Home Infraestrutura Turcomenistão criará sua marinha

Turcomenistão criará sua marinha

357
0

Primeiro passo será a construção de uma base naval

Em função das disputas sobre as áreas de exploração de óleo e gás no Mar Cáspio com o Azerbaijão, o Turcomenistão anunciou sua intenção de construir uma base naval. A disputa territorial entre os dois países foi parar na corte internacional no mês passado.

“Já estamos comprando navios com mísseis” informou o presidente turcomeno Gurbanguly Berdymukhammedov. “Exercícios navais serão conduzidos regularmente”, completou.

O presidente não deu maiores detalhes sobre o tipo ou a quantidade de navios, mas disse que espera concluir o projeto em 2015.

A disputa entre estes dois países pode colocar em risco a construção do gasoduto Nabucco (ver mapa abaixo), financiado pela Comunidade Europeia e que pretende levar o gás explorado no Turcomenistão para a Europa Ocidental. Para não passar pela Rússia, o gasoduto Nabucco teria que cortar o território do Azerbaijão.

O Turcomenistão é o maior exportador de gás da Ásia Central. O interesse do país em se juntar ao gasoduto Nabucco surgiu em abril deste ano, quando a Rússia deixou de comprar gás daquele Estado da Ásia Central.

Não existe formalmente uma marinha no Turcomenistão. A proteção naval da região é executada por uma força militar conjunta, mantida por todas as antigas repúblicas soviéticas (Azerbaijão, Cazaquistão e Turcomenistão) banhadas pelas pelo Mar Cáspio. A flotilha fica baseada em Astrakhan, Rússia.

Além da força naval conjunta, o Turcomenistão possui unidades navais de policiamento que pertencem à guarda de fronteira. A maior destas unidades é um “cutter” classe Point, transferido pelos EUA em 2000 e armado com duas metralhadoras de 12,4 mm.

nabucco-pipeline-wiki

ILUSTRAÇÕES: Wikipedia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Tiago Jeronimo
Visitante
Tiago Jeronimo

Só passa por lugares tranquilos esse gaseoduto: Azerbaijão, Turcomenistão, Géorgia, Irã…

E é incrivel como eles estão brigando por território, fica cada um de um lado do mar Cáspio, eles tão brigando por território submerso? Esses países sei não…

Alexandre
Visitante
Alexandre

Parece que já assinaram contrato para um submarino nuclear. Vão adquirir também um porta-aviões e 36 Rafale. É isso aí Turcomenistão !!!!!!

Danilo José
Visitante
Danilo José

Até eles estão insvestindo em marinha, e só agora o brasil resolveu acordar.

petroléo + dinheiro = guerra

logo,

guerra + esquadra fortemente equipada com meios necessários para dissuadir o inimigo = segurança e garantia demanter o invasor longe o suficiente e temeroso contra um possivel contra-ataque.

Sds.

Fabiano Machado
Visitante

Esse gasoduto aí moveu guerras amigos.

Até sei do que se trata (desde de 2000).


Brasil não foi nada imparcial nessas negociações e o que ele vai comprar e trazer nem de perto serviria para uma guerra.

É que tá tudo caindo aos pedações mesmo por aqui…

Bruno
Visitante
Bruno

Olhem bem esse mapa, por onde a russia manda armamentos para o Irã??
Quem responder ganha bala.

Thiago
Visitante
Thiago

Alexandre qual a fonte dessa noticia?

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

as principais forças dos Azerbaianos (dados de 2005) era uma LP classe Turk, ex marinha dos Turco Locos, doinciodo anos 70, mais algumas lanchas patrulha menores, o mesmo se aplica aos Kazakhistenes, que tem uma da mesma classe No caso dosTurco Loco-menianos, excluindo a doutrina e treinameto proporcional adquirido pelos azerbaianos, não havera, creio, muitas dificuldades para equilibrar quantitativamente as forças no Caspio (Armas de shampoo seria um boa … ), mas o problem sera o treinmeto e dutrin a se desenvolver pra equiparar com as outras nações que ja a posuem Indepndedte, que seja benvinda a nova marinha do… Read more »

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

E o Brasilstão,vai criar marinha quando???

Tomcat
Visitante
Tomcat

Se a Bolívia possui marinha, por quê o Turcomenistão não pode ter a sua também?