Primeiro teste de lançamento do míssil Sea Venom/ANL da MBDA

Primeiro teste de lançamento do míssil Sea Venom/ANL da MBDA

1299
1

O míssil antinavio Sea Venom/ANL da MBDA concluiu com sucesso o primeiro disparo na área de testes da Île du Levant na França.

Conduzido em junho, o primeiro lançamento é um marco importante para o míssil anglo-francês; Desenvolvido para oferecer uma capacidade aprimorada e substituir sistemas existentes e antigos, como o Sea Skua desenvolvido no Reino Unido e os mísseis antinavio AS15TT desenvolvidos na França.

O teste do míssil da classe de 100 kg foi realizado a partir de um helicóptero de testes Dauphin de propriedade da DGA (Direction Générale de l’Armement – Agência Francesa de Aquisição de Defesa).

Frank Bastart, chefe do programa Sea Venom/ANL na MBDA, disse: “O teste de mísseis foi um sucesso completo e é um momento orgulhoso para a empresa e para todos os envolvidos no projeto. Quando entrar em serviço, o Sea Venom/ANL proporcionará um grande aumento de capacidade para as forças armadas francesas e britânicas”.

Sea Venom inerte em testes no Lynx Mk8 da Royal Navy

Encomendado conjuntamente em 2014, o projeto Sea Venom/ANL foi desenvolvido 50/50 entre o Reino Unido e a França e desempenhou um papel fundamental na criação de centros compartilhados de excelência em tecnologias de mísseis em ambos os países — um movimento que proporcionará benefícios significativos para ambas as nações.

Paul Goodwin, vice-chefe do projeto Sea Venom, acrescentou: “Embora sendo o primeiro disparo, ele não foi de forma alguma cauteloso. O sistema foi levado até o limite de sua capacidade de alcance — um passo ousado mostrando nossa confiança na maturidade do design e tornando o sucesso ainda mais agradável. O próximo passo é o exercício dos recursos de “operator in the loop” do sistema.

No serviço do Reino Unido, o míssil está previsto para ser usado no helicóptero AW159 Wildcat, enquanto a França operará o míssil do seu novo Hélicoptère Interarmées Léger (HIL). O míssil foi projetado para uso da mais ampla gama de plataformas, com ensaios de transporte aéreo realizados para demonstrar a compatibilidade do míssil em helicópteros Lynx antigos.

Concepção do Sea Venom sendo lançado por um Wildcat

FONTE: MBDA

1 COMMENT

  1. A propósito, a França escolheu o Airbus H160 como base para seu novo Hélicoptère Interarmées Léger (HIL).

LEAVE A REPLY