Home Noticiário Internacional Coréia do Sul enviará KDX-II para a costa da Somália

Coréia do Sul enviará KDX-II para a costa da Somália

318
0

skn

A Coréia do Sul enviará à Somália um destróier KDX-II, um helicóptero Super Lynx e uma força especial de 30 homens, treinados também para demolição submarina. Na foto, um KDX-II e um P-3C Orion escoltam um superpetroleiro.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
McNamara
Visitante

É,aquelas águas do Índico estão ficando impróprias para os piratas. O mundo demorou mas reagiu. Fogo neles!!!

Patriota
Visitante
Patriota

Os piratas e que se segurem que ja vem bomba
o KDX II é uma belonave fantastica

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Por enquanto estão lidando c/ somente metade do problema, coibindo a pirataria no mar.
Isto não fará esses grupos desaparecerem, mas tão somente a mudadrem de táticas ou a transferirem essa pirataria p/ terra contra a populaçãp local, os campos de refugiados e as organizações humanitárias.

Vassili Zaitsev
Visitante
Vassili Zaitsev

Mauricio,

Tb concordo que estejamos lidando somente com a metade do problema. Eu defendo a localização e destruição dos redutos dos piratas somalis. Um único CVN daria conta do recado.

Mas, será que os EUA estão receosos do que ocorreu lá, em 1993??????

abraços.

JACUBÃO
Visitante

Eu já falei que tem que capturar o JACK SPARROW, BARBÔSA e o CARA DE POLVO, que essa bagunça acaba.

Parthenon
Visitante
Parthenon

Nossa, as KDX-II são lindas e maravilhosas, hehehehee, já não aguento mas, quero ve-las a todo custo na nossa MB. Quanto a uma invasão da Somalia, e uma possivel ocupaçao “de novo”, não acredito, aquilo ali ficou marcado de forma permanente nos EUA, ali toda a populaçao é armada, é lei do cão que impera por ali, dixem jornalistas, que se o vizinho suspeitar do outro de algo, passa bala nele, é um barril de polvora literalmente. E continuo achando, que nossa MB, esta perdendo tempo, poderiamos enviar 1 fragata e o navio escola Brasil (dotado de um canhao na… Read more »

marujo
Visitante
marujo

Alguém já pensou na possibilidade de dar F-85, fragatas do tipo que a Espanha construíu para a Noruega, na seleção que está sendo feita pela MB. São belos navios que podem absorver todas as capacidades que a Marinha pretende ver em seus futuros escoltas. Eles são mais stealth que suas irmãs maiores e mais pesadas, F-100, apesar de ser descendemtes diretas dessas. O projeto espanhol pode dar mais liberdade de escolha de sensores e sistema de armas ao Brasil, já que a Espanha não os fabrica. Gosto desses navios; eles podem ser tão poderosos quanto às FREEM.