Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) ‘Atlântico’ chega sábado a Rio Grande para ajudar população do RS

93

Embarcação deve atracar no sábado (11), segundo a Marinha, para auxiliar no resgate a vítimas e no transporte de suprimentos. Outras embarcações e aeronaves também serão deslocadas para o estado atingido pelos temporais

Chegará amanhã à região de Rio Grande, no Sul do estado, o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) Atlântico, o maior navio de guerra da América Latina, para a missão humanitária de ajuda à população do estado, atingida por temporais. A embarcação deve atracar na cidade no sábado (11), segundo a Marinha do Brasil.

O objetivo é auxiliar no resgate às vítimas ilhadas e no transporte de suprimentos pelas vias alagadas. Ele deve atracar no porto da cidade nas próximas horas.

Segundo a Marinha, a embarcação saiu da Base Naval do Rio de Janeiro na quarta-feira (8) e levou junto ao RS oito embarcações de médio e pequeno porte, além duas estações móveis para tratamento de água capazes de produzir um total de 20 mil litros de água potável por hora.

Além da capacidade de produzir água potável, o navio tem um centro médico – o segundo maior da frota da Marinha, ficando atrás apenas do Navio Doca Multipropósito (NDM) Bahia, que foi usado para atender às vítimas das inundações históricas..

Segundo a Marinha, o navio opera, normalmente, com uma médica, uma dentista e seis enfermeiros que atuam em consultas ambulatoriais, inspeções de saúde e na preparação dos militares para as longas missões.

Em viagens, a necessidade a demanda dobra e o navio recebe o reforço de outros três médicos, sendo um cirurgião geral, um anestesista e um clínico geral, além de um oficial farmacêutico e mais cinco enfermeiros, dentre eles um técnico em patologia clínica.

A Marinha não informou qual é o tamanho do efetivo na operação no RS.

Reforço

Outras embarcações já chegaram ao estado para ajudar a população gaúcha.

Em 30 de abril, a Marinha enviou oito lanchas para o estado. Já o navio Babitonga saiu de Rio Grande e está em Porto Alegre para apoio ao serviço de resgate. Outro navio, o Mearim, saiu de Santa Catarina com doações, chegou na madrugada desta sexta-feira a Rio Grande e deve seguir para Porto Alegre com o objetivo de reforçar o trabalho da Marinha na Região Metropolitana de Porto Alegre.

A Marinha também anunciou o envio de 40 viaturas e 200 militares para atuarem na desobstrução das vias de acesso, além de equipes de apoio à saúde formadas por médicos e enfermeiros.

Três aeronaves da Marinha também foram deslocadas ao RS.

Temporais no RS

Subiu para 113 o número de mortos por causa dos temporais que atingiram o Rio Grande do Sul, de acordo com o boletim mais recente da Defesa Civil, divulgado na manhã desta sexta-feira (10). Um óbito ainda está em investigação.

O número de pessoas fora de casa pelos temporais que atingem o RS desde 29 de abril chegou a 406,7 mil. Há, no total, 69.617 pessoas recebendo acolhimento em abrigos e outras 337.116 abrigadas nas casas de amigos ou parentes. Há 756 feridos e 146 desaparecidos.

O RS tem 435 dos seus 497 municípios com algum relato de problema relacionado aos temporais, com 1,9 milhão de pessoas afetadas.

FONTE: G1

Subscribe
Notify of
guest

93 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Moriah

Segundo o Marine Traffic, estão atracados em Rio Grande o Tritão e o Amazonas.

Carlos

Por Gentileza alguém pode me informar sobre o Status de Localização doNavio Bahia da Marinha do Brasil ?

Grato

Fernando "Nunão" De Martini

Está em manutenção no AMRJ.

Carlos

Obrigado Fernando pela Gentileza e atenção 👍👍👍

Jagder#44

Neste exato momento, segundo o Marine Traffic, ele não está nem no través de Paranaguá.

joao Carlos

A MB vai ajudar no que? Até agora os militares só estão fazendo número e atrapalhando a ajuda… feita quase 100% sem auxilio federal. Acordem, a coisa está feia.

Underground

Pois é!!
Eu não estou lá e não sei a realidade de cada um. Mas que o pessoal tá reclamando da inércia do Governo e das FFAA, isso tá.

PY3To - Rudi

Eu estou… e sim as FA estão ajudando se é o suficiente eu não sei , mas a extensão dos danos é enorme….o pessoal recusa a deixar as casas por causa dos saques….a agua não para de subir e as chuvas também não param!

Nbs

Parabéns às Forças Armadas pelo apoio e auxílio aos afetados pelas enchentes neste momento tão difícil para os gaúchos. O Estado está prestando assistência material, financeira e solidária ao povo do Rio Grande do Sul.   As Forças Armadas fazem seus planejamentos, o que demanda tempo de preparação. Diante da perspectiva do novo normal em desastres ambientais, talvez o Ministério da Defesa devesse considerar uma ação permanente para situações similares, visto o histórico de mobilização dessas forças para esse fim. Penso que deveria ser criada uma instituição própria para este propósito, semelhante à Força Nacional. Dito isto, é importante lembrar… Read more »

Rafael

Prezado, vc está no local? Como está a situação neste momento?

José de Souza

Mesmo que ele esteja, e esteja bem informado e com consciência situacional, ela é limitada ao raio de poucos quilômetros. Não tem como saber da região como um todo, quiçá do Estado. A visão é limitada e com recorte temporal pequeno!

Allan Lemos

Nas redes sociais há inúmeros relatos sobre a ineficiência das forças armadas, desde drones caindo até caminhões do EB se perdendo e precisando ser socorridos por civis.

José de Souza

“Nas redes sociais…” ZzzzzZZZzzzz…

Carlos Pietro

É aonde eles se informam!! kkkkkkk

Joao

Um caminhão, em um local sem nenhum ponto no terreno pra se identificar, tudo destruído ou alagado, o militar na boa vontade pergunta algo, e no lugar da resposta pra ajudar, vem crítica.
Vai demorar muito mais do que devia, por causa de gente assim…

Uma equipe de 50 jetski perdeu 20, com danos em grades, cercas etc submersos
Um pontão do EB a remo, justamente pra não danificar um motor de popa é ineficiência, na opinião destes…

Enfim…

Pra que ajudar, se podem ficar falando bobagem?

Silvom

UM caminhão se perde e o povão fala que todos se perderam, UM drone caiu e o povão fala que todos caíram (acho que só tinha um mesmo, nesse caso acertaram). Um corpo é encontrado num local e o povão fala que encontraram 300. Um milionário cedeu 1 helicóptero e o povão fala que são 30 helicópteros. Um coach carregou 10 carretas e o povão fala que só ele enviou caminhões. E por ai vai. Como dizia o fofoqueiro, eu aumento mas não invento…

Santamariense

Exatamente!!

Nbs

As Forças Armadas e o governo estão sendo vítimas de grupos que querem transformar a tragédia em um embate político ideológico. É claro que sempre se pode melhorar a atuação, e é papel do governo e das Forças Armadas aprenderem com as experiências de sua atuação. A proliferação de notícias falsas ou descontextualizadas sobre a atuação dos organismos de Estado traz prejuízos para a atuação da força militar e pode atrapalhar o espírito de solidariedade tão forte que se instalou na sociedade brasileira para ajudar e contribuir com aqueles que mais necessitam de apoio.

EduardoSP

Posso imaginar o motivo dessa revolta.
E não tem muito a ver com o que está acontecendo

Alexandre

Justamente

BARAK

Ah sim, cê viu uns vídeos no zap, né tio?

marcus mendes

Deveriam enviar policiais militares e civis de outras unidades da federação, a bandidagem está aproveitando da situação para assaltar pessoas e realizar furtos em residências.

José de Souza

Já mandaram, chama-se “Força Nacional”, foi criada para isso…

Salomon

Deu muito certo em Mossoró…

José de Souza

A FN fazia segurança de presídio? Tem certeza??

Camargoer.

A segurança dos presídios federais é feiro por agentes concursados do MInistério da Justiça.

A força nacional é constiupida por policiasis militares, civis e bombeiros cedidos pelas governos estaduais e municipais.

Não é permitido o ingresso de miltares das forças armadas.

Santamariense

Sim, mandaram. Mas, independente de quantos foram, ainda é insuficiente. O governo do RS está recontratando, para o serviço ativo, 1000 policiais militares da reserva.

Talisson

Tem policia e militar de tudo que é lugar do país. O COT assumiu a segurança do aeroporto internacional.

Last edited 2 meses atrás by Talisson
Andre Silva

Sou do Estado do Ceará. Daqui foi enviado um helicóptero. Três viaturas e duas lanchas dos bombeiros foram enviadas em um c390, junto com uma equipe de bombeiros militares.

Leonardo

O maior navio de guerra da América do Sul vai chegar ao local somente 11 dias após o início da crise… quem tinha que morrer já morreu! Se fosse guerra já havíamos perdido o país! Eu sempre defendi as forças armadas e agora defendo uma reestruturação estrutural, começando com a aposentadoria de todos os Generais, Almirantes e Brigadeiros! Migração dos militares com menos de 20 anos de serviço para o regime de previdência geral Após morte do último militar do regime próprio, exclusão do regime e alocação dos recursos na força. Criação de uma força profissional, enxuta e nem treinada.… Read more »

Joao

Vc sabe o que o Atlântico está fazendo antes e com o que ele estava carregado? Vai aposentar os oficiais generais pra que? Pra promover outros? Vai por no regime previdenciário geral como?? Sabia que os mais de 20.000 militares das FFAA na operação não estão trabalhando com banco de horas, como os estatutários? ou não recebem hora extra etc? Não tem o tempo de descanso previsto? VAI PAGAR COMO? Milhares trabalhando dias seguidos, com poucas horas, sem folga??? Enxuta como? Igual a Europa que não sabe o que fazer com a Rússia? Diminuir os quadros em 30% baseado em… Read more »

Santamariense

“… a aposentadoria de todos os Generais, Almirantes e Brigadeiros!”

Sério? E quem comandaria as tropas??

Augusto José de Souza

Chegou rapidinho,pouco depois do Amazonas que veio rápido,a defensora já chegou também?

Rosi

E um risco mandar navios velhos , pode ocorrer igual com o navio da Marinha que ia pra o Haite… E outros uns 3 aí que retornaram do PGM e não navegou mais de 200nm e viraram ferro velho…. Porta Avião SP..mas antes Matou uns 3… Um navio logístico uma fragata… Terei de pesquisar os nomes .. e vergonhoso o estado dos meios da MB
Claro que FA não é a defesa civil…. Mas a sociedade conta com as FA pois acreditam que tem mais meios para uma ação logística de peso em caso de crise.

Augusto José de Souza

A defensora já foi confirmada que será enviada ao Rio Grande do Sul levando mantimentos e os meios navais da MB navegam de boa,na Páscoa uma fragata da mesma classe a constituição foi a rio grande para visitação e elas navegaram até o Ceará em exercícios militares e duas foram para missões internacionais ano passado,dizer que não aguentam é estar por fora da realidade operacional delas e em relação a idade das atuais fragatas as substitutas modernas delas já estão saindo do forno.

Dom Lazier

É obrigatório enviarem a fragata, Pois navios aérodromos precisam ter escolta.

Fernando "Nunão" De Martini

Não há obrigação nenhuma disso em tempos de paz e menos ainda em missão humanitária.

A fragata veio trazer mais ajuda e se somar aos esforços.

Camargoer.

Caro. Qual a ameaça sobre o A140? Provavelmente as fragatas e NPaOc nem armadas estão nesta missão humanitária….

paulo

O AMAZONAS JA descarregou e tá voltando pro RJ pra trazer mais mantimentos

Augusto José de Souza

Elas são rápidas a MB tem que adquirir mais dessa classe Amazonas para todos os distritos navais,o próprio Amazonas poderia ser repassado para o 5DN e o APA para o 8DN e pelo menos mais três novos navios dessa classe poderiam vir para o 1DN,2DN e 4DN e até mais uma para o 3DN para fazer par com o Araguari já que área do grupamento do Nordeste é enorme e dois desses navios seriam de grande reforço para o 3DN.

Allan Lemos

Os exercícios com o porta aviões americano serāo cancelados, correto?

Camargoer.

quem sabe dá para pedir ajuda ao porta aviões, com helicópteros, hospital e produção de água potável

Underground

Dos americanos malvados, não!
Talvez do irmão Putin, aquele abençoado.

Camargoer.

Então… se for pedir para Putin vai atrasar mais… peça para Cuba ou Venezuela que está pertinho.

Henrique

” peça para Cuba ou Venezuela que está pertinho.”

eles vão cobrar obras da empreiteira lá antes de ajudar

Camargoer.

Qual o valor que se paga para salvar uma vida?

Heinz

Cuba e Venezuela não dão conta de cuidar do próprio povo que morre de fome, vão ajudar o Brasil?

Camargoer.

Então.. se vocẽ tivesse acompanhado as mensagens, teria entendido a ironia do meu comentário em relação á sugestão de pedir ajuda ao Putin…

poxa, que decepção ter que explicar o que é autoexplicativo.

vida que segue.

bruto

tomara que sim , mas isso vai depende da boa vontade e senso

Camargoer.

Creio que dependendo das ações necessárias seria adequado sim, mas os gringos teriam que estar atuando sob a coordenação da Defesa Civil estadual.

a ajuda seria bem vida.

adriano Madureira

Aproveita também e pede ajuda ao USAID, quem sabe eles mandam ajuda como mandaram em Alepo, só não pode enviar armas escondidas…

Augusto José de Souza

Foi oque eu sugeri na última postagem sobre o Atlântico,eles podem mandar helicópteros e mantimentos para o Rio Grande do Sul e a própria MB poderia empregar os Seahalks e super Lynx para resgatar as pessoas ilhadas.

Leandro Costa

*Seahawks

Santamariense

Não adianta, Leandro. Eu já corrigi em outro tópico, mas continua escrevendo errado.

Dalton

Acredito que não. Em 2010 outro NAe o USS Carl Vinson também retornando ao Pacífico após passar por modernização, situação idêntica a do USS George Washington agora fez meia volta quando a caminho do Brasil e dirigiu-se ao Haiti devastado por um grande terremoto permanecendo lá por duas semanas atuando com outras plataformas dos EUA funcionando até como uma base aérea, de forma uníssona, quando então muitos outros navios, todos precedidos por aviões já nas primeiras horas do desastre o liberaram. . O Haiti era e é muito pobre, a devastação foi enorme e a nação é uma ilha o… Read more »

Gilnei

Aqui tem liberdade de expressão. Mas infelizmente o ser humano abusa. Alguns comentários totalmente desnecessários, ou exagerados. Se as pessoas mais próximas ou a sociedade civil tem se mobilizado com mais agilidade e prontidão, ótimo! Os militares são seres humanos. Nosso país não tem uma ideologia de excelência ou não tem dado atenção para que as FFAA sejam excelentes. Mas espero que com a chegada de mais esses contingentes sejam alcançadas e atendidas mais vítimas dessa tragédia horrível que assola o nosso Estado. Precisamos unir os nossos esforços em prol do socorro dessas vitimas. As questões sobre quem está fazendo… Read more »

Salomon

Gostemos ou não, há atraso nessa comissão e sabemos bem as causas. Mas sempre é uma ajuda.

José de Souza

Parabéns pelo comentário sensato! Todos sabemos as causas: Necessidade de organização logística, cadeia de suprimentos, mobilização de tripulação, planejamento da missão, coordenação das doações…
Ainda bem que alguém entendeu que nada disso se faz em dez minutos. Ufa, não aguantava mais palpiteiros na trilogia!

CORINTELA

Palmas pra vc !!! Excelente comentário !!! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

Rogerio Schneider

O povo do Rio Grande sabe perfeitamente que está sendo um fiasco a atuação do governo federal e das assim chamadas forças armadas. Ações federais são feitas apenas para produzir manchetes e não escancarar a inépcia e desleixo desse governo para com o povo gaúcho.

Alexandre

O ódio cega!

Rogerio Schneider

Vá dizer isso para pessoas desalojadas, para quem não tem o que comer, onde dormir e que perderam familiares na enchente. Não falta mi-mi-mi para defender inépcia governamental. O povo brasileiro —— EDITADO ——

Alex Barreto Cypriano

Um balde d’água numa piscina olímpica. Basta verificar a magnitude dos números pra perceber. Depois que as chuvas pararem, as águas escoarem, as pessoas retornarem, as limpezas processarem, infraestruturas funcionarem, dinheiros gastarem, tudo será esquecido como se nunca tivesse acontecido. Daqui a dois anos estarão reclamando da seca promovida por la Nina. Mais três ou quatro anos depois, novas inundações pelo El Nino. O quê será do RS? Não falta ciência pra lidar com os problemas atuais e futuros, falta a determinação – e falta em nome de quê, afinal? Em que ponto de seu desenvolvimento sócio-economico ele ultrapassou a… Read more »

Marcelo Baptista

Alex, acho que este é um problema cultural brasileiro, nós nós focamos no agora, temos o péssimo hábito de esquecer o passado, de não aprender com ele. A Defesa Civil e as outras estruturas do Estado tem as informações, os dados, mas ninguém, seja político ou cidadão usa de forma coordenada estas informações, estão lá, mas não tem uso. E acabamos repetindo os mesmos dramas, a dor que poderia ser minimizada é repetida, ad eternum. Só para exemplificar, temos o histórico de chuvas, acho que desde o início do século 20. Sabemos com certa precisão os períodos de chuvas anormais,… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Marcelo Baptista
Santamariense

Bem por aí. Muito bom.

Alex Prado

Moro em canoas e realmente quem salvou muita gente foi o pessoal que tinha barco e quem tinha jetskis não vi um barco ou lancha dos bombeiros e outra falo porque moro aqui não é o me falaram! Minha casa tá só aparecendo o telhado a empresa de gás no fim da rua primavera onde moro idem, e o governo estadual tá mais preocupado com o nome pra operação do que agir o que mais se vê é vereador travestido de defesa civil nos abrigos e tirando self e mais nada , aliais o prefeito tá nessa também

Burgos

Bom dia Alex;
O que acontece, hoje a casta política tem achado muita dificuldade para enveredar ou iniciar suas campanhas políticas aí fazem dessas tragédias um trampolim para burlar as Leis de restrições políticas para que se iniciem de modo até desumano se prevalecendo com a desgraça dos outros 😔
Lamentável tudo isso !!!
Tenho desprezo por esses tipos de pessoas.
Fui seu vizinho aí, morei em Esteio/RS, parece que até a feira da cidade foi cancelada.
Prejuízos incalculáveis para o Estado todo 😔🙏

SmokingSnake 🐍

Rio Grande do sul está quebrado com uma dívida impagável e não é o único, o RJ também tem dívida impagável e logo quebra. O pacto federativo vem ferrando com os estados do sul e sudeste faz tempo, enquanto isso Brasília se tornou de longe o lugar mais rico do país pelo pib per capita sem produzir nada, apenas sugando dos estados que produzem.

Salomon

Nesse minuto está na barra de Rio Grande, e tem um pilot boat a sua proa, não sei se receberam prático, imagino que sim.

CR Sertao

Esse navio é muito útil. Ao ines de Porta Aviões mais uns destes aí não faria mal.

Augusto José de Souza

Escoltas em grandes números e uma boa força de submarinos é o que a MB precisa junto a mais aeronaves de asas rotativas ao invés caças antigos sem porta aviões.

Last edited 2 meses atrás by Augusto José de Souza
Camargoer.

Creio que a força de submarinos está resolvida…. e os navios de combate serão resolvidos com as novas FCT. A médio prazo, parece bem encaminhado

Tem um matéria aqui no “Naval” sobre os planos da MB… nele, discordo do NAe… eu defendo que a MB opere dois multipropósitos ao invés de um NAe

Fernando "Nunão" De Martini

Mas lá não está NAe, está NAM.

Camargoer.

Opa… a memória pregando uma peça. Vou reler a matéria… obrigado pelo alerta.

Sergio

Tragédias e desespero andam de mãos juntas.

Não nos esqueçamos do katrina na louisiana/mississipi. Por sinal, um cenário bem parecido.

Choca no entanto já termos um – mais um – inquérito no STF para apurar fakenews no atendimento a tragédia.

Governos precisam e devem ser cobrados em catástrofes ou fora delas.

Algo me diz que tem gente querendo apagar a fogueira com gasolina.

Isso não tem como terminar bem.

Jadir

Pessoal, sou gaúcho, ex-militar da Marinha, e, gostaria de relatar que tem muito fakenews circulando pela rede. Para quem não conhece o RGS, essa tragédia ocorreu na metade norte do estado, lá é local em que a maioria do povo é —— EDITADO ——. Tem muito prefeito metendo pilha, apostando no quanto pior melhor. Vejam o exemplo do prefeito de Farroupilha e de Cachoeirinha. Todos os militares, voluntários e a sociedade civil, estão empenhados em fazer o melhor. A extensão do desastre foi muito grande, teve bairros inteiros que ficaram debaixo d’água.

Pampa 2024

Na condição de gaúcho com vários familiares flagelados, venho agradecer o auxilio da Marinha do Brasil ao povo do Rio Grande . Um abraço a todos os brasileiros que estão nos auxiliando. É uma tragédia de proporções bíblicas. Toda a ajuda é bem vinda.

Camargoer.

Olá Pampa… estamos juntos.

Aqui, no interior de SP, estamos com uma nova onda de baixa umidade e elevadas temperaturas.

Nada se comparara ao que esta acontecendo ai no RS, contudo as sucessivas ondas de alta temperatura e períodos de intensa chuva (nada comparado ao que acontece ai) foi o suficiente para uma epidemia de dengue…

as coisas estão fora do lugar…

Luiz Carlos

Há anos atrás comentei da falta de um navio hospitalar na MB, como as grandes marinhas possuem.
Falaram que não precisava, que não havia calamidades no Brasil para isso etc.
Aí veio a COVID-19, calamidades diversas no Brasil todo etc.
Agora olha aí!
Acho que a MB deveria analisar com muita atenção essa necessidade, que infelizmente será cada vez mais frequente.

Camargoer.

A MB tem navios hospitalares fluviais. O mais novo deles foi adquirido com recursos do SUS.

Creio que ao invés de um navio hospitalar, o mais apropriado seria um segundo navio multipropósito (como um Mistral) o qual tivesse um bom hospital e pudesse, caso necessário, usar seus espaços internos como hospital de campanha

Fernando "Nunão" De Martini

Pois é.
Tanto o Bahia quanto o Atlântico são equipados com hospitais.

Camargoer.

Eu sei… escrevi no condicional respondendo ao condicional do Luiz.

Burgos

Bom dia a todos;
Acredito que se começar as coisas ficarem fora do controle que já já vai ficar mesmo, o próprio Min. de Relação Exterior via autorização do PresRep. pode via intermédio da ONU e outras instituições, pedir o desdobramento do USS Comfort aqui no Brasil, pensa em um Navio Hospital bem equipado 👍
Taí Srs Editores ⚓️
Sugestão de Matéria:USS Comfort
Acredito que muita gente não sabe que existe essa classe de navio e que já foi requisitada em muitas outras tragédias até a nível internacional

Franz A. Neeracher
Burgos

Errei 🤦‍♂️
Não é USS, eles são considerados lá como navio de apoio USNS 👍

Dalton

O USNS Comfort ainda estava em manutenção em fevereiro, então deverá levar um tempo até que esteja pronto para missão novamente, mas, apesar de ser ainda útil esse antigo navio tem sofrido muitas críticas e se está construindo agora Navios Hospitais menores mais adequados e baratos de operar além de capazes de aportar em portos pouco profundos. . Tem prestado bons serviços no Caribe e em países ao norte da América do Sul, mas, faze-lo navegar tão distante para utiliza-lo durante “meses” ao largo do Rio Grande do Sul me parece pouco produtivo ou mesmo viável afinal ele teria que… Read more »

Burgos

Esse problema Dalton não vai se resolver da noite pro Dia, e ele poderia. Ficar aqui por 4 a 6 meses e se o problema fosse água, combustível e alimentação o Governo repassaria a verba via ONU após a sua Estadia aqui.
Acredito eu que o momento é emergencial e poderia ser uma possibilidade e preferia deixar a parte de achismo que nosso povo tem essa Cultura infelizmente, mas nada que venha a desabonar a conduta de ninguém também.
O momento é catastrófico 😔
Obrigado Franz;
Vou abrir a matéria e vou ler

Dalton

Burgos, o problema também não será resolvido em 6 meses, navios não são a solução o Estado precisa de muitas outras coisas que já estão sendo providenciadas e hospitais de campanha podem ser montados e mesmo que fosse viável sua proposta até o “Comfort” estar disponível e chegar aqui – meses – muita coisa já terá sido feita. . O “Comfort” é desnecessário, seria até útil, se coincidentemente ele estivesse passando pelo Rio Grande do Sul quando do início da calamidade – ele nunca foi enviado tão distante com exceção das guerras no Oriente Médio – como aconteceu com o… Read more »

Burgos

Tá certo !!!
Tragédias não escolhem dia e hora para acontecer ainda mais coincidindo com a passagem de uma classe de navio como esse no hemisfério sul.
Necessidades de muitos, também é de outros também.😔
Mas tudo bem, quando outros países precisaram do Brasil colocaram tudo em avião e mandaram pra eles (O Líbano foi um) agora vc me dizer que é desnecessário a presença de um meio dessa magnitude aqui.
Sinto muito, eu refuto qualquer argumentação sua.
Continuo acreditando que vai precisar, só isso, mais nada.👍

Dalton

Burgos distorceu e não compreendeu o que escrevi. O “Comfort” em média a cada 2 anos faz uma visita a países do Caribe por em média 3 meses apenas, ele nunca desce abaixo da Linha do equador que demarca os hemisférios do globo. . O que está ocorrendo no Rio Grande do Sul é algo que o país pode lidar sozinho, ou então contar com alguma ajuda de países vizinhos ao Estado como Argentina e Uruguai que está ocorrendo e o que os gaúchos estão precisando mais é alimentos, roupas, produtos de higiene até rações para animais. . ancorar esse… Read more »

Alois

Navios multi propósito podem e devem estar no planejamento da MB, para um país do nosso tamanho, são navios que servem em tempos de guerra e situações de defesa civil, não é porque agora temos esta tragédia no RGS, mas porque elas irão se repetir em intensidades diferentes, mas acontecerão, é uma forma preventiva de ajudar a população nestes casos, não vai evitar as tragédias, mas ajuda a recompor a situação.

Victor

Navio Subestimado.

Há a possibilidade de realizar engenharia reversa (ou projeto parecido) para produção de mais uns 3 desse?

Fernando "Nunão" De Martini

Tem projetos mais novos e melhores disponíveis, como o Mistral francês e o Juan Carlos I espanhol, para ficar nos que foram exportados / produzidos sob licença fora dos países de origem.