sexta-feira, setembro 17, 2021

Saab Naval

USS ‘Oak Hill’ operando com a MB

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

090725-N-0924R-028

Nas fotos, o NDD americano USS Oak Hill (LSD 51), operando ao largo do Rio de Janeiro com a Aviação Naval e Fuzileiros Navais do Brasil, como parte do exercício Southern Exchange 2009, uma comissão de três meses de duração com Marinhas da América do Sul.

090725-A-8397T-003

090726-A-8397T-002

- Advertisement -

16 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Azevedo

Posso estar errado mas acho que o desembarque não fazia parte do conceito da operação. O realismo das ações teria ficado para a fase em terra.

Getulio - São Paulo

ok. obrigado pelas informaçoes.

Getulio - São Paulo

Uma lancha como esta apinhada de soldados, só se for para fotografia de recordações. Depois da Guerra das Malvinas o desembarque nestas condições só se não houver inimigo. Com o advento de mísseis e bombas ultra precisos creio que não haverá tão cedo um desembarque deste tipo numa guerra moderna.

Dalton

Oi Getulio…

esta lancha nao verdade é um LCU de quase 400 toneladas quando totalmente carregada que pode transportar até 2 tanques M1
e na verdade a US Navy nao tem intençoes de desembarcar da forma antiga, porem estas embarcaçoes sao uteis para reforçar cabeças de praia e até mesmo em ajuda humanitaria, algo que a US navy é muito
proficiente.

abraços

Marcelo Ostra

Grande Dalton

Complementando são da classe LCU 1610, da mesma classe das nossas Gurapari, Tambau e Camburiu

Abs
Mod MO

Bosco

E olha o nível da sua capacidade de defesa anti-míssil.
Dois lançadores RAM e 2 CIWS Phalanx. Maior que a do classe San Antonio (LPD-17).

JSilva

Sandro, O mar faz isso mesmo com os navios, em especial aqueles que ficam vários meses fora da sede. Os navios da Royal Navy (Marinha Real Inglesa) que escalam no Brasil para descanso das tripulações, quando estão fazendo patrulha pelo Atlântico Sul/Falklands e Oeste da África, são uma verdadeira zona com graxa, óleo, pallets de peças e suprimentos para todos os lados e cantos, além de ferrugem. Existem alguns paises que usam alguns navios para representação e coquetéis e conseguem deixar eles sempre limpinhos, pintadinhos e com tanta tinta e kaol que as vezes nem as estações de CBINC (Combate… Read more »

General

Pode está enferrujado , mas está bem melhor que alguns navios da MB

Marcelo Ostra

E ai Zé, “sapiencia navalis” ou outro que acha que ele leva 16 t. de carga …..

e ainda perdes tempo respondendo … deixa ele crer .. deve ser outro fa do titanic …

Tsc tsc

Mod MO

Sandro

Minha nossa esse Navio ta que é pura ferrugem, o perigo e contrair uma infecção nessa banheira……

Claudio/Itajaí

Que nada. Na ultima foto tá parecendo que o pessoal veio fazer turismo. Olha a quantidade de máquina digital.

Marcelo Ostra

o que é isso o que ?

??

[…] Clique na imagem acima e veja o vídeo da USN. O vídeo foi feito durante o exercício Southern Partnership Station 2009. Para ver fotos do exercício, clique aqui. […]

McNamara

É, a galera a bordo do LCU, parece uma turma de Colônia de Férias, não um Grupo de Combate…Para quem opera “Ceará” e “Rio de Janeiro”, o Oak Hill é alto luxo.

AQUINO JAPIASSÚ

o que é isso?

Baschera

Esta última foto, de cima para baixo, está um prato cheio…… para a gripe “suínica militaris”…..

Sds.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Austrália abandona acordo de submarinos de 56 bilhões de euros com o Naval Group francês

A Austrália decidiu abandonar o acordo de A$ 90 bilhões (€ 56 bilhões) de 12 submarinos convencionais com a...
- Advertisement -