Home Marinha Mercante De mercante a navio-tanque

De mercante a navio-tanque

610
0

mt-delos.jpg

Em 2004, o Governo da Austrália comprou o petroleiro MT Delos, de 33.000t, a fim de convertê-lo em navio-tanque, para o reabastecimento de sua Esquadra em alto-mar, em substituição ao HMAS Westralia.

O MT Delos passou por uma intensa reforma e foi rebatizado como HMAS Sirius. Nas fotos, vê-se como o navio era e como ficou, depois da reforma e da nova pintura cinza.

hmas-sirius.jpg

hmas-sirius-2004.jpg

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Taer
Visitante
Taer

Marinha de País comprometido com seu crescimento e seus compromissos internos e externos é outra história!
Sds.

Marcelo Brandão
Visitante
Marcelo Brandão

Enquanto isso o Atlântico Sul apodrece no caís da BNRJ… não poderiamos dar a ele um destino parecido??? Sei que não é petroleiro, salvo engano é graneleiro… mas poderia ter alguma utilidade que não a de juntar ferrugem.

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Graneleiro … vcquer dizer full ocntainer neh, quase igual …

Fred
Visitante

o Atlântico Sul não foi desincorporado em 2005? ainda está no Rio? Não venderam o casco até hoje?

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Esta em Niteroi

Seu destino realmente é uma incognita

Adquiriram o navio errado, deveriam ter pego o Global Africa, ai sim teria real utilidade na MB, um ro/ro – lo/lo

O Lloyd Atlantico (A.Sul) é um full container, apenas movimentaria containers (o qeu sera uma boa, se houvesse esta doutrina, mas o Afric, este possuia rampa angulada na popa, transportaria containers, veicvuços e tropas se fose o caso adaptando alojamentos, este sim seria um verdadeiro ap log, com capacidade de ap Anfibio e com uma coonvoo natural em seu weather deck

Ma … marcamos o navio foi vendido …

MO

Fred
Visitante

Fazer oque! Sentar e chorar, de novo! 🙂

direto do fundo do mar
Visitante
direto do fundo do mar

O navio foi descomissionado por que houve uma ação na justiça daquelas cabeludas e a MB preferiu não perder mais tempo nele. E é claro a guarda do navio está com a MB pois a mesma investiu uma grana no navio e deseja ser ressarcida.
Como tudo neste país é demoooorado, já viram né?
A sacada do NT é muito interessante. Se a MB conseguir um com casco duplo para atender a legislação internacional, realizar estas obras colocando um convôo para receber SH, Cougar e outros, acho que seria fantástico. Alias, o São Paulo iria agradecer muito.:)

McNamara
Visitante

De vez em quando os Australianos dão uma dentro, mas não é sempre, o histórico deles em aquisições para sua Marinha de Guerra é negro.

Azevedo
Visitante
Azevedo

A MARPOL exime os navios militares, mas a Austrália decidiu, mesmo assim, fazer a substituição de que trata o post.
Relatório em:
http://www.anao.gov.au/uploads/documents/2006-07_Audit_Report_20.pdf

Erik
Visitante
Erik

Para o Brasil seria muito mais facil adquirir logo devez um navio tanque low end da Petrobras/Transpetro, algum desses classe “Lady”, que seram desativados dentro em breve, provavelmente serao vendidos como sucata, por nao mais atenderem legislaçao internacional, a “transformar” , um full container em tanque, algo jamais visto, somente o contrario, navios tanques sim podem ser convertidos em Bulk ou containeiros, mas mesmo assim com grande custo e perda de eficiencia, o melhor destino pro ex-Lloyd seria voltar a ser mercante, que sempre foi sua vocaçao, dada a carencia de full containers na bandeira brasileira, atualmente nao temos mais… Read more »

airacobra
Visitante
airacobra

se a MB não colocou um convoo no gastão motta, q seria uma coisa muito simples de se fazer, imagina comprar um petroleiro e transformar em tanque com convoo

airacobra
Visitante
airacobra

mas gostaria muito de ver um trabalho desses sendo realizado no Brasil, e nossa MB sendo presenteada com um tanque de qualidade e dar o devido e merecido descanso ao marajó, por seus incontaveis anos de trabalho arduo pela Marinha