Home Reportagem BPC ‘Dixmude’ no Rio

BPC ‘Dixmude’ no Rio

181
4

O mais moderno navio da marinha francesa, o navio de projeção e comando (BPC) Dixmude da classe “Mistral”, chegou ao Rio de Janeiro no dia 5 de junho, acompanhado da fragata Georges Leygues, na missão “Jeanne D’Arc 2012” que começou em março, em Toulon, e termina em julho, em Brest, passando pelos oceanos Índico e Atlântico Sul. Os futuros oficiais da marinha francesa fazem esta viagem a bordo de um navio ultramoderno, “sistership” do Mistral e do Tonnèrre, construído em 2009 e adquirido pela Marinha Francesa em janeiro de 2012.

O navio tem 199 metros de comprimento e funciona como porta-helicópteros, anfíbio, hospital (para eventuais missões humanitárias) e plataforma de comando. O BPC Dixmude tem capacidade para 650 soldados, 16 helicópteros, 110 veículos blindados e 13 tanques. Desde que o porta-helicópteros Jeanne d’Arc foi desativado, em 2010, os novos oficiais franceses são formados em navios de combate da marinha, preparados para recebê-los. Este ano são 144 cadetes, dentre eles 21 mulheres e 16 estrangeiros provenientes de nações amigas, como o brasileiro João da Silva de Deus, primeiro colocado no curso da Escola Naval.

Este modelo original original de navio da classe “Mistral”, cujo apelido é “canivete naval”, foi comprado recentemente pela Rússia. A classe BPC é caracterizada por navios que atendem a uma ampla gama de missões militares e civis.

Atividades durante a escala:

Além das tradicionais atividades protocolares de cortesia inerentes a todas as escalas em países amigos, muitas atividades foram planejadas com a Marinha do Brasil durante a estadia dos dois navios do grupo-escola da Marine Nationale francesa, no porto do Rio, incluindo intercâmbios com a Escola Naval, na Ilha de Villegagnon, e um dia de exposição de industriais franceses da área de defesa a bordo do navio. O navio não será aberto à visitação pública.

Participaram de uma entrevista coletiva com a Imprensa no dia 6 de junho o comandante do Grupo-Escola « Jeanne d’Arc » e do BPC Dixmude, CMG Guillaume Goutay, o comandante da Fragata Georges-Leygues, CFR Jean-Marin Hébrail e o adido de defesa e naval da França, CMG Marin Pelletier Doisy.

Atividades operacionais :

A partir do dia 11 de junho, estão previstos exercícios em conjunto de alto nível operacional com a Marinha do Brasil no mar – incluindo fases anfíbias, aéreas e antissubmarinas, que reiteram a excelente relação de cooperação entre os dois países envolvidos numa parceria estratégica de grande porte.

Duante a visita da Imprensa ao navio, CLANFs do CFN já estavam a bordo para os exercícios que começarão na segunda-feira, dia 11.

AGRADECIMENTO: o Poder Naval agradece a atenção do Serviço de Comunicação do Consulat Général de France no Rio de Janeiro, especialmente à Marcia D’Angelo.

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MO
MO
8 anos atrás

buneu de georges Leygues nem pensar neh …

MO
MO
8 anos atrás

depois da primeira foto dso falta alguem perguntar quem e o que eh quadrado retangulo (de tres lados isoceles) … kkkkk

eraldocalheiros
eraldocalheiros
8 anos atrás

Esse é um daqueles tão propalado pelo nosso Ex. MD, NJ que viria para a nossa gloriosa? kkkkkkkkk ´so rindo muito pra não chorar.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! Algo de podre ocorre, no fantástico reino da Eurocopter e suas máquinas “maravilhosas”!!! E aproveitando que o “Diximude” trouxe algumas dessas tranqueiras ao RJ, eis a nota publicada no Fightglobal: “An emergency airworthiness directive for several Eurocopter types has been issued by the European Aviation Safety Agency after an AS332 Super Puma helicopter suffered brake failure when landing on the helideck of a North Sea offshore oil rig, and “started to roll toward the edge of deck”, the agency reported.” “…an affect Eurocopter SA330, AS332 and EC225 helicopters, requiring an immediate rotorcraft flight manual revision… Read more »