A crescente lista de perdas navais da Rússia na Guerra da Ucrânia

47

Moskva após o ataque de mísseis Neptune, em abril de 2022

Corveta Askold

Em 4 de novembro, a corveta Askold da classe Karakurt, que ainda não havia entrado em serviço na Marinha Russa, foi atingida por mísseis de cruzeiro. A Ucrânia anunciou mais tarde a “destruição” do navio. O Ministério da Defesa da Rússia descreveu-o como “danificado”.

As corvetas Karakurt são capazes de lançar até oito mísseis de cruzeiro Kalibr e estão equipadas com uma versão do sistema de mísseis antiaéreos Pantsir.

Minsk, navio de desembarque classe Ropucha

Em setembro de 2023, vários mísseis atingiram um estaleiro na base naval de Sebastopol, na Crimeia ocupada pela Rússia. De acordo com o Ministério da Defesa britânico, o Minsk foi quase certamente “funcionalmente destruído” no ataque. Fotos do rescaldo mostraram o navio em chamas e gravemente danificado.

O Minsk foi construído na Polônia em 1983 e projetado com uma proa aberta que poderia despejar até 25 veículos blindados de transporte de pessoal em uma cabeça de praia.

Rostov-on-Don

O Rostov-on-Don, lançado em 2014, também foi atingido no ataque de setembro de 2023 à base naval de Sebastopol. O submarino foi severamente danificado e ficará fora de serviço por um longo período ou será sucateado.

O submarino foi filmado em dezembro de 2015 disparando uma barragem de mísseis de cruzeiro Kalibr contra o que os militares russos descreveram como alvos do Estado Islâmico na Síria.

Olenegorski Gornjak

Em agosto de 2023, vídeos divulgados mostram um drone marinho impactando a embarcação de desembarque Olenegorski Gornjak no porto russo de Novorossiisk. O navio sofreu “danos graves” no ataque, de acordo com o Ministério da Defesa britânico, e posteriormente surgiram vídeos mostrando o navio fortemente rebocado.

O navio de fabricação polaca é da mesma classe Ropucha do Minsk, que aparentemente foi destruído em setembro.

Embarcação de desembarque classe Serna

Um Serna foi atingido por um míssil disparado de um drone Bayraktar enquanto atracava na Ilha Snake em maio de 2022.

As embarcações de desembarque Serna são feitas para transportar veículos blindados em desembarques de assalto “sobre a praia” e transportar carga. As embarcações em forma de bloco usam um design exclusivo de “cavidade de ar” que bombeia ar sob o casco do navio para reduzir o arrasto.

Cruzador Moskva

A nau capitânia russa foi afundada em abril de 2022 na costa ucraniana, ao sul de Odessa. A Ucrânia afirma que o navio afundou após ser atingido por dois mísseis antinavio Neptune produzidos internamente. A Rússia disse que o Moskva naufragou após um “incêndio” não especificado, que detonou munições a bordo. Foi o maior navio de guerra russo afundado desde a Segunda Guerra Mundial.

O cruzador transportava cerca de 500 marinheiros e empunhava um formidável conjunto de armas, incluindo 16 grandes mísseis de cruzeiro antinavio.

Em março de 2022, o Saratov foi atingido por um míssil balístico Tochka-U e afundado no porto de Berdyansk, na Ucrânia. O vídeo do rescaldo do ataque mostrou outros navios russos escapando do porto enquanto o Saratov pegava fogo. Os restos do navio foram posteriormente transportados de volta à superfície do porto por meio de um guindaste de doca.

Pelo menos dois dos barcos patrulha de alta velocidade foram destruídos por um drone Bayraktar ucraniano na Ilha Snake em março de 2022.

Os Raptors são equipados com uma arma controlada remotamente, armadura e vidro resistente a projéteis. Eles entraram em serviço pela primeira vez na Marinha Russa em 2015.

FONTE: Radio Free Europe, via SeaWaves Magazine

Subscribe
Notify of
guest

47 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Lins

A foto do “matador de porta-avioes”, que não matou uma lancha, afundando define perfeitamente os russos e suas “super armas”.

Luiz

Sim, sim,. Vai vendo… a Ucrânia vai vencer a guerra……
E as armas do ocidente são melhores…..Tem gente que vai chorar muito embaixo do chuveiro por acreditar nas narrativas ultrapassadas do excepcionalismo ocidental.

deadeye

Não é por nada, porém essa guerra mesmo demonstrou que as armas ocidentais são mais sofisticadas e eficientes na média, do que as Russas. Vide os Storm Shadow, que embora não “invencível como o Kinzhal’ demonstrou ter uma eficácia bem maior, mesmo sendo subsônico.

Hcosta

Infelizmente a Rússia não é nenhuma excepção, apenas uma repetição de outros regimes autoritários.

Mas gostaria de saber quais são os critérios em que a Rússia é mais avançada…

Henrique

Tem bastante água saindo do chuveiro do Moskva agora kkkkkk

“narrativas ultrapassadas do excepcionalismo ocidental.”

@Todo dia uma fala que você já ouviu em assembleia da faculdade

Leandro Costa

Eu realmente não duvido que armas e sistemas Russos sejam bons. Com certeza são, afinal de contas, os países Ocidentais tratam esses equipamentos com extremo respeito e sempre estão tentando encontrar formas de anular esses sistemas de armas.

Porém, os usuários desses sistemas (leia-se: os Russos) estão deixando a peteca cair repetidamente. É vergonhoso quando pensamos que passariam por cima da Ucrânia com certa facilidade. E aparentemente eles acharam o mesmo, só que deixaram de se preparar para o pior.

Underground

Tomaremos Kiev em três dias.
Assinado: a segunda nação mais poderosa do Mundo.

Jack

Tanto é que a Ucrânia teve uma excelente contraofensiva. E atingiu todas as metas…verdade seja dita, sem comentar as duas perdas em menos de 1 ano MQ-9 Reaper dos EUA. Não existe superpotencia intocável no campo de batalha hoje em dia.

Hcosta

Que desastre!
Perder dois drones, dos 300 ativos, com características de voo semelhantes a um caça da 2ªGM. E em menos de um ano..

Certamente que as duas situações são equivalentes e isso prova a superioridade Russa face aos EUA…

soldado imperial

Avançado pra trás a Russia vai longe.
A Russia é igual a Alemanha da primeira guerra( sem o profissionalismo e o poder de fogo desta, excetuando o nuclear), no longo prazo vai acabar por perder.
Pronto falei…

KKce

Vai ter o mesmo fim que a ocupação soviética no Afeganistão.

Jack

Prezado Hcosta, em nenhum momento eu fiz qualquer comparação, apenas disse que ninguém hoje em dia é intocável.

Jack
deadeye

Olha a “fonte” que o cara usa.

Nickless

A contra ofensiva ucraniana deixa bem claro uma coisa. os russos não conseguem avançar, quando tentam são destruídos, avdivika esta ai pra confirmar centenas de equipamentos e soldados perdidos. e a Ucrânia esta lentamente avançando com as suas perdas é claro. partindo disso sabemos que os russos vão ter que jogar cada vez mais tropas e equipamentos no front pra tentar manter essas posições. e no longo prazo isso vai ficar insustentável economicamente pros russo. Agora se tu acredita que os ucranianos vão simplesmente parar de tentar recuperar o seu território, ai já é torcida

Last edited 8 meses atrás by Nickless
Jack

Concordo com você.

Jack
rfeng

Quem abrira o bico primeiro o ocidente já entregou os anéis e um pouquinho do dedo, quantos leopard e Alemanha ainda disponibilizara pra ucra sem comprometer a sua defesa(já esta tirando do principal), os americanos começaram a ratear, tem eleição a vista, lembro que a Rússia fabrica os próprios equipamentos, a Inglaterra silenciosamente parou, quem esta enviando equipamentos são os Otan de agora Suecia e Finlandia mas vão parar logo, pois não podem dispender mais, guerra perdida desde o começo pra ucrania.

Hcosta

Ou o Ocidente tem muitos anéis ou muitos dedos…
Já fazem esse discurso mesmo antes da 2ª invasão.

E sempre com esperança que haja alguma ação externa para a Rússia conseguir alguma vitória… Já foi a China, as várias eleições, o inverno, inflação, Trump, o gás, o petróleo, guerra em Israel, etc…

Nickless

A russia usa dezenas de fornecedores ocidentais pra seus equipamentos. tem um perfil no twitter onde os ucranianos fazem a desmontagem dos destroços pra catalogar os fornecedores, mais de 70 ja foram encontrados. Esse é mais um mito de que a russia produz tudo. Mas esse teu discurso ja vem desde a metade do ano passado e até agora nada.

Gilson Elano

A Rússia já tá na base do desespero. Foguetes fornecidos pela Coreia do Norte já estão em uso pelo exército russo.

Rafael Aires

Não precisa ocupar a Ucrânia. O objetivo está mais fácil, não deixar a Ucrânia entrar na OTAN. Quando consolidar o território adquirido e a Ucrânia for entrar na OTAN, manda outra operação especial (esse nome é uma piada).

Rafael Aires

O irônico é que o que derrubou essa arma foi combustível. Que beleza de arma.

Felipe

Pra mim a foto do Challenger 2 em chamas e das dezenas de Leo 2A6 destruidos mostra a decadência da Otan.

KKce

Se um challenger 2 e dezenas de Leopards 2A6 perdidos é decadência imagina se colocar na mesa a quantidade de blindados russos perdidos.

E alguém achou que os blindados ocidentais passariam ilesos? Tá na chuva é pra se molhar, qualquer blindado que pisar ali vai ter baixas. E pelo o que andamos vendo os ocidentais ao menos oferecem uma proteção decente aos tripulantes, enquanto os russos são mandados pra órbita junto com a torre de seus blindados.

Radagast, O Castanho

“E pelo o que andamos vendo os ocidentais ao menos oferecem uma proteção decente aos tripulantes, enquanto os russos são mandados pra órbita junto com a torre de seus blindados.”

Isso é porque vc ainda não viu os BMP Russos passando por cima das minas anticarro… tem cenas de soldados sendo ejetados a mais de 100 metros de altura.

Nuno Taboca

O T90 decolando aqui, mês passado foi emblemático. Lancou a tripulação em órbita.

Fernando XO

Daí a importância da avaliação das possibilidades do inimigo, municiadas por dados de Inteligência…

Moriah

Diferente das tropas e blindados no campo de batalha, perdas navais são sempre mais impactantes, já que não podem ser repostas simplesmente de um mês para outro. Se mais ataques bem-sucedidos ocorrerem na frota do Pontus Euxinios, a Rússia terá de deslocar mais de seus navios via Bósforo, aumentando a tensão na região e no Mediterrâneo, já bastante quente no Oriente.

Hcosta

A Turquia, por enquanto, não deixa passar navios de guerra…

Mr.Guara

Se me recordo bem, por conta do Acordo de Montreux a Turquia permite a passagem de embarcações militares em tempos de paz, com aviso previo a Turquia. Em tempos de guerra que nao envolvam a Turquia, ela permite o retorno das embarcações as bases do mar negro, Ou seja, se a Russia tem alguma embarcação que é baseada no Mar negro, ela poderia passar pelos estreitos para a sua base de origem. Pode ter uma pegadinha ai, caso a russia queria transferir algumas embarcações para o Mar Negro.

Hcosta

Parece que tem uma corveta, fragata e dois submarinos fora do mar negro

https://en.wikipedia.org/wiki/Black_Sea_Fleet

deadeye

Não tem pegadinha. No mesmo tratado, só podem retornar os navios baseados no Mar Negro antes da Guerra começar.

profyler

Nada mal para a Ucrania, um país que nao tem marinha.

Russia mais patética do que nunca…essa lista só ira crescer.

Henrique

kkkkk
“um país que não tem marinha.”

não pode faltar:

Last edited 8 meses atrás by Henrique
Carlos Crispim

tem marinha sim,amigo.

Satyricon

Perdas IRRECUPERÁVEIS da frota russa do mar Negro. E, como o conflito continua, pode-se esperar que essa lista cresça muito mais.
Se isso não é uma espiral descendente de capacidades, não sei o que é.

A Rússia do Enxadrista vai pagar caro pela brincadeira.

Satyricon

Parece que eu me precipitei…

Aparentemente, 2 barcos de desembarque russos foram perdidos num ataque Ucraniano à Crimeia hoje.

https://youtu.be/5RLmlE4uiUY?si=eHE1E-U0xt_trFN8

Frenética a atualização dessa lista!

Last edited 8 meses atrás by Satyricon
Alfredo Araujo

Triste como a matéria é tendenciosa.
Isso pq o a matéria não cita as perdas navais ucranianas !!
Segundo a inteligência russa, 3 porta-aviões nucleares, 12 fragatas de misseis guiados, 6 destroieres e dezenas de outros vasos menores, já foram afundados pelas forças russas…
Isso a Globo não mostra !

Nuno Taboca

Hahahah. Segundo a inteligência da Rússia, eles estão as portas de Kiev, já destruíram mais de 900 Himars, 432 baterias de Patriot, dois AT-AT , 4 cruzadores galáticos e uma estrela da morte. Rs

Underground

Perderam mais dois hoje.

rfeng

Um dos navios de desembarque de carros foi reparado e voltou ao serviço não sei qual dos dois.

Ricardo

O duro é a fonte: rádio Free Europa que é do congresso americano.

Nuno Taboca

Concordo. claramente a fonte não e confiável. Ontem mesmo vi cruzador Moskba navegando calmamente no lago aqui perto de casa. Nenhum navio russo foi afundado. O sub Rostov on don inclusive está ancorado as margens da represa de Guaramiranga. Essas fontes ocidentais só mentem.

André Luís

Na incompetência e incapacidade da OTAN/UK vencer a Rússia por meio de seus proxys ukros, o jeito é apelar para estatísticas e propagandas. rs!
E já tem Eslováquia da vida negando o fornecimento de ajuda a Ucrânia. Ukros burros: ao invés de devolverem seus scalps para a UE (que já está cobrando a conta pelo investimento desperdiçado), gastaram no ataque a uma coverta parada no cais, e que a Rússia poderá facilmente repor! Desespero e fome de propaganda. A OTAN perdeu a guerra.
SlavaKatervina.

Franz A. Neeracher

Só por curiosidade mesmo, mas o que significa “SlavaKatervina”??

Henrique

as vezes o cara só curte anime ou tiktoker kkkk

ou é um desses bot russo com tara pelo passado

comment image