USS Gerald R. Ford (CVN 78)

8 de outubro de 2023, TAMPA, Flórida – Os Estados Unidos começaram a transferir o USS Gerald R. Ford Carrier Strike Group para o Mediterrâneo Oriental. Isso inclui o porta-aviões da Marinha dos EUA USS Gerald R. Ford (CVN-78), o cruzador de mísseis guiados USS Normandy (CG 60) classe Ticonderoga, bem como os destróieres de mísseis guiados USS Thomas Hudner (DDG 116 ), USS Ramage (DDG 61), USS Carney (DDG 64) e USS Roosevelt (DDG 80) classe Arleigh-Burke.

Também tomamos medidas para aumentar os esquadrões de caças F-15, F-16 e A-10 da Força Aérea dos EUA na região. Os EUA mantêm forças prontas a nível mundial para reforçar ainda mais esta postura, se necessário.

“O USCENTCOM está firmemente ao lado dos nossos parceiros israelitas e regionais para enfrentar os riscos de qualquer parte que procure expandir o conflito”, disse o General Michael “Erik” Kurilla, Comandante do Comando Central dos EUA.

FONTE: USCENTCOM

LEIA TAMBÉM:

Força Aérea Brasileira é acionada para repatriar brasileiros que estão em Israel

Subscribe
Notify of
guest

62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Burgos

Obviamente farão “Contenção” caso outro País tente entrar na “briga” ou algum ataque covarde.
Complicado !!!
Os tempos estão cada vez mais difíceis 👀
Guerra e conflito nunca é bom pro mundo, reflete em tudo.
Percebi no Forte alguns comentários “romantizando” essa Chacina com toque de Perfídia e requintes de crueldade.
O reflexo disso tudo virá em alguns dias.
Aguardem !!!😞

Esteves

Não recordo um início de guerra assim…de forma tão intensa e covarde contra a população civil. Eles entraram nas vias públicas atirando em qualquer um.

Carlos Crispim

E chama atenção que todo mundo foi pego de surpresa, totalmente desprevenido, afinal, dizem que por lá todo mundo anda armado e tal, mas não se vê ninguém reagindo…Falha grotesca do Mossad …

Last edited 9 meses atrás by Carlos Crispim
Esteves

Isso entendo menos ainda. Os serviços inteligentes de Israel falhando a ponto de não terem dado uma pronta resposta. Ainda falam em ofensiva…ainda.

Sinceramente…exceto guerras na África promovidas por insurgentes é raro vermos tamanho empenho em sacrificar inocentes…sacrificando vidas sem nenhum esforço estratégico que não seja o terror.

Não existe ambiente naquela região para lidarem com a paz.

Joao

Prezado. Há um tempo, Israel tem estado relapso quanto a isso. Não há mais a ameaça de fortes exërcitos no seu entorno. Egito e AS são praticamente aliados. A ameaça tem estado nas guerrilhas. Uma guerrilha atuar em molde de alta intensidade é muito difícil. Acho q se pautaram nisso. Acharam q não eram capazes. Junto a isso, soma-se a guerra cibernética. O próprio Hamas publicou o ataque hacker contra os sistemas de defesa israelense. Não há desculpa, mas não foi um evento “dentro do esperado”. Foram “aliviando”a prontidão e se deram mal. Hj, vejo que deve-se ter duas atenções,… Read more »

Luiz Trindade

Um comentário muito bem ponderado e realista. Agora temos de ver se confirmar o envolvimento do Irã pois se for, Israel não vai demorar a atacar o Irã. E isso é tudo que que os Aitolás de plantão do Irã querem para clamar uma guerra santa contra e Israel e finalmente perderem de maneira vergonhosa. Por que?!? Por que não se tem mais União Soviética mandando armas, Rússia esta ocupada demais com sua invasão e China tem outros interesses! Israel tem forte suprimento de armas e apoio político dos EUA!

Rogerio Sampaio

Acredito que o Irã tem se preparado pra isso com drones e mísseis. Nenhum estado do oriente médio tem capacidade para um confronto direto, mas o Irã já começa a enviar satélite, ou seja, pode mandar uma bomba a qualquer lugar do mundo.
O Ayatolah, Putin e Xi Jim Ping deve ser detidos e considerados inimigos da humanidade.

bruto

eu prevejo yom kippur 2.0

Val

Não tem justificativa nenhuma, Só um tolo não percebe o quanto os palestinos foram usados de forma descarada e sem nenhuma consideração pela vida da
sua própria população.

Alex prado

Não tem como prever tudo, esses grupos estão se aperfeiçoando em contra espionagem e camuflando seus planos e desenvolvendo métodos sutis, sem mencionar uma possível “ajuda” externa.

Glasquis7

Tal vez o Mossad tivesse a informação mas, por algum motivo, preferiu permitir o ataque…

https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2023/03/07/militares-se-juntam-aos-protestos-contra-reforma-do-judiciario-em-israel.ghtml

https://www.ihu.unisinos.br/categorias/627125-israel-a-crise-politica-israelense-pesa-nas-relacoes-com-o-ocidente

Quem sabe, nada como um conflito contra um inimigo tradicional pra distrair a opinião pública e retomar as rédeas do poder.

Esteves

Isso eu ponderei lá no Forte.

Talvez Israel tenha trabalhado para ajeitar assuntos internos.

Glasquis7

Foi a impressão imediata que eu tive. Por anos o sistema de defesa e de inteligência tem evitado ataques desse porte. Justo agora, frente á crise interna que que Israel enfrenta pra evitar o Totalitarismo por parte do governo, o sistema dá uma falhada dessas.

O medo é um dos argumentos mais fortes usados na política.

Esteves

Esses serviços de inteligência são espertos mas são trapalhões. Viu o filme Munik?

Resposta aérea ou resposta com foguetes e mísseis é um tipo de ação pontual que tem a desculpinha de poupar vidas atingindo estruturas.

Resposta terrestre é massiva. Pode ser um plano para atrair Israel à uma guerra terrestre intensa movendo recursos para o Sul, enfraquecendo o Norte e as outras fronteiras. Ai…entende-se a importância do Grupo do USS G. Ford chegando, acho, no Líbano.

Vamos aguardar. Por enquanto ficou bom para os radicais judeus. E ficou ruim para os palestinos.

Glasquis7

É, a inteligência às vezes erra na interpretação da informação mas, a informação existe.

É muito estranho que Gaza tenha se armado com 5.000 foguetes sem ter alguma suspeita da inteligência israelense

Glasquis7
bruto

munição né amigo e ser pego de surpresa assim , civis nao estao preparados

The Aviator

“Excesso” de social democracia resulta nisso! Todos prudentes e sofisticados, como Neville Chamberlain, com sua política de apaziguamento com Hitler.

Rafael Coimbra

Agora a “diplomacia” chegou… algumas toneladas de diálogo.

Glasquis7

Nada vem de graça.

As forças israelenses invadiram terras agrícolas palestinas em Hebron ocupada, com escavadeiras e despejaram concreto nos poços de água para interromper a irrigação agrícola em uma área que atende 25 famílias hoje. Um crime contra os palestinos e o meio ambiente.”

https://exame.com/mundo/israel-oprime-palestinos-do-sul-de-hebron-destruindo-pocos/

É muito estranho o sistema defensivo israelense não ter sido acionado a tempo.

Esteves

Vamos ter que esperar mais adiante para entender o que aconteceu internamente em Israel, os motivos do “relaxamento”, o papel que o Catar está ocupando, a opinião pública e, se a resposta será desproporcional ou pensada dessa forma.

Vamos lá perguntar.

Sugestão do Esteves. Mandamos um historiador para meiar. Ele coloca-se entre os dois, palestinos e judeus, ordenando que cada lado vá para sua casa.

— Pessoal…eu quero todos vocês indo para o Vaticano.

Glasquis7

Não há como justificar este ataque mas, que foi conveniente pros anseios de Netanyahu, isso foi.

Ele quer reduzir os poderes da suprema corte israelense pra assim ter mais poder pra governar.

Um pensamento que beira o totalitarismo.

Esteves

Eles querem retornar às interpretações religiosas diminuindo a função das cortes de justiça.

Em qual outro país tentaram isso?

Macgaren

Biden mandando a cavalaria.

O velhinho é louco pora uma guerra pqp.

Carlos Crispim

“Com Biden e sem Trump o mundo ficará mais soft”. Guga Chacra. Como uma jornal deixou de dar notícia para fazer militância? Vergonha no débito e no crédito.

Esteves

Ele ainda é jovem. Foi selecionado em um programa de trainee na Fundação Casper Líbero. Tem formação sólida.

Santamariense

Lembro dele no início da pandemia, em uma entrada ao vivo, perdendo o controle e chorando copiosamente com medo de morrer. Fiasquento, isso sim. Formação sólida em ser medroso. Não usa nem pente, os cabelos parecem um ninho de pomba bêbada.

Fernando Vieira

Nesse caso ele não está errado. Israel consegue lidar com o Hamas sozinho mas não pode deixar a situação escalar.

O Ford vai ficar lá pra avisar que quem tentar botar as asinhas de fora as terá devidamente cortadas.

Mars

Acho que não vai ficar só no aviso, o governo americano confirmou que civis americanos foram mortos ou estão desaparecidos. Pode ser que isso vire uma justificativa para eles agirem também.

Esteves

Talvez no Líbano.

bruto

tem familia BR que estao tbm, pelo que afirmam alguns no telegram

Macgaren

Concordo, o Irã até deu um afinada falando que não tinha nada a ver kkkk

Jean

Os EUA devia aproveitar a oportunidade para punir o Irã

Esteves

Mais?

Nemo

O Iran tem milhares de mísseis apontados para Israel. Por isto eles ainda não foram, como dizer, neutralizados.

Esteves

Uma guerra aberta contra o Iran nesse momento, à partir de contestações palestinas, pode levar anos para ter qualquer resultado.

O Irã está fortemente armado. Parece.

Vinicius Momesso

Foi um erro Israel ter realizado aquele ataque com drones às usinas nucleares iranianas. Provavelmente quis dar um aviso de que poderia atacar quando bem entendesse e obteria exito.

Fernando Vieira

Drones? Se você está falando do ataque a usina de Osirak, esse foi feito com caças F-16 e pilotos de carne e osso.

Franz A. Neeracher

Osirak fica no Iraque e não no Irã.

Fernando Vieira

Nossa, realmente. Desculpem, eu li iraquianas. Falha minha.

Otto Lima

Mas a ideia é justamente não escalar o conflito, pois do contrário os EUA teriam que atuar em duas frentes simultâneas: Ucrânia e Oriente Médio. E isso daria a brecha para a China atacar Taiwan. Já pensaram nessa possibilidade?

WSilva

”E isso daria a brecha para a China atacar Taiwan. Já pensaram nessa possibilidade?”

China atacar Taiwan que pertence a própria China? rs

China só ”atacará” Taiwan se Taiwan cruzar linhas vermelhas muito bem estabelecidas, se isso acontecer a China usará seu poderio militar independente se os EUA estiverem atolados em 1 ou 10 guerras simultâneas.

Yuri

Taiwan não pertence a china( RPC, segundo, infelizmente, a maior parte do mundo ). Logo, sim, seria um ataque.

Heinz

Isso sim que é poder de combate, que só alguns países tem. EUA, China, França, UK, Índia. O resto corre por fora.

Vinicius Momesso

Essa lista tem só dois membros: EUA e China. Nenhum dos outros pode levar a guerra a outros cantos longínquos do globo .

C G

E ainda com ressalvas para a China, apesar de possuírem meios físicos a capacidade nunca foi testada e exige muito mais, como vemos na conflito Rússia e Ucrânia, só o aço não basta!

No One

Na realidade só um membro: EUA. A RPC não tem essa capacidade de projeção, nem de longe.

josebaldo

China e índia têm que levar junto uns 6 navios tanque… ou a china já está colocando a “grande vantagem” da eletrificação com baterias nos navios também?

Alex prado

Foi um ataque ousado e o pior é que o Hamas tem suas “bases” em cidades…a população civil vai sofrer por um ato graças a um bando de malucos, não condeno a resposta israelense, porém se isso desse fim ao Hamas em definitivo mas não vai, só vai gerar mais ataques.

Glasquis7

a população civil vai sofrer por um ato graças a um bando de malucos, …”

Com ou sem Hamas a Palestina sofre, com ou sem ataque a Palestina sofre… Em fim, a Palestina sofre, só que não tem a “simpatia” da mídia pra denunciar.

Silas

É… deu ruim!!!

bruto

se eu me lembro bem o EB e a MB ainda tem pequeno grupo instrutores BRS no libano , sera que alguem pode me confirmar

Last edited 9 meses atrás by bruto
Burgos

Boa tarde ;
Pelo que sei a MB tinha navio em missão de Paz no Líbano se revezando, mas isso acabou no Governo anterior.
O que pode ter lá agora deve ser observadores de segurança da ONU no Líbano ademais desconheço qualquer informação de grupo de instrutores do EB ou da MB no Líbano

RSmith

Aviso aos incautos…. cuidado pois se vacilar vem chumbo grosso por ai!

Jubileu

Acho uma prima hora pra bombardear as fábricas de drones iranianos, com os tomarrok

Glasquis7

O Hamas ataca Israel e em retaliação, EEUU bombardeia Irã… Não vejo justificativa nisso.

A C

Também tomamos medidas para aumentar os esquadrões de caças F-15, F-16 e A-10 da Força Aérea dos EUA na região.“. Estah aih, o imprescindivel A-10.

Abner

Uma pergunta esse grupo de ataque é acompanhado por submarinos ?

Last edited 9 meses atrás by Abner
Franz A. Neeracher

Depende muito…..geralmente em época de crise ou da região de operação, sempre haverá pelo menos um submarino por perto, mas a USN não divulga mais esse tipo de informação….

Burgos

Na época que fiz a UNIFIL III, tinha subs Inglês, Francês, EUA entre outros Países que nem me lembro mais no Mediterrâneo. Fora os navios de inteligência de vários Países navegando em águas internacionais monitorando as comunicações dos Países do Oriente Médio. O Mar do Mediterrâneo era um verdadeiro “Campo Minado”. Uma F101 e uma Classe Meko espanhola escoltavam um mercante até um Porto no Líbano próximo à Divisa da Síria que não me recordo mais o nome desse Porto. Para vcs verem o ambiente do palco naquela época (2012/2013) em estávamos. No Cais em cerimônia de leitura de ordem… Read more »

Franz A. Neeracher

O porto ao qual vc se refere, deve ser o de Tartus ou de Latakia!!

Realmente, toda aquela região é tensa!!

Alex Barreto Cypriano

Não vêem nada que não venha direto ao nariz:
https://www.bbc.com/news/62382069
Acham que é só por causa de Israel (a caminho do fascismo judeu rematado com direito a campos de extermínio que são os territórios Palestinos) e Hamas (uns coitados desesperados e violentos que vão ser liquefeitos na explosão e picados no aço) que um CSG (ninguém falou de SSNs ou SSGNs, ainda…) está no Mediterrâneo Oriental?