Type-52D-destroyer

Segundo informações do jornal China’s Global Times, a Marinha do Exército de Libertação Popular caba de lançar o Chengdu – quarto contratorpedeiro tipo 052D. A classe é uma modernização do modelo anterior, 052C, e entre os equipamentos adicionais estão canhão de 130mm e radar de varredura eletrônica ativa (AESA).

O Chengdu é a décima embarcação a ser apelidada de “Aegis chinês”, em comparação aos contratorpedeiros da classe Arleigh Burke da Marinha americana, armados com o sistema de mísseis Aegis. Outros armamentos do navio incluem o míssil antiaéreo de longo alcance HQ-9 e mísseis de cruzeiro DH-10. Ainda segundo o Global Times, o primeiro tipo 052D – o Kunming – completou recentemente com sucesso o ciclo de testes do sistema de propulsão.

O desenvolvimento desses navios deve tornar a China capaz de mobilizar simultaneamente até três unidades para desdobramentos avançados. Além dos 052D, o país estaria desenvolvendo os contratorpedeiros tipo 055, comparáveis aos classe Zumwalt da US Navy, e que devem se tornar o principal elemento das forças de superfície chinesas entre 2020 e 2030.

FONTE: Want China Times (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

4 Comentários para “Marinha chinesa lança quarto contratorpedeiro tipo 052D”

  1. MO 21 de novembro de 2013 at 14:22 #

    Impressionanente a elocidade que os chinelicos constroem um CT …

    Logo logo com tantos CT´s eles ja terão seus DesRons ….

  2. Oganza 21 de novembro de 2013 at 14:31 #

    Fico curioso em saber de como seria um combate naval no século 21, com todos esses novos cascos e seus mega sensores…

    Digam o que disserem, ninguém sabe realmente como se daria tais manobras e seus efeitos. Tudo que temos hj são simulações, mas não se tem nada de concreto.

    Sds.

  3. costamarques 22 de novembro de 2013 at 8:56 #

    Se repararem a China e o Japão estão travando uma guerra fria.

  4. Ivan 22 de novembro de 2013 at 9:28 #

    Costa Marques,

    Faz tempo!
    E nem sempre foi fria.

    Abç.,
    Ivan.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

corymbe-le-bpc-tonnerre-releve-le-tcd-siroco-2

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio Siroco , o navio, que será […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]