krasnodar

ClippingNEWS-PAUm incêndio aconteceu nesta segunda-feira, 17, no submarino nuclear Krasnodar, que se encontra na usina de Nerpa, região de Murmansk, para uma reciclagem. O fogo foi controlado e o incidente não deixou feridos. A ameaça de vazamento de radiação também está descartada, visto que na hora do incidente a embarcação não continha combustível nuclear.

O K-148 Krasnodar foi lançado à água em 1985, sendo o primeiro cruzador submarino nuclear russo do projeto 949A Antei (ou Oscar II, na classificação da OTAN). Durante seu tempo de serviço, a embarcação cumpriu quatro missões de combate no Atlântico e no Mediterrâneo. Em 1998, foi retirado da Marinha, e atualmente, os fundos destinados para sua reciclagem estão sendo alocados pelos Estados Unidos e pela Itália.

FONTE: Diário da Rússia

Tags: , , , , , ,

7 Comentários para “Submarino nuclear pega fogo em Murmansk”

  1. daltonl 18 de março de 2014 at 15:28 #

    Cruzador submarino nuclear na verdade e a confusão é compreensivel deveria ser submarino com misseis de cruzeiro, (cruise missile submarine).

    O malfadado Kursk perdido em 2000 com toda a tripulação pertenceu a essa mesma classe.

  2. juarezmartinez 18 de março de 2014 at 19:27 #

    Casualmente é Russo, mas é só mais uma casualidade.

    Grande abraço

  3. Reinaldo Deprera 18 de março de 2014 at 20:42 #

    O extintor era importado.

    Save Ferris!

  4. CVN76 19 de março de 2014 at 9:37 #

    Em vêz de “usina de Nerpa”, o correto seria “estaleiro de Nerpa”

  5. Wagner 21 de março de 2014 at 11:42 #

    E casualmente NUNCA NADA de errado acontece EM NENHUM estaleiro ocidental…

    Jamais…

  6. cristiano.gr 21 de março de 2014 at 14:29 #

    Só a Rússia tem acidentes militares , né? Só a Rússia.

    Tem gente que finge que não vê ou que não lembra. Ano passado um submarino nuclear americano pegou fogo, também, com certeza acompanharam a notícia.

    Procurando na mídia dá para achar algumas notícias falando de problemas na mais nova classe de subs do titio, também.

  7. daltonl 21 de março de 2014 at 15:01 #

    Se o submarino que vc está referindo-se é o USS Miami,
    este foi um incendio criminoso ocorrido em 2012 e o
    responsavel pegou 17 anos de cadeia, então nesse caso o fogo que acabou inutilizando o submarino totalmente foi deliberadamente provocado.

    Não que não ocorram “acidentes militares” nos EUA, ocorrem sim, todo o tempo, mas ainda em escala menor do que na Russia.

    E como curiosidade mesmo, pois é impossivel acompanhar tudo que sai na midia, que tipo de problemas exatamente estão ocorrendo com “a mais nova classe de subs…” ??

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio “Siroco”, o navio, que será aposentado […]

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Cerimônia de Passagem de Comando na Escola Superior de Guerra

almirante-leal-ferreira

Na data de hoje, 22 de janeiro de 2015, deixa o Comando da Escola Superior de Guerra (ESG), o Almirante-de-Esquadra […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]