sexta-feira, maio 27, 2022

Saab Naval

A degradação do Poder Naval Brasileiro

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O quadro abaixo mostra os meios navais da Marinha do Brasil em 1997. Um bom exercício é riscar do quadro as unidades que foram desativadas nesses 10 anos, comparando com a lista atual no site Marinha do Brasil. Percebe-se claramente que a situação piorou, principalmente nos meios da Esquadra.
Já foi dito pelo Comando da Marinha, no ano passado, que se os cortes no orçamento  persistirem, o Poder Naval brasileiro desaparecerá completamente em 2025.

mbships1997.jpg

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio Max

Triste constatar o definhamento da esquadra. Se o Brasil ainda tivesse essa quantidade de meios, e operacionais, teria uma Marinha de respeito, talvez com problemas, mas impondo alguma preocupação a eventuais inimigos. Mas Fragatas, Contra-Torpedeiros, Submarinos e Corvetas vêm sendo postos em reserva ou descomissionados numa velocidade impressionante, considerando que, desde 1997, a receita tributária geral do Estado brasileiro mais que triplicou em termos reais. Uma montanha de dinheiro que não foi parar na saúde, educação e segurança pública, muito menos nas forças armadas. Uma montanha de dinheiro que foi parar em centenas de prédios suntuosos de tribunais e agências… Read more »

Marcelo Ostra

Errr. Alexandre este quadro já esta desatualizado a alguns anos neh

crio de estar ha pelo menos mais de 5 anos, possivelmente bem mais

pois ainda consta por exemploo “Jacaré”

MO

Galante

Ostra, o quadro é de 1997, como disse no post. É para comparar com os meios atuais disponíveis no site da MB.

Rodrigo Rauta

Isso sem falar que nesse ano as Niteroi ainda não tinham passado pela ModFrag , o Barrosa ainda tava sendo montado e o Tikuna em dique seco! E o pior , em 1997 ja tinhamos um esquadra obsoleta, mas pelo menos tinha uma quantidade razoavel(em termos de America Latina) de escoltas. E como bem lembrou o Fabio, o dindin das arrecadoçoes não foi pra lugar nenhum, ou melhor, foi para o bols..ops! para os prédios de tribunais, agencias reguladoreas, reformas dos apes dos deputados( que na maioria NÃO são usados), na compra do aero lula, aumentos dos mesmos deputados e… Read more »

Matheus Felipe

Meu sonho era ver as forças armadas varrendo esses corruptos de Brasilia. Porque infelizmente a sociedade brasileira de hoje está acomodada demais, fica assustada com o que vê na TV, porém no outro dia já esquece e volta tudo ao “normal”.

ph ctba

“o Poder Naval brasileiro desaparecerá completamente em 2025.”

Que poder naval?

Canaris Jr

Olá, Depois das declarações do Lula, disponíveis no G1, será que teremos algum programa de modernização e reequipamento para as FFAA brasileiras? O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (10), em sua primeira entrevista exclusiva a portais de Internet, que o governo pode cortar gastos caso a crise financeira internacional se torne mais grave e exija esse tipo de medida. “Meu papel é passar serenidade para a sociedade brasileira. Falar a verdade absoluta ao povo brasileiro. Na medida em que essa crise chegar ao Brasil e tiver implicação na diminuição dos investimentos ou o governo for obrigado… Read more »

Marko Ramius

E ainda sonham com um submarino nuclear… nunca teremos! jamais!

Canaris Jr

Olá, Em face dos acontecimentos recentes, temos que envidar esforços para que os lobistas que atrasaram a construção das várias plataformas da Petrobras – ao exigirem o conteúdo mínimo de 65% de nacionalização, prejudicando dessa maneira o planejamento de exploração de vários campos petrolíferos na Bacia de Campos – façam o mesmo para o reequipamento das FFAA brasileiras, com o apoio ao desenvolvimento de programas específicos e bem “resolvidos” para a fabricação em solo pátrio dos caças supersônicos, de submarinos, fragatas e corvetas e de blindados sobre rodas e de lagartas, de maneira que na Copa do Mundo de 2014… Read more »

Marcelo R

A soluçao e criar uma ONG da Marinha do Brasil, pois as ONG (entre elas as da amazonia) estão arrecadando (arrancando) mais dinheiro do governo federal que o que é passado para o orçamento das forças armadas. ASSIM VAI DAR CERTO!!!

Marcelo R

O acervo de sucatas da Marinha do Brasil para demolição para os proximos anos é bastante relevante, imagine o que dá para ganhar dinheiro com Alumínio, ferro, cobre, zinco, entre outros metais para reciclagem!!!
Vou abrir uma empresa de reciclagem naval para participar deste filão…

Emanuel

ISSO É UMA VERGONHA

EMERSON FULLY

Em 1997 só tinhamos sucatas flutuantes,e algumas ainda com meia vida!
Sempre tivemos apenas sobras de segunda mão que ninguem queri,hoje a situação ainda é pior.”Temos menos sucatas flutuantes”.E ainda falta muito pra 2025!Que roubada !!!

joao

Apesar das imensas ilusoes e sonhos do eterno futuro,a realidade dura e essa,mesmo. Ao passo que vamos,terminaremos em alguns ano com uma pequena guarda costeira,e olhe la. Infelizmente,as cupolas do poder no Brasil se reunem por 10,20,e 30 anos,e qunado milagrosamente tomam uma decisao,e tudo adiado e contingengionado. Sinto muito,amigos,mas ja passei da idade de acreditar em conto de fadas e papai noel. Acho que a unica possibilidade realista de ver o brasil com uma forca aero-naval capaz,numerosa,com imenso poder de fogo e dissuacao,com a protecao do litoral e espaco aereo brasileiro assegurados, seria a criacao de uma basa naval… Read more »

Marinheiro Popeye

Em 2025 o poderio vai acabar?
Esqueceram o poderoso encouraçado fluvial Parnaíba que ainda estará para nos proteger?
KKKKK!!!!

João-Curitiba

Quem não tem cão, caça com gato. A Nova Zelândia não extinguiu sua força aérea e passou à Austrália essa função? Vamos passar o pepino da nossa defesa para a Venezuela….

Marcelo R

Se estes sucatas não forem usados para fazer guerra com ninguém, dá para usa-los em um desfilezinho naval uma vez por ano ou uma até fazer uma viagenzinha para Santos para mostrar que estão em treinamento…E isso ai!!!

Walderson

Pô,

covardia. É melhor marcar o que ainda existe. Faltou o Monitor Parnaíba. Rs

Walderson

Galera,

foi mal. Ele, o Monitor Parnaíba, está lá no meio. Eu o pulei.

Um abraço a todos.

Iuri Korolev

Caros amigos do Blog Embora este blog não seja político e eu não goste do assunto gostaria de fazer umas considerações. No meu estado era uma roubalheira e corrupção geral e os investimentos (públicos e privados) estavam estagnados. Eles foram machos de prender os grandões corruptos, não apenas os lambaris, e agora o estado mudou de água para o vinho.É bonito de se ver. Mas em Brasília a máfia é mais forte. Vejam vocês um cara como o Gilmar Mendes ocupando o cargo de Presidente do Supremo. O dia que conseguirmos tirar estes inúteis e corruptos de Brasília o Brasil… Read more »

EMERSON FULLY

Vai sonhando Iuri!!!

João-Curitiba

Prezado Iuri Korolev
E quem colocou os inúteis e corruptos em Brasília? Nós mesmos, o povo brasileiro. Você citou o Gilmar Mendes. E o que dizer do destino dado ao delegado da PF e do juiz federal que foram os responsáveis pela tentativa de desbaratar mais uma quadrilha neste episódio em que o Gilmar Mendes inaugurou o Habeas Miojo (sai em 3 minutos)?

Alte Makarov

Algumas consideraçoes para os camaradas: O BRASIL POSSUI UM DOS MAIORES ORÇAMENTOS MILITARES DO MUNDO! Algumas fontes de estatísticas, como o NationMaster, colocam o Brasil dentre os dez maiores orçamentos. Agora , sendo assim, porque não estamos entre as dez maiores potências militares, em termos de pessoal, tecnologia, equipamento????? Por que, meus camaradas, os gastos das Forças Armadas Brasileiras se perdem em um verdadeiro BURACO NEGRO DE PAGAMENTOS DE PENSÕES!!!! Num país como o nosso, eu considero este sistema de pensões uma tremeda injustiça com o resto da população. MAs é isso aí, os Generais, Almirantes e Brigadeiros preferem garantir… Read more »

Alexandre F. Assemany

Realmente muito mudou nestes 11 anos, mas, se formos observar bem, sao navios antigos e obsoletos, o Nael Minas Gerais, foi substituido pelo Nae Sao Paulo, uma das Fragatas Greenhalgh (Dods) foi descomissionadas, mas vemos hoje a entrada da Corveta (para mim Fragata) Barroso no mesmo espaço, em termos de Subs, acho até que estamos melhor, pois o antigo Granelero, pelo amor de Deus, e Hoje temos 5, sendo 1 super moderno, e de tecnologia propria o Tikuna, e outros 4, em modo de atualizaçao. O que deu baixa, e nao foi recompensado a nivel de esquadra (escolta), foi a… Read more »

Marcos

Alm Makarov, falou bem.
Também estou aguardando a referida matéria.
E isso vale também para todos os “marajás”, os tais auxílio moradia, auxílio paletó e tantos outros auxílios. Só está faltando o tão necessário auxílio ao reaparelhamento das FA’s.

Pinchas Landisbergis

O Makarov está certo!

joao

Ai vai a materia. Devo confessar que no fim da pesquisa,fiquei deprimido. Os pagamentos para o pessoal e pensões absorvem a maioria do orçamento de Defesa, arrasando a quantia de investimentos em manutenção de meios existentes e aquisicao de novo equipamento. Entre 2001 e 2007,somente R$11.1 bilhoes de reais, ao redor de US$6.1 bilhoes de dolares, foram investidos nas FAAS. Para 2008,somente US$5,6 bilhões de dolares (de um orçamento total de Defesa de US$24,4 bilhoes de dolares) estão destinados a ser investidos em novos equipamentos e na manutencao dos existentes. O Resultado. Somente 267, ou 37% das aeronaves da Aeronáutica… Read more »

Iuri Korolev

Caro EMERSON FULLY O que eu mencionei sobre o meu Estado não é sonho não. Aconteceu aqui. Evidentemente não é perfeito mas mudou da água para o vinho. Mas o governador que assumiu teve coragem de peitar os caras. O governador anterior a ele não teve e pensou que ia conseguir levar os canalhas. Mas no final, os canalhas (da Assembléia) é que o encurralaram, e ele embora não fosse corrupto ficou de mãos atadas. O FHC tinha condições e força política (talvez o único que tivesse força para isto,o Lula evidentemente não tinha) para fazer uma limpa em Brasília.… Read more »

Walderson

Caros amigos. Algumas considerações. Primeiro: como disse o nobre amigo João-Curitiba reforço o fato de que quem enviou essa corja para Brasília, em sua quase totalidade, foram os senhores e seus parentes, amigos e conterrâneos. Pois nas eleições não viram em quem votaram. A corja “made in Brasília” não passa de vinte engravatados. Então, parem de falar de Brasília como se aqui brotasse a corrupção. Se os senhores resolverem acordar, verão que a corrupção no nosso país pode ser considerada endêmica, ou seja, é um caso de saúde pública. Desculpem-me se estou sendo um pouco duro, mas é muito ruim… Read more »

Walderson

Segundo: da maneira que fazem nosso orçamento, teremos sempre um orçamento enorme. O problema é que no mundo aposentadoria e pensões são tratados como rubrica de previdência. No Brasil, tudo é misturado. Como assim? É só olharmos o orçamento do Ministério da Ciência e Tecnologia. Se formos ver dessa maneira, tb é grande. Mas o que se investe é pouco, pois temos lá a rubrica de aposentadorias e pensões. O que dizer do Ministério da Educação? Lá encontraremos aposentadorias e pensões de professores federais em níveis fundamental, médio e superior. O que se investe tb é menor. Isso é que… Read more »

Walderson

Sem querer ser cansativo – e já sendo. existe uma determinação de que o investimento das FAs, ou seja, compras, programas de modernização etc, deve ser feito a partir de agora em um projeto de lei à parte. Ou seja, a Força Aérea quer comprar aviões, será feito um projeto de lei específico para isso. Aumenta o controle (Tribunal de Contas da União) e a responsabilidade dos políticos que terão de aprovar o projeto para que vire lei. Como é lei, facilita a separação do dinheiro. Outra coisa. O Ministério da Defesa está criando uma Secretaria de Compras. Isso facilita… Read more »

ronaldo souza gonçalves

Em numero até que Marinha e grande ,sendo que esta relação e velha. Penso que nossa marinha deveria preocupar com o receios das belonaves por exemplo ter mais misseis antinavio mais misseis antiaereos, melhorar se possivel as qualidades stell de algumas fragatas enfim melhorar o estoque de guerra, pois não adianta comprar fragatas novas a aposentar a mesma quantidade,sempre teremos o problema de numeros.

jordao sabino

se continuarmos com esse pessimismo bobo,jamais vamos conseguir nossa soberania naval.devemos lutar com a quelas pessoas que acreditam no pais e num futuro bem sucedido.acredito no meu pais,e um dia se Deus permitir serei piloto da FAB.

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

GRÁFICO: Marinha Chinesa em 2025

No gráfico abaixo, os principais navios de guerra de superfície da Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy),...
- Advertisement -