quarta-feira, dezembro 1, 2021

Saab Naval

Rússia conta com apenas oito SSBN em atividade

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Frota atual ainda conta com 17 SSN e 20 SSK em condições operacionais segundo especialista russo

A Rússia possui atualmente 12 SSBN em serviço, mas apenas oito contam com capacidade efetiva de executar patrulha de deterrência, informou o site Ri Novosti.

“Das doze unidades o Dmitry Donskoi (classe Akula/Typhoon) encontra-se realizando testes com o novo ICBM Bulava, seis Delta IV estão sendo adaptados para o lançamento do ICBM R-29M Sineva (SS-N-23) e cinco Delta III estão em atividade na frota do Pacífico” disse Mikhail Barabanov, editor da revista Moscow Defense Brief.

Atualmente os submarinos da classe Delta III estão em processo de descomissionamento e dois da classe Typhoon (Arkhangelsk e Severstal) encontram-se na reserva em Severodvinsk desarmados e necessitando de reparos.

A classe Typhoon será substituida pela classe Borey. A primeira unidade da classe, o Yury Dolgoruky, foi lançado ao mar em abril de 2007 e atualmente passa por provas de mar. Dois outros SSBN da classe “Borey”, o Alexander Nevsky e o Vladimir Monomakh, estão em construção. Ao todo, a Marinha da Rússia espera contar com oito unidades desta classe até 2015. A classe “Borey” será equipada com mísseis ICBM Bulava-M (SS-NX-30). Até 16 unidades deste míssil serão transportadas por submarino.

Por outro lado, a frota de SSN está equipada com cerca de 30 unidades armadas com mísseis de cruzeiro SS-N-19 e torpedos de uso múltiplo, mas apenas 17 são realmente operacionais.

A frota convencional possui perto de 20 Kilo (Project 636) que serão gradualmente substituídos pelo Projeto 667 Lada. O inventário da Marinha da Rússia ainda conta com outras sete unidades dedicadas a pesquisa e desenvolvimento tecnológico como o Projeto 20120 B-90 Sarov, um submarino convencional dotado de um reator nuclear para fornecimento de potência suplementar. Este submarino foi comissionado em 2007 e, segundo algumas fontes, ele é utilizado como submarino espião no Ártico.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Naval Group lança o ‘Duguay-Trouin’, segundo submarino nuclear de ataque tipo ‘Barracuda’

O Naval Group lançou o segundo submarino nuclear de ataque (SSN) do tipo Barracuda para a Marinha Francesa (Marine...
- Advertisement -