quarta-feira, maio 25, 2022

Saab Naval

Porta-aviões chinês Liaoning retorna ao Mar da China depois de 10 dias de manobras no Pacífico

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O porta-aviões Liaoning da Marinha chinesa e quatro outros navios de guerra do país passaram pelas águas entre a ilha principal da Prefeitura de Okinawa e a ilha de Miyakojima, por volta da meia-noite de sexta-feira (24/12), disse o Ministério da Defesa do Japão.

As cinco embarcações navegaram para o norte, do Oceano Pacífico ao Mar da China Oriental, segundo o ministério. Acredita-se que eles estavam voltando para a China depois de encerrar uma série de exercícios.

A frota liderada por Liaoning navegou para o sul nas águas entre a ilha principal de Okinawa e Miyakojima em 16 de dezembro.

Durante dois dias a partir de 19 de dezembro, caças e um helicóptero praticaram repetidamente pousos e decolagens do Liaoning em alto mar perto das ilhas Okinawa de Kitadaitojima e Okidaitojima. Navios japoneses, incluindo o destróier Izumo da Força Marítima de Autodefesa (JMSDF), foram enviados em uma missão de vigilância.

Esta foi a primeira vez desde abril que o Liaoning navegou indo e voltando pelas águas entre a ilha principal de Okinawa e Miyakojima.

O ministério japonês está em alerta máximo porque acredita-se que a China esteja tentando reforçar as capacidades operacionais de seus militares.

Vídeo do Liaoning em operações em outubro de 2021

FONTE: The Japan Times / FOTOS: JMSDF

- Advertisement -

58 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
58 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco

10 dias? Para um PA?
Será que soltou pecinha???

Cristiano de Aquino Campos

Acho mais provável que a China queira ele mais perto de casa por algum motivo que ainda não sabemos. Será que esperam alguma coisa do Urso para agir tambem?

Matheus S

Vocês conseguem criar uma teoria que não faz sentido nenhum. Não tem nada a ver. Se trata de logística no mar. Um PA convencional demanda muita logística de navios de reabastecimento, ficar mais de duas semanas no mar só poderia ser solucionado com um número maior de reabastecedores ou contar com bases navais em outros territórios para o reabastecimento/remuniciamento, o PLAN ainda não tem nenhum dos dois. O Type 901A é um grande avanço do PLAN na parte logística e de reabastecimento no mar, mas isso significa que o Liaoning e o Shandong só pode ficar até duas semanas sem… Read more »

Esteves

Essa mania do Bosco…

Esteves

Matheus,

O Último Dragão começa com pastelão. Tipo novela turca. Então…vamos ver no início de 2022. Tá na lista…ainda.

Obrigado. 2022 com bastante prosperidade pra você.

Matheus S

kkkkkk

É série mexicana, eles colocam muito conteúdo que não necessitaria com objetivo de aumentar o rendimento da série. O bom é que são apenas duas temporadas, só que de +30 episódios cada com duração de 40 minutos.

Relaxa. É bom. Vai se desenvolvendo. Assiste ai. Foca no Miguel e em como ele age nas situações. Inclusive, eu estou para rever a série, mas no momento, estou aguardando o lançamento da 4ª temporada de Cobra Kai, vai lançar dia 31/12.

Tenha um ótimo Feliz Ano Novo, Esteves. Felicidades pra vc. Prosperidade, saúde e alegria. Não abuse.

Reinaldo Deprera

As novelas turcas são ótimas

Fernando

Esse pessoal acredita que só eles sabem sobre a autonomia destes PA. A china não é boba e tem conhecimento e expertise suficiente para saber sobre como e pra que utilizar seus PAs. Com certeza não se trata da questão de enviar esse PA para dar a volta ao mundo como os EUA e RU fazem. Aliás, acredito que nunca foi essa ideia quando construíram esses PAs convencionais. Até pq a guerra do futuro não vai ser travada enviando PAs no quintal de casa do inimigo. Com tantas novas armas modernas, mísseis hipersônicos, submarinos cada vez mais difíceis de detectar,… Read more »

Matheus S

O Liaoning é um navio escola para toda tripulação embarcada, desde marinheiros até pilotos embarcados. Se ele eventualmente for mandado para longe do Pacífico, seria apenas uma rara exceção. É credível que no momento que o design de PA final que os chineses procuram tiver sido alcançado, o Liaoning será vendido ou colocado na reserva, porque o 003 será o navio escola para todas as novas tripulações, porque conta com o EMALS e outros sistemas modernos que seriam prontamente instalados nos navios subsequentes, incluindo os PA nucleares, CVNs. Ao contrário do Liaoning, o 003 tem plenamente capacidade de operar além… Read more »

Thiago A.

Claro, ninguém mais vai precisar navegar os mares, transportar meios, impor o domínio e a supremacia aérea …será tudo resolvido com os mísseis hipersonicos.

Aliás para que serve a aviação se existem os mísseis ?

Cristiano de Aquino Campos

Isso só procede se o navio exceder a sua capacidade autônoma de operações. Se o PA tem autonomia de navegar 15.000km e ficar 15/30 dias em auto mar e reabastecimento todas as suas aeronaves 2/4 vezes, ele só vai precisar de apoio extra de exigir mais do quê isso em sua missão. Só para dar uma volta e treinar, duvido que tenham exedido.

Cristiano de Aquino Campos

Agora e claro, sempre se opera com margem de segurança. Se pode fivar 15 dias em alto mar e reabastecer 5 vezes os caças, se não tiver apoio fora da base, volta com 10 dias de mar e reabastecido 4 vezes os caça.

Esteves

O Urso tá latindo… ops, urrando.

Paulo

Provavelmente pela qualidade Xing Ling.

carcara_br

cumpriu a missão

Antoniokings

E só material “zero bala’.
Tá dia segurar o Dragão chinês.

Yuri Dogkove

Apareceu, Bosco? Achei que estava de luto… RIP Braddock!

Teropode

O cara não possui estas frescuras , não o confunda com vc BBC !

Bosco

Não entendi? Eu estava sumido, é? Acho que é você que não anda aparecendo. Eu tô comentando tanto na Trilogia que se entrar na vara do trabalho eu temo pelo Galante. rssss (Brincadeira Galante! Você merece… apesar de ter “invermeiado”) Na verdade eu “converso” tanto que minha boca tinha que ter um CPF à parte. rssss Diz o ditado que quem conversa muito dá bom dia a cavalo. Esse ano eu já dei bom dia, boa tarde e boa noite a uma tropa toda. Já fui insultado, escrachado, caluniado… Mas faz parte. Tenho que conviver com essa bocarra que eu… Read more »

AZOR DE TOLEDO BARROS FILHO

Se inveja matasse ?

Adriano Madureira

Se for por isso nosso poderoso A-12 era o Rei dos mares ! Óbvio que dez dias é um tempo bastante diminuto para uma NAe, e é sabido que o nosso A-12 apesar de bichado por um bom tempo, participou de missões(exercícios) importantes, como TROPICALEX e ESQUADREX. Mas sempre missões perto do Brasil, nunca se aventurou nas águas norte-americanas ou européias para algum exercício com nações amigas, certamente devido a falta de confiabilidade do navio. Se soltou pecinha, não sabemos, é uma possibilidade, mas se soltou, ao menos não deve ter matado três tripulantes e ferido outros sete. O Liaoning… Read more »

Subedei

Acho que é pra treinar e criar uma doutrina para operações,orientais pena.diferente de nós ocidentais.
Eles aprendem a fazer,depois copiam o que há de melhor e depois superam,o futuro está na Ásia,acho que o ciclo o ocidental acabou,os E.U.A,erraram muito,guerras desnecessárias,dívida pública estratosférica.
O que segura ainda a economia americana é o fato do dólar ser a moeda de referência mundial.

WSilva

As imagens são do Japão mas utilizam caracteres chineses, é isso mesmo produção? rs

O Japão precisa parar de querer ser China.

Machado

O Japão sempre copiou a China. É só pesquisar a história. A civilização japonesa era muito atrasada e evoluiu muito copiando cultura e costumes chineses. A sociedade japonesa foi muito influenciada pela China.

Joli Le Chat

Os caracteres são japoneses, leia com mais atenção.

WSilva

São não, os japa copiam os chineses até na escrita. rs

Alex Barreto Cypriano

Exato, Joli. E assim o é porque são imagens tomadas a partir do Izumo (ou algum outro bote da JSDMF) e liberadas pelo governo do Japão.
Aqui, como o Izumo acompanhou o Liaoning:

AircraftCarriersWesternPacificDec2021.jpg
Jacinto

Do Japão até Taiwan o acesso mais largo ao Oceano Pacífico é justamente o trecho por onde o Liaoning passou. Tem cerca de 220km de largura, medido entre Miyakojima e Kumejima. Não é à toa que o Japão instalou misseis Type 12 nestas ilhas.

Adler Medrado

Enquanto isso, um Strike Group dos EUA ficam meses em manobras.

Matheus S

A USN tem uma grande capacidade logística porque conta com várias bases em diversas áreas geográficas, o requisito de suportar manobras por semanas e meses é menor, mas mesmo um CVN, se for para uma guerra de alta intensidade como está no planejamento contra a China no Pacífico, a carga logística é enorme, mesmo para a USN. Qual é a capacidade de um CVN dos EUA hoje? A Líbia não era realmente operações de alta intensidade. No final da década de 1990, um Nimitz teve um exercício de pico de alta intensidade amplamente divulgado – mais de 1300 armas lançadas… Read more »

Agnelo

E são reabastecidos em bases ou por navios de suprimento?
É um importante fator essa diferença.

Matheus S

Eu vou explicar melhor. Por exemplo, os AOEs podem fornecer simultaneamente combustível, munições e outros suprimentos para um CSG. Os AOEs que formam a base de apoio logístico de um CSG recebe os suprimentos de outros navios de transporte, chamados de navios-estações, portanto, os AOEs atuam como redistribuidores para os navios do CSG, incluindo o CVN. Esses navios-estações estão baseados em bases navais para apoiar logisticamente um grupo de batalha de PA, e podem tanto atuar como abastecedores dos navios de suprimentos de uma frota ou reabastecer diretamente os navios do CSG. Na declaração mais extrema possível, o mito contempla… Read more »

Antoniokings

É porque, normalmente, ficam muito longe de suas bases.
E isso será fatal para ele
em uma guerra contra Rússia ou China.

WSilva

As bases dos EUA são como as antigas colônias do Império britânico, são territórios invadidos que com o passar do tempo tendem a cair um por um, até porque muitas dessas bases são forçadas goela abaixo de outros países através de coerção e ameaça de sanções.

O Brasil não ter seu território ocupado por bases de superpotências hoje já é um baita orgulho.

Paulo

Parabéns pelo excesso de bobagens digitadas.

Jagdverband#44

Não adianta Paulo.
Daqui a pouco eles começam a falar em guerras púnicas, Império Assírio etc etc.
Lamentável.

WSilva

Ué, você pode invocar as desgraças do passado causadas pela China e Rússia mas eu não posso fazer o mesmo com o ocidente/EUA? rs

Não é muito mais fácil você entender de uma vez por todas que TODOS eles são farinha do mesmo saco?

Agnelo

Goela abaixo, ou depois de milhares de americanos terem morrido por suas libertações?

Esteves

Claro,

Os norte-americanos invadiram Itália, França, Alemanha, Bélgica, Norte da África, Polônia, Dinamarca, Japão, Leste Europeu…tudo território invadido pelos demônios do Norte.

WSilva

Libertações? Vá falar com o México sobre as libertações dos EUA. rs

Bosco

Nenhum país ou região colonizado pelo Ocidente foi deixado pior do que estaria se não o tivesse sido. Ruim com ele, pior sem ele.
Se os nativos foram extorquidos mais o foram pelos seus “líderes” que os mantiveram na miséria do que por conta da virulência do colonizador.

WSilva

Bosco, é você ou um fake? Que comentário doentio é esse?

Virou passapanista de imperialista? rs

Paulo

É a diferença do melhor para os que acham que podem ser melhor.

Antoniokings

Quando se trata de confrontar a China, não há chance de se achar melhor.

Dalton

É normal NAes da US Navy passarem um período de uns poucos dias navegando para certificação da Ala Aérea, formando novos pilotos, treinando pilotos cujos NAes encontram-se em manutenção, etc. . Após um período fazendo isso, aí sim, paralelamente, ao que descrevi acima, iniciam-se períodos mais longos de mar, semanas, para, efetivamente preparar o NAe e seu grupo para a missão ao exterior que normalmente dura entre 5 a 7 meses, as vezes até mais, incluindo a jornada de ida e de volta. . O NAe chinês ao menos por enquanto opera perto de casa então são exigências diferentes quando… Read more »

Alex Barreto Cypriano

Rapaz, quando negarem os sistemas de posicionamento global (todos, dos vários GPSs da vida ao LoRaN) vai ser uma festa pra determinar longitude e latitude…

Michel

Como assim?

Alex Barreto Cypriano

Astrolábios, quadrantes, sextantes, etc. Dizem os apologistas (dentre eles Sobel, amiguinho da Oprah e recomendado por Stavridis) que a invenção de cronômetros/relógios navais foi uma revolução na navegação por facilitar a determinação precisa da longitude. Não foi, em que se pese tudo, e a idéia já vinha de Hiparco. O problema da determinação astronômica do tempo local, contra o qual se compararia o tempo de Greenwich registrado no relógio de bordo, ainda dependia de condições climáticas favoráveis, como sempre foi e sempre será. A maior revolução na navegação não foi o cronômetro/relógio naval inglês (Harrison) mas a introdução de potência… Read more »

Michel

Grato pela resposta.

Paulo

A China deve ampliar suas bases logísticas, particularmente em Cuba, no Irã, no Paquistao, no Camboja, na Síria, em Moçambique, em Mianmar, na Nicarágua e na Venezuela e em Angola. Deve construir bases navais nestes países. Além do mais, deve construir mais bases aeronavais e ampliar as ilhas artificiais no Mar do sul da China. Pode e deve também firmar acordos com a Rússia para o uso naval das ilhas Curilas. Só assim vai conseguir quebrar o cerco dos EUA e da Uniao Europeia.

Antoniokings

Cerco?
A Ásia quase toda já está sob influência sino/russa
Já era.
Passou o tempo.

Paulo

Influência econômica. Mas está cercada geopoliticamente.

Matheus S

O Paquistão têm significativa interferência estrangeira em seu país. Em comparação, o Camboja é menos infiltrado. Outro que tem muita influência estrangeira é o Sri Lanka, este, houve protestos em torno do suposto porto que agora é de propriedade chinesa por 99 anos que poderia ser usada como base naval para o PLAN, sem falar que construir uma base naval irá gerar reações violentas indianas que tem significativa influência, com a comprovação da concessão de um terminal que a Índia assinou através da sua empresa Adani Group. O menos incerto é sem dúvidas o Camboja. Mas a solidificação de uma base… Read more »

Paulo

Excelente.

Allan Lemos

A desonestidade intelectual de alguns aqui impressiona. Criticam o fato do exercício ter durado “apenas” 10 dias como se fosse algum demérito, mas sabem muito bem que o propósito do Liaoning nunca foi o de projeção efetiva de poder aeronaval, mas sim treinamento e desenvolvimento de doutrina.

Isso tudo é medo de admitir que a China caminha a passos largos para se tornar a potência hegemônica global? Fala sério. Precisam amadurecer.

Alex Barreto Cypriano

A China só será hegemônica, por definição, se outros competidores aptos ou pares evaporarem da superfície da Terra. Até lá, é apenas torcida imaginar hegemonia de alguma das potências atuais.

Last edited 4 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
Michel

Criticar os dez dias em que essa belonave ficou em exercícios em alto-mar é fácil. Isso é apenas a ponta do iceberg. Logo logo ele estará passeando pela Baía de Guanabara…

Mas aí vão duas perguntas um tanto quanto mais, digamos, difíceis.

Quantos porta-aviões dispõe a marinha brasileira a fim de efetuar exercícios de guerra?

E quanto tempo ele ou eles passam operando em mar aberto?

OBS: A cola será punida com a nota “ZERO” e eventual expulsão da classe.

José

Quantos anos o São Paulo esteve no inventário da Marinha do Brasil?
Quantos dias ele esteve efetivamente em uso com aeronaves de asas fixas?
Quanto foi o custo?

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Navios de guerra britânicos podem ser enviados para quebrar o bloqueio de Putin aos portos do Mar Negro

A Grã-Bretanha está coordenando com seus aliados um plano potencial para enviar navios de guerra ao porto de Odessa,...
- Advertisement -