Home Noticiário Internacional Bachelet comenta relatório do Peru sobre limites marítimos

Bachelet comenta relatório do Peru sobre limites marítimos

584
13

chile_peru_marA presidente chilena, Michelle Bachelet, comentou nesta quinta-feira a apresentação por parte do Peru, diante da Corte Internacional de Justiça de Haia, de um relatório pedindo a revisão dos limites marítimos entre os dois países, dizendo que neste momento é “fundamental” manter a “tranquilidade”.
“Estamos preparados, sabemos que temos a razão e estamos trabalhando fortemente nisso”, enfatizou Bachelet.
A governante chilena anunciou que o Chile está preparado para se defender na instância internacional. “O exercício da soberania durante todos esses anos nos dá a razão (sobre o impasse)”, reforçou.
A Chancelaria do Chile, segundo Bachelet, “está sendo assessorada por uma equipe de brilhantes especialistas internacionais e os melhores especialistas nacionais”. A presidente explicou que se trata de “um tema do país, um tema de Estado, que reúne todos os chilenos”.
Na segunda-feira, o chanceler chileno, Mariano Fernández, havia anunciado que a defesa de seu país em Haia será baseada em argumentos “de direito e de fato”. A diplomacia de Santiago defende que “o limite marítimo é o limite legal entre Peru e Chile, e isso deve ser respeitado”. O relatório com a posição do Peru foi apresentado nesta quinta-feira em Haia pelo ex-chanceler Allan Wagner, segundo informou o ministro das Relações Exteriores do Peru, José Antonio García Belaunde.
O ministro pediu, em entrevista à rádio San Borja, “unidade nacional” para apoiar a posição do Estado peruano frente ao pedido, formalizado em Haia em janeiro de 2008.
García Belaunde também disse que o relatório, de quatro volumes, foi entregue tanto na versão impressa como na digital ao secretário da Corte de Haia.
Wagner estava acompanhado do coagente do Peru, embaixador Jorge Chávez Soto, e da ministra conselheira, Marisol Agero, coordenadora da delegação nacional.
O ex-chanceler afirmou que os representantes peruanos tiveram uma “longa discussão” com o secretário da Corte Internacional, para explicar os argumentos do relatório.

FONTE: ANSA

NOTA do BLOG: Para saber mais sobre Espaços Marítimos e seu reconhecimento internacional, clique aqui.

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Dalton
Dalton
11 anos atrás

É verdade Venilton, só uma pequena ressalva: EUA e Japao tinham um objetivo ou adversario em comum que era a URSS, alias o Japao teve problemas com a URSS desde o inicio do seculo XX, já em 1905. URSS e China tambem já foram bem proximos pois tinham os EUA como provavel adversario. O inimigo do meu inimigo é meu amigo. Mas Chile e Peru ainda guardam magoas, e seria uma missao dificil para o Brasil, já que deseja agradar todo mundo, mas talvez tenhamos que aceitar mais responsabilidades pela nossa posiçao na America do Sul e consequentemente atrair inveja… Read more »

venilton
venilton
11 anos atrás

quanta besteira as linhas litiformes são reguladas pelos meridiamos latitude e langitude qualquer marjo de 1a viagem sabe disto prova deste fato é nossa fronteira com o Uruguai no chui ela obedece em linha reta paralela as linhas dos trópicos , de forma muito clara para os dois paises, mais neste caso por teimosia ou burrice dos seu governantes em promover os espirito de guerra continua o meio termo seria a melhor opção , pois o peru e o chile deveriam pedir ajua a um pais neutro – Brasil para acabar de vez com esta briga , pois se a… Read more »

CorsarioDF
CorsarioDF
11 anos atrás

Situação muito delicada, pois a Bolívia vai no ensejo de cobrar o acesso ao mar, perdido em batalha!!! Depois vem questionar o Acre do Brasil, e agora vem a demarcação da Raposa Serra do Sol em terras contínuas, daqui a uns 5 anos os EUA (dependendo do ambiente sul americano, Chapolin, Chanço Pança e o Bobo da Corte)declaram independência da 1ª República Indigina e Ecológica do mundo, e os grandes “pensadores” desse governo invertebrado vão ficar babujando que não foi culpa dele de entregar o Brasil de mão beijada… Os dois países são muito bem armados, mas como disse o… Read more »

Marcos
Marcos
11 anos atrás

Senhores sem Rodeio!!

Mas se for pra dar uma briga de gente grande mesmo vai ser lá!!

Marine
Marine
11 anos atrás

Wolfpack,

So gostaria de dizer que pelo o que eu vi em 2002 nos CFN do Peru e Chile ha uma diferenca enorme entre essas duas forcas…O Chile estava muito mais preparado do que o Peru doutrinamente, treinamento, equipamento e moral.

Abracao!

Dalton
Dalton
11 anos atrás

Grande problema, sem falar que Peru e Bolivia juntos já levaram uma surra do Chile no passado e certamente nutrem sentimentos pouco simpaticos para dizer o minimo.

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Se formos ao Google Earth veremos bem na fronteira um aeroporto em Arica o Chile, provável base para lhe dar maior alcança ao Norte.
Acredito que as reinvidicações do Peru são corretas. No Brasil entendemos da mesma forma o mar territorial de cada estado brasileiro. Um linha perpendicular é traçada nos limites de fronteira e acompanha o relevo costeiro. Neste caso é complicado, mas o melhor seria uma bissetriz entre as duas reivindicações. A FFAA do Peru não estão assim tão despreparadas para enfrentar as chilenas no caso da situação se agravar.

Rodrigo Cesarini
Rodrigo Cesarini
11 anos atrás

Os recursos pesqueiros daquela região são formidáveis, fora a velha rivalidade ente os antigos adversários na Guerra do Pacífico.

RJ
RJ
11 anos atrás

Sempre tem algum interesse econômico por trás. O que tem naquele pedaço de mar entre Chile e Peru?

Mahan
Mahan
11 anos atrás

O Peru é a chave para que Chavez e sua turma aprontem uma grande bagunça na vila sul-americana. Este conflito, ainda político, deveria ser visto com atenção e mediado, se necessário, pelo Brasil. Infelizmente o desgoverno LULA prefere ser o paladino de CUBA, VENEZUELA E BOLÌVIA.

trackback
11 anos atrás

[…] sobre o reforço da defesa da soberania na região norte do país, após a demanda judicial do Peru frente Corte Internacional de Haia pela demarcação da fronteira marítima o Chile, Codina assegurou que seu país não mudou em nada […]

Heloisa
Heloisa
10 anos atrás

oque são linhas paralelas e meridiamos??

Dalton
Dalton
10 anos atrás

Paralelos e meridianos são linhas utilizadas para calcular a longitude e latitude e consequentemente encontrar com precisão
qualquer coisa no globo terrestre.

Os meridianos são linhas que vão do polo norte ao polo sul e
paralelos são linhas paralelas ao equador de leste para oeste.

O cruzamento destas linhas fornece a localização do que se procura.

sds