FREMM Marrocos - foto DCNS

-

Primeira fase de provas foca no sistema de propulsão, e próxima fase focará no sistema de armas – entrega do navio, que servirá à Marinha Real Marroquina com o nome ‘Mohammed VI’, está prevista para o final deste ano

-

A DCNS informou em nota que, em 17 de abril, foram iniciadas as provas de mar da fragata multimissão FREMM da Marinha Real Marroquina, que receberá o nome Mohammed VI. Segundo a empresa, diversos testes serão feitos ao longo das próximas semanas, e a entrega ao Marrocos será no final deste ano, de acordo com o cronograma do contrato. As “excepcionais qualidades marinheiras das fragatas FREMM”, segundo a nota, já foram demonstradas pela primeira da classe, a Aquitaine, entregue à Marinha Francesa em novembro de 2012.

O foco das primeiras provas é o desempenho dos sistemas de propulsão e navegação, com tripulação composta de militares da Marinha Francesa (60), representantes do cliente e funcionários da DCNS. No total, mais de 150 pessoas estarão a bordo realizando diversos trabalhos. Para economizar idas e vindas do navio ao porto, conforme as necessidades da equipe, integrantes serão transportados diariamente da fragata à terra por outros meios.

Os primeiros três dias da campanha de provas são conhecidos como fase de “familiarização”, e serão usados para testar os sistemas e equipamentos de segurança. Isso inclui sistemas de combate a incêndio, de controle de embarque de água e de resposta a emergências, assim como procedimentos de evacuação. Também se inclui a avaliação da manobrabilidade  e desempenho em atracação.

A segunda fase focará no sistema de propulsão híbrido CODLOG (COmbined Diesel eLectric Or Gas – Combinação Diesel Elétrica ou Gás), que combina motores elétricos para propulsão em baixa velocidade e modo silencioso e uma turbina a gás para alta velocidade, que pode exceder a 27 nós. Além disso, as equipes da DCNS testarão os sistemas de navegação e suas plataformas inerciais para posicionamento preciso em qualquer lugar do mundo.

Quando esses testes preliminares forem terminados, a fragata voltará às instalações da DCNS em Lorient, antes de voltar ao mar para a segunda fase de provas, que focará no sistema de combate. Enquanto isso, parte da futura tripulação marroquina do navio está sendo treinada em simuladores em Lorient.

O programa FREMM francês inclui 11 navios para a Marinha Francesa e um para a Marinha Real Marroquina. Além da primeira, a já entregue Aquitaine francesa, e da segunda, a Mohammed VI marroquina que acaba de iniciar as provas, há quatro outras fragatas FREMM em vários estágios de conclusão em Lorient. A terceira da série é a futura Normandie, que deverá iniciar suas provas de mar no final do ano para entrega à Marinha Francesa em 2014. A quarta, Provence, já está construída e flutuará na doca de construção no último trimestre do ano.  A quinta e a sexta da série estão em construção.

Ainda segundo a nota, as fragatas FREMM são equipadas com armas e sistemas de última geração, incluindo o radar multifuncional Herakles, mísseis de cruzeiro MdCN, mísseis antiaéreos Aster, mísseis antinavio Exocet MM40 e torpedos MU90. O comprimento total é de 142 metros, com 20 metros de boca, deslocamento aproximado de 6.000 toneladas, velocidade máxima de 27 nós, alcance de 6.000 milhas náuticas a 15 nós, tripulação de 108 pessoas (incluindo grupo aéreo embarcado), acomodações para 145 homens e mulheres.

FONTE / FOTO: DCNS (tradução e edição do Poder Naval a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

Tags: , , , , ,

About Fernando "Nunão" De Martini

View all posts by Fernando "Nunão" De Martini

2 Responses to “Começam as provas de mar da fragata FREMM do Marrocos, ‘Mohammed VI’” Subscribe

  1. Wagner 23 de abril de 2013 at 12:03 #

    parece um Stardestroier…

  2. MO 23 de abril de 2013 at 18:19 #

    parece um quadrado retangulo mesmo

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Fase de testes avança no Prosub

Odebrecht - Prosub, fase de testes - 1

Seção de Qualificação é transportada para Prédio Principal do Estaleiro de Construção Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2014 […]

Brasil cria núcleo de missão naval em São Tomé e Príncipe

NPa Grauna

Objetivo é levantar necessidades da guarda costeira do local e elaborar proposta de acordo de cooperação entre os dois países […]

China planeja construir 18 bases navais no exterior, inclusive na Namíbia

PLA Navy

Segundo o jornal The Namibian, estão em curso discussões nos “mais altos níveis” os planos da Marinha do Exército de Libertação […]

Taiwan inicia provas de mar do seu novo navio de apoio logístico

AOE532_Panshi_01

A Marinha da República da China (Taiwan), ROC Navy, iniciou os testes de mar do navio de apoio logístico de […]

Mísseis JL-2 lançados de submarinos chineses poderão alcançar os EUA

JL-2

Os mísseis intercontinentais de segunda geração JL-2, lançados de submarinos, que têm a capacidade de atingir os EUA, já se […]