segunda-feira, junho 21, 2021

Saab Naval

Gorshkov: acordo final pode estar perto

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

vikramaditya

A Rússia e a Índia podem chegar a um acordo final no mês de julho sobre o custo da modernização do porta-aviões Admiral Gorshkov, informou o jornal Hindu.

De acordo com o contrato original, assinado em 2004, a Rússia deveria entregar o porta-aviões e os caças MiG-29K Fulcrum em 2008 por 1,5 bilhão de dólares. Posteriormente a Rússia afirmou ter subestimado o valor inicial da reforma e exigiu outros 1,4 bilhão. A Índia discordou do valor exigido.

No final de maio ambos os países formaram um grupo de trabalho para definir o valor definitivo da reforma do Admiral Gorshkov (futuro INS Vikramaditya). Acredita-se que o valor final ficaria em torno de 2,2 bilhões de dólares.

Atualmente o porta-aviões está docado no estaleiro Sevmash e a Índia espera recebê-lo no final de 2012. Após a modernização o mesmo deverá ficar em serviço por 30 anos aproximadamente.

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments

[…] Rússia solicita uma quantia extra de 1.2 bilhão de dólares a mais do que foi inicialmente acorodado para terminar a modernização do futuro INS […]

[…] principais da URSS e continua sendo um parceiro de peso da Rússia na área de defesa. O caso da modernização do porta-aviões Gorshkov fala por si só. Atrasos e elevação nos custos tirou o humor do […]

Omega

Acho que o Brasil deveria fazer um negocio igual este da Índia, primeiramente. Não envolvendo estes valores, tampouco descartando o futuro NAe de fabricação nacional.

Baschera

Que eu saiba a Marine Nationale não tem nada para aluguar….
Sds.

Igo

Isso é um balaio de gato!!

Robson Bandeira

O que fazer então?

Alguém tem uma sugestão realista?

Sds a todos

Angelo Nicolaci

A solução para nosso NAe é a compra de um projeto, e a adaptação deste projeto a nossas necessidades, afim de ser construido em estaleiro nacional, mesmo que não seja propriamente no AMRJ, mas pode ser em estaleiro particular, temos um dique enorme no antigo estaleiro Caneco que comportaria a construção de um NAe. Com respeito aos projetos, projeto com sky-jump e catapultas seriam interessantes, além de determinarmos um projeto que comporte aeronaves de grande envergadura e peso operacional grande, afim de termos uma real capacidade de dissuação e defesa, além de buscar um propulsor capaz de levar tal NAe… Read more »

Parthenon

Bom, sabe o que eu acho, tudo é uma questão de estudo e da capacidade de se aprender, para depois avaliar-mos o que realmente o que somos capaz, e até onde podemos ir. Temos HOJE, um NAE São Paulo, e poderiamos aproveitar o mesmo, e suas capacidades de deslocamento, e fazer-mos umas adaptações, uma rampa sky-jump, uma ampliação do casco, junto com um reforço estrutural da area de pouso, a ampliação da capacidade das catapultas, com isso aprenderiamos, e realmente definiriamos o que realmente precisamos, e quais meios necessitamos para um NAE, hoje sentimos falta so NAE SÃO PAULO operando… Read more »

Jacubão

Na boa. Melhor fazer unm novo…

Francisco AMX

Se o valor estiver correto, é bem atraente! um NAe Moderno e reformado, recheados de Mig-29! por 2 bilhões! vamos pagar mais do que isso só por 36 caças no FX2….

- Publicidade -

Reportagens especiais

Cercado pelo isolamento e pela discrição, o radar OTH da IACIT vira alternativa à ausência do SisGAAz

Por Roberto Lopes Especial para o Poder Naval De Santa Vitória do Palmar (RS) “Propriedade da União” “Marinha do Brasil” “Entrada Proibida” Junto à inusitada...
- Advertisement -