segunda-feira, março 1, 2021

Saab Naval

Primeiro disparo do SCALP Naval, míssil de cruzeiro naval francês

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

MdCN - Míssil de Cruzeiro Naval - primeiro disparo - foto DGAA DGA francesa (Direction générale de l’armement – Direção Geral de Armamento) informou nesta terça-feira, 15 de junho, que foi realizado com sucesso o primeiro disparo do programa MdCN (missile de croisière naval – míssil de cruzeiro naval, conhecido também como SCALP Naval, na denominação da fabricante MBDA).

Segundo a DGA, o lançamento foi feito no centro de testes de Biscarosse no dia 28 de maio a partir de um lançador vertical, sendo representativo de um lançamento feito a partir de um navio de superfície. A MBDA, acrescentou que se trata de um lançador Sylver A70 de produção.

O objetivo do disparo foi a validação da fase de saída do míssil a partir de um lançador vertical e de sua passagem para a configuração de voo de cruzeiro, após a separação do sistema de aceleração.

O MdCN / SCALP Naval deverá equipar as FREMM (frégates européennes multimissions – fragatas europeias multimissões) em 2014 e os submarinos de ataque classe Barracuda em 2017. A DGA encomendou 200 mísseis à MBDA, sendo 150 para equipar as FREMM e 50 para os Barracuda – assim, o míssil está sendo desenvolvido em duas configurações, uma de lançamento vertical (em que se faz a transição vertical / voo de cruzeiro) e outra para lançamento submerso (que necessita fazer a transição submerso / superfície / ar – voo de cruzeiro).

O MdCN / SCALP Naval é da classe de alcance de 1.000 quilômetros, sendo complementar ao míssil de cruzeiro aerotransportado SCALP-EG, do qual deriva. Em informe próprio, a MBDA acrescentou que o teste demonstrou a maturidade da definição do sistema de armas, assim como validou as opções tecnológicas selecionadas e a interface com o lançador Sylver.

FONTES / FOTO: DGA e MBDA

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

Sea Dragon 2021: Exercício ASW multilateral entre os EUA e nações parceiras

De 14 a 28 de janeiro, Índia e Japão se juntarão ao 'Sea Dragon 2021', exercício de guerra antissubmarino...
- Advertisement -
- Advertisement -