25… Read more »

Henrique

Essa é o caminho, mas nunca será aceito voluntariamente. Eu já vi general reclamando do mísero corte que será feito, Imagina cortar metade!

Esteves

Exatamente.

Funcionário do EB

Parabéns pelo comentário. O único ponto fora da curva foi a FEB, não à toa rapidamente desmantelada ao retornar da Itália, tamanho o pânico do aristocrático EB com o kinow-how aprendido com o exercito-cidadão so US ARMY.

Fabio

A verdade é que o Bahia é um grande elefante branco.

Flanker

Não acho. Ele veio em condições muito melhores do que o São Paulo, por exemplo. E é muito mais novo do que o A-12. O Bahia operou muito desde que foi recebido e tem planejamento de entrar em PMG no final desse ano ou começo de 2022.

Ricardo88

Se organizar da para construir uns 6 pelo menos aqui no Brasil, pelas características do modelo não séria difícil

Esteves

Pois é. Esteves que de pouco entende de tudo e de MB ainda passa vergonha…quando entrou aqui perguntou se a Força de Fuzileiros e essas doutrinas de desembarque de tropas projetando poder são ainda necessidades de uma MB sem navios. Lendo e relendo o que mandaram…Esteves Pensativo pensou lá no Governo do T sobre a quase ocupação do Porto de Santos na greve dos caminhoneiros. Vai ver é pra isso. Em uma situação de GLO manda os Fuzileiros. Mas não tem meios para sustentar um desembarque. Nem linhas de abastecimento para manter uma praia ou uma cabeça de ponte ocupada.… Read more »

Daniel Gil

Sério mesmo que vamos deixar reatores nucleares sob responsabilidade de gente com esse nível de excelência?
Na boa, é surreal. Quando vão se dar conta de que não há a menor possibilidade de dar certo?
Naufragar submarino no cais é nota de rodapé no histórico de serviço de quem quer dominar o ciclo atômico.
Vai dar certão!

guilardo

Bem colocado Daniel. Muitos aqui até que entendem de recursos navais. Muitos aqui defendem, como todos nós, ter uma marinha grande e poderosa. Entretanto, muitos aqui não perceberam ainda que tudo o que queremos para nossa Marinha, hoje é absolutamente inexequível. Temos uma congresso com 513 deputados, parece que mais de 80 senadores, centenas ou milhar de assessores ganhando rios de dinheiro, apartamentos funcionais para morar às nossas expensas, gasolina grátis, motoristas idem, verbas de gabinete, passagens aéreas, cerimoniais para festas, enfim, uma parafernália de benesses que nem mesmo país de primeiro mundo mantém. Temos um STF onde 11 ministros… Read more »

Esteves

É só reformar a CF de 1988. Simples.

Desanimado

Sem entrar no mérito, não é simples assim. Muitos dos privilégios estão garantidos na Constituição e são cláusulas pétreas. Portanto não podem ser modificadas ou suprimidas através de emenda. Seria necessária uma nova Assembleia Constituinte, ou seja uma nova Constituição. Mas mesmo naquilo que não depende de emenda ou nova constituição, o mais difícil, senão impossível, é romper com o corporativismo. Isso é muito mais duro que pedra, é mais duro que tungstênio!

Esteves

Reformar a CF é o primeiro passo. O próximo passo é reformar o país.

Como a China fez.

Camargoer.

Olá Esteves. No atual cenário, se chamarem uma nova constituinte será restituída o conto-de-réis como moeda. melhor deixar a CF88.

Camargoer.

Caro Desanimado. As cláusulas pétreas da CF88 estão relacionadas com os direitos e liberdades individuais, não com privilégios obtidos por lei. Qual “privilégio pétreo” você encontra na CF88 que deveria ser suprimido ou revogado por PEC?

Desanimado

Prezado Camargoer, me refiro aos direitos adquiridos. Os privilégios decorrentes de centenas de leis. Não se pode simplesmente, numa canetada, retirar esses privilégios. Por mais absurdos que possam ser ou parecer para alguns. Esses privilégios podem ser retirados da legislação, mas somente aqueles que entrarem na carreira posteriormente à nova lei não poderão deles usufruir. Muitas pessoas pensam que é só mudar a lei e está tudo resolvido. Sabemos que não é assim.

Esteves

Mais um fan do direito adquirido. Como brotam aqui.

Desanimado

Caro Esteves, você me entendeu mal, não se trata de defender. Isto, para o bem ou para o mal, não pode ser retirado. Então vão se passando leis, empilhando “direitos”, quando se vê são muitos e distorcem tudo. Mas aí vem a Constituição e não permite que sejam revogados. Pior que o direito adquirido é o corporativismo, que está por trás de muitas dessas coisas.

Camargoer.

Caro Desanimado. Qualquer direito definido em lei pode ser revogado por lei. As cláusulas pétreas da CF88 são poucas e bem definidas. De resto, nada está assegurado indefinidamente. Ontem mesmo aprovaram em primeiro turno uma mudança na CF88 sobre os pagamentos dos precatórios que jogou por terra o teto dos gastos, as decisões judiciais, contratos e leis.

Adriano Madureira

Guilardo, tem que haver uma reforma de verdade, e não essas mini-reformas eleitoral e política… Tem que acabar com essas grandes bancadas federais, estados como São Paulo( 70 ) , Rio de Janeiro( 46 ) e Minas Gerais( 53 ) com quantidades que para mim já é exageradamente de grande tamanho. Será que 50% desses parlamentares paulistanos, mineiros e fluminenses não são suficientes para representar e defender os interesses de seus estados?! E lembrando que cada um desses senhores(513) tem o direito de ter até 34 assessores parlamentares( no senado, pode-se ter até 50 assessores, mas há quem tenha até… Read more »

Camargoer.

Caro Adriano. A bancada de MG, SP e RJ são grandes na camara dos deputados porque estes estados são os mais populosos. Os deputados representam seus eleitores não os estados. Isso ocorre no Senado, onde cada estado tem 3 Senadores qualquer que seja o tamanho de sua população.

Jorge Cardoso

Exatamente isso! Mudança radical na estrutura político-administrativa do Estado. Sou de Santos e, ao lado, está São Vicente, a primeira sempre! Município pobre em uma região metropolitana rica (porto em Santos, parque fabril em Cubatão, PG com um crescimento absurdo…) que tem 15 vereadores, cada qual com seus dois assessores e salários de R$ 15.000,00 e R$ 8.000,00. Além de benefícios. Pouco, ou nada, fazem. A Baixada Santista inteira (Santos, SV, Cubatão, Guarujá, PG, Bertioga e Mongaguá) conta com mais de 100 vereadores e seus inúmeros asseclas. Além disso, tem o tal de Deputado Estadual. Dois prefeitos da região foram… Read more »

Adriano Madureira

Ponho como exemplo o mapa de meu estado, o RN : Que tem o número de 167 municípios ! Para mim não passam de feudos políticos, onde grupos, oligarquias se aproveitaram da euforia da emancipação política, anseio popular que muitas vezes e não tenho dúvida disso, muitos abraçaram essa causa para suas próprias aspirações políticas. Duvido muito que abnegadamente eles eles tenham lutado por tal reivindicação “pelo povo e para o povo”… Veja o mapa, tem o por que de haver mini-municípios como Riacho de Santana, Major Sales, pilões ou jaçanã? Para mim eles não passam de sugadores de recursos… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Adriano Madureira
Johan

Isto já é garantido ou ainda pode haver “jeitinho” de empurrar o novo pacto federativo? Ótima iniciativa.

Michel

Colega, pensei o mesmo. O perigo é imenso.

Cerberosph

Naval já saiu a causa do acidente do USS Connecticut. Bateu numa montanha subaquática.

Adriano Madureira

É oque dar navegar fora de seus mares…

Henrique

O CFN deveria seguir o modelo do FORFUSCO dos franceses, não o USMC. Isso seria realismo, mas brasileiro só sabe macaquear exemplo errado.

Euller

Poxa…. A Marinha Brasileira só compra sucata…
Nenhum dos navios que deveríam ser estratégicos, funcionou em plena atividade… Todos ficavam mais no estaleiro na manutenc@o que navegando….
Foi o mesmo com o NAEL Minas Gerais e tem sido assim… O São Paulo, e agora esses dois o aeródromo e esse da matéria…

Só sucatas em fim de carreira…
Enquanto isso a Índia fabrica até seus próprios porta aviões…

ROT

Precisamos entre diversos novos equipamentos um navio de desembarque

ROT

Complementando, um navio de desembarque rápido, talvez mais, isso vai depender do tamanho disponível no mercado. Velocidade é algo importante para o desembarque seguro em uma costa.

Esteves

E onde tu vais desembarcar?

Roberto Paim

As carcaças dando problema como sempre.

Yuri Dogkove

Que vergonha meu Zeus!!! Basta rir da Venezuela que passa! kkkkk

Rafael Damasceno

O navio passa o ano todo parado, no dia que vai sair acontece isso😔😢

Cleber

Concordo em partes com a falta de recursos, ainda dentro dos valores recebidos, de pouco conhecimento da minha parte, percebo a MB é muito mau adm pelos seus cmts e perdida, não sabe o que quer e não se encontrou ainda….existe Marinha ai fora com menos recursos e bem mais estruturadas. Querem seguir as doutrinas da Marinha americana, não perceberam ainda que não da p isso. Dai segue, querem navios multipropositos p invadir o que?? não tem nem helic. de ataque para dar suporte, não tem PA com sky jump porque não é a doutrina…fragatas cansadas e o pior, os… Read more »

FERNANDO

Começou a choradeira!
risos, risos, risos.
A verdade é que três, tem um, que tem dois, pode ter um ou não, e quem tem um apenas, não tem nenhum.
Lógica simplex.

FERNANDO

Quando eu comentava que a MB deveria ter no mínimo uns 5 navios multipropósito, fui atacado aqui.

carvalho2008

caberiam facil uns 07 Makassar….(uns 2 a 3 de esquadra e uns 5 a 7 como NapaOc)….não é nem grande demais nem pequeno demais…dá para varias missões de versão e principalmente assim distribuido, jamais ficar na mão…

carvalho2008

comment image

carvalho2008

comment image

carvalho2008