Home Noticiário Internacional ‘Look mom, no reactor’

‘Look mom, no reactor’

250
45

arihant

Índia lançou submarino nuclear sem reator

No mês passado a Marinha da Índia lançou o seu primeiro submarino nuclear, o INS Arihant. Isto veio depois de muitos anos de trabalho e pesquisa. Mas agora foi revelado que o Arihant foi lançado sem o seu reator nuclear (!).

Não se sabe exatamente o que foi colocado dentro do submarino. Só se sabe que o mesmo não poderá se locomover por meios próprios. Em algum momento o submarino deverá voltar para o estaleiro e ser desmontado para que o reator seja efetivamente instalado. Existe também a possibilidade de que outros componentes importantes também não tenham sido instalados.

Então por que o submarino foi lançado? Muitos estão questionando o fato e alguns setores da imprensa indiana acreditam que o lançamento do mesmo reduziria as críticas que o projeto vem recebendo. Faz mais de dez anos que os indianos estão construindo o submarino, grande parte deste tempo em segredo, e não atingiram o resultado esperado.

O SSN indiano, inicialmente chamado projeto ATV (Advanced Technology Vessel), seria o primeiro de uma série de cinco embarcações. Os desenhos divulgados até o momento mostram que o Arihant possui certa semelhança com a classe Charlie II da URSS. Também existem comparações com o projeto chinês Shang (Type 093), que entrou em operação dois anos atrás e levou dez anos para ser construído.

Existem especulações que dão conta de que a Índia não obteve sucesso no projeto de desenvolvimento de um reator suficientemente compacto para caber no casco do Arihant. Além disso, pelo deslocamento do submarino (perto de 5.000 toneladas), o reator de 85 MW não teria potência suficiente para levar o Arihanta a 30 nós, como era esperado.

45
Deixe um comentário

avatar
45 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
37 Comment authors
gerson carvalhoCADUWolfpackCorsario 01Roberto Carvalho Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
lc
Visitante

kkkkkkkk.
vai ver eles estão esperando ajuda dos bebedores de champanhe…

pampa
Visitante
pampa

Buenas, para muitos este era o exemplo a ser seguido!!!
Sem mais, segue o barco.
[]s

CosmeBR
Visitante
CosmeBR

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

AluadoSP
Visitante
AluadoSP

Incrível !!!!

Espero que não cheguemos a esse ponto.

Abs

Edu
Visitante
Edu

Como é que é?

10 anos para construir o submarino e mesmo assim não conseguiram desenvolver o reator? Sem problemas, chama o pessoal da França que eles dão um jeito.

Abre o olho Brasil. Não é tão fácil assim construir reatores nucleares e submarinos.

Alte. doenitz
Visitante
Alte. doenitz

E tem gente no Brasil que acredita em Boitatá e papai noel francês. Senhores, vejam o exemplo da Índia. Eles estão construindo o submarino faz 10 anos e não conseguiram um reator que coubesse no casco. O Brasil ainda assinava papel com a Alemanha quando a Índia explodiu sua primeira bomba atômica. Eles possuem 17 centrais nucleares e mais 6 em construção. Aqui nós temos duas meia boca e quem sabe a gente faz a terceira. Eles investem muito mais em defesa que nós. E aí vem uns gaitados, movidos pela fé e esperança, com a ajuda divina dos gauleses,… Read more »

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

O unico desafio técnico dos hindus agora é projetar um rebocador q seja silencioso o suficiente p/ tornar a dupla, sub/rebocador, extremamente fatal!! =D

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

HARE BÁBA!!! E chamam isso de Marinha séria!!! Se fosse a MB o pessoal iria cair de pau.

Se fosse piada de português não seria melhor. Eles vão ter que cortar o casco para instalar o reator, essa foi f….!!!!

Alte Doenitz, estas “duas meia bocas” fornecem 30% da energia consumida no meu Estado, o glorioso Estado do Rio de Janeiro!!

HARE BÁBA!!!

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Alfredo-Araujo
Muito boa.

Com essa só fazendo aquela dancinha da novela das 8:00.
“Que que esse Hindu tá cantado ai?”
“Não sei também não entendi”
“Que que esse Hindu tá cantado ai?”
“Já disse que não entendi.”
Ari Baba

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

“O SSN indiano, inicialmente chamado projeto ATV (Advanced Technology Vessel)…”
Acho que houve erro de interpretação, ATV deve significar Advanced TOWED(rebocado) Vessel 😀

Nunão
Visitante
Nunão

Marcos T, aproveitando a deixa, e se a notícia realmente se confirmar, dá pra fazer a letra toda, desde o primeiro verso:

“Montei submarino e encostei!
Que que esse casco tá fazendo aí?
Sei lá, o reator eu não vi
Que casco é esse vazio que tá aí?
Não tem reator pra sair”

É a novela “Casquinho das Índias”!

Tristeza…

Anildo Silva
Visitante
Anildo Silva

Pois eh… e estavam usando essa estoria como um exemplo a ser seguido! Na verdade eh um exemplo para nao ser esquecido! Eh bom colocarmos os pes no chao! Como o Alte mesmo colocou, a India tem muito mais experiencia nesse setor que o Brasil. Eh bom ficar de olho no desenvolvimento do nosso reator, senao daqui a 10, 20 ou 30 anos (vai la saber qto tempo precisaremos) seremos os proximos a fazer um papelao como esse.

Renato
Visitante
Renato

Realmente como Edu comentou, é bom ficarmos atentos para não cometermos o mesmo erro. Investir e construir tal reator depende tempo e muito, mas muito dinheiro. Tambem para opera-lo e mante-lo ha necessidade fluxo de recursos continuo. Do contrario corremos o risco de te-lo mas não opera-lo adequadamente, subutilizando sua capacidade e até colocando nossa tripulação ate em perigo (ver a o que a falta de manutenção adequada fez na Russia ) Temos necessidade de um SSN ? Talvez. Acredito que poderiamos muito bem visualizar dentre a variedade de opçoes presentes no mercado mais proxima a nossa realidade financeira. Pessoalmente… Read more »

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

“Não se sabe exatamente o que foi colocado dentro do submarino.”
Acho que está na hora de uma nova enquete no site. O que tem dentro do SubNuc indiano?
a) um refrigerador
b) uma máquina de lavar
c) um chinês pedalando
d) uma máquina de café expresso
e) a loja clandestina de apostas do cmapeonato de rugby

Primo
Visitante
Primo

Essa foi boa, agora vem a pergunta que não quer calar, se o submarino navegou, foi movido a que? Foi na base do remo? Na boa, acho que o reator da Marinha já está prontinho e não vai ter essa de ser grande ou pequeno para o casco. Lembrem-se que o Lula liberou o dinheiro solicitado pela Marinha em Julho de 2007 para a conclusão do Reator (1.1Bi), acho que nestes dois anos o negócio andou. O que me preocupa é que havia sido divulgado que o reator que estava sendo construído seria de 11Mw e o SSN Seawolf (SSN-575)… Read more »

Walderson
Visitante
Walderson

Caro Jonas,

penso que deve ter vários dálits (não tenho a menor idéia se se escreve assim) pedalando.

Capitão
Visitante
Capitão

A marinha indiana não é muito séria. Vejam o caso do porta aviões que vão acabar pagando o dobro (1,6 BI). Lembrando que a MB pagou só 12 MI e mais uns 80 MI para reformar. O que me parece é que os indianos têm muito $ para gastar e querem ao mesmo tempo correr com as coisas…sei lá. Lembrando que o Brasil tem décadas de experiência em usinas nucleares, reatores etc etc…e se algo acontecer de muuuuito ruim, será em Aramar, em tempo de resolver…afinal é para isso que será construído o primeiro lá. Mas construir o bixo interio… Read more »

Capitão
Visitante
Capitão

O que tem dentro do SubNuc indiano?
a) um refrigerador
b) uma máquina de lavar
c) um chinês pedalando
d) uma máquina de café expresso
e) a loja clandestina de apostas do cmapeonato de rugby

Hahahahahaha!!!!

f) vodka sputnik
g) algumas vacas sagradas

Hahahahahaha!!!

Credo, vamos parar com isso se não vão gorar o nosso…

Hahahaha!!!

Nimitz
Visitante
Nimitz

Capitão, a Marinha da Índia não é séria? E a nossa então?
É só comparar os equipamentos da Marinha Indiana com a nossa…
E a experiência de guerra deles?

Sem contar que a Marinha sem seriedade já operou um submarino nuclear e está recebendo outro classe Akula agora.

O Programa Nuclear da Marinha do Brasil tem 30 anos e conseguiu o quê? fazer uma maquete de submarino…

Hornet
Visitante
Hornet

Já sei quem comandou este projeto: deputado Salgado (PSB-MG).

Submarinos de “casco oco” é a especialidade dele…hehehe

A se confirmar essa notícia, gostaria que o pessoal que aplaudiu a Índia e desdenhou o projeto da MB repensasse seus pontos de vista e se vacinasse contra o complexo de vira-lata.

O viralatismo é uma doença contagiosa! credo! Sai pra lá jaburu!!!

abraços a todos

ou seria

hare ommmmmmmm!!!!

jokerjp
Visitante
jokerjp

HARE BÁBA!!!

Isso deve ter sido mais um golpe do Hadesh!!!!

Baschera
Visitante
Baschera

Vejam como são as coisas…. eles tem o submarino mas talvez não o reator nuclear….. e nós talvez tenhamos o reator nuclear e não temos o casco do submarino.

Não entendo o por que do Brasil e a Índia não se entenderem num amplo acordo militar e de troca de tecnologias.

Sds.

Castor
Visitante
Castor

Hornet Leio sempre com atenção seus comentários inteligentes e bem humorados. Primo Normalmente, quando se fala de potência de reator, nos referimos à potência térmica e não a elétrica. Assim o LABGENE, no Brasil, tem 50MW térmicos (que em um ciclo de vapor é capas de gerar cerca de 11 MW elétricos) e o Seawolf tem um reator S6W cuja potência térmica não é informada em lugar algum, mas que vira uma turbina de propulsão de 45000 HP (39MW), o que parece um exagero, se você considerar que os sub classe OHAIO, de 18.750 tons usa uma turbina de 35000… Read more »

André Castro
Visitante
André Castro

Creio que seja a opção “C” ,já que de cada 6 abitantes da terra um é chines .

Topol
Visitante
Topol

Se a India que gasta rios de $$$$$ com suas Forças Armadas faz um papelão deste, imagine nós que não gastamos nem a metade…

Abre o olho Brasil… Vão nos vender espelhinhos franceses, e o pessoal está achando ótimo!!! Ai, ai, ai……

Abraços para todos.

Hornet
Visitante
Hornet

Castor,

senti falta de seus comentários técnicos nas discussões sobre o sub nuc…acho que acrescentaria bastante!

abração meu caro

Ricardo
Visitante
Ricardo

E tem nego achando que é só aqui no Brasil que fazem trambique.

Flal
Visitante
Flal

Acredito que ao invés de ficarmos debochando dos indianos, deveríamos nos preocupar para que não ocorra algo semelhante com o SNBR. Podemos estar com os mesmos problemas dos indianos, ou seja, poderíamos ter um reator que não é compatível com o diâmetro dos cascos do Suffren, Astute, ou Virginia, por exemplo, sendo necessário o desenvolvimento de um casco totalmente novo, com enorme diâmetro para ele. Também pode ser que nosso reator não seja capaz de manter a velocidade do SNBR acima dos 20 nós. Isso tudo pode estar ocorrendo. Se estiver, devemos corrigir os problemas agora, para que não ocorra… Read more »

Felipe Monteiro
Visitante
Felipe Monteiro

Flal,

Rsrsrs

Interessante essa “realidade hipotética” criada pelo senhor.

O senhor já pensou que poderá ser o comandante do SNBR? Se o mesmo for lançado em 2021 isso é possível.

Saudações

marujo.
Visitante
marujo.

Alguém, por favor, me responda: é possivel montar com motor convencional no sub nuc indiano?

Flal
Visitante
Flal

Felipe,

Para ser o comandante do SNBR tem que ter “influência política”. Certamente, não a tenho.

Eu disse ao seu pai outro dia, que ele tem essa influência, e que será, certamente, candidato a CM no futuro.

Porém, quando assumir o comando de um submarino, quero contar com você, já que serás um de nós.

Mande um abraço para seu pai.

“USQUE AD SUB ACQUAM NAUTA SUM”

|Harry
Visitante
|Harry

cAROS , sem a parafernalia de 17 centrais nuclearea o Brasil foi capaz de construir a mais moderna ultracentrifuradora do mundo.
Abs

FN
Visitante

UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
que papelão

FN
Visitante

opa desculpa ai rsrsrs

Noronha
Visitante
Noronha

o sub indiano e movido a vaca louca

Parthenon
Visitante
Parthenon

Concordo plenamente com o Alte. Doenitz. Tem muita gente que vae levar queda do cavalo, tem gente achando que LULA, vae continuar governando até 2030. Continuo afirmando, SUBNUC hoje é pra satisfazer EGO dos Almirantes da MB, prefiro eu acreditar mas na compra de 8 a 10 Scorpenes CONVENCIONAIS, e com torpedos de ultima geração, estes juntos com os nossos 5 TUPIS/TIKUNA, modernizados trariam o terror ao Atlantico Sul. OBS: Deixo bem claro, não sou contra a compra de SUBs, sou contra a compra do SUBNUC, temos mas prioridades pra nossa MB, do que só SUBMARINOS, precisamos de outros meios… Read more »

Roberto Carvalho
Visitante
Roberto Carvalho

Flal,

Gostaria de perguntar ao senhor se o nosso reator nuclear cabe no diâmetro do casco previsto para SNBR. Ele será muito maior do que o dos submarinos dos Estados Unidos, ou da França, ou mesmo da Inglaterra?

Qual será o deslocamento do SNBR? Qual a velocidade máxima mantida que está prevista para ele?

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Essa noticia serve para aqueles que babam no que outros paises fazem e afirmam que o Brasil deveria fazer o mesmo. Eu acho que a India é um grande país, mas as vezes mete os pés pelas mãos. Este é um exemplo claro disso. Em outros não, ela vai muito bem. Enfim, para os apressadinhos de plantão, a Mb irá fazer o que tem que ser feito passo a passo. A MB seguirá o roteiro por ela determinado e o SubNuke sairá sem problemas DESDE QUE O DINHEIRO TAMBÉM APAREÇA. Fora isso, mais uma vez: O Scorpene brasileiro será maior… Read more »

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

O pessaol aqui esquece da situação geopolítica da região. Os indianos podem mesmo estar enfrentando problemas com seu primeiro subamrino nuclear, mas também podem estar testando a região de seus dois vizinhos, ninguém menos que China e Paquistão. Tudo pode ser jogo de cena. Afinal ninguém precisa saber qual o reator que esta impulsionando o Arihant. Quem confirmou isso? O próprio governo Indiano? Especulações existem aos monte hoje em dia. Para bons entendedores meia palavra basta. Então aos críticos de plantão do programa nunclear da MB devem entender a complexidade que é desenvolver com segurança um submarino nuclear. Este tipo… Read more »

CADU
Visitante
CADU

Corsario 01
Tá botando agua na boca da galera, sacanagem, faz isso não, tem gente que não vai nem dormir, rsrsrs.
Um abraço do amigo CADU

Primo
Visitante
Primo

Castor, obrigado pelas informações.

Com relação ao LABGENE, ele ainda está sendo concluído? Pensei que com a liberação da verba em 2007 ele já estivesse para entrar em operação, pois me parece que a operacionalização dele é requisito para o início da construção do reator do SubNuc propriamente dito.

Além disso, a Marinha vai construir em Aramar o restante do sistema de propulsão também?

Grande abraço
Primo

gerson carvalho
Visitante
gerson carvalho

Caros amigos,

ainda bem que a Marinha do Brasil já tem um prototipo no tamanho para por no sub!!

quanto aos Indianos, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Castor
Visitante
Castor

Prezado Primo
O LABGENE ainda está em construção, com previsão de entrada em operação em 2014. O que é, como você bem colocou, pré requisito para construção do reator do subnuc.
A planta do LABGENE vai desde o reator , passando pelos turbo-geradores e motor elétrico, até um freio dinamométrico que faz o papel do hélice.

Roberto Carvalho
O diâmetro do reator cabe no SNBR cujo diâmetro é menor que do USS Virginia e do HMS Astute, porém, maior que o SSN SUFREN (Barracuda

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Vamos esclarecer alguns pontos: 1)Nosso reator não está “prontinho”, o 1 bilhão aprovado é para terminar o PROTÓTIPO DE TESTE DE TERRA que terá cerca de 11 MW de potência para teste do projeto e avaliação; 2) O reator previsto para SNB terá entre 48 a 50 MW de potência e serão necessários uns 2,0 a 2,5 bilhões de reais para construí-lo; 3) O SNB terá 3.000 a 3.500 ton a 28 nós com reator de 48Mw enquanto o indiano visa 5.000 ton à mais de 30 nós com reator de 83 Mw por que ele visa carregar mísseis balísticos… Read more »

Castor
Visitante
Castor

Gilberto Resende Permita-me corrigir alguns enganos em seu e-mail 1 – O que você chama de PROTÓTIPO DE TESTE EM TERRA, chama-se LABGENE ou Laboratório de Geração Núcleo Elétrica. Seu reator tem 48 MW de potência térmica o que permite gerar, na saída do gerador, cerca de 11 MW elétricos. Como só é chamado de reator o vaso de pressão onde ocorre a reação nuclear, podemos dizer que ele está pronto sim, como estão prontos: o evaporador, o pressurizador, as bombas de circulação, as turbinas, os geradores, o condensador, etc. O recurso aprovado é para fazer o edifício e instalar,… Read more »