domingo, junho 26, 2022

Saab Naval

Comissionado último NAe da classe Nimitz

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

cvn-_gbush

O décimo e último NAe da classe Nimitz foi comissionado no dia 10 Janeiro. Construído pelo estaleiro Northrop Grumman e lançado ao mar em Outubro de 2006 o CVN 77 USS George H. W. Bush representa o fim de uma classe com mais de 30 anos.

O navio deixou o estaleiro no último dia 23 de dezembro e seguiu para a Estação Naval de Norfolk, onde foi preparado para a cerimônia de comissionamento. Sua construção, conforme anunciado, custou 6,2 bilhões de dólares.

Para mais informações sobre o navio, consulte o site da Northrop Grumman .

FOTO: AP

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Wilson Johann

E certamente vai manter a “classe Nimitz” viva pelo próximos trinta anos, pelo menos. Pelo que sei, os seus novos reatores possuem capacidade para mantê-lo operando por todo o ciclo de vida útil desta unidade. Quando este navio tiver dado baixo, já terá presenciado a desativação do F-18 F, a introdução dos F-35 e, quem sabe, de unidades operacionais de UCAVs.
A próxima classe de “Carriers” da US Navy, apesar de extensas modificações, não será muito diferente em termos de conceito da classe Nimitz, o que vislumbra o uso de porta-aviões para além da primeira metade deste século.

Abraços!!!

JACUBÃO

E nós ficamos babando po essa imponente máquina de guerra e lamentando não conseguir colocar o ferro-velho do OPALÃO para navegar.

Dunga

Pelo jeito que vai a economia americana, não se assuste se daqui para a frente so poderem construir uns “GURURUs”(copiando o comentário do Marcelão).
Na realidade o Porta Avioes “super caro”, está encerrando uma ERA, porque o preço gasto com a construção ACABOU com o navio. Veremos agora se a USNAVY não vai partir para LHDs mais umildes e baratos no lugar dos “super carriers caros”.

Tiago Jeronimo

6,2 bilhões gastos para serem afunados por qualquer sub diesel-elétrico…

Como esses americanos são burro!

Raphael

Dunga, os classe Ford vem ai. Sao um pouco maiores que os Nimitz e um pouco mais caros.

Tiago Jeronimo

*Burros 😛

O burro fui eu hehehe

Ulisses

Raphael os da classe Ford serão $14.000.000.000 por unidade,mais do que o dobro dos Nimitz.Portanto,não serão “um pouco mais caros”.

Um abração.

Dalton

Até onde sei, apenas o proximo CVN , o Gerald Ford terá a capacidade de nao precisar ter seus reatores nucleares reabastecidos, além de muitas outras melhorias.

O George Bush ainda tem um longo caminho pela frente antes de ser enviado ao Golfo Persico por exemplo. Pelo que sabemos dos outros porta-avioes americanos, só em 2011 ele será uma unidade 100 por cento efetiva.

Sds

Marcelo Martins

Esse já tem aquelas catapultas magnéticas ou isso só vai entrar em operação com os da classe Ford?

Dalton

Marcelo…

as novas cats, só com o Gerald Ford mesmo.

Sds

Ulisses

Gastar 14 bilhões de dólares no CVN 78 não seria uma ma hora para se gastar tanto dinheiro com apenas um navio por causa da crise?

Dalton

Ulisses! Sei que isso já foi discutido antes aqui, mas em resumo…o porta´-avioes é importante para os EUA ao menos por enquanto. Se eles desistirem de fabricar porta-avioes…e daqui há alguns anos eles perceberem a estupidez que cometeram…garanto a vc que nao será facil reabrir a linha de montagem. O novo porta-avioes, apesar do preço…é o primeiro de um novo tipo e é normal o alto preço das primeiras unidades pois incorporam novas tecnologias, incluindo ai as novas catapultas. O preço tende a cair…mesmo assim concordo que continuará elevado mas os novos navios terao a manutençao barateada justamente pelas novas… Read more »

Bosco

A nova classe vai incorporar motores elétricos, catapultas elétricas, lançadores verticais de mísseis ESSM, aumento de 30/40% na capacidade de transporte de armas e combustível de aviação, redução de 20% da tripulação, uma torre com novo formato, melhor distribuição dos elevadores, radares de busca eletrônica iguais aos dos DDG1000, redução significativa do RCS, etc.
OBS: Os 3 últimos “Nimitz” já não precisam trocar seu núcleo durante toda a sua vida útil estimada em 40 anos.

Bosco

Dei uma conferida e a vida útil prevista é de mais de 50 anos em operação, tanto para os NAe classe Nimitz quanto para os da classe Ford.

Dalton

Oi Bosco!

Gostaria de saber de onde tirou a informaçao de que os ultimos tres Nimitz, portanto aí incluindo o USS Harry truman, nao precisam ser reabastecidos.

Sds

mcv

vcs podem conseguirem informacoes tambem sobre este e outros topiccos de relevante importancia no site da modernmarvels.com
sds

Douglas

Os 14 bilhoes do primeiro Ford incluem pesquisa e desenvolvimento.
O segundo e o terceiro devem vir mais baratos.
O Ford substituirá o Enterprise. e os dois seguintes os dois primeiros da classe Nimitz.

Raphael

Ulisses, como o Douglas jah escreveu, 14 bilhoes incluem o preco do R&D. O primeiro da classe Ford vai sair por quase 8 bilhoes, ou seja um pouco mais do que o Nimitz sim.

KURITA

Enquanto isso no AMRJ rssssssssssssssssssssssssssssssss

Dalton

Bosco!

Vc nao é o unico a quem a idade prega peças…rs! Mas estou aguardando mais informaçoes sobre o USS Gerald Ford…parece que ele precisará ser reabastecido tambem, o que muda é que ele precisará de menos manutençao graças a uma nova planta propulsora.

Com certeza, sao os novos submarinos classe Virginia que nao precisam de reabastecimento durante a vida util. Acho que confundi as informaçoes.

Assim que tiver essa confirmaçao de alguem que conhece a fundo esta questao de reatores nucleares, escreverei.

Sds

Ulisses

Raphael,agora sim entendi,tanto que eu também achei estranho,obrigado.

Dalton,eu não falei para pararem,eu disse que eles podiam atrasar o projeto e economizar o dinheiro enquanto a crise não acaba,mas eu também não posso julgar,pois não sei o que é fazer isto.Possa eu estar enganado.

Abs.

Bosco

Dalton, você tem razão! Tinha certeza que a partir do USS Truman não seria mais necessário a recarga do combustível nuclear, mesmo sabendo que todos os reatores da classe são os A4W, inclusive já postei algo parecido aqui no blog e não fui corrigido, daí persisti no erro e não fui conferir ficando apenas com a informação do Brain Mk1, chamado na gíria de “massa cinzenta”. Não achei nenhuma referência que corrobore minha afirmação. Me desculpe por tê-lo contradito. Aproveito para corrigir um outro item do comentário que fiz sobre os CVN-21 que conferi enquanto buscava a informação sobre a… Read more »

Vassily Zaitsev

Coitado desse CVN-77 Bush Papito. Ele que não se meta à besta aqui no Atlântico Sul, pois esse quintal já tem dono. E responde pelo nome de A-12 São Paulo Opalão Eixo Torto do Casco Cheio de Cracas.

Deixa ele se achando o Bam-bã-bã, que nós subimos um pouco no Atlântico e damos um coro nele, só para aprender a respeitar os Porta-Aviões Anciões dos mares do Sul.

Tão pensado o quê: os 12 galinhos de briga que serão modernizados já serão suficientes para dar conta do recado.

Wolfpack

Só presidentes Repúblicanos ganham nome de Porta-Aviões ou existe algum Democrata?
A Northrop Grumman poderia enviar a forma antes de desativar pra nós…

Dalton

Wolfpack !

Harry truman foi do Partido democrata assumindo a presidencia apos a morte de Roosevelt em 1945. Concorreu a presidencia em 1948 e foi eleito retirando-se no inicio de 1953.

John Stennis foi um Senador democrata.

Carl Vinson foi um Deputado democrata e diga-se de passagem um grande defensor da marinha e muito contribuiu para a mesma.

Sds

Wolfpack

Valeu Dalton.

Nelson Lima

Essa belonave precisa de escudo contra sapatada! Um sistema anti-sapatada supersônica!

JACUBÃO

Será que algum dia nessa ERA que vivemos hoje, o Brasil terá uma belonave como esta?

Bosco

51 F-18E/F e F-35 armados com AMRAAM e AIM9X, mais 4 E-2D, mais pelo menos uns 2 ou 3 Ticos e Burkes com AEGIS e Standards SM2 e SM6, mais os ESSMs, RAMs e 3 ou 4 Phalanx me parecem um excelente sistema anti-sapatada supersônico. Precisa de mais?

Vassily Zaitsev

Bosco,

Precisa sim: Um bom golpe de vista, para poder escapar de qualquer sapato-doido que consiga atravessar todas essas defesas.

O “HOMI” parecia capoeirista, tamanha facilidade como desviou dos sapatos-mísseis.

abraços.

Ronaldo de souza gonçalves

Não creio que os porta aviões seje uma arma boa pro futuro.Com um preço nas alturas,levando uma boa qte de avioes também carissimos,alem de ter uma dúzia de fragatas torpedeiras e até contratorpedeiros e outros para sua proteção. e um torpedo ou um missel antinavio pode por essa maquina a pique. Com a tecnologia dos torpedos supercatifantes e os misseis antinavio do futuro de centenas de km de distancia. O Brasil deve ter um apenas e gastar o dinheiro em meios de destruição de porta avio~es como faz a russia.

Dalton

Ronaldo !

Que porta-avioes iremos afundar ? Os unicos mais proximos sao americanos …alem de aliados…bem…vc nao acha realmente que os americanos irao dar um porta-avioes assim de bandeja para nós…no caso de um hipotetico incidente.

Temos que ter uma esquadra bem balanceada..só submarinos nao bastam.

Sds

Bosco

Vassily,
só se for!rsrsrs….

[…] A quilha foi batida em 6 de setembro de 2003, o comissionamento deu-se no início deste ano, em 10 de janeiro, as provas do construtor foram finalizadas em fevereiro e a primeira missão operacional é […]

[…] Comissionado último NAe da classe Nimitz […]

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

MODELISMO: Ateliê de Maquetes de André Gomes

O Ateliê de Maquetes de André Gomes produz modelos navios de guerra e mercantes sob encomenda. (Contato: 21-96598-8318 e...
- Advertisement -