segunda-feira, abril 12, 2021

Saab Naval

A evolução e a ameaça dos submarinos “cocaleiros”

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

spss.jpg

Os semi-submersíveis auto-propulsados (Self Propelled Semi Submersible – SPSS) usados por narcotraficantes e contrabandistas, serão uma  ameaça cada vez mais freqüente nos mares da América do Latina.
Como está muito mais difícil transportar droga pelos ares, os SPSS foram a solução encontrada pelo narcotráfico para fazer com que a carga chegue ao seu destino.
Uma grande preocupação dos EUA, com relação aos SPSS, é a possibilidade de terroristas também fazerem uso dessas embarcações para alcançarem seu território.
No caso do Brasil, que é uma das principais rotas do tráfico internacional, a aplicação da Lei do Abate pela FAB, pode ter transferido o problema para a Marinha do Brasil: SPSSs poderão navegar pelos mares do norte do País.

Aqui estão alguns fatos interessantes e, a seguir, fotografias de SPSSs liberadas pela Guarda Costeira dos EUA:

  • SPSS: são navios de superfície de 40 a 80 pés de comprimento, com borda livre muito baixa (altura acima da linha d’água) tipicamente de 18 polegadas. Atualmente utilizados para o narcotráfico.
  • Material de construção: feitos de fibra de vidro/madeira tornando-se difícil de ser detectadas no mar visualmente, e também por radar.
  • Propulsão: motores diesel, simples ou duplos, com capacidade de armazenamento de combustível não inferior a 1.500 litros.
  • Velocidade e Alcance: cerca de 6 nós e em torno de 2.000 milhas.
  • Capacidade: pode acomodar até quatro pessoas e pode transportar carga (cocaína), de 4 a 12 toneladas, dependendo do tamanho.
  • Controle e Comunicação: Manual ou controle remoto, utilizando o Sistema de Posicionamento Global (GPS), compactos e potentes equipamento de comunicação
  • Construção, tempo e custo: eles são feitos de forma artesanal e não construídos em estaleiros, com demora de cerca de um ano para a construção, e os custos em torno de US $ 2 milhões de dólares.
  • Os desenvolvimentos futuros: como o SPSS provou ser muito confiável para o contrabando desde 1990, agora também se utiliza aço para construção, para torná-lo mais forte, melhorar a navegabilidade e prover maior capacidade decarga.

spss1.jpg

spss3.jpg

spss4.jpg spss_cargo.jpg spss_communication.jpg

spss_low_freeboard.jpg  spss_interior.jpg spss_scuttle_valve.jpg

spss_steering.jpg

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nunão

Pergunta: a “Lei do Abate da Marinha” está em vigor, né?

http://www.defesanet.com.br/marinha/dl5129/

GustavoB

Chega a dar medo de abrir os comentários e encontrar o tradicional “será que um desses não servia para…”

Rodrigo

Não tem nada de submarino nisso, parece um monitor do séc. XIX.

Mahan

Seria tecnicamente possível um desses Sub COCALEIROS conduzirem 1 ou 2 torpedos (chineses contrabandeados)e aprontar p’ra cima duma escolta, nada sério, apenas no intúito de escapar, atrasando o perseguidor?

Radical_Nato

Se demorar mais um pouco, eles vão construir um SUB

Radical_Nato

Put’s dei enter sem querer.
Mas continuando….Nuclear primeiro do que o Brasil.
rs.rs.rs.rs!!

Tiago Jeronimo

Quando os traficantes comecarem a contruir submarinos de verdade ae fudeu, vai ser dificil conseguirem intercepta-los.

CorsarioDF

Tô achando que a tecnologia deles está melhor do que a nossa!!!

Ricardo

E surpreendente a criatividade desses narcotraficantes, outro dia mesmo a guarda costeira mexicana pegou um desses.

[…] EUA estimam que a maior parte da cocaína que chega ao seu território vem a bordo de semi-submersíveis auto-propulsados. Estima-se que cerca de 75 embarcações semelhantes a da foto são construídas por ano, na […]

matheus

se eles tem a capacidade de construir um SPSS eles também tem capacidade de buscar um empro bom, depois falam que traficante nao teve oportunidade!

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

Doutrina de engajamento da US Navy contra submarinos inimigos

A doutrina de Guerra Antissubmarino (ASW) da US Navy (Marinha dos EUA) prioriza a destruição dos submarinos de um...
- Publicidade -
- Advertisement -