domingo, junho 26, 2022

Saab Naval

Como será o futuro KC-2 da MB

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

C-1A da MB - imagem Elbit

A Elbit Systems of America LLC divulgou a imagem acima mostrando como ficará o futuro KC-2 da Aviação Naval da Marinha do Brasil. A Elbit é uma subcontratada da Marsh Aviation, empresa contratada pela Marinha do Brasil para a Modernização e Remotorização de quatro Aeronaves C-1A Carrier-on-Board Delivery (projeto COD/AAR), designadas KC-2 na MB.

O voo do primeiro protótipo tem previsão para novembro de 2017 e a entrega da primeira Aeronave KC-2 no Brasil está prevista para dezembro de 2018.

O futuro recebimento destas aeronaves modernizadas irá marcar um novo patamar operacional para a Marinha do Brasil, uma vez que ao possuir a capacidade de operar a partir de Navio-Aeródromo, permitirá o apoio logístico à Esquadra, tanto na área de pessoal como de material, assim como o reabastecimento em voo das aeronaves AF-1/1A “Skyhawk”.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Iväny Junior

Poggio, o que foi feito dos Trackers que a FAB operava no A11?

Não servirão nem como fonte de peças? Não poderiam ser doados para engrossar o pacote de ASW operacionais?

Luiz Monteiro

Prezado Ivany,

Na verdade os KC-2 são aeronaves Trader e não Trackers.

No futuro a MB deverá adquirir 4 unidades do Tracker para AEW & C / MASC.

Abraços

Luiz Monteiro

Prezados Galante, Nunão e Poggio,

Lhes enviei email na segunda-feira, não sei se receberam.

Abraços

Alexandre Galante

Prezado LM, não recebemos seu e-mail. Abs

Iväny Junior

Prezado Luiz

Ao que me consta compartilham muitas peças e características de airframe e têm o mesmo projeto base, daí meus questionamentos.

O colega sabe o que foi feito dos antigos aviões da FAB que operavam no Minas?

Luiz Monteiro

Prezado Galante,

Reenviei o email.

Abraços

MO

em tempo = 124.453 dwt – abt 140.000 t. deslocamento …

http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2015/01/ms-cap-san-marco-lxcq-21122014.html

Luiz Monteiro

Prezado Ivany,

Compartilham algumas peças, não sei o índice.

A MB já selecionou células do último lote fabricado. Aguarda, apenas, a avaliação da modernização dos Trader para contratar a modernização dos Tracker.

Abraços

rafael oliveira

Uma pergunta bobinha: Por que ele irá se chamar KC-2 em vez de KC-1?

F15_lobo

Para eles ficarem treinando na Região dos Lagos (RJ)??
Brincadeira cara essa, comprar as rodas e depois mandar consertar o carro.

Marcelo

Não mudaram os motores para turbo hélices na imagem…

Fernando "Nunão" De Martini

Marcelo,

Na verdade deram um “tapa” na nacele do motor sim, está com contornos diferentes do que a original.

O que é mostrado na concepção artística, com o desenho “rebaixado” da parte superior do capô, nunca conseguiria abrigar o volumoso motor radial original.

Isso fica claro vendo a foto abaixo, em ângulo bastante próximo ao da concepção acima:

https://cdn-www.airliners.net/aviation-photos/photos/1/8/4/0320481.jpg

Ou seja, parece que deram um tapinha de photoshop numa imagem de nacele de motor radial para ficar um pouco mais parecida com uma nacele “genérica” de turboélice. E colocaram um spinner “genérico” também.

Alexandre Galante

Na boa, meu desenho está muito melhor que isso aí em cima

C-1T MB

Alexandre Galante

Tenho outra versão também

C-1T MB

MO

Bozoh, tu é phod…a !!! rsssss, apenas “para variar ” kkk

em tempo =

Imagens noturnicas “de noite” … kkkkkkkkkkkkk

http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2015/01/mv-miramarin-9ha2280-imagens-noturnas.html

Mauricio R.

Já pensaram…
Esse acervo de museu aeronaval, lá em Saiçã???
Para os carros de combate Leo do EB, passarem em cima; até virarem sucata!!!

John Paul Jones

LIXO …. Tudo LIXO !!!! Quando chegar no Brasil já pode aterrisar no campo dos Afonsos e estacionar no Museu Aeronaval …. Essas aeronaves estavam a anos no Mojave apodrecendo lá, foram compradas de um sucateiro chamado Marsh que se envolveu em negociatas com a Venezuela e dizem que até com o Irã, o cara só não foi preso porque estava em doença terminal de cancer. As aeronaves na verdade eram de outra empresa chamada UAC de outro sucateiro que começou após pilotar caças na Guerra da Coréia e após a guerra na decada de 60 começou a comprar lotes… Read more »

Oganza

John Paul Jones,

All right 🙂

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

MODELISMO: Ateliê de Maquetes de André Gomes

O Ateliê de Maquetes de André Gomes produz modelos navios de guerra e mercantes sob encomenda. (Contato: 21-96598-8318 e...
- Advertisement -