Declaração do Secretário de Defesa Lloyd J. Austin III sobre como garantir a liberdade de navegação no Mar Vermelho

18 de dezembro de 2023 – A recente escalada de ataques imprudentes dos Houthi originários do Iêmen ameaça o livre fluxo do comércio, põe em perigo marinheiros inocentes e viola o direito internacional. O Mar Vermelho é uma via navegável crítica que tem sido essencial para a liberdade de navegação e um importante corredor comercial que facilita o comércio internacional.

Os países que procuram defender o princípio fundamental da liberdade de navegação devem unir-se para enfrentar o desafio colocado por este interveniente não estatal lançar mísseis balísticos e veículos aéreos não tripulados (UAV) contra navios mercantes de muitas nações que transitam legalmente em águas internacionais.

Este é um desafio internacional que exige ação coletiva. Portanto, anuncio hoje o estabelecimento da Operação Prosperity Guardian, uma nova e importante iniciativa de segurança multinacional sob a égide das Forças Marítimas Combinadas e a liderança da sua Força-Tarefa 153, que se concentra na segurança no Mar Vermelho.

A Operação Prosperity Guardian está reunindo vários países, incluindo o Reino Unido, Bahrein, Canadá, França, Itália, Países Baixos, Noruega, Seicheles e Espanha, para enfrentar conjuntamente os desafios de segurança no sul do Mar Vermelho e no Golfo de Áden, com o objetivo de garantir a liberdade de navegação para todos os países e reforçar a segurança e a prosperidade regionais.

FONTE: defense.gov

Subscribe
Notify of
guest

29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Miguel Carvalho

Tem que ser. Não se pode deixar bandidos por em causa as economias mundiais.

Depois de duas crises económicas, uma pandemia, não se pode deixar estados e grupos terroristas, ditar a o desenvolvimento das economias mundiais.

Carrega ocidente.

Bruno Moura

Economia mundial…… ? Só estão sendo atacados navios ligados, a velha oligarquia dominante. Se vc não faz parte dela ( ou será que faz ? $$$ ), deveria se preocupar com o eterno boicote, travestido de proteção ambiental , que os mesmos fazem com nossos produtos. OBS: Nossa ministra do meio ambiente , é um cavalo de troia , colocada por eles

leonidas

Uma coisa não tem relação com outra.
Contestar a velha ordem internacional que planeja resetar o comercio mundial e que alias encomendou a guerra da Ucrânia é uma coisa.
Passar pano para bandido é outra.
Os EUA que desçam o porrete com força no lombo dessa corja, isso sim.
Agora é sobre esse pretexto de ajudar palestinos (sempre usando palestinos como álibi para ações desavergonhadas) daqui a pouco é contra qualquer nação inclusive a nossa.
Nessa treta (como em todas) estou do lado do que seja nosso interesse…

Fabio

Tá complicado caro colega, combater o tal “imperialismo” apoiando terroristas assassinos e ratificando tudo de hediondo que praticam no seu terror, tem muita gente nessa vibe hj.

Last edited 7 meses atrás by Fabio
Heli

Bandidos, de paletó e de smoking caríssimos, já fazem isso há mais de 100 anos…

Hcosta

E a Arábia Saudita nem se mexe…

Heli

Ela esta atolada numa areia movediça chamada Iêmen já há alguns anos.

Hcosta

Infelizmente não me parece que seja essa a principal razão mas sim a sua liderança…

leonidas

A razão é muito simples. O Islã não reconhece autoridade secular, todo islâmico sabe que o Islã exigi ter seu povo liderado por um califa nos moldes 110% islâmicos. E por isso que as nações da região são todas (sem exceção) regidas com mão de ferro pois se o povo vier a ser consultado sempre ira optar pelo fundamentalismo islâmico, foi assim na Primavera Árabe com o Egito, seria com a Síria, no Iraque, foi na faixa de gaza quando Israel sai de lá unilateralmente e eles deram as costas para o Fatah e optaram pelos fundamentalistas do Hamas de… Read more »

Carlos Campos

Yemen vai ser alvo de novo de bombardeios, dessa vez de mais países, tudo isso para ajudar o Hamas e o Irã, quero amigos igual o pessoal do Yemen

leonidas

Estão corretíssimos.
Esses pilantras estão (melhor dizendo) o Irã esta sondando para ver até onde vai a reação internacional ao seu banditismo.
Se deixar daqui a pouco nego vai querer atacar navio mercante por qualquer razão…

Alex Barreto Cypriano

Ou seja, mais do mesmo: barquinho abatendo drone e míssil pra manter seguro baixo, entrega em dia e sem carestias oportunistas. A honorável Companhia das Índias era mais moderna, tinha seus próprios navios de guerra. Volto a pedir matérias sobre a organização, meios e procedimentos das companhias de transporte marítimo de longo curso. Enquanto isso, o genocídio em Gaza e as brutalidades na Cisjordânia (com direito a drone ISR+loitering munition em Jenin) continuam sem impedimento de festividades de fim de ano.

Miguel Carvalho

Genocidio? Onde? No mar vermelho?

Heinz

Verdade, o genocídio do Hamas (terroristas) continua em curso, acredito que desta vez Israel os deixará a beira da extinção completa. Começaram, agora aguentem, eu avisei!

Alex Barreto Cypriano

E desde quando o Hamas é etnia ou povo pra sofrer genocídio, Heinz? Por favor…

leonidas

Não há genocídio algum em Gaza. Há reação de um estado contra um grupo terrorista que deliberadamente se usa dos civis para com seus corpos fazer proselitismos para sua plataforma fundamentalista. Árabes fazem parte da suprema corte, do Exercito e do parlamento. A separação física só ocorreu devido os deliberados atentados contra civis não existiam antes disso. Logo não há apartheid e muito menos genocídio pois a natalidade do povo palestino vai bem obrigado. O Hamas é contra toda e qualquer liberdade individual e quem achar que lá é melhor que se mude para viver o que defende, simples assim.… Read more »

Last edited 7 meses atrás by leonidas
Alex Barreto Cypriano

Você está enganado, olhe de novo com mais cuidado.

Vitor

Caro você vive em outro mundo … esse trocadilho bisonho demonstra seu sarcástico apelo ao sofrimento do povo palestino …vai ser tratar camarada.

Marcio

Se há brutalidade na faixa de Gaza é culpa do próprio povo palestino que pôs no poder o grupo terrorista Hamas que os usa como escudo para impor a sua brutalidade a todos. Estão tomando bombas na cabeça por suas próprias escolhas, e enquanto existir o Hamas existirá tensão e guerras na região.

Alex Barreto Cypriano

Isso: culpe a vítima. Eu sei bem o que pensar dessa forma de raciocinar…

Marcio

Meu caro eles são vitimas de suas escolhas, pois colocaram o Hamas no poder e muitos dentro da população palestina apoiam seus atos terroristas. Agora se vitimizar por culpa de seus próprios atos é auto ignorância, ou pior, manipulação inescrupulosa da boa vontade dos outros. Você com sua defesa do Hamas é apenas uma ferramenta em defesa dos ideais terroristas por eles perpetrados. E pode ter certeza de que quando eles puderem fazer o mesmo que fazem em Israel aqui não terão piedade de pessoas como você.

Luiz Avila

“Marinheiros inocentes” é muito engraçado

Carvalho2008

E dá-lhe mais gasto orçamentário……definitivamente é o que o oriente traçou de estratégia para derrubar o ocidente….e vão conseguir….já falei isto…vão montar a implosão da URSS ocidental tal como foi a queda soviética…..

As linhas de festa devem e precisam ser na AL….Europa e EUA estão cegos em não enxergar isto…estão perdendo o rumo muito rápido….não há como investir em qualquer país asiático seja qual for, pois grandes frações de cada dólar irão parar na China pelo comercio regional do continente ….que irão a Rússia…Irã….etc….

Alex Barreto Cypriano

Mestre Carvalho tem razão, é uma debacle administrada. Se ouve, de comentaristas bem informados, que talvez o contribuinte americano não esteja feliz em ser espremido pelo neoliberalismo em casa enquanto seu governo desperdiça recurso subsidiando guerra de outros ou protegendo companhias internacionais… Mas quantos aqui têm o gabarito pra entender essa sutileza ao invés de grasnar como marrecos por porrada, tiro e bomba?

Last edited 7 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano

Aqui, uma cidadã americana, de boas credenciais, reclamando de seu governo fornecendo armas pra ações de guerra patentemente criminosas:
https://youtu.be/CtJg-nGM_w0?si=Y8IbCHrga6PStXBb

Last edited 7 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
Wagner Figueiredo

Eu já teria pego as Ilhas de Socotra e feito uma base lá …ficaria de olho no Iêmen…apesar de ter bases na costa Africana…mas aquelas ilhas seria um plus na vigilância da região..( apesar de serem lindas) ☺️

Tiago

Reino Unido, Bahrein, Canadá, França, Itália, Países Baixos, Noruega, Seicheles e Espanha. Apenas 1 país árabe.

Talvez o combate ao Hutis quando esses ameaçam Israel não seja de fato unanimidade, nem mesmo entre os egípcios (afetados pela queda de trafego do Canal de Suez) e sauditas que são inimigos dos principal financiador dos Hutis.

Alex Barreto Cypriano

Olha, lembra dos chinas ciceroneando um amistoso aperto de mãos entre sauditas e iranianos? Sabia que sauditas e Houthis estão quase fazendo um acordo? Parece que o encrenqueiro é justamente o ocidente (o dos estados nacionais, bem entendido, sob a possessão demoníaca da idéia única neoliberal), tão pio, virtuoso, misericordioso. Na sua lápide, e já a fazem, estará inscrito o rol de suas hipocrisias e crueldades – se é que depois existirá alguém com interesse em ler e aprender com isso…

Jagder

Sempre estes malvados dando uma de “polícia” do mundo. Malditos imperialistas!